tanto assim

Deixe doer, tire um tempo para você, para a sua dor, sofra o que tiver de sofrer, ouça aquela música que te faz lembrar e te deixa triste, e chore, chore muito, deixe doer, pra valer, deixe a ferida sangrar, e com o tempo você vai perceber que já nem dói tanto assim, e aquela música já nem te deixa mais tão triste, pode ser um longo caminho, mas a ferida uma hora se cura, mas é importante deixar doer, antes de cicatrizar, sempre dói, e isso faz parte do processo, e isso te deixará mais forte para a próxima vez, se machucar nessa vida é inevitável, por isso temos que aprender a lidar com a dor, então deixe doer.
—  Estação do Caos
A verdade é que eu tive medo de levar adiante. De gostar tanto assim de você, e esquecer o quanto preciso gostar de mim também. De aparecer no meio da noite pedindo por mais uma chance. Por mais um beijo. Por mais um abraço. Por mais um aperto de mãos. Por mais um olhar de indiferença. Por qualquer atenção sua.
—  Os porquês de Amélia Roswell.
Você vai duvidar. Você vai fugir. Você vai despistar. Você vai dizer que quer, mas não quer tanto assim. E vai achar que eu vou olhar pra todos os lados procurando qualquer coisa que não seja você, enquanto eu vou olhar procurando qualquer coisa que seja nossa. Um dia você vai se entender. Eu? Eu já vou ter te decorado.
—  Camila Costa.
Não faça isso, moço. Não goste de mim tanto assim, eu não sei retribuir. O máximo que irei fazer é reforçar os muros que me protegem de sentimentos incertos e correr pra bem longe de você, para não correr o risco de te desapontar.
—  Procrastinada.
Depois de tanto tempo sem observar o céu, hoje resolvi apreciar a imensidão e a escuridão que o compõe. A nostalgia me invadiu sem nem pedir licença, e algumas lágrimas percorreram minha face. E então, me fiz as seguintes perguntas: Como posso ter mudado tanto no decorrer dos anos? Como minha vida pode ter mudado tão rápido? Tantos planos e sonhos que foram deixados pelo caminho, e esquecidos com o tempo. Como pude me permitir mudar tanto e esquecer assim de mim? Queria tanto voltar a ter fé e acreditar que ainda posso conseguir alcançar meus objetivos. Não quero continuar sendo essa pessoa pessimista e sem coragem pelo resto da minha vida.
—  Suelen Bastos.
É que querendo ou não você ainda me afeta demais. Tenho a sensação que sempre irá me afetar na verdade. Seja de propósito ou não. Seja na boa ou péssima maneira. É covardia eu passar a noite em claro pensando em tudo que poderíamos ter sido, enquanto você esta ai, numa boa. Posta em redes sociais coisas que chegam a me magoar e tenta mostrar sua “felicidade”. Qual é o seu problema? É incapaz de enxergar a felicidade a um palmo do seu nariz? Estou achando que sim. Eu seria aquela que te cuidaria, melhor que qualquer outra mulher. Te abraçaria sempre que chegasse tarde do trabalho. Iria sorrir sempre que te visse com ciumes. Eu te amaria, como nunca foi amado antes. Mas que besteira, eu aqui confessando meu amor enquanto você está ai, postando vídeo rindo e com outra pessoa. Chega a ser ridículo ter tanto sentimento assim. Chega a ser patético te esperar tanto assim. Talvez agora eu entenda que “ amar é ficar feliz pela felicidade da pessoa, mesmo que custe sua felicidade ”. Não seria suicídio pensar dessa forma? Estar feliz por alguem que as vezes parece nem pensar em mim, enquanto eu estou olhando para o teto tentando não chora? Droga, eu prometi não chorar. Não adianta dizer que eu não  tentei te tirar da minha cabeça. Cheguei a ler um livro de quinhentas paginas em um só dia, só para não pensar em você uma hora pelo menos. Sai. Brinquei. Tentei paquerar. Sorri. Mas nada adiantou. No final da noite era o seu sorriso que eu queria ver. Era seu beijo que eu queria sentir. Era em seu abraço que eu queria estar. Era de você que eu queria me sentir ser amada.
—  Outono daquele 07 de Junho.
A gente deveria ser mais forte. Indestrutível. Impenetrável. Qualquer chuvinha alaga, se é tempestade então, destrói. O problema é quando fechamos as janelas só porque escureceu, nem temos certeza se vai chover mesmo. Infelizmente a mente criou uma barreira. Uma espécie de autodefesa, já que o coração dói tanto, e mesmo assim não aprende a parar de sofrer.
—  João Lima.
tu

estou tentando não ficar tão próxima porque dói. eu tento não gostar tanto assim da sua voz porque ela é linda. eu tento não sorrir quando você me chama de sua porque eu quero ser. eu tento não me sufocar no travesseiro quando penso em você porque gostaria de te ter. eu tento não deixar você derrubar meu muro porque no fundo eu adoraria te ver quebrando-o por completo. mas eu tento muito e acabo assim, aqui. a ultima vez que olhei, meu coração estava em pedaços, desde então não o olhei mais. sinto vergonha disso. sou a garota durona, a garota que não gosta de romance. mas, cara, eu tô gostando do nosso. mas, existe um romance aqui?

Te gosto

Quando começamos a sair, não tinha grandes esperanças de que pudesse gostar tanto de alguém como gosto de você, um alguém tão parecido comigo. Talvez, eu sabia que poderia me apegar tão rápido, mas olha onde estou, pedindo para deitar em lugares desconfortáveis, ouvindo sua respiração um tanto pesada, não tanto quanto a minha e pensando em como é bom as horas passadas ao seu lado. São vários os motivos que me faz te gostar tanto assim, são tantos, e muitos tão inalcançáveis por palavras que se torna ate difícil de descrevê-los.

Gosto de quando estou envolvido nos teus braços sentindo o calor da tua pele, tom de noite que me contrasta, e me aquece. Sentir as sensações inéditas que um carinho proporciona, e como arrepiar em teus braços é prazeroso.

Gosto quando você fala e fica procurando com a mão alguma parte minha para tocar, minha perna agradece quando ela é escolhida. Fico feliz de saber que mesmo quando estais a dormir procuras por mim, seja apenas para mandar um beijo tchau ou milhares de corações azuis.

Adoro teus abraços, ainda mais quando me permitem ficar com a boca próxima do teu pescoço, uma região que consigo ter poderes sobre você, não tem como evitar uma mordida nesse lugar que pede tanto por uma marca.

Só queria dizer como é gostoso de saber que você é parte da felicidade do outro, que você faz tão bem ao outro a ponto dele sorrir apenas por você estar ali.

- Acidocafe.

A gente sempre acha que nunca tá pronto e que se despedir das coisas e pessoas é algo super difícil. No entanto, as coisas monótonas acabam nos enjoado em algum momento e nós aprendemos a desapegar das coisas. Quando meu primeiro namorado terminou comigo, eu chorei horrores e olha que eu nem gostava tanto assim dele, mas o sentimento de ser deixada era horrível; ficamos indo e voltando várias vezes até que desisti dar um ponto final nessa história, já estava virando algo monótono e eu cansei. Terminei e não chorei uma lágrima se quer, não me arrependi em nenhum momento. E assim foi indo, tive que me despedir de amores, de amizades, etc… Eu achei que quando fosse terminar o ensino fundamental e ir para o ensino médio eu iria chorar demais, porém, não chorei nem uma mínima gota de lágrima, pelo contrário, eu estava feliz. Estava feliz em estar fechando mais um ciclo, em estar prestes a começar uma vida diferente, com novos amigos, nova escola, novos passeios, etc… Obviamente fiquei triste de me despedir de alguns amigos, mas sei que posso reencontra-los, marcar algum passeio, não preciso que seja um adeus. As coisas passam na nossa vida, algumas ficam e outras vão involuntariamente, e algumas a gente escolhe se quer que permaneça ou não. Temos que estar prontos para a mudança, pois ela é constante. A vida não para um pouco pra que você decida o que quer, ela segue e enquanto isso você toma suas decisões. A vida é como um ônibus, ou você chega na hora e o pega, ou você demora e ele parte sem você. Não gaste seu tempo se matando porque sua vida vai mudar, porque você teve que se despedir de alguém ou de algo, ou porque algo não deu certo. Aceite a situação e siga em frente, parta para a próxima opção, o próximo passo e vá ser feliz.
—  Fernanda Faria.

Gosto da maneira que faz meus dias serem melhores, do jeito que me trata, e de como me cuida. Eu gosto quando você sente saudade, e gosto mais ainda quando você diz que tá com saudade. Eu gosto de saber que está aqui, mesmo quando não está aqui. Eu gosto e eu sinto. Eu gosto quando acha que me entende, mas na verdade não chegou nem próximo de me entender, mas sei lá, eu gosto. Eu gosto da maneira que você me gosta, é gostoso ser gostado. Eu gosto de sentir sua falta, mas gosto mais ainda de matar essa falta. Gosto do seu bom dia, do seu boa noite, e até de quando você não diz nada, mas queria ter dito. Eu gosto tanto do seu silêncio, mas também gosto do seu barulho, mesmo não gostando tanto assim de barulhos, mas do seu eu gosto. Eu gosto do seu ciúmes exagerado. E gosto do seu jeito pra frente. Gosto um pouco. Eu gosto de ir embora só pra ter certeza que não sei ir embora, e gosto mais ainda quando não me deixa ir embora. Eu gosto de ficar, apesar de ter um medo absurdo de ficar. Sabe quando você começa a me contar um caso no qual não estou prestando atenção? Pois é, eu gosto. Gosto porque parei de prestar atenção no caso pra prestar atenção na sua voz. Eu gosto da sua voz. E da sua risada. E das suas lamentações. E das suas perguntas. É, eu gosto. E gosto mais ainda dos seus medos, dos meus medos, dos nossos medos que se entrelaçam e formam um medo só. Mas o que eu realmente gosto dentre todas essas coisas gostáveis, é de você saber que eu gosto de tudo isso sem eu precisar te contar ..

Não deveria depositar tanto em você, eu sei. Não deveria gostar tanto assim de você, eu sei. Não deveria nem ser tão apegada à você, mas sou. Não vivo sem você, e nem quero. Porque de alguma forma ainda que você me faça mal, consegue me fazer bem. Aí você tenta entender a loucura que eu tô falando, né? Mas é… Você já me fez ficar mal diversas vezes. Entretanto, da mesma forma que você faz isso, é você que me deixa bem no segundo seguinte. E eu sei que nenhuma briga é definitiva, e espero que nunca seja. Porque não suportaria saber que você nunca mais irá voltar.
—  Confidências de Eva.
Amor, eu andei perdido por tanto tempo, cai tantas vezes pelo caminho, perdi as esperanças tantas vezes, mas eu sentia algo que me fazia levantar e lutar. Algo sempre falava: Logo logo tudo vai mudar e não imaginava que iria mudar tanto assim. Seu coração é o lugar que eu quero estar, ouvir o som que ele faz. Só isso basta pra eu ser feliz.
—  Matt Oliveira.