tando

The Fan’s Guide to the Altean Language

UPDATED FOR SEASON 4 - First update for season 4

Thank you all for your overwhelming support. I plan on updating this guide for every season, so stay tuned! For a more indepth guide to season 3, check out @butteredonions post here!

New season updates will be within 1 week of premier

Questions? Comments? Want to chat? Let me know! Due to the popularity of this post, I may not see commentary in the tags, so hit up my askbox, the messenger, or the comment feature on the post.

With the increase of alien characters in season 3, we are getting away from this being purely the Altean language. Unfortunately, there’s no real way of knowing what is and isn’t considered “altean”, so I’m just going to continue to use “Altean Language” as the tag.

Units of time (Confirmed with Official Guidebook!)

  • Quintant = 1 day
  • Deca-Phoeb = 1 year
  • Phoeb = 1 month
  • Dobosh = minute
  • Varga = hour
  • Tick = a tad longer than a second
  • movement = week
  • @saiikavon has pointed out that in S2E8, the Blades of Marmora base would be closed for 2 quintants. When they mention that 10 Vargas have passed, Lance correctly estimates another 30 Vargas until the base is open again. From this it can be assumed that 2 Quintants = 40 Vargas or 1 Quintant = 20 Vargas.  

Planets/regions and Inhabitants 

  • Olkarion, home of the Olkari (Voltron Coalition HQ)
  • Arus, home of the Arusians
  • Taujeer, home of the Taujeerians
  • Daibazaal, home of the Galra (destroyed)
  • Altea, home of the Alteans (destroyed)
  • Puig, home of the Puigian
  • Unnamed planet, home of the cubserions
  • Valurian Quadrant, home of the Tando people
  • Kythra, has desert tribes
  • Ulippa system, contains ice worms
  • Paglium quadrant
  • Thayserix (planet), unknown if inhabited
  • Va’kar quadrant
  • Thaldycon system
  • Unilu, homeland unknown
  • Signa 3 quadrant - overrun by rebels
  • Fimm System
  • Reiphod (Planet) - recently liberated by rebels
  • Quadrant Omega-Raylar-6
  • Karthan-Sigma Quadrant
  • Kraydah’s Moon - Rebel base
  • Unknown planet (destroyed) - Rebel memorial site
  • Unknown asteroid - Matt’s communication outpost
  • Naxzela (Planet) - Formerly a decommissioned Altean Terra-forming planet. Major Galra base. Part of the Rebulon Zone.
  • Vantax-5 -Galra satellite relay orbiting it
  • Teq (planet) - Galra controlled. Had Zaiforge cannon nearby
  • Senfama (planet) - Jungle planet. Galra controlled. Had Zaiforge cannon
  • Sector Zar-Niomofor
  • Nah-veer-5 (unstable star)
  • Zone Everall 71
  • Zones Rebulon 4-69 (Naxzela is in one of these zones)

Phrases

  • Stick out like a choferiaks nose
  • blown straight to Wozblay
  • faster than an angry klanmüirl
  • Jump like a spritely clovenheifer
  • mad as a wet chüper
  • linked at the ears like a pack of yalmor
  • crack a squizzle on the balmera (I.E. break a leg)
  • puffed up like a Trufalian meringue
  • hold your gazurgas (I.E. hold your horses)
  • and I’m the phloban of Gargalaz (I.E. I’m the king of France)
  • what, in the name of King Groggery the infirm, is going on?
  • a day late and a fertonium short
  • from her to Vlexlar
  • hello bii-bohs and boh-biis
  • what the ruggle is that?

Random

  • Nunvill - a purple beverage that purportedly tastes like hotdog water and feet. Other commentary includes “the nectar of the gods”, “makes a wonderful hair tonic”, and “settles the stomach and brightens your smile”
  • Quiznak - a swear word, similar in use to Fuck, crap, or hell (ie: “Oh quiznak” or “What the quiznak”)
  • Quintessence - a type of energy. Context from the world indicates that it is likely some form of Life/spirit energy [EDIT] It’s a real word! According to dictionary.com : noun1.the pure and concentrated essence of a substance.2.the most perfect embodiment of something.3.(in ancient and medieval philosophy) the fifth essence or element,ether, supposed to be the constituent matter of the heavenly bodies,the others being air, fire, earth, and water. Thanks @nickelpenn for the info!
  • Weblum - a giant space worm that eats dead planets, repurposing the material into “the building blocks of new solar systems”. They produce the scaultrite mineral, used for Altean Teludav lenses.
  • Sloven-de-hoe - literally the altean word for “gone”
  • Duflax - an altean creature with a beak and webbed feet.
  • Xznly Squiwl - an altean creature with a white body and 4 limbs
  • bogwaggle cape - a type of cape that Coran claims he trained to sing his theme song when he walked in a room
  • Hoktril - a device from the alternate reality that is embedded in the back of the subjects head, eliminating their “will”. Basically turns them into mind controlled puppets
  • Skort pantaloons - a breathable trouser worn by the Tando people. Worn by the aliens who rescued Matt.
  • Klygarg - a computer used to record logs. Used by Vakala and his partner
  • Guns of Gamara - a resistance group in the alternate reality.
  • Zaipirium siege - an event in Galra history. The underwater Galra base from this period is implied to be very old
  • Fluuto beans - “…No more beans for Hunk” - Lance
  • Conscious-neezy mind enhancers - pills containing parasitic worms (never bargain with shady Unilu running illegal enhancement shops out of their wheelchairs)
  • Swathian Meerakeet - giant lizard-armadillo that is attracted to lights.
  • Zaiforge cannons - very powerful galra cannons. Commandeered by the rebels and Blades of Marmora
  • Sincline ships - Lotor’s trans-reality ships. A nod to Lotor’s origional GoLion name


Other useful info

  • The paladins left earth on a monday (S1E2)
  • Cryopod, cryo replenishers, and sleep pods have all been used to describe the same unit
  • The black lion is largest, the yellow/blue lions next largest, and the red/green ones the smallest. So Lance and Hunks lions would be described as about the same size
  • The swords the blades of Mamora use are made of Luxite, which is rare
  • Coran accompanied his Grandfather while the castle of lions was being built, potentially putting his age in the 600s (not counting the 10k year cryo-sleep)
  • He/him pronouns are used for Pidge until S1E6, and She/her pronouns from S1E6 onwards
  • Coran’s full name is Coran Hieronymus Wimbleton Smythe
  • Haggar’s altean name is Honerva. Her official title is High Priestess
  • On Altea, the color pink is used to honor fallen warriors
  • The mice are Platt (largest), Chulatt (blue fur/eyes), Plachu (Blue fur, red eyes), and Chuchule (pink fur)
  • The Holt family dog was originally named Gunther, later changed to Bae Bae (in honor of the studio’s late pet)
  • The dates on Matt’s tombstone are 0010-05-25 to 0014-04-28. This format may be the correct date format, as Pidge didn’t realize anything was off until she realized Matt’s b-day was wrong
  • The coordinates for Matt’s base are 19.82.05.11
  • Alteans don’t get brain freeze

Birthdays

  • Hunk - January 13th
  • Shiro - Febuary 29th (leap day)
  • Pidge - April 3rd
  • Lance - July 28th
  • Keith - October 23rd
  • Allura -  Unknown as of 10/20/17
  • Coran -  Unknown as of 10/20/17

Original Paladins

  • Black - Zarkon of Daibazaal
  • Yellow - Gyrga from Rygnirath
  • Green - Trigel of the Dalterion Belt
  • Blue - Blaytz from Nalquod
  • Red - Alfor of Altea

Lotor’s generals

  • Zethrid - big, with the fluffy ears
  • Narti - the blind lizard woman
  • Ezor - the bubbly, giggly one
  • Acxa - Weblum galra (spelling confirmed on official voltron page)
  • Kova - the space cat, assuming the one with Narti is the same as the one Haggar used to have

Rebel Commanders

  • Ozar - The blue guy who talks with Pidge
  • Te-osh (deceased) - rescued Matt
  • Olia - star fox

Galra squadrons (all hunting Lotor btw)

  • Squadron Erto
  • Fighter squadrons Djalg 14 & 15
Voltron Terminology: Season Three

A list of places, objects, phrases, and new characters introduced in Season Three. All spelling is from the subtitles. Might be missing one or two. Good luck, content creators!

Places

Puigsaved by Lance and Hunk in s3ep1, attacked again later by the Galra General Ladies. Call themselves the Puigians.
Ulippa System – Throk is transferred out here. The planet/system has ice worms.
Va’Kar quadrant – the Paladins set a course to this place during their search for Lotor and the comet.
Planet Kythra – a tribal desert people, featuring the same large feathered ears as the aliens who rescued Matt. Pronounced “keeth-ra”.
Tando people – live in the Valurian quadrant, and wear flappy loose pants.
Paglium quadrant – the yellow and blue lions were spotted here between season two and three.
Planet Thayserix – planet made of dense gases with unusual magnetic poles that cancel the sensors. Atmosphere has areas full of Red Syntian Nitrate, which is a highly combustible gas that goes BOOM when you shoot through it with “amplified emissions of light.” (In summary: lasers bad. Ice guns okay.)
Daibazaal - original home of the Galra. The comet that Voltron was made from crashed here.
Rygnirath - home of the original Yellow Paladin, Gyrgan
the Dalterion Belt - home of the original Green Paladin, Trigel
Nalquod - home of the original Blue Paladin, Blaytz

Terms and Objects

Red Syntian Nitrate – a highly combustible gas found in parts of Thayserix’s atmosphere. See above.
Skort pantaloons – flappy loose pants traditionally worn by the Tando people.
Bogwaggle-cape – can be trained to sing theme songs. Coran had one back in the day.
Nanothermite titanium-boron – the bomb that broke Matt out of galra prison
Tel-Galax exploration shuttle – one of King Alfor’s deep space vessels. The team come upon it half-suspended between realities. Note: This ship in particular is Commodore Trayling’s ship.
Non-cogs – a term used by trans-reality Alteans that refers to people controlled by the hokril.
Hokril – a device that plugs directly into one’s brain via the back of the skull. This device saps the fighting force from a person – from “enemies”. Used by the trans-reality Alteans to bring “peace”.
Klygarg – a computer or database of some sort. Transmissions can be logged on this device, which needs a password to activate.

Note: the comet that Voltron was made from, as well as Lotor’s new battle-ship, is never specified by name. The ship (and Voltron) are said to be made from the “ore” produced by the comet – but the comet itself currently has no specified name.

Phrases

By King Groggery the Infirm! – used by Coran as an exclamation. Fun fact: King Groggery the Infirm is also on the Altean currency that Coran tries to bribe the mall-directory!Unilu with in Space Mall (Season 2.7).
By the ancients – another one of Coran’s exclamations.
Hold your gazurgas, everyone! – thank you, Coran.
And I’m the Phoblan of Gargalax – Shiro’s taller captor uses this as a sarcastic statement of disbelief, similar to “sure, and I’m the King of France.”
By willow! – Gyrgan exclaims this at least twice.

Organizations/Societies

Guns of Gamara – really, Sven?

People

Lotor’s Generals
Ezor – awesome. ‘ribbon-hair’ Galra
Narti – blind with a kitty. Also has tail.
Zethrid – big fluffy ears. Always down to fight.
Acxa – the Galra Keith met in the weblum. Note: the subtitles spell her name differently almost every time.

Original Paladins
Zarkon, from planet Daibazaal – original Black Paladin
King Alfor, from planet Altea – original Red Paladin
Gyrgan, from Rygnirath – original Yellow Paladin
Trigel, from the Dalterion Belt – original Green Paladin
Blaytz, from Nalquod – original Blue Paladin

Miscellaneous
Commander Throk – attempts to undermine Lotor
Commander Trayling - was in charge of the exploration shuttle the Paladins discover.
Sven – ……….
General Hira – the pink-haired Altean met in the trans-reality. Refers to Allura as ‘Empress.’
Her companion with the spectacles is never named.
Moxilous – a “non-cog” controlled by the Alteans in the trans-reality
Vakala – tiny alien on the ice planet fake!Shiro/Kuron lands on. Their companion, the larger alien, is not named.
Subject Y0XT39 – approved for use in Operation Kuron.
Note: Shiro’s fugitive number is 117-9875. (Season 1.10)
General Raht – assigned by Haggar to keep an eye on Prince Lotor.
Honerva – Haggar’s original name
Kova – Honerva’s cat. Same species as the cat that Narti uses to see through – possibly the same cat? Maybe season 4 will tell us.


Go forth and create!

So a couple of people have pointed out that of the two aliens that saved Matt, one of them has large pink ears similar to Zethrid’s.

This is something I’ve personally dismissed in the past as a coincidence because that figure also is blatantly not Zethrid- they’re only about Matt’s size, slender built, with small hands- but recently I’ve been coming back and poking at that idea.

Keep reading

⁑ TEXTO: ANIVERSÁRIO, AMIGA DE INFÂNCIA ⁑

Oi meu amor, chegou o dia mais esperado do ano, poxa caraca meu deus como assim (COLOQUE A IDADE DELA AQUI) já? Eu não entendo como os anos se passam tão rápido dessa forma, eu só fiz mesmo piscar o olho, e a cada dia que passa, você se torna uma mulher linda. E hoje completando (COLOQUE A IDADE DELA AQUI NOVAMENTE) eu me impressiono olhando pra trás, éramos tão pequeninas buscando nossas bonecas, e “panelinhas” para brincar no quintal de casa, era ótimo. Nosso sonho era “virar gente grande” e hoje olha só, só queremos ir de volta a nossa “velha infância”, e toda aquela inocência de pequenas. Eu não poderia viver infância melhor, porque a minha eu passei do teu lado, e pra mim, com certeza não tem coisa melhor que isso, não existe amor mais verdadeiro do que uma amizade como a nossa, e como toda relação amorosa, também temos nossos altos e baixos, mas apesar de todas as nossas brigas eu quero dizer à você que você é a melhor amiga de todas, que já tivemos vários desentendimentos e paramos de nos falar, mas também quero agradecer por nunca deixar a nossa amizade acabar, e é por isso que te amo tanto, sério (NOME DELA AQUI), eu tenho a melhor amiga do mundo. Eu sei que sempre, sempre que eu precisar, você vai estar aqui, e preciso que saiba que eu também estarei, perdão pelas vezes que precisou de mim e não tive capacidade de te ouvir e te deixar melhor, mas, olha, não vai se repetir nunca mais, ok? Estou aqui pra tudo que estiver precisando, pra ouvir seus desabafos, pra te dá conselhos, os melhores, porquê você é uma garota extremamente incrível e merece tudo de bom que a vida possa te oferecer… Merece o melhor garoto do mundo que te dê o real valor que tu merece, e eu vou estar sempre aqui torcendo pra a sua felicidade, seja lá qual for ela, eu vou te apoiar e ficar feliz por você, afinal, é pra isso que serve uma amiga, não é? Passamos por muita coisa sim, mas nada definitivo, graças a Deus. E eu sempre vou agradecer por você ter entrado na minha vida e ter se tornado quem é hoje pra mim. Obrigada amiga, de verdade. E fique sabendo que nenhuma nunca me fará tão bem quanto você faz. Eu só quero te desejar tudo de bom, que você continue crescendo tando mentalmente, como fisicamente, e que a cada dia que passe você se torne uma pessoa melhor do que já é. Eu te desejo tudo de bom, porque como eu já disse, você merece. E que venham muitos mais anos por aí, e que em todos eles eu esteja do seu lado, observando todo o seu desenvolvimento. Happy bday my sassy girl.

  • Adapte o texto do seu jeito. O texto é de nossa autoria então por favor, se gostar/pegar like ou reblog.
  • Obrigada pela preferência.
Pensieri fugaci su Salvini e il suo viaggio a Napoli

Salvini è uno stronzo. Fin qui non c’è bisogno manco di argomentarlo troppo. Istiga all’odio, istiga alla violenza, ha un concetto d’Europa da anno 1000, è un opportunista di quelli peggiori, ignoranti, di quelli che diventano ricchi e potenti da un giorno all’altro grazie più alla defezione degli altri che per propri meriti e come tale, ha paura di perdere tutto e tornare nell’oblio di chi non ha mai contato un cazzo. E da qui la sua violenza contro tutto e tutti. Inneggi alla violenza, ottieni violenza, un’equazione tristemente vera ancora oggi.

Ovviamente non vale neanche la pena di mettersi a discutere seriamente sulle proposte leghiste e se sia o meno sensato chiudere le frontiere perché l’ho spiegato già tante altre volte. E non si tratta di opportunismo politico (gli immigrati fanno i lavori che non facciamo più, fanno figli, ci mantengono le pensioni ecc), ma per altri due motivi: 1) umanitario. Bisogna accoglierli perché è giusto così. Prendetelo come un Tu Devi kantiano. 2) una società chiusa è destinata ad estinguersi in maniera rapida e dolorosa. Io me lo risparmierei volentieri.

La frase di risposta “allora prenditeli tu a casa” è facilmente ribattibile con una scoreggia e il fatto che paghiamo le tasse per pagare persone esperte nell’accoglienza di rifugiati. Gente che ha bisogno di assistenza qualificata e non di tanto amore e il fatto che nessuno gli spari addosso. Non stiamo più nel 1945. L’accoglienza non è una tenda e un piatto di pasta, ma un’operazione complessa. 

Per quanto riguarda gli scontri a Napoli, invece, ci sono altre cose da dire e tutte discordanti tra di loro. Intanto chiariamo il concetto che i meridionali, in Italia, non sono gli afro-americani negli Stati Uniti o in generale una minoranza minacciata, vessata, maltrattata ecc. Godono degli stessi diritti/doveri/sfighe di ogni altro cittadino italiano. Quindi le rimostranze contro la Lega Nord e il Salvini antimeridionale, per me, rimangono ad un livello da polentoni contro terroni in stile film di quart’ordine con quegli attori di sempre di cui non ricordo manco bene i nomi.

Una roba che comunque coltivate manco troppo segretamente guardando tutti quei video (youtuber per lo più) in stile “La laurea al sud e al nord”, “Il Natale al sud e al nord”, “Il coinquilino del sud e del nord” ecc. I cliché son duri a morire!

Il discorso, invece, della Lega Nord come partito xenofobo è vero, ma io credo sia sempre un problema di causa effetto: la popolazione media italiana è xenofoba quindi esiste la Lega Nord. Per combattere la Lega Nord servono diritti civili e democrazia. Come sempre, ovunque, da sempre. Le bombe non risolvono la questione, non siamo gli afro-americani in Alabama nel 1960. Strillare “fasci merda” mi fa cascare i coglioni e mi fa poi capire che ce n’è ancora tando di lavoro da fare. 

Purtroppo, mi sento di comprendere anche la rabbia sfogata in piazza a Napoli perché la situazione attuale non è delle migliori e in Italia, negli ultimi 25 anni, abbiamo coltivato una ed una sola cosa: la frustrazione. In realtà non solo in Italia, ma insomma, ci siamo capiti. Non c’è una cosa che in Italia non generi frustrazione, poi grazie ad Internet s’è dato voce ad una pletora di stronzi inimmaginabili (dalla Lucarelli a Briatore, dall’hater e al complottista grillino ecc.), tutti personaggi con cui è impossibile confrontarsi e per il famoso processo della co-evoluzione, ha portato alla creazione di nuovi super-eroi tipo Mentana che blasta la gente o Gazebo, la nuova fronitera dell’intrattenimento informato o del giornalismo che prende per il culo. 

In conclusione, Salvini resta segretario della Lega Nord, Napoli è distrutta e il punto centrale della discussione viene sostituito dall’ennesimo inutile dibattito sulla violenza, un po’ come questo post.

Me deixa ir,me deixa.Quero me esquecer de quem eu já fui,quero me entregar a meu novo eu de uma vez por todas, e me perder nessa doce ilusão que estou criando.Me deixa, agora eu quero ir.Ir pra não voltar,seguir sem olhar pra trás, quero que quando eu atravesse a rua já tenha esquecido teu nome, me esquecido de quem você é na sua essência.Me deixa, e não vem atrás, não importa oque me digam estou decidida.Decidir ser feliz, e não quero que a sombra da minha antiga tristeza venha me atormentar.Me deixa, estou indo.Não tô levando nada,não quero que o passado se funda com o presente,por isso minha bagagem ta vazia.Mentira…Nem fiz nenhuma bagagem, não me dei ao trabalho de reviver memórias que me magoaram tanto.Me deixa ir, tô cansada disso tudo aqui,já tinha me cansado há muito tempo.Porém algo me prendia,mas agora nada me impede de ir,nem você e nem ninguém.
Então sai da frente me deixa passar.Porque eu estou partindo, mas o irônico disso tudo que eu anseio partir de um lugar que eu tando quis criar raiz.Me deixa, não fica na porta olhando minha partida pensando que no meio do caminho eu vou desistir e vou voltar correndo, dessa vez não.Desculpa mas dessa vez eu quero ir de verdade, e dessa vez nao haverá motivos para o meu regresso.Tchau!
—  Máila Monique.
React: Vc querendo terminar por não se achar bonita

Suga/ Min Yoongi

SG: - Por favor amor, você não precisa da opinião dos outros. Se eles te chamam de feia, ignore, se você se acha feia, vou te levar no oculista, por que você é a coisa mais linda que já vi.

Originally posted by yoonseok

Jimin/ Park Jimin

JM: - Ah jagi, tá brincando comigo? Você é perfeita, ouviu? Per-fei-ta. É perfeita sim, e é perfeita pra mim.

Originally posted by sweaterpawsjimin

Jungkook/ Jeon Jungkook

- Eu… acho que deveriamos terminar por isso.
JK: - NUNCA, NUNCA MAIS REPITA ISSO NOVAMENTE, OKAY? VOCÊ É LINDA E EU TE AMO DO JEITO QUE É, NÃO IMPORTA O QUE OS OUTROS DIGAM!

Originally posted by theking-or-thekid

V/ Kim Taehyung

V: Ele ficaria sem palavras, absorveria tudo, mas não conseguia compreender esse seu pensamento tão errado. 

 -Não importa o que pense, eu te amo. Eu não vejo a minha vida sem você, então por favor… Ah, você é a melhor coisa que já me aconteceu.

Originally posted by mvssmedia

J-Hope/Jung Hoseok

JH: - Me senti horrível quando você finalmente me confessou isso, pois sinto a mesma coisa. Nós somos um pouco inseguros sobre nós mesmos, principalmente eu, que tenho que aguentar milhares de pessoas me chamando de feio *ri fraco* Mas, mesmo sendo tão inseguro, eu me sinto seguro com você, então por favor, não se sinta assim.


Originally posted by nnochu

Jin/ Kim Seokjin

JN: - Então você se acha feia? *ele ri* Posso te dizer uma coisa? Você é a garota nais linda que eu já vi na minha vida, tando por dentro quanto por fora. Você é uma princesa amor, a minha princesa.

Originally posted by bwiseoks

Rap Monster/ Kim Namjoon

RM: Ele não saberia o que fazer, ficaria surpreso, muito surpreso quando te visse chorando e propondo o término. Sem nenhuma palavra, ele te coloca em seus braços e beija o topo de sua testa.

- Nunca me deixe… Por favor.

Originally posted by daeguboy

 Então, só pra relembrar e fazer eternizar, com você qualquer recinto se tornava um bom lugar, tando aqui, tando ali, só de expressar seu nome eu começava a sorrir. Desde o momento do sim, você olhando pra mim, desde o momento do não, que resultou nesse fim… Pra que nos fazer tão mal?

There’s so much to breakdown here, and so much to unload that I’m trying to process all of it. With that said this is a basic break down of each of the episodes and the things that I found rather important in regard to each and roughly why. You’ll probably easily see exactly which ones I’m going to talk about in later longer posts.

Episode 1:  Changing of the Guard

-Keith searching for Shiro and his reactions to being unable to find him.

-What’s interesting is that they’re still in the rubble of the last battle

-Coran at one point talks to Pidge about Matt and what’s interesting is what we find out.

-We know that at least one of the rebels is part of the Desert tribes on planet Kithra which is interesting as there was an episode in the original series that focused on a desert city.

-I really think there is foreshadowing with this planet, we’re probably going to see it at some point.

-The pantaloons are worn by the Tando people (could be a nod to Asoka Tano from Star Wars), what’s interesting is that Matt seems to be wearing similar wear.

-We can assume that we’re going to see more about these two groups.

-Valurian Quadrant -obvious nod to the French comic Valuria

-Valurian quadrant is on the other side of the galaxy.

-No idea of the masks on their faces, even Coran doesn’t know, which means it must be newer.

-Outer reaches housing Freedom fighters starting to work together against the Galra Empire.

-There’s already been a lot said of Lotor, so I won’t go too much into it.

-However something important to note, he has pupils, like his generals.

-No other Galra has this, and yet, when we see Zarkon later, it’s clear that having pupils is normal for them, or was.

-Ezor vanishing showing that she can go invisible, which may come up later in the show as something rather important in regard to her use, either as an alley or an adversary.

-We saw Throk shipped off to the Ulipa system and met him again later, however we did not get to see the Ice worms and I think that that will play a part later in the seasons to come.

-The way people are treating the Blade I think will be something that could become significant later.

-There is a rather interesting shot of Voltron with that extra lion.

Episode 2: The Red Paladin

-We learned that Alfor was the red paladin

-We have Lance showing that he can overcome his own desires and be a strong co-leader, thus why red lets him in.

-Allura showing that she has the strength to advice and I guess the heart too, something that Lance seems to have shown early on, allows her to take on the Blue lion.

-We learn that Narti has the ability to control minds with her powers, which means her other half species can do that.

-While we don’t get a full on forming of Voltron here we do get to see the team actually starting to work together and taking on their roles more seriously.

-Lotor as a chess master, playing a hit and run game against Keith. Interesting that he’s not yet focused in on him.

-We see another shot where Voltron’s image is shown on the wall with him rising up

Episode 3: The Hunted

-What’s interesting here is that Axca is clearly the “leader” of this group as well as the scientist as she knows quite a bit about what’s actually happening in regard to the planet that Lotor’s gone to, at least with the notes of the gas.

-Lotor also seems to be using his science to figure things out rather than just rely on combat.

-Allura actually asking the lion for help and the team admitting she’s scary when she gets mad.

-Lotor focusing on her, maybe this is a hint of what’s to come, rather than Keith being Lotor’s rival it’s Allura.

-Lotor also wanting to test them and his skills as a pilot. This might be rather important in regard to his reasons for doing what he’s doing.

Episode 4: Hole in the Sky

-We learn that Lotor can send out distress signals in Altean.

-He also seems to know about the meteorite that is on the ship

-The blast that killed everyone is rather weird. It clearly wasn’t from the rock itself, unless the Alteans attacked or someone else did?

-So we have a very nasty version of Altea, and they now know about other realities…this is going to play a large part in the bad guys isn’t it.

-Guns of Gamara, next the Fangs of Gidora. (Anyone who follows Godzilla will get this, and hi to Kadakawa films who publish a LOT of the Robot series magazines (outside of Gundam) and Light Novels)

-Commander Hira, if she doesn’t scream future villain I don’t know what does.

-The fact that the Alteans are using the The hocktril to control people

-Moxilus himself is interesting because he’s different than the other creatures we’ve seen before.

-Sven in general, does this mean there’s a Akira (or Keith), a Pidge, a lance, and a Hunk running around there?

-Is there Voltron at all?

-So can we take a moment and assume that there’s a possibility that the Altean’s from this reality are going to turn out to be behind the issues that happen in Episode 7? Or at least may be part of it.

-Could the team in the future have caused issues for the past, or at least started it.

-Lotor taking the rock and knowing about its set up in the first place is…unnerving for a lot of reasons. Namely, it shows that he’s thinking away from the Galra and there could be clues as to who his parents are?

Episode 5: The journey

-Shiro seeing bubbles

-Shiro being unable to stand and walk as if being in hibernation that whole time

-Shiro seeing himself on the table (which is probably the real him)

-Also of importance, he was in a coma. If shiro is linked to the sleeping Zarkon then more than likely his waking self comes from the fact that he’s been woken up by episode 7.

-Flashbacks…

-being given a project number rather than a prisoner number

-Project Kuron (Yeah guys way to make it obvious to those of us that know a bit about Japanese)

-The guys that help Shiro out, I have a feeling that they’ll be back when the Rebels come to see what the hell happened to them on the ice world they were on.

-Shiro’s subsequent escape and memories coming back

-The odd factor of the group leader saying “Notifiy Command Head Quarters, Operation Kuron Stage 3 is under way.”

-It’s important to note that Lotor removed the arm of the guy following him on Haggar’s orders.

-He never once calls her mother, only witch

-Interesting that these two are on opposing ends of things…

-This makes me think this is neither Haggar, nor Lotor, but a new group that’s controlling this.

-The Galra captain has pupils like Lotor and the Generals, this is going to be mentioned again later.

-Shiro getting picked up by Keith and the others and the Lion sensing him.

-Interesting that he got all recent memories but none of Matt at the pit before that, or else that wasn’t shown?

Episode 6:Tailing a comet

-So Throk is under attack by Lotor, who wants the Teledove for some reason.

-Throk clearly gets mind attacked.

-Shiro is acting strange in some ways and not in others. While he comes off as his normal self, kind and such, he’s also undermining Keith, but then again the others do to because he’s been the leader for so long.

-If the lion teleported him onto the Galra ship, that must at least mean there was some connection with Zarkon.

-The general’s battle with the Paladins, and it’s important to note that Zethrid finds Allura to be a worthy opponent.

-This makes me think that Zethrid is going to be the mix of Cossak and Mogor for Lotor.

-The ship that was built. The fact that we know the Alteans are the ones that can build that stuff, means to me “Hello Polluxia in Season 4 or 5”

-Keith and Shiro both trying to command, hummm, more plans to undermine the team?

-Lotor showing that he can get upset at his men, meaning that he could technically turn on them…this could be important later.

-They stopped the Teledove, but lost the ship. This is going to come back after them.

-Throk is not going to forgive Lotor for what he’s done to him.

-Lotor leaning there and listening to this, there’s a reason for that.

Episode 7: The legend begins…

-We now know the first five paladins.

-Does this mean that Blaytz was actually the one to leave the Blue lion on earth?

-So we know that Haggar was Zarkon’s wife now, but no confirmation that she’s his mom. Interesting.

-I like the fact that we’re seeing Haggar as more the force behind Zarkon’s less than stellar choices here.

-Okay so Clearly that stuff that came out of the rift (I’m calling it that) is very much like the black goo from Spirited Away, or the stuff from Princess Mononoke, why?

-I think there was something like that goop that bubbled up before in the original Voltron. I can’t remember which episode it was in, or what it was.

-So Zarkon had eyes like his son, this is kind of important because it seems like those that imbibe of the Quintessence seem to lose their eyes and the ones that don’t keep them normal like other galra.

-I don’t think Zarkon killed all the people on the planet Altea. He knows that Alfor saved his people before blowing up the rift, so there’s something there.

-Those two are possessed by whatever the hell that black muck is…I’m not sure but it’s evil, and it’s probably controlling them…and was probably controlling Haggar first and for most.

-Planet Daibazaal, this is rather important, along with the fact that we have Sven, since it gives a nod to Go lion as Daibazaal is Zarkon’s Japanese name. And Sven gives a nod to Voltron Defender of the Universe. 

-Wondering now if Lotor is from a different reality.

_So much to unpack with this episode, and it’s really hard to do so. I’m sure others have done a better job already.

There’s a lot going on this season. I hope we can see more in season 4 particularly about Lotor’s origins and probably who built his ship. I’m guessing the polluxian’s since they’re the most likely to build things of that nature, being Altean.

Cheguei em uma fase da minha vida que estou bem. De verdade, estou bem. Não estou vivendo uma vida empolgante cheia de grandes histórias, mas estou bem. Estou bem com a família, estou bem com os amigos, estou bem com os estudos - talvez com os estudos nem tando, mas isso não interessa muito. O que importa é que estou bem comigo mesma. Um pouco apreensiva, talvez assustada, meio aterrorizada, eu diria, com essa de me tornar “de maior”, com essa de ter que escolher o que quero para mim, o que quero para meu futuro, ter que passar em uma boa faculdade, passar mais alguns anos da minha vida estudando, estudando e estudando. Isso é moleza, venho fazendo isso à cerca de doze anos. Mas e depois da faculdade? O que será de mim? Será que terei alguém ao meu lado para dividir as alegrias e as angústias, os sucessos e os fracassos? Onde estarão meus amigos? Aqueles que me acompanharam por longos anos, ou seria eu que os acompanhei? Talvez eu não esteja tão bem assim como pensei. Existem gigantes “ses”, “talvezes”, “ pode ser"diante de mim, acho que estou um pouco perdida. E ninguém além de mim e Você sabe, e continuará sendo assim
—  Reescrever
Eu cresci em um pequeno castelo no sul da França, ou teria sido ao norte dos Estados Unidos? Eu não lembro direito. Eu cresci em tantos lugares.  Eu ajudei a Cinderela a vestir seu sapatinho de cristal, ajudei um coelho apressado a encontrar uma garotinha chamada Alice. Eu fui um dos anões da Branca de Neve, e as vezes, fui a própria Branca de Neve. Eu fui a bela e as vezes, a fera, eu fiz os doces da cesta de uma garotinha com o chapeuzinho vermelho. Eu fui um lobo, um caçador, um espelho falante. Eu tive xícaras que conversavam comigo, e animais também. Eu fui Ariel lutando contra Úrsula no fundo do mar. Eu ajudei Mulan a encarar a neve no meio da guerra. Eu morei nos castelo da rainha má. Eu conheci uma menina chamada Dorothy  e expliquei seu caminho de volta para casa,  enquanto voava sobre o mundo de OZ com Peter Pan. Eu fui todas essas pessoas, e eu passei por todos eles lugares, até o dia em que virei Wendy e  decidi deixar  Neverland. Eu cresci, deixando este mundo e essas memorias presas em meu coração. Eu fui muitas pessoas, eu fui à muitos lugares e eu agradeço a cada um deles. Eu ainda sou Wendy, mesmo que já esteja muito velha para que Peter Pan apareça em minha janela. Eu ainda sou a Cinderela, mesmo que meus pés já não  sirvam no sapatinho de cristal. Eu sou Ariel, Bela adormecida, Mulan, Branca de Neve e as vezes, eu sou Malévola, Úrsula, Cruela, a Rainha de Copas, o capitão Gancho.  Eu sou todos eles, mesmo sendo apenas uma pessoa normal. Eu sou um livro enorme de histórias. Me chame de tola, mas eu agradeço todos os dias por ser uma adulta, que continua acreditando em mágica.
—  Eu sou um livro de histórias.
Nos volvimos mas cercanos

Todo empezo cuando una miga que me presento a un chico el cual me parecia extraño no conocerlo ya que yo conozco a cada persona que estudia en mi colegio y ellos a mi ,a mi me parecio totalmente normal pero a medida que fue pasando el tiempo nos volvimos mas cercanos y mas cercanos pero nunca hablabamos por redes sociales por ninguna .Un dia teniamos una izada de bandera y el decidio hacerse con migo y en ese momento yo me sentia muy confundida si me gustaba o solo era un capricho depronto a mitad de la izada el tomo mi mano y las entrelazo con las suyas aaa y tambien me pido mi numero y apunto el suyo en mi celular ,retomando lo anterior mi corazon estuvo a mil ,al dia siguiente en la tarde hablando por wa yo subi uno de esos retos de las historias y tenia que escojer un corazon buno escogio uno y ese decia beso por 10 minutos y a lo que me dijo vale el lunes ,llego el lunes y me robo el beso nunca me habia sentido asi ,empezamos a salir nos dabamod besos enfrente de todo el mundo teniamos formas de pensar parecidas nos gustaba lo mismo era perfecto para mi apesar de que los profesores me decian que el era muy perro ,que tuvo problemas con las drogas ,no se atrevia a hablar de su pasado ni de sus problemas ,sentia que lo amaba pero me costaba mucho ya que para tener relaciones amorosas soy muy fria y a el eso le enojaba .un dia me voltio los ojos me dijo idiota y yo simplemente me rei pense que era un juego ,ese mismo dia 2 horas despues de hablar con mi mejor amigo el cual estaba internado por su leucemia murio y yo estaba demasiado mal ya que lo conocia desde hace 14 años y ademas no lo podra ver ya que el estaba viviendo en alemania ese dia senti que mi mundo se paro y le escribia a el chico con el que salia y no me respondio entraba al chat y me dejaba en azul me dio mucha rabia demasiada ademas el ese mismo dia me estaba con tando que aun amaba a su ex y que una profe le dijo que volviera con su ex desde ese momento empecé a tomar distancia y el se volvio mas amoroso pero yo lo intente varias veces y me canse me aburri el quiere algo serio conmigo pero el ya no me gusta no puedo sentir nada por el pero el me ruega me suplica me dedica muchas cosas pero nose yo quiero pero ya no doy mas .

#CuentameTusHistorias.

Viagem de férias deveria ser para algum lugar legal, Disney, Europa, não sei, menos para o sítio da tia. Quando meus pais me falou, eu pensei logo: ‘que saco! Lá não pega internet, tv, sinal de celular muito menos, vou para o fim do mundo mesmo. ’ O caminho todo foi uma chatice que só, sem tirar o calor que me fez chegar toda preguenta, louca por um banho. Quando cheguei tive que aturar todas as falas clichês da minha tia. 'Cade os namoradinho?’, 'Como você cresceu!’, 'Já virou mocinha?’. Sério, acho que ninguém deve passar por isso mas eu passei e ainda descobri que nem privacidade teria, que iria ter que dormir com minha prima, Carol. Minha ultima lembrança dela é que ela era uma pirralha chata, gordinha, que quebrou todas as minhas Barbies. Bom, depois de um belo e longo banho tomado, conseguir relaxar sobre a cama. Minha prima não tinha chegado ainda e meus pais e meus tios estavam no andar de baixo fazendo churrasco, aproveitando o tempo sozinha, fechei os olhos e decidir relaxar mais. Comecei apertando meus seios, mesmo pequenos conseguia segura-los inteiro com as mãos, os apertava com força, puxando para próximo da áurela, apertando mais ali até ficar duras de excitação. Deixei uma das mãos escorregar e passar bem devagar pelo clitóris. Meus dedos remexiam ali me fazendo me contorcer e soltar baixos gemidos. Logo quando ia enfiar um dedo, ouço passos na escadas que me fazem saltar e pegar minha toalha. Com as pernas bambas dou o maior sorriso 'não estava fazendo nada de errado’ e vejo uma beldade entrar no quarto. Nunca tive nada com garotas, só uma vez em uma festa do pijama que tive de dar um selinho em uma colega de classe mas depois disso ou antes, nada mais. Mas o fato de gostar de homens não me impede de dar uma olhada com outros olhos para as garotas, principalmente as mais bonitas que eu e se for muito bonitas, ocupam minha imaginação em pensamentos mais safados. Bom, voltando a minha primeira visão do paraíso, vou definir minha visão como a mais bela daquela viagem. A garota denominada minha prima não era nada parecida com a pirralha chata, gordinha da qual eu lembrava. Ela era mais alta, da minha altura, coxas grossas, seios grandes, bunda grande, pele bronzeada, barriga lisinha e cabelos longos, pretos e lisos. Era como eu disse, uma beldade na minha frente. Sem tirar o sorriso que parecia dizer 'olhe mais, eu gosto.’
- E ai priminha! Que saudade! - O cheiro de protetor solar nunca foi tão excitante.
- Ei Carol, nossa! Como você mudou! - Eu mal conseguia falar. Como tirar o olhar de pedreiro tarado da cara?
- É, o que o tempo e academia não faz né? - Ela tirava o biquíni na minha frente e eu apertava as pernas de tão excitada estava, meu íntimo latejava.
Os dias seguintes foram cheio de belas visões da minha prima nua, semi nua, de biquíni, de shortinho, na piscina, tomando Sol. As escondidas eu me masturbava e muito pensando em como eu lamberia aquele corpo bronzeado, aqueles seios durinhos, aquela bucetinha apertada. Na ultima noite, já estava louca de obsessão, propus a mim mesma um desafio. Tinha que tentar algo com minha priminha Carol ou não me chamo Baby! Quando fomos dormir, todos já tinham ido mais cedo, ficamos conversando umas besteiras até passar da meia noite já que não tínhamos que nos preocupar em dirigir. Já na cama, respirei, tomando coragem e falei em tom baixo:
- Carol?
- Oi Baby
- Já teve algo com mulher? Digo, alguma relação sexual, sei lá…
- Que pergunta é essa, Baby?
- Ah, nada não…
- Você já teve?
- Só um selinho uma vez.
- Ah mas teve algo mais?
- Não…
Ela ficou em silêncio por um longo tempo, já estava quase chorando com a decepção.
- Sabe, eu sempre quis ter… É uma curiosidade boba apenas mas sei lá, queria tira-la algum dia.
Era aquelas as palavras que eu queria ouvir da boquinha da Carol!
- Eu posso tirar essa curiosidade… - Já me levantava, indo na direção da cama dela. Como eu a desejava…
- Baby… - Ela também levantava.
- Shiu… Não vou contar a ninguém, Carol. Será nosso segredo… - Eu a abrecei, a fazendo se deitar na cama. Me deitei junto com ela, a tocando os cabelos, os seios, a cintura.
Ouvia os suspiros dela, sentia como o coração batia rápido. Logo a beijei, aquela boca tinha um gosto doce, um gosto bom da qual eu queria provar mais e mais. Desci minha mão livre, acariciando as coxas dela, apertando a bunda. Fiquei por cima dela, retirando tando a minha como a blusa dela. Me abaixei e a beijei do pescoço aos seios. Ao chegar naqueles montes maravilhosos, os apertei com força, a fazendo gritar baixinho. Eu sorria e não saberia quando ia parar de sorrir. Meus lábios beijavam cada um dos seios bem levemente até escolher um para sugar o mamilo que estava rijo. Comecei pelo direito, suguei com força, mordia levemente por vezes, a fazendo gritar e gemer. Passei para o esquerdo e repeti os atos mas tratei de dar atenção ao direito com a mão. Desci pela barriga torneada, distribuindo beijos por ali. Ao chegar próximo ao vulgo dela, já podia sentir o calor que emanava dali. Retirei a calcinha dela com cuidado e voltei beijando da ponta do pé até a virilha, me pondo entre suas pernas. Comecei pelo clitóris, sugando ali com força, sentindo o mel dela escorrer por minha boca. Me lambuzava com ele. Minha língua então começou a escorregar para baixo, adentrando na intimidade dela, arrancando gemidos altos. As mãos da Carol acariciavam e puxavam meus cabelos com força enquanto a fazia gemer. Usei os dedos juntos com a língua, fazendo ela gozar diversas vezes na minha boca.
- Agora é minha vez, Baby. - Ela dizia baixinho, arfando.
Me deitei na cama e Carol ficou por cima. Nos beijamos por alguns minutos até ela me beijar o pescoço, me fazendo arrepiar. Nos meus seios pequenos, ela pareceu aproveitar, brincava e dava atenção aos dois e assim ficou por um longo tempo, me fazendo gemer e gritar com as mordidas e puxões. Ela me provocou até onde podia, acariciando meu clitóris com a língua, descendo até o cuzinho, chupando ali com força. Adentrava ali com a língua e a intimidade com os dedos, depois trocava, arrancando gemidos altos de mim. Só parou quando eu gozei três vezes. Outra coisa que fez que me fez gozar rapidinho foi roçar aquele vulgo latejante no meu, que estava inchado de tanto prazer. Roçava com força, fazendo-me gemer e a fazendo gemer também. Sentir o mel dela preencher o meu clitóris e vice versa. Por fim fizemos uma gozar na boca da outra com um 69 delicioso. Como era bom lamber aquele cuzinho apertado da Carol. Exaustas, dormimos juntas, nuas e abraçadas. Por sorte acordamos antes dos meu tios nos acordarem e assim pudemos nos arrumar. Entre a arrumação, trocas de beijos e abraços quente. Na hora de despedi, a Carol anotou o número do celular dela em um papel e me beijou escondido até minha tia chama-la. Com as pernas bambas por causa do beijo, guardei o papel com o número da Carol no bolso e fui para o carro, pronta pra chegar em casa e me masturbar com as lembranças daquela maravilhosa noite com minha priminha Carol.
—  Sonhos eróticos da Baby

Parte 1

Parte 2

”Aviso Conteúdo impróprio e de baixo escalão” Se não gosta não leia ”

————————————————————————————————-

Depois daquela foda incrível com o homem dos meus sonhos eu estava nas nuvens, não conseguía parar de pensar que aquele cara tão poderoso, sexy e gentil havia achado em mim, mas não importa agora porque foi incrível senti-lo, beija-lo, chupa-lo, Oh meu Deus eu tinha mesmo feito isso?  é eu tinha.

Zayn passou o dia no escritório como sempre, como ele ficava sexy até trabalhando. Fiz todas minhas tarefas do dia  como a Sr Malik tinha mandado, como esquecer ela, era a mulher da vida do Zayn, mas por apenas um final de semana ele seria meu e não queria que minha consciência pesada me deixa-se abater.

- Senhor Malik? - falei dando uma batidinha na porta que estava entre-aberta

- Sim, entre.  

Entrei  e ele estava sentado em sua cadeira com a gravata afrouxada, seus cabelos levemente bagunçados e seus lábios presos em seus dentes, quase tive um ataque.

- Desculpe incomodar, mas sua mulher pediu pra comprar algumas coisas.

- Está bem, pode ir - ele disse calmo com os olhos no seu notebook.

Como ele podia se manter tão calmo, nós transamos e acabamos de falar da sua mulher aquela que ele traiu comigo.

- Ok, muito obrigado.  

- Precisa de dinheiro? - agora ele olhou pra mim com aqueles olhos cor de avelã tão encantadores.

- Não, a Senhora Malik deixou dinheiro para isso.

- Está bem, quando chegar não se esqueça do jantar estou morrendo de fome.

- Sim Senhor Malik- eu me virei para ir quando ele começou a falar novamente.

- A já ia me esquecendo troque esse uniforme pelo que deixei em cima da sua cama quando voltar, quero te ver cozinhando com ele.

- Sim Se..

- Zayn - ele me interrompe

- Sim Zayn

- Agora vai

Sai de lá quase morta, acho que não sei mas como é conviver com meu Chefe sem me sentir completamente molhada e com tanta vontade de agarra-lo ali mesmo naquela mesa, ele me agarrando pelo cabelos, jogando tudo no chão e me fodendo forte como naquele balcão, mas precisava voltar para realidade e fazer o que a sua mulher havia pedido.

Depois de uma meia hora estava em casa de novo, alias a casa dos Malik, Zayn devia estar ainda no escritório foi direto para meu quarto ver a tal roupa que Zayn havia me mandado colocar, quando vi aquele pedaço de pano sobre minha cama fiquei boquiaberta, isso era mesmo uma fantasia erótica de empregada, Zayn seu safado pensei.Levei 45 minutos para me arrumar, dei uma ultima olhada e uau estava sexy. Fui para cozinha fazer o Jantar e vi sentado me esperando.

- O que vai querer comer hoje senhor Malik ?- insistia em chama-lo assim pois adorava sua voz sexy me corrigindo.

- Você - Ele está com tesão, ele quer transar

- Oh querido, é melhor irmos devagar, não quer jantar primeiro, você disse que estava com fome.

- Estava mas depois de vê-la assim estou com fome de Você - ”Me possua toda meu corpo gritava por dentro” - Agora vamos garota sei que você quer quanto eu, diga que gostou de eu te foder aqui nesse balcão - Ele se levantou e veio me minha direção me olhando como se fosse me devorara inteira e era isso que eu desejava.

- Zayn - só um gemido saiu da minha boca quando me sinto prensada na parede

Eu o beijei e ele lambeu os lábios,Hmm ele gosta molhado e eu também,eu podia sentir meu desejo pegando fogo, aqueles lábios doces, intensos, suas mãos firmes em minha bunda as pegando como se já fossem dele. Ele foi me guiando até o balcão novamente, tentando tirar minhas roupas,mas eu parei quando senti o gelo do objeto atrás de mim.

- O que foi querida?

- Nada é … esquece - falei o puxando de novo pra mim

- Quer transar em outro lugar é isso? - ele falou separando nossos lábios e pegando minha mão.

- É - droga estava corada de novo, qual é não é hora pra isso

- Que tal meu quarto, está bom pra Você?

- Está.

Ele com seus dedos entrelaçados aos meus me guio até seu quarto, sei que seria muito errado transar com o marido da minha patroa na cama onde eles deviam ter transados várias e várias vezes, mas que mal tinha se só fosse por um dia. Quando entramos no quarto  o senhor Malik  começou a me beijar e esqueci até meu nome, comecei a me sentir doida, eu sinto o medo tomando meu controle, eu não sei o que tem acontecido comigo, ele me deixa me sentindo “suja”.

- Me deixe tirar isso -  ele tira sua gravata e sua camisa e senta na cama- Você me quer?

- Me possua - droga agora meu corpo agiu mais rápido que minha cabeça.

- Então dance pra mim baby , tire tudo.

- Você vai me assistir?

- Sim - ele sentou na ponta da cama, afrouxando seu sinto.

-Não tire seus olhos disso, cuidado querido, se você gostar você pode me tocar.- Eu tinha que fazer  isso como se fosse a minha profissão, agora ele estaria na minha mão, Zayn mostrou seu lado selvagem, agora eu mostraria o que fazia quando me deixavam com muito tesão.

A cada peça da minha roupa que ia caindo, podia ver aqueles olhos ardendo em desejo, ele estava sozinho na sua cama com as calças tiradas, massageando seu pau por cima da calça e depois sem, as vezes eu me pergunto qual deve ser a sensação, deve ser bom pra ele. Eu dançava lentamente mesmo sem música, estava só de lingerie agora e ele não via hora de tirar aquilo também. Cheguei mais perto para que naquele momento em que senti-se meu corpo enlouquecesse quanto eu estava em ver ele se masturbando e era por mim.  

-Você pode me tocar, querido agarre firme, me deixe saber que você está pronto.

Sinto novamente sua mão em minha bunda descendo minha calcinha logo depois suas mãos geladas em minhas costas tirando o meu sutiã.Então me deixei levar e sentei minha bunda nele, sem penetração, só queria rebolar em seu colo.Eu só queria mostrar o quanto era bom provocar, tudo bem devagar porque o que vinha por ai iria seria  rápido e forte baby.

Eu sei que ele podia senti-lo pulsar embaixo de mim,caralho Ooh essa merda é muito boa e isso nem é certo. Zayn já sem paciência foi colando aquela coisa maravilhosa que ele chama de seu pra dentro de mim, subindo com seu pau até chegar bem ao fundo da minha buceta.

- Porra - gemi quando senti aquilo totalmente sento engulido pela minha bucetinha apertada.

- Eu quero te foder até o fundo baby, rebole pra mim

- Me faz gritar para o senhor, garoto, Me beije- disse rebolando em seu colo enquanto o abraçava - Continue me fazendo ir e vir, subindo e descendo caralho como isso é bom.

- Vou continua te fazendo gritar e gemer como uma vadia que você é.

Eu não  queria para de fazer ”amor” até de manhã, gritar, enlouquecer, de  tando foder com o homem que amava,ele estava certo eu estava gemendo como uma vadia, mas aquele pênis completamente duro pulsante dentro de mim indo até o fundo e ele  chupando os meus seios enquanto rebolava encima daqui-lo tudo era de esperar.

- Me foda  forte, Vai  forte , Eu quero você ahhh - Zayn havia me metido tão fundo agora que pude sentir seu pau chegando no começo de meu útero, parece que aquele homem reage bem mais quando é ordenado - Zayn, Ooh senhor, caralho, querido você está me deixando louca fode vai.

Ele me virou na cama chupando ainda mais forte um dos meus seios e saiu de dentro de mim, eu queria ser a dominadora essa noite mas não dava eu não conseguia resistir aquele homem me dominando, Zayn fez me virar de barriga para baixo e deu tapa tão forte em minha bunda.

- Garota, você está na minha mente e nas minhas fantasias, eu penso em você o tempo todo eu vejo você nos meus sonhos e eu não passo nem um dia sem as minhas fantasias de te comer assim de quatro com sua bundinha só pra mim.

- Me diga o que você vai fazer com esta Bunda toda na sua cara

- Vou fode-la baby como nunca nenhum pivete já fudeu antes, agora você vai o que um homem de verdade faz, vou começar pela sua bucetinha tão apertada, mas como será seu cuzinho em? nossa deve ser tão apertado quanto sua buceta.

- Sim, isso aí foda bem profundo - bom eu já tinha dado meu atrativo de trás então não havia problema não foram tão bons como seria agora .

Outro tapa,mais um, só mais um, espera outro, hmmm Zayn gosta de preparar sua carne pro matadouro, bem interessante, logo sinto de novo Zayn dentro de mim mas a sensação era tão diferente, não como se tivesse doendo, era até bom uma tesão subindo pelo sangue de ouvir Zayn gemer feito um adolescente na sua primeira vez.

- Ah… Oh… Meu garoto, vá, garoto, vá.. sim… não… me foda  querido, é muito bom.

- Puta que pariu , como você pode continuar ainda sendo mais apertada me deixa louco S\N, sua vadia gostosa do caralho vai me faça gozar.

Ele Continua me fazendo ir e vir ,gritando e gemendo seu nome

- Você não está certo em fazer isso comigo, mesmo que eu tenha sido uma menina má, me diga o que você vai fazer sobre isso me puna Por favor

-  Vou te comer tanto que você vai implorar para que eu pare, eu sou vou para quando você implorar baby.

Ohh, ele estava indo cada vez mais rápido, mais forte, me fodendo como um animal selvagem atacaria sua presa, seus tapas em minha bunda, puxões de cabelo, eu não consigo evitar de amar o jeito que fazemos ”amor” se é que pode haver amor dele sobre mim, mas eu daria tudo para que isso não acabasse.

- Baby Vou … Oh - Depois daquelas palavras pude sentir um liquido quente escorrendo dentro de mim e por alguns minutos ele ficou parado ali dentro. - Agora sua vez - Zayn saiu de dentro de mim me virou para ele descendo para onde eu queria.

Ele começou a me chupar e porra que língua mais deliciosa, sua barba novamente roçando  em minha buceta, Oh é o céu.

- Ela é mais doce no meio rosa é o sabor baby, você é deliciosa

- Oh , Zayn …isso…Ah - ele colocou sua língua dentro de mim  desfrutando desse doce molhado,que era minha buceta.

Não demorou para que sentisse me coração acelerar,minhas perna tremerem,meus pulmões pedirem por ar e meu corpo relaxar na cama.

Zayn subiu até meu rosto e me beijou, não sei mas parece que esse beijo era diferente de todos que havia sentido até agora, era calmo suave, doce. Ele se deitou ao meu lado então se aconcheguei em seu peito droga, estou confortável em sua pele e Zayn parecia tão confortável em minha pele.

O amor, se Zayn precisasse dele?  do meu amor, pode acreditar, o amor que sentia por ele era como se as quatro estações crescessem dentro de mim. Queria tando acreditar que talvez aquele beijo fosse algo para mostrar o quanto também ele me amava, mas isso talvez fosse só em minha cabeça.

- Querida? - Zayn disse manso e cansado

- Sim

- O que foi? Está cansada?

- Um pouco,mas já vou indo - falei saindo de seus braços

- Hey, seu quiser dormir pode ficar - ele me puxou de volta

Então não exitei em dormir nos braços de Zayn Malik, apesar de saber que ali quem dormia era sua amada mulher ou não tao amada assim. Eu me sentia culpada e ao mesmo tão feliz, será que era tão errado desejar uma coisa de alguém que por um breve momento você pode possuir? Como nada que é bom dura para sempre, chegou o outro dia, um dia de realidade e um tapa na minha cara de ver que era apenas a empregada que só estava fantasiando um sonho impossível. Ouço o telefone tocar já pela terceira vez, visto a camisa de Zayn e desço para anteder.

Ligação On

- Casa da Família Malik - digo meio sonolenta

- Graças a Deus S\N, tava dormindo? já são 10 horas da manhã

- Senhora Malik me desculpa eu não ouvi estava lá fora - menti

- Tanto faz, estou voltando para casa o Ben se machucou feio aqui no hotel e estamos levando ele para hospital lá  do centro, avise ao Zayn para ir direto pra lá.

- Sim senhora Malik

Ligação Off

Vi que sua voz estava trêmula parecia sério o que aconteceu com Ben mesmo ela não dizendo muita coisa. Fui para meu quarto visto meu uniforme e subo para avisar o Zayn, quando ele soube da notícia ficou superpreocupado, falando coisas sozinhos enquanto andava pelo quarto procurando alguma coisa para vestir. No final ele acabou vestindo em conjunto de moletom velho, nunca vi o Zayn com uma roupa tão casual assim, ele amava tanto seu filho que nem se importou com a roupa e foi logo saindo para ir vê-lo, isso foi um basta para mim.

Então a casa estava vazia mais uma vez, era exatamente como eu me sentia, todo aquele meu amor era em vão, mesmo que Zayn sentisse algo por mim sua família seria mais importante. Não adiantava eu negar, eu amava Zayn, acabei me apegando a ele, mas também a sua família, Benjamin, Alice, Senhora Malik era parte do Zayn e uma parte boa. Acho que não podia mais me iludir eu não iria destruir uma família só porque eu amo um Homem.

Decida do que é certo e com o coração apertado fiz tudo que estava na lista da senhora Malik, deixei tudo em ordem mesmo sem muito tempo, fiz uma carta para ela pedindo desculpas á agradecendo e dando uma desculpa esfarrapada do porque da minha saída. Com Zayn eu precisava ser sincera, por mais que doesse dizer eu precisava.

” Eu sei que deve estar se perguntando porque eu fui embora, era o certo a fazer, você tem uma família não quero arruinar o que você tem de melhor, mas  também não quero ficar sem você, eu não quero um coração partido, não quero dar um suspiro sem você, não quero ter esse papel mas preciso dizer Adeus, mesmo que isso me faça chorar todos os dias. Eu sei que eu te amo e talvez eu o ame pra sempre e não encontre alguém que me fez sentir viva quanto você me fez, estou numa situação que nunca imaginaria estar, amar alguém que não pode ter. Era só para ser uma foda com um homem proibido mas acabou virando uma coisa bem maior, então Zayn Malik  a culpa é toda minha de ter me apaixonado por você, Zayn você é o homem mais incrível que já conheci então quero te dizer se há algo de errado em seu casamento conserte por que sua família deve lhe amar quanto eu te amo.”
                              -   Com Amor S\N

Senhora Styles