ser outra

Desculpa se não sou quem você espera. Eu tenho falhas e fico me criticando o tempo todo, me punindo, não me permitindo saborear pequenas doses de felicidade. Isso me bagunça, me agita e aterroriza. Sei que todo mundo tem seus demônios, mas ultimamente os meus andam me espetando a cada segundo. E isso tem me doído. Não entendo porque não consigo mais ser como as outras pessoas e desfrutar os pequenos momentos felizes. Não entendo porque agora tudo parece conturbado, distante, abstrato.
—  Clarissa Corrêa.  

você cai
e chora porque caiu
não entende as razões
se questiona e depois
deseja ser outra pessoa
isso se repete
muitas e muitas vezes
mas um dia qualquer
você percebe
que todas as suas quedas
só serviram para que hoje
você fosse exatamente quem é.
suportam.

Te ver triste e desanimado parte meu coração. E saiba que dói não poder estar aí pra te fazer deitar no meu colo, pra que eu possa fazer um cafuné. Dói não poder estar perto pra te confortar com meu abraço, te acalmar com meus beijos. Dói não estar aí pra dizer olhando nos seus olhos que tudo vai terminar bem. Mas eu sei que nesse momento está doendo demais em você, que seu coração está em pedaços. Mas não se preocupa! Eu vou catar cada pedacinho que está no chão, e vou te ajudar a montar novamente. Vou te ajudar a se reerguer, vou cuidar de você… Eu vou fazer questão de deixar claro que quero ser a pessoa que vai te apoiar em qualquer situação, quero ser a pessoa que vai te mostrar o quão forte você é, e que não precisa se sentir fraco por sentir demais. É o seu jeito de sentir que faz com que eu me apaixone cada vez mais por você. Afinal, nem todos estão dispostos a se mostrar transparentes como você faz. E eu percebo os seus sacrifícios, a forma que você realmente deixa evidente que nunca chegou a ser outra pessoa comigo. E é aí que eu noto que na verdade você só deseja ser o mais sincero possível comigo, justamente por saber que todos que passaram por minha vida, sempre mentiram para mim.
—  Because my heart is yours, and nothing will change that.

Eu só queria ter a oportunidade de recomeçar, ser uma pessoa nova, sem todo esse caos que me persegue, pelo menos uma vez na vida eu queria ter a oportunidade de ser outra pessoa, uma pessoa melhor

Sempre tive medo de me entregar, porque uma hora sempre vão embora, como efeito dominó, uma após a outra. Confesso ser uma pessoa difícil de lidar, vivo de cara fechada, sou explosiva e meio que crio um certo tipo de barreira, mas sempre há alguém que se arrisca atravessar, na aventura do que pode encontrar. Sobre a minha vida amorosa não tenho muito o que contar, foi um desastre, literalmente. Me considerava intocável, impenetrável ou qualquer outro sinônimo que possa usar, não acreditava no desejo incontrolável de está apaixonada por alguém, ou até mesmo sentir a tristeza depois que ela se vai, daí algo mudou. Encontrei um pessoa, que fez meu coração acelerar e querer parar, tudo nele me encantava e isso me fazia se sentir apavorada. Pela primeira vez me senti nas mãos de alguém e céus, como essa sensação me deixava invulnerável. Era intrigante como aquele rapaz conseguiu romper toda a barreira, despertar um turbilhão de sentimentos, uns que eu costumava sentir e outros que jamais pensei que existia. Seria esse meu ponto fraco? Ele? O ápice do meu caos? Talvez. Como de costume, os dias vão se passando, o que era recente se tornou frequente, e o frequente se tornou ausente, o ausente não deixou de existir, eu o amo? Será meu primeiro amor? Tantas perguntas, e nenhuma resposta, por Deus, como eu queria ter certeza de tudo mas que graça teria uma vida perfeita, cheia de clichês e um amor fácil? Nenhuma né? Mudei, tudo é mais intenso e não consigo simplesmente deixar tudo para lá e viver como uma pessoa neutra, esse amor me consome e mesmo não podendo ficar com ele, ainda assim, o amo.
—  A Little Hope
Temos que nos bastar, nos bastar sempre e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém. As pessoas não se precisam, elas se completam. Não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida. Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida. Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.
—  Mário Quintana.

O seu erro é achar que outra pessoa não te amaria, que ninguém mais adoraria o seu corpo e seu gênio complicado.
O pior é que você acredita nisso e se prende. Não abre mão, quer levar adiante algo que provavelmente nunca deveria ter começado. E mesmo chorando na maioria das vezes, mesmo que te machuque, você nem se da uma chance, diz que também erra e talvez mereça o mais ou menos que vive. Depois se culpa por ser confusa mas esquece que desde o princípio alimentou coisas com pessoas muito pouco diferentes da primeira que te feriu.
Eu entendo que no mínimo em algum momento você deve ter pensado que o amor muda e resolve tudo. Mas a questão é que o amor torna melhor o que já é bom, o que é errado e ruim não se torna certo ou justificativo por causa disso.
E enquanto não for capaz de enxergar que você merece mais, não há quem mude isso, não há quem te mostre o que é real.
Não poderá ser eu ou qualquer outra pessoa, a decisão de se permitir a ser amada como deseja e abrir mão do que te fere, terá que partir de você.

Você quer ser diferente de outras pessoas? Quer mostrar para alguém que realmente se importa? Pois então, não fale nada, não prometa, não jure milhões de coisas, apenas faça, conquiste-a de pouco em pouco, faça-a sorrir, abrace-a e se não puder abraçar, imagine um abraço, cuide da pessoa, se importe, apenas prove ser diferente, porque de palavras e promessas vazias o mundo está cheio.
—  Anna Paula Varella.
Então, não perca seu tempo comigo. Eu não sou um corpo que você achou na noite. Eu não sou uma boca que precisa ser beijada por outra qualquer… Quando estiver comigo, seja toda você. Corpo e alma. Às vezes, mais alma. Às vezes, mais corpo. Mas, por favor, não me apareça pela metade.
—  Caio Fernando Abreu
Passei a vida procurando por alguém como você, se escondo o jogo sobre o meu bem estar quando estou mal é porque não quero dar chance ao erro e estragar as coisas. É uma pena que você queira saber do meu dia quando não tenho nada pra contar, sabe, eu sempre fui um mestre em não ter nada de interessante pra falar. Desculpa também a falta de interesse nas coisas, às vezes eu queria ser outra pessoa só pra ter o prazer de responder sobre aquele programa de TV que você tanto gosta. Sinto muito que você ainda tenha que sentir tanto pelas coisas que sinto de menos; e perdoa o jeito, ou a falta dele, eu nunca fui muito bom em ser uma boa pessoa.
—  Marcos Filipe.
As pessoas estão tão deprimidas e se sentindo insuficientes por não saberem lidar com a solidão. A sua própria companhia precisa bastar. O seu amor próprio tem que ser maior que qualquer outro. Você tem que se dar bem com os seus próprios problemas, antes de encarar o caos de outra pessoa. E mesmo depois de conseguir tudo isso, não pode se esquecer de que você precisa ser auto suficiente. Antes de querer ser feliz com outra pessoa, é necessário que sejas feliz consigo mesmo.
—  Eternue.
Eu me permiti sentir algo por outro alguém. Sem cobranças, sem expectativas. Deixei rolar. Não deu certo, mas, me faz um bem danado, pois, percebi que eu posso ser capaz de desejar outra pessoa. Alguém que enxerga o que sou verdadeiramente e que me dá valor. Sem dor, sem rancor. Apenas gratidão. Por me sentir especial e perceber que sou capaz de qualquer coisa se, me permitir viver um dia de cada vez.
—  Tentando superar você.