the vendys

Mendoj se njerëzit nuk harrohen. Nuk mund të harrosh dikë që të ka bërë të buzëqeshësh një ditë, ata që bënë të të rrahë zemra, ata që të kanë bërë të qash për orë të tëra. Njerëzit nuk harrohen. Ndryshon mënyra se si i shohim ata, ndryshon vendi që ata zënë në zemër,vendi që ata zënë në jetën tonë. Ka njerëz që janë sjellë mirë me mua, por tani mes nesh nuk ka vetëm thjeshtë një “Mirëmëngjes”. Ka njerëz që edhe pse na kanë bërë të derdhin lot, më kanë mërzitur në jetën time…më kanë mësuar të jetoj. Më kanë mësuar për t'u bërë ai që jam. Dhe, edhe nëse sot mes nesh mbetet vetëm një buzëqeshje apo thjesht një pershëndetje, do të jenë përgjithmonë pjesë e jetës sime. Unë nuk harroj askënd. Nuk harroj ata që më kanë kapur dorën, të paktën për një herë në jetën time,sepse në qoftë se e kanë bërë, kjo do të thotë se fati ka dashur të më përballë me ta, para se të vazhdoj përpara.

às vezes eu penso em aguentar mais um pouco pra ver se eu vou me formar na faculdade, arrumar um emprego, me mudar, achar alguém que me ame, construir uma família e sei lá mais o que
mas a dor no meu peito é tão grande que tá me matando aos poucos
e eu nem ligo
eu penso em continuar pra ver se as coisas realmente melhoram como dizem
ou se é só mais uma mentira contada de forma trivial
e o pior é que eu digo isso aos outros
“vai melhorar”
e eu nem sequer acredito
sou como um padre espalhando deus sem acreditar nele
(e não duvido que tenha alguns que realmente façam isso)
mas eu vendi minha alma ao diabo
e dou bom dia pra ele todas as manhãs
e boa noite antes de dormir esperando não acordar no dia seguinte
mas às vezes eu penso em continuar
e ver se vai ficar tudo bem como dizem
ou se é só mais uma mentira contada a esmo

netuno.

asamivt-alpha  asked:

Hola Joku! Solo una pregunta aleatoria Conoces Animal Crossing???

Yep, son tan bonitos los animales de alli, very cuties.

Pero antes de que preguntes, no tengo el juego, lo vendi por razones economicas :c

Po rrija ne ballkon nje nat vere dhe nuk e di pse papritur mu kujtove ti , n fakt gjithmon t kam menduar por sot se di pse krijova nje shpres sikur ne te dy do te shiheshim prap . Ajo shpres qe me kujtoi te gjitha momentet qe kaluam bashk dhe i mbaj mend te gjitha nga i fundit tek i pari . Eshte e vertet qe me bere te vuaj shum por prap nuk te nxjerr dot nga zemra ndoshta dashuria ime per ty mund te zgjasi me koh . Me kujtohet vendi q ne takoheshim bashk , shkoj cdo dit aty, ulem, qendroj , marr frym thell , ne fakt une ngopem me frym vetem kur perqafoheshim ne te dy ne at vend .Nje pike loti me bie cdo dit qe un kaloj aty , dhe loti tregon mallin per ty , tregon ato perqafimet e ngrohta qe me ngopnin me frym , kujton fjalet e tua t embla e aventurat qe kemi kaluar bashk , me kujton ato premtimet qe me ke dhen por tani t gjitha keto nuk jan më . E perse?
Kete pergjigje nuk besoj ta marr ndonjeher, por di vetem dicka qe ti nuk ndodhesh n zemren time por ti je zemra ime , thjesht Te dua .

Cartas para ela  Nº2

Oi, cá estou novamente. Já se passaram alguns dias e nada do meu celular vibrar, você ainda pode me escutar? Eu juro, só vou tomar uns 5 minutinhos do seu tempo. É que eu queria te dizer das coisas  que deram errado entre nós. Pois então, vamos ao assunto.
Ontem eu estava deitado no meu quarto enquanto lembrava um pouco de você, lembrei até daquela música “Vou voando” do Jorge e Mateus. Mas aí eu pensei que mesmo se me chamasse, eu não iria nem de teletransporte. Sabe porque, moça? Eu me lembrei do dia em que vendi o meu adorado violão só pra render mais grana e ir te ver. Caramba, eu enfrentei 18 horas de estrada pra encontrar você, pra depois de dois anos te ouvir falar que nunca te fiz coisas boas? É uma pena você ter esquecido das flores, chocolates e ursos que te enviei naquele maio de 2016. Mas você disse que só lembra das coisas ruins? Então me desculpe por ter dito algumas coisas ruins, por ter conhecido uma outra pessoa durante os 2 meses que você me ignorou e ficou aos montes com seus amigos. Me desculpa se eu não fui te ver naquele setembro que você me mandou não embarcar, talvez se você tivesse me permitido eu até teria ido, mas eu ainda acho que você me culpa para ter uma desculpa para a sua traição com a viagem para o seu ex. O mais engraçado é que depois disso eu te perdoei, eu voltei pra você e sinceramente não sei onde eu estava com a cabeça, talvez eu fosse ingênuo demais para perceber que você não me amava, não sei. Mas eu não consigo pensar em qual desculpa você poderia usar para a segunda vez em que viajou para lá e novamente ficou com ele. Ah, eu devo relembrar também da minha última viagem até você? Que por mais perfeita que tenha sido, descobri uma semana depois de voltar que você havia dito que amava ele 1 dia antes da minha chegada? Me desculpe, isso não vem ao caso, né? Vamos voltar aos meus erros. Desculpa por quando eu me permiti conhecer outra pessoa quando achei que você não voltaria para mim. Seu forte sempre foi se desculpar, né?
Me faz um favor, guarda aquele ursinho que sempre chamávamos de Sophia, guarde aquele pijama azul e branco que caiu bem em você, principalmente aquele casaco que esqueci na sua casa. Mas guarde para que se lembre, que um dia, em algum lugar, alguém se preocupou muito e fazia de tudo para te ver sorrir.