this-was-ment-to-be

okay so I really jus gotta say something

when nazi shit was first goin down, women didn’t have the same level of equality that they do today (it still ain’t fair, but that’s a dif post). So it was obvious to blame these white men, these white nazi men.

But now women are among them, MARCHING among them, CHANTING among them. This is truly the HEIGHT of white feminism. I’ve seen countless doxxing of these white men but I’ve seen NOTHING about these white women.

This is not the 1940s. Women can no longer claim ignorance/ innocence because of their supposed subservience to men. These women need to be held accountable.

Make sure you call them nazis too.

Olá pessoas, vim aqui dar a minha opinião sobre um assunto bastante delicado. Todos nós sabemos que o plágio ainda é bastante frequente no Tumblr, que é crime. Mas, tem gente levando isso muito a sério. Temos que entender que todos aqui têm o direito de publicar tudo que veem, seja em filmes, séries, músicas, livros etc. Não é porque uma pessoa publicou algo que você viu em algum lugar, que propriamente copiou de você. Tenham em mente também que, url tem um significado pra todos nós. Existem várias parecidas, com uma letra a mais ou a menos pela falta de disponibilidade do nome completo. Contudo, o significado que elas representam é único. Não adianta querermos que alguém não”copie” nossa url, da mesma forma que ela significa algo para você, significa algo a outra pessoa. Além disso, o Tumblr é um lugar para nos expressarmos, publicarmos o que estamos sentindo, seja bom ou ruim. Vamos parar de julgar o que achamos certo, porque não sabemos o que faz o próximo bem. Essa rede social é um lugar para sermos livres, não sermos julgados, deveria ser nosso refúgio, não um lugar a mais onde as pessoas nos diminuem mais ainda.

Aprendemos para descubrirnos.

Como algunos dicen “carcel” “lugar de tortura”, colegio… pero además de eso, aprendemos y descubrimiento varías cosas.

Aprendemos a mirar a las personas, aprendemos a hacer amigos, aprendemos a hacer compañeros, aprendemos a hacer personas.

Descubrimos a aquellas personas que van a estar en las buenas y en las malas, amigos, mejor dicho hermanos son aquellos en quienes podes confiar.

Descubris a como amar y a como amarte, como respetarte y, cuando alguien diga no es no, no es un Tal vez o un quizás, es un no.

Y si ese persona dice quizas o tal vez significa que no está seguro, que no planifico un futuro… no es un espérame toda la vida, hasta que tome una decisión.

Por qué la vida es una sola y el tiempo es muy rápido. Y esperar a alguien que no está seguro es muy agotador.

Descubrimos a darle oportunidades a personas que se lo merecen, que verdaderamente te amen.

Descubrimos a pelear a luchar por lo que queremos por lo que soñamos día a día.

Nos descubrimos lo más importante.

Aprendemos a lanzar nuestra voz… así que no solo aprendemos partes de nuestro cuerpo, idiomas nuevos, países, números, países… si no que aprendemos para descubrirnos.

Non mi interessa

Non mi interessa particolarmente la psicologia spicciola. Sto leggendo un libro che ribalta tutte le interpretazioni freudiane e che mi affascina molto, magari prima o poi posterò qualcosa qui. Cerco anche di liberare i miei desideri dalle immagini dominanti e dai pensieri dominanti, cerco di andarci dentro, sotto, intorno, scavare. Soprattutto quando questo desiderio è vissuto in solitaria come in questo momento: quando c’è un altro corpo con il tuo, c’è meno bisogno della testa, è il corpo che guida. Anche se poi corpo e mente, si sa, sono assai collegati. Diciamo che quando c’è un corpo presente è il tempo che si annulla, non penso e poi agisco magari a distanza di tempo appunto: pensiero e azione, quando tutto va bene, vanno a braccetto.

So when I was in middle school this guy and his friends shut me in a utility closet and sprayed a bunch of random aerosol stuff inside (definitely axe body spray, Lysol, and I think like pledge or some shit) with me yelling “gas the Jew” as a “"joke”“ because I did a presentation on how the Holocaust effected my family and I just heard from a friend of mine who still sort of knows him (because small towns) that he was probably up in Charlottesville during all this and like tbh I’m not surprised……….

the fact some people have been so blind to racism and ignorance until the terrorist riot in virginia this past week is just. fucking astonishing. this isn’t “all of a sudden.” the kkk and nazis can’t be news to you. the fact people exist who want to kill literally everyone who isn’t white should not be news to you. no white person has any right to wonder “how on earth this could have happened.” just because you don’t experience racism doesn’t mean you can ignore it.