simpatics

Não entenderiam, pois, que por detrás dessa aparente autossuficiência e por detrás dessa suposta sapiência toda há uma desestabilizadora sensação de impotência e insuficiência que torna tudo mais penoso e aterrador do que realmente é. Embora eu simpatize muito com aquela máxima do moralista La Rochefoucauld, na qual nos é dita que o amor-próprio é o maior de todos os aduladores, não consigo, em minha aflitiva desolação, entender como pode alguém ser feliz sem amar a si mesmo. Não há nada pior que sentir-se desconfortável por ser quem é.
—  Junior Lima.