thalita

Você aponta a câmera para a maioria das pessoas e elas sorriem. Você não vê o que realmente são. Só vê suas máscaras. Elas posam, elas praticamente fingem
—  Thalita Rebouças

“Você nem sabe mas eu já deixei de insistir em tanta coisa. Já deixei de lutar, já deixei pra lá. Já deixei de pedir, já deixei de chamar. Já deixei de querer por você, já deixei de fazer, já deixei de ir atrás. Já faz tanto tempo que eu também deixei de implorar, deixei de me importar. Já deixei de me envolver, já deixei de fazer por onde, já deixei de ter juízo, já deixei de querer muito, já deixei pessoas, já deixei coisas…E você aí achando que só por eu gostar de você, coisa simples, coisa pouca, vai ser o suficiente pra tudo. Achando que só gostar adianta, achando que só sentir adianta. Você não sabe nada sobre mim. O lado mais vingativo de mim é quando eu deixo pra lá. É quando eu deixo de insistir. Eu nem preciso deixar de gostar, só de deixar de insistir, de querer e de te impressionar, eu estou me vingando. E quando isso acontece, eu sei que o fim está chegando. O fim do sentir é o desfecho final, e pelo cheiro que ocorre as coisas, já estou chegando no caminho desejado. Enfim o nó desata, enfim a ilusão termina. E tudo chega no seu devido lugar.”
alves