sergiorauber

Advertising the tumblrs

Highly recommended

cannabis666sativa (b&w, less text, weirdo, more than intelligent: brilliant, highly adictive)
nevver (b&w and full colours, amazing graphics, refined)
dearantidiary (images & text, clarity, enlightment)
sexdeathrebirth (imagery & text, clarity, revelations)
acorda (mostly text, truth, wisdom)
digitalpidgin (mostly text, honestly quest for the truth, transcendence)
azultierra (image, poetry, beauty) 

Close friends

otherleah (M'Lady, she crowned me Sire)
garptwo (he has an instinctive view of truth)

I follow

beats4u (she loves)
sambadeumanotaso (brazilian music) 

I frequently check

naofedenemcheira
phasesofawoman
meujeitodepensar
kushkrazy
olheosmuros
starryhours
onthologicalterrorist
cinderela-arrependida

Not the whole, but a good showing

Fora da caixa
  • Amigo:Estou achando que meu trabalho se tornou uma prisão. Fiquei sem saída, fazendo algo de que não gosto!
  • Eu:Porque você não faz o que está a fim de fazer. Aquele mestrado em música...
  • Amigo:Parece que você vive em outro mundo, tu achas que a Universidade vai me liberar para fazer um mestrado fora da área em que trabalho?
  • Eu:E com que fundamento a Universidade pode te obrigar a fazer um mestrado na área afim de seu cargo e função?
  • Amigo:E não pode?
  • Eu:Não com a proteção da lei. O simples entendimento do administrador de que se impõe o dever de que te qualifiques na área afim do cargo ou função não tem força para vincular teu desejo, nem é capaz de te impor uma obrigação.
  • Amigo:Você está certo disso?
  • Eu:Bastante seguro, o vínculo de emprego não te obriga sequer a buscar um aperfeiçoamento, quanto mais ordenar-te que te aperfeiçoes e qualifique na área afim do cargo e função que ocupas. Trata-se do teu desejo, da tua vontade.
  • Um:... não vês que eu gosto de ti?
  • Outra:E como poderia? Sentimentos não são invisíveis?
  • Um:A maior parte do tempo, sim. Mas têm sinais exteriores...
  • Outra:Você está falando de demonstrações de carinho?
  • Um:Sim, estou. Estou falando de abraços, beijos, afagos. De expressões de carinho.
  • Outra:E não percebes que aí mora o engano?
  • Um:?
  • Outra:Expressões quer dizer que significam, que comunicam alguma coisa. Não é, de verdade, o que se mostra na luz, por trás de cada expressão existe uma intenção. Que pode ser verdadeira ou não. Até mesmo a luz - que é verdadeira - é perigosa, revela as coisas por contraste e engana os olhos. Onde você vê uma coruja, de bem perto, perceberá que é apenas um gato de cor negra.
  • Um:... sério? Você fazendo este ar tão sério fica ainda mais interessante, mesmo dizendo coisas séria e chatas. Pode, pelo menos, me dizer que percebes que eu gosto de ti.
  • Outra:E você? Ao invés de perguntar, pode dizer?
a marrying friend
  • Friend:... I dunno if I shoulda give her the engagement ring on Xmas or on her birthday...
  • Me:then you did made your mind...
  • Friend:yep!
  • Me:does when is her birthday?
  • (he told me the date, but I can't recall)
  • Me:... so, are you sure, aren't you?
  • Friend:... absolutely!
fuckyeahthreestripes.tumblr.com
Na guerra às drogas, os pais não vão sozinhos pra cadeia

Nos EUA são 2,7 milhões de crianças que têm pelo menos um dos pais na prisão. 54% do presos são pais de crianças e adolescentes com menos de 18 anos de idade, incluindo aí 120.000 mães e 1 milhão e 100 mil pais. Enquanto apenas 1/3 dos pais encarcerados estão presos por crimes violentos; os outros 2/3 ali se encontra por causa de delitos não-violentos e 25% destes presos cumprem sentenças por crimes relacionados à drogas. No todo, 1% de todas as crianças americanas têm um dos pais presos, atualmente.