todospraela

Doí, doí muito ler seus textos. Sério, doí de uma forma que… Poxa, inexplicável… Você tá feliz sem mim, eu sei disso. Nossos momentos.. Tudo, tudo acabados. E eu aqui chorando pelo leite derramdo. Será que era mesmo pra ser assim? Será que Papai do Céu queria mesmo que terminasse assim? Eu sinto sua falta. Sei que não adianta mais nada dizer  isso, mas eu sinto, e sinto muito a sua falta. É como se tivesse destruido a melhor parte que tinha em mim, aquela parte risonha, aquela parte feliz, aquela parte que você ajudou a criar em mim. Aquela parte que só você conhecia, e conhecia só de olha, nem precisava de sair nenhuma palavra da minha boca, você sabia o que eu sentia, ou o que eu queria lhe dizer, apenas me olhando. Você era aquela amiga que nem perguntava porque eu estava calada, porque em diversas vezes entendia o meu silêncio, e mesmo assim continuava ali comigo…  Estou com um nó na garganta, essa é a verdade. Toda vez que falo ou escrevo sobre nós eu não consigo segurar, e acabo chorando. É agora o motivo é maior, agora eu tenho certeza de que você está feliz sem mim, o meu lugarzinho no seu coração, parece estar bem habitado, mas por outra pessoa. Eu posso estar sendo egoísta, ou sei lá o que, mas pra mim era importante ser a sua primeira melhor amiga, ser sua única melhor amiga. Olha só que criancice a minha, nem nos falamos mais como antes, na verdade nem nos falamos, e eu aqui querendo cobrar uma coisa que nem se quer existe mais, a nossa amizade, o seu amor por mim… Caralho. Desculpa mas, você sempre me dizia que ninguém, niguém ia “tomar” o meu lugar… Sei que estou sendo ridicula falando isso, mas… Eu sempre tive medo de perder você, mas acabei fazendo isso eu mesma. Você é uma pessoa maravilhosa, uma pessoa encantadora, e não é nada mais justo do que outras pessoas conhecerem a pessoa que você é, e faze-lá feliz. Eu só quero a sua felicidade sabe?! Aonde estiver e com quem estiver, espero que esteja sempre feliz. Só quero saber que todos os dias você deu aquele lindo e sincero sorriso, aquele sorriso contagiante, sorriso bobo e alegre. Eu só quero saber que a cada dia você tenha um objetivo em mente que faça seus olhos brilharem de expectativas. É claro que eu queria poder compartilhar tudo isso com você. Mas não dá, somos estranhas uma pra outra agora. Acho que nada que fizermos vai fazer voltar o que tinhamos antes. Você sempre me disse que eu poderia contar tudo a você, desabafar, confiar segredos, contar histórias, mas na boa? Não dá, eu não consigo, não mais. É dificil, as palavras não saem como deveriam sair, tudo fica como se estivesse trancado dentro de mim, não consigo mais me abrir com você, e nem você comigo… É fato que há aquela pessoa com quem as palavras saem de uma maneira mais liberal, mas não é como se eu e você estivesse conversando… a uns seis ou sete meses atrás. Você já me deu tantos conselhos, já me previniu de varias burradas que estava prestes a fazer… “- Nós éramos amigas… mais do que amigas. Melhores amigas, irmãs, parceiras de crime. Não se lembra? Éramos tão próximas, praticamente uma só. Uma dependia da outra. Nossa amizade era tão forte que brincávamos dizendo que eu era metade da sua laranja, a tampa da sua panela. E agora estamos tão distantes, como se tivesse um buraco entre nós, e minha maior vontade é que a gente caia nesse buraco para ver se nos unimos outra vez. Eu sinto tanta falta das coisas mais simples, das piadas mais sem graças, dos segredos e dos conselhos… sinto falta de ter alguém que sempre estará disposta a aturar meus choros de garotinha de sete anos que perdeu sua boneca preferida ou que ralou o joelho e quer que dê um beijinho para sará. Sabe, sinto falta daquele amor de melhor amiga, entende? Quero aquela troca de “carinhos” de volta, do tipo ‘sua filha da puta’, ‘vai para a esquina’, ‘ganhou muito ontem à noite?’, ’ sua vadia, já tá me trocando?’. A gente não precisava dizer o quanto nossa amizade era especial e o quanto nos amávamos. Mas sinceramente, tô precisando muito que você me lembre que me ama também e que nossa amizade é especial para você também. Por que sei lá, parece que eu tô amando sozinha, e pior, talvez eu esteja considerando demais uma amizade que não exista mais.” Se lembra desse trecho? É daquele texto que consideramos escritos para nós. O texto que descreve perfeitamente a nossa situação, como nos sentimos, como eramos e como chegamos a ser… Foi bom enquanto durou, e durou enquanto tava sendo bom, mas a cada dia que passa, da mais impressão de que acabou… Victória R. for Suany E.

Minha pequena, você apareceu na minha vida tão do nada e virou minha melhor amiga. Você foi aquela que me ajudou sempre, me aconselhou, foi minha força quando estava fraca, meu ar quando não conseguia mais respirar, o meu sorriso quando eu estava triste. Por mais que a gente brigasse a nossa amizade voltava mais forte. Quantas vezes eu não chorei e você me abraçou e me fez sorrir? Quantas vezes eu estava triste e você conseguiu tirar um sorriso do meu rosto? Você me fez acreditar na verdadeira amizade, que a gente não precisava ter o que a gente queria pra ser feliz, bastava ter uma amiga de verdade. E essa amiga era você. Teve uma epóca que eu mudei e te fez infeliz, te fiz chorar, mas quando eu achava que tinha te perdido, você continuou ao meu lado e me mostrou que nossa amizade é verdadeira.E assim como mudei uma vez, pude mudar novamente pra te fazer feliz. Obrigada por tudo, por todos os sorrisos, todos os micos, abraços, passeios, por todos os momentos, obrigada por existir em minha vida, eu simplesmente amo você, minha melhor amiga! - Victória R. for Suany E.

2

Peço ao Papai do Céu te proteger todos os dias, sabia? Peço para que ele cuide da minha pequena, e que dê felicidade e auto-confiança em si mesma, peço à Ele para que os seus dias sejam melhores, que a sua dor seja passageira e que sempre possa haver pessoas boas em seu caminho, pessoas que serão capazes de te fazer sorrir… Apesar de eu não poder estar com você como antes, eu sempre levo nossas lembranças em meu pensamento! Pode ter certeza de que eu não irei te esqueçer. É já passamos por muitas coisas juntas, e tenho certeza que ainda vamos passar muito mais. A distância impede o contato, mas aumenta muito a saudade, sim, ela dói, mas ela faz com que o próximo encontro seja aproveitado ao máximo. É claro que vamos ter outras amizades, mas sei que nada nem ninguém vai conseguir substituir a nossa amizade, os nossos planos, o nosso castelo… Ah, minha pequena… Eu te amo tanto, e não tenho vergonha de dizer isso à quem quer que seja! O que há entre nós duas não é somente uma simples amizade, é carinho, é respeito, é consideração, é um amor de tamanha intensidade que… Está eternizado em nossos corações. N.E.O.Q.E.A.V. […] - Victória R. for Suany E.

2

Se lembra de quando eramos mais novas? A inocência da nossa amizade, as nossas idiotices, brincadeiras e burrices? Eramos felizes… Ainda somos. De uma maneira diferente, mas ainda somos. Faziamos combinações para tudo se lembra? Desda cor da colher da catina, até o medo de amarrar o cabelo, das linhas usadas no caderno até a mesma cor da caneta… Sim, eramos idiotas, mas idiotas felizes, ao nosso modo, aquele era o melhor jeito de se viver… As nossas infantilidades do passado, nos fizeram crescer e amadurecer demais. Hoje somos duas meninas mulheres. Hoje, não aproveitamos tanto das nossas brincadeiras como antes, mas ainda assim elas são únicas e importantes para nós. Nossas personalidades mudarão tanto, não é? Mas sinto que dentro de nós ainda existe aquelas suas crianças mimadas e indefesas… Só, que hoje, aprendemos a controlar nossas emoções, sentimentos e atitudes, hoje estamos mais frias, talvez pelos machucados que a vida nos causou, e essa frieza talvez esteja interferindo na nossa amizade, talvez… Além do pouco contato que está impedindo nosso abraço. Sabe… Você sempre será a minha pequena, sempre será a aquela garota diferente e tão igual a mim, você sempre será a minha melhor amiga, e mesmo que as coisas entre nós piore, (coisa que o Papai do Céu não irá permitir), você jamais perderá o seu lugar de melhor amiga em meu coração! Victória R. for Suany E.

E de novo me pego pensando em você, o que não é novidade, já que você não sai do meu pensamento. Mas hoje pensei em uma forma diferente, de uma forma que não queria ter pensado… Pensei em nós duas, mas emcaminhos diferentes, cada uma seguindo um destinototalmente diferente do que agente planeja hoje. Isso me fez chorar, pois jamais quero te perder, não quero viver meu futuro sem você, sem nossas brincadeiras, palhaçadas e idiotices… Eu simplesmente te amo, e você é minha melhor amiga… a melhor das melhores, é com você que já vivi seis anos, mas quero continuar vivendo, pois foram os melhores anos da minha vida, sério. Tantos momentos, bons&ruins, tantos sonhos, ideias e planos… Simplesmente não quero te perder, simplesmente te amo, sem porquês e simples assim te dedico esse texto, minha pequena. - Victória R. for Suany E.


4

As vezes acho tão complicado escrever algo pra você. Não deveria ser, mas é que eu não sou muito boa em expressar o meu amor por você, não sou muito boa em dizer o quanto a nossa amizade é essencial pra mim, acho que não sou boa nesse lance de demostrar sentimentos em forma de palavras… Porém aqui estou eu, tentando lhe impressionar com mais esse rabisco. Sabe pequena, desde quando nos tornamos melhores amigas a minha vida tem mudado tanto, pra melhor claro… As nossas conversas, as nossas risadas, as fofocas (não maldosas), os nossos planinhos, nossos passeios, festinhas, apelidos, sonhos e momentos… Tudo tão nosso… Palavras, sorrisos, abraços… Tudo tão significativo para nós. A nossa amizade já passou, está passando e ainda vai passará por altos e baixos mas eu sei que sempre serei sua melhor, assim como você também sempre será a minha melhor, a minha pequena. E sei também que jamais iremos deixar que nada e nem ninguém destruirá este castelo tão lindo que contruimos ao longo destes anos. A nossa amizade nasceu para fechar a boca de quem diz que nada é pra sempre. Eu te amo, e sempre amarei, simples assim! - Victória R. for Suany E.

E a nossa última promessa foi que nada nem ninguém iria abalar ou destruir a nossa amizade, e se algo ou alguém tentasse não iriamos deixar. Hoje deitada em minha cama e pensando em tudo que passamos, percebi que nós fomos o “algo ou alguém”, nós mesmas acabamos com a nossa amizade, nós a deixamos dimunir cada vez mais, e o pior: não fizemos nada, agimos e estamos agindo como se nada estivesse acontecendo. Isso dói pra caramba. Eu não a reconheço mais, tudo em você é tão estranho pra mim. De desconhecidas viramos amigas, de amigas conseguimos ser melhores amigas, e depois fomos regressando nesse ciclo. Séra que ainda ha como resgatar nossos planos, nossos sonhos, nossa amizade? Deitada em minha cama me perguntei isso… Eu ainda te considero a melhor amiga que já tive, não mais a melhor amiga que tenho, eu sinto cada vez mais que não a tenho, na verdade nunca a tive, mas antigamente eu tinha sua amizade, seu carinho, seu amor e atenção. Hoje não ha nada disso. Quando nos encontramos não passa de dialogos de colegar apenas, os abraços são vazios demais pra superar todo o tempo que passamos longe. Você é insubstituivel pra mim, e sempre será. Não importa se a nossa amizade acabar de vez ou não. Eu sempre vou me lembrar de quando você gostava de rosa e eu de roxo, ou de quando você brigava comigo por minhas brincadeiras sem graça, ou quando eu morria de ciumes de você e você de mim. Não. Eu jamais irei me esquecer de  certos detalhes. Jamais…  Victória R. for Suany E.

E eu não aguento mais escrever e ler textos sobre as dúvidas que pairam a nossa amizade inacabada, porém eu preciso desvendar o mistério que habita o seu olhar, preciso desvendar todos os mistérios dos nossos incessantes “porque chegamos a esse ponto?” Eu preciso saber por que estamos deixando a nossa amizade se afundar cada vez mais em um poço sem fundo, por que nos encontramos e falta assunto, por que falta aquela intimidade que antes era o que tinhamos de sobra? Talvez se a gente não tivesse deixado pequenas coisas abalar tanto o nosso dia-a-dia, talvez se a gente tivesse feito alguma coisa para mudar as coisas enquanto era tempo, talvez as coisas estariam diferente do que são agora. Talvez, apenas talvez. - Victória R. for Suany E.

E mais uma vez eu abri uma pagina sua de uma rede social, e fiquei olhando sua foto. Como eu já sorri olhando para aquilo você não tem ideia. Mas das ultimas vezes, infelizmente não era sorrindo que eu olhava, era com desanimo, com saudade e mágoas misturadas. Mas eu não consigo deixar de pensar em você, a cada dia, a cada ato meu. E quando eu procuro outras pessoas, eu procuro imaginando você me vendo. E tendo ódio de mim. Porque eu quero que sinta ódio. Porque ódio significa alguma coisa, e é melhor que indiferença. Você que já foi tudo, já foi minha esperança, foi meu futuro imaginado, hoje não é nada. Não passa de uma foto de uma rede social e de um número na agenda do meu celular. Se eu vivo bem sem você, porque continuo te olhando? Porque eu sempre volto aqui? Porque eu ouço músicas que lembram você? Porque? Não vale mais a pena isso.. Mas eu faço. Eu continuo fazendo. Você está ai viva, vivendo sua vida, fazendo suas coisas, realizando seus sonhos - que por sinal são bem diferentes dos quais tinha antigamente - feliz, tranquila, sem sentir minha falta - ou pelo menos não demostra sentir - sem olhar minha foto em rede social. Porque não consigo? Eu esperei muito de você? Muito da gente? Não. Eu não esperei nada, eu entendi tudo, eu entendia o que ninguém entenderia. Eu respeitei. Eu fiz como o destino quis, como nosso orgulho quis. Fui me anulando. Mas ainda sim tentei voltar a trás, eu chorei, pedi desculpas, eu aguentei besteiras. Aguentei tudo. É complicado, sabe? Parece que tem tudo pra dar certo, aí vem um detalhezinho que parece tão insignificante e muda todo o rumo da nossa história. Eu fui ajuntando do chão, migalhas do seu carinho, migalhas do seu amor. É estranho porque, apesar do tempo e de tanta intimidade já compartilhada, ambas acabaram tornando-se estranhas uma para a outra.. Você ainda é a minha personagem favorita. A dona dos meus melhores sonhos de infância, a inspiração de vários textos meus, a personagem de inúmeras histórias, que um dia contarei pros meus filhos.. E agora eu tenho que dizer isso, só para uma foto numa rede social. Porque você morreu na minha vida. Você pediu demissão, e seu cargo era a de presidente, era membro honorária do conselho, tinha tapete vermelho e eu até me vestiria de secretária se te agradasse. Você pediu demissão, sem aviso prévio nem nada. Me diz agora, como viver bem? Como sobreviver com essa ponta de angústia? Eu sou feliz cara. Eu sou feliz demais. Mas eu sou infeliz demais, quando penso em você. Quando penso no que poderia ser, no que poderia ter sido. Eu sei que não dá. Eu nem quero que dê. Não quero mais. Mas não sei o que fazer com esse nó. Vai passar né? Eu sei. Com o tempo eu não vou mais olhar sua foto, nem sofrer, nem pensar o quanto é infeliz tudo o que aconteceu. Tomara que passe logo. Porque a vontade de ser feliz as vezes me domina. Vou parar de falar, vou parar de só escrever achando que vai mudar alguma coisa, além de me aliviar um pouco. A partir de hoje, eu levanto a bandeira branca, eu desisto, cansei de tentar, escrever, pensar, sofrer… Cansei simplesmente. Pra mim acabou, acabou de verdade.. - Victória R. for Suany E.

Em um certo post eu li uma frase que me fez lembrar de ti, ela dizia que uma pessoa não precisa estar a vida inteira ao seu lado para se tornar única e inesquecível. É, hoje você não está mais do meu lado, e nem eu do seu… Isso não impede que as lembranças e a saudade tome conta de nós não é mesmo? Mas isso também não impede que as lágrimas caem ao ler um texto de amizade eterna… Poxa, a gente se ama tanto e tá ai nesse clima de “tanto faz tanto fez”, nenhuma de nós está feliz com isso, essa situação esta me sufocando. É tanta coisa que queria te dizer, é tanta coisa que queria te perguntar, é tanta coisa que queria ouvir de você, tanta coisa que ainda sonho em fazer juntas. Impossível conter o choro ao pegar uma cartinha, é uma cartinha, daquelas que fazíamos uma para outra no colegial, promessas de amizade infinita, sonhos dos mais bobos aos quase-impossíveis, planos para festinha do pijama no fim de semana, e alguns desenhos no final da carta… Será que ainda vou receber uma carta sua? Será que ainda vou te entregar uma? Será que um dia iremos voltar a ser melhores amigas, ou até melhor do que antes? Perguntas que não querem calar. Victória R. for Suany E.

Ah, e te ver onlaine me dói tanto. Lembra de quando você comprou o seu computador? Faziamos planos para que quando eu comprasse o meu a gente iria se falar sempre, onde foi parar esses planos hoje em? São tantos pensamentos confusos que tenho quando escuto o seu nome… Será que ainda sou sua melhor amiga? Poderia até perguntar, mas tenho um medo da resposta, medo de que alguém tenha preenchido este lugar que era somente meu. Ah minha pequena, eu sinto tanto a sua falta, eu amo tanto você, amo como jamais amei ou vou amar uma amiga, pena que estamos tão distantes, tão desconhecidas… Queria tanto poder te ligar depois de um dia corrido e ouvir detalhes de tudo que ocorreu em sua rotina. Quando a gente se fala é tudo tão vago, palavras tão soltas ao vento, e ao mesmo tempo tão presas dentro de nós. Sabe do que tenho mas medo hoje? Que a nossa amizade se apague pra valer. Dói demais admitir, mas não somos mais o que fomos um dia, e sabe o que doi mais? É perceber que ambas não estamos fazendo nada para voltar ao normal. Talvez por não saber por onde começar a mudar a situação.. É, e assim vamos indo, cada um vivendo a sua vida, se distanciando cada vez mais. Ouvi dizer que certas pessoas não gostam de ouvir “se cuida” e sim “eu cuido de você” desculpe-me minha pequena, mas como não estou podendo cuidar de você, então peço a você que se cuide, um dia ainda viveremos momentos lindos, como era antes, e espero que conseguimos realizar o nosso maior sonho… - Victória R. for Suany E.