te-dua

Sabe, eu trago boas intenções no coração, eu nunca entraria na vida de alguém com a intenção de sair. Mas você tem que entender que eu não sou de ferro, e não sou obrigado a tolerar suas mancadas todas as vezes, e você sabe muito bem do que eu estou falando. Eu posso até te perdoar uma, duas, ou até três vezes se for preciso, mas não significa que eu vou esquecer o que você fez. Todo mundo tem seus limites, e eu cheguei no meu.
—  Mateus Yoshitani.