sophia olhos

“James e Sophia em … Aquele filho da puta.”


— Sophia?— Disse esfregando os olhos pelo sono, logo depois que ela apareceu na minha porta as exatas 2 da manhã. Ela estava usando um vestido preto, desses sem alças com um ziper de cima a baixo, que com um puxão no ziper, ele vem abaixo. Ela me puxou num abraço, e eu tentei me concentrar nos olhos dela.
— Me desculpe aparecer aqui por essas horas, sei o quanto odeia que te acordem, é que eu não sabia mais para onde ir —Ela disse. Havíamos nos conhecido a algumas semanas, e desde então tínhamos ficado muito próximos com o passar dos dias, mas ela nunca tinha entrado na minha casa ou eu na dela, mas ambos sabíamos onde cada um morava. Ela me soltou, e eu cheguei para o lado para que ela entrasse.
—Está tudo bem, eu apenas tinha acabado de fechar os olhos.
Aconteceu algo?— Perguntei, mas o que ela disse me fez pensar.  Notei que eu não tinha ficado irritado por ter sido acordado por ela como sempre acontece com a maioria das pessoas, na verdade estava feliz em vê-la, embora não tivesse dito nada.
—Aquele filho da puta já esta com outra! Como pude ser tão idiota? — Perguntou em tom alterado,  olhando para mim com os olhos brilhando.
—Shh! Venha, vamos nos sentar.— Com a mão nas suas costas a guiei até o sofá onde nos sentamos lado a lado.
—Agora sim, quem exatamente é o filho da puta?—Perguntei. —O Greg, Jamie, ele é  filho da puta! Ele esta ficando com uma amiga da faculdade, eu os vi juntos. Nossa! Tem o que? Cinco dias que terminamos e ele já esta em outra? Talvez já estivesse com ela.— Disse, se afundando no sofá deixando as lágrimas escorrerem agora.
—Ele é um babaca Sophia, não merece suas lágrimas.— Respondi, passando um lenço para ela, ela caiu para o lado e pôs a cabeça no meu colo, eu não gostava de vê-la chorando, me dava vontade  de esmagar a cabeça daquele otário.
—Por que Jamie? Me diz, tem algo errado comigo? A cinco dias ele disse que me amava, e agora esta enfiando a língua na boca de outra. Sou tão substituível assim?
—Você é perfeita, não ouse duvidar disso. Qualquer homem seria mais do que feliz por estar ao seu lado.— Sussurei, e comecei a fazer carinho nos cabelos dela.
—Por que estamos sussurrando?— Perguntou.
—Porque é tarde e meus pais estão dormindo, e não queremos acordá-los, queremos?—Disse, com um sorriso.
—Não, não queremos. —Ela disse sussurrando, com um sorriso lindo, medindo minha mão com a dela.
— Me desculpe novamente por aparecer tão tarde.
—Eu teria ficado irritado se você não tivesse vindo pequena.
—Obrigada Jamie —Disse com os olhos fechados e uma  voz sonolenta, depois de mais alguns minutos de cafuné e um silêncio confortável, as lágrimas já estavam secando no seu rosto lindo. Poucos minutos depois e ela já estava dormindo. Esperei mais alguns minutos para não acordá-la e então a peguei no colo e a coloquei na minha cama. Sentei ao seu lado e fiquei um tempo a observando, pensando em como um cara poderia ter feito algo desse tipo com uma garota tão incrível como ela. Meus olhos já estavam sentindo o peso do sono, então deitei ao seu lado, sem fazer qualquer barulho, não queria acordá-la, ela dormia como um anjo. E então peguei no sono ao seu lado.
—  James e Sophia, Nanda Marques