sepulcre

[ 3 | un jour à Jérusalem ]

Les rayons du soleil, les mosaïques et la foi combinés en un seul lieu, un seul esprit saint au saint sépulcre. Sur l’intérieur de ce dôme se dresse Jésus de Nazareth, il est l’Alpha et l’Omega. Il est tout à la fois le début et la fin de toute chose. Il est celui qui a souffert sur la croix pour toute l’humanité, depuis lors, pour nous, cette même croix est devenu le symbole du créateur.

kapput asked:

unnie! you are an art goddess! i bow down to your skills ;u;

omg bby kiraaaaaaa please don’t say that;; there are so many people’s art works better than me :’3

capitulo 225

No dia seguinte na casa de Vanessa todos tomavam café da manhã na mesa mas o único barulho que se ouvia era Bernardo falando de vez em quando e a mãe que dava café pra ele, Gabriel lia seu jornal e as duas estavam num silêncio sepulcral. Fátima resolveu puxar assunto porque a estava incomodando o jeito das duas.

- E então meninas, como foi a festinha ontem, foi legal? - ela perguntou mas nenhuma das duas respondeu, estava uma esperando a outra fazer e ninguém respondeu, por isso ela insistiu- Hein?

- Pra mim foi ótima, Fátima. - Carol falou.

- Ah imagino…- Vanessa comentou ironicamente.

- Por que filha, você não gostou? - ela perguntou e Carol a olhou.

- Porque sim né mãe, porque finalmente ela conseguiu o que queria.

- Do que você está falando, Van? - a mãe perguntou.

- Porque você não pergunta a ela….- Vanessa falou olhando pra frente, desviando o olhar das duas.

- Gente, olha o Bernardo aqui. - Gabriel falou prevendo briga, pela forma que elas falavam.

- Por que você está falando assim comigo? - Carol perguntou a olhando, Vanessa a olhou mas logo desviou o olhar.

- Quer saber? Perdi a fome! - ela falou largando o garfo no prato- Dá licença. - se levantou.

- Onde você vai filha? Volta aqui!

- Já acabei mãe. - ela falou e subiu as escadas bufando. Assim que ela subiu Carol suspirou abaixando a cabeça.

- Saco isso!

- Calma filha, relaxa.

- É Carol, deixa pra lá, depois passa. Mas me conta, como foi ontem lá?

- Foi ótimo Fátima, o apartamento é ótimo!

- Que bom! - ela olhou pra Carol que estava meio desanimada ainda- Fica assim não, deixa ela digerir tudo que você vai ver que vão voltar ao que eram antes. - Carol a olhou com uma cara de quem duvida.

- Ela está certa filha, tenha só um pouco mais de paciência. - Carol suspirou, cansada já dessa situação.

- Sabe o que é mais engraçado? A Clara ontem veio falar comigo, deu até força, disse que ía tentar falar com ela…. Confesso que me surpreendi, achei que ela seria a que ficaria com mais ódio de tudo, afinal ela não gostava muito de mim…..

- Viu como as pessoas surpreendem a gente…- Gabriel a olhou sorrindo.

- É…tô vendo…- ela suspirou olhando pra escada de relance.

- Carol, ela vai perceber, relaxa. Ainda mais agora que você disse que a Clara vai falar com ela, tenho certeza que ela vai ouví-la…

- Sei não…

- Vai sim. - Fátima insistiu.

- Pois é. Mas agora eu quero conhecer essa Leticia né. - pai dela falou e ela o olhou ao responder.

- Mas você conheceu ela aquele dia pai.

- Aquele dia não conta filha, estava todo mundo nervoso e eu nem sabia que ela era sua namorada.

- Porque ela não era aquela época.

- Então…mais um motivo pra conhecermos ela direito agora.

- Também acho. Por que não marcamos um jantar aqui e você a convida, Carol? - Fátima.

- Jantar aqui? Com a Leticia e a Vanessa
na mesma mesa?? Acho melhor não. - Carol riu ao imaginar a cena.

- Por que não Carol? - Fátima- Essa casa também é sua e a Leticia tem tanto direito quanto a Clara de freqüentar aqui.

- Exatamente. E vai ser sua primeira namorada que eu vou ser apresentado…- pai dela.

- Porque é a única que importa. - Carol falou com um sorriso bobo nos lábios, o olhando.

- Então…mais um motivo. - ele insistiu.

- Também acho Carol. Marca um dia, vê com ela quando ela prefere e me avisa. E pode deixar que com a Vanessa eu me entendo. - Fátima.

- Tá bom então. - Carol sorriu ao responder, feliz por tudo estar dando certo, só tinha um pontinho de tristeza que era a forma que estava com Dulce mas o jeito era esperar mesmo, não sabia mais o que fazer pra ela a perdoar.

* Vanessa, assim que subiu ouviu seu celular tocando, atendeu sem nem ver quem era, estava bufando e raiva ainda, por isso atendeu toda grossa.

- Alô.

- Oi amor. - Clara falou toda fofa mas Vanessa foi toda seca.

Morticínio

— Eu não posso olhar minhas mãos
sem estranhá-las, como de outro corpo.

O relógio não marca horas.

Por mais que eu remexa os monturos
não encontro a chave
para descer em mim.

Uma luz banha os espólios do que já foi uma cama,
e através de sua sombra, imóvel,
debalde tento marcar o tempo corrido.

Eu estou pisando o chão de minha própria cela,
vivendo minha tácita prisão.

Estaria mais alguém, além de carrascos,
demônios, bestas, e chamas
aguardando minha carcaça pálida
à porta desta sepulcral adega?

Não. Ninguém veio assistir ao espetáculo.


Os carrascos são surdos aos suplícios,
demônios carregam-me ao cadafalso,
bestas seguem com sanha ao meu encalço
e não há ninguém, só mortais vestígios…

La felicidad carece de substancia y de potencia, no me alcanza y tampoco cercana se encuentra, un miedo que se apodera de mi calma, una llama que titila en un vago recuerdo, bocanadas de humos que se esfuman y ni fumando termina uno cuerdo, la agonía de una angustia que no para y para sudarla se llora en sepulcral silencio, un sentimiento de impotencia y una ciencia que no rescata la conciencia, una cabeza que se pierde en el infierno, Causa de un revolucionario argumento, la libertad está a un paso, una decisión y un desierto. Calma se busca sin encontrarla, daño ya hecho no tiene arreglo, miedo fundado que quema hasta los huesos, carne cadena, acto seguido liberar los cielos...

—Preludio y Epitafio

Oh mi querida alma, siempre guiandome a la muerte como mi fiel cuervo, desde lejos persivo tu desagradable olor a viseras y dolor, no he visto caer pluma tuya desde que empesaste a volar, el color profundamente negro que cargas, y en tus ojos un vacio sepulcral. Me pregunto que seria de mi sin mi fiel guia, aunque te crie hasta que emprendieras vuelo eres diferente a mi, yo diria que totalmente, pero el abandono no esta en tu mente, tus alas se volvieron fuertes y tu sendero mas claro desde entonces. Esta es tu forma, la que yo te e dado y el nombre que te mereces, con pensamiento propio buscando destruir, la sangre un simple capricho tuyo y el dolor el espectaculo que necesitas, así es el cuervo, así es alma.
SENTIDO

LUPA

"La vida EXAMINADA es
la única que merece ser vivida.”
Sófocles.
Algún comentario…?
Por mi parte,
silencio SEPULCRAL.

Pompas del mármol, negra anatomía
Que ultrajan los gusanos sepulcrales,
Del triunfo de la muerte los glaciales
Símbolos congregó. No los temía.

Temía la otra sombra, la amorosa,
Las comunes venturas de la gente;
No lo cegó el metal resplandeciente
Ni el mármol sepulcral sino la rosa.

Como del otro lado del espejo
Se entregó solitario a su complejo
Destino de inventor de pesadillas.

Quizá, del otro lado de la muerte,
Siga erigiendo solitario y fuerte
Espléndidas y atroces maravillas.

New Post has been published on Latest Music News On Musicjehad - Music News

New Post has been published on http://musicjehad.com/video-la-reina-del-pop-cae-de-su-pedestal/

VIDEO: La Reina del Pop cae de su pedestal

Quedaban pocos minutos para que finalizaran los Premios Brit y un error de coordinación con uno de sus bailarines propició la aparatosa caída de Madonna. A pesar del silencio sepulcral del público, la estrella de 56 años se levantó y demostró que más de treinta años sobre los escenarios son muchos para ser tumbados por un traspié. La caída de Madonna inundó las redes sociales. En apenas 45 minutos se enviaron más de 600.000 tuits y el vídeo de la caída se extendió como la pólvora. Otro fenómeno viral que fue lo más sonado de la gala de los premios de la industria musical británica. Con permiso de la cantante estadounidense, Ed Sheeran fue el gran triunfador de la noche al llevarse los galardones a mejor artista y mejor álbum con su disco “X”. El cantante de pop-soul Sam Smith se quedó a las puertas del triunfo y a pesar de haber ganado cuatro Grammy a principios de mes solo consiguió dos estatuillas menores, la de mejor éxito global y la de artista revelación. La joven estadounidense Taylor Swift se coronó como la mejor artista internacional.

Thanks for checking us out. Please take a look at the rest of our videos and articles.


image

To stay in the loop, bookmark our homepage.