semi deuses

Desafio Literário #1

Sempre morri de vontade de completar os Desafios Literários propostos pelos marca páginas da Livraria Cultura, então resolvi fazer o meu primeiro, dentre vários outros que ainda pretendo fazer. Nem todos foram exatamente como o desafio sugeria, mas deu tudo certo e consegui completa-lo. Lembrando que todos os livros já foram lidos, não é meta de leitura. O desafio consiste em mencionar livros que você já leu e que possuem a característica sugerida, não livros nos quais você ainda planeja ler. (Peço desculpa pelas fotos dos livros não serem autorais, mas tentei tiras as fotos, e elas não ficaram tão boas no post quanto essas)

1- “Um livro com uma aventura em alto-mar“ 

O mar de monstros (Rick Riordan)

Sinopse: O segundo livro da saga Percy Jackson e os Olimpianos, depois de sua ida ao palácio de Hades e visitar o Olimpo, todos estariam muito bem, se Luke não tivesse envenenado a árvore de Thalia que protege o Acampamento Meio-Sangue, e com isso, segue a segunda missão dos semi-deuses na saga, no qual primeiramente tinha sido designado à Clarisse La Rue, mas a ansiedade de Percy de resolver a missão, o leva a embarcar escondido para o caso.

2- ”Um livros com animais falantes

A revolução dos bichos (George Orwell)

Sinopse: Os animais da fazenda do sr. Jones se dão conta da vida indigna a que são submetidos: eles se matam de trabalhar para os homens, lhes dão todas as suas energias em troca de uma ração miserável, para ao final serem abatidos sem piedade. Liderados por um grupo de porcos, os bichos então expulsam o fazendeiro de sua propriedade e pretendem fazer dela um Estado em que todos serão iguais. Logo começam as disputas internas, as perseguições e a exploração do bicho pelo bicho, que farão da granja um arremedo grotesco da sociedade humana.

3- ”Um livro que se passa em diferentes reinos

A seleção (Kiera Cass)

Sinopse: Para trinta e cinco garotas, a Seleção é a chance de suas vidas. A oportunidade de escapar da vida estabelecida para elas desde o nascimento. Entrar em um mundo de vestido brilhantes e joias de valor inestimável. De viver em um palácio e competir pelo coração do lindo Príncipe Maxon. Mas para America Singer, ser Selecionada é um pesadelo. Isso significa virar as costas para seu amor secreto com Aspen, que é de uma casta menor que a dela. Deixar sua casa para entrar em uma competição acirrada por uma coroa que ela não quer. Então, America conhece Príncipe Maxon. Gradualmente percebe que a vida que ela sempre sonhou não é nada comparada com o futuro que ela nunca imaginou.

4- “Um livro com criaturas mágicas

O Ladrão de Raios (Rick Riordan)

Sinopse: Primeiro volume da saga Percy Jackson e os olimpianos, o autor conjuga lendas da mitologia grega com aventuras no século XXI. Nelas, os deuses do Olimpo continuam vivos, ainda se apaixonam por mortais e geram filhos metade deuses, metade humanos, Percy Jackson é um deles. Tem experiências estranhas em que deuses e monstros mitológicos, pior que isso: algumas dessas criaturas estão bastante irritadas. Um artefato precioso foi roubado do Monte Olimpo e Percy é o principal suspeito. Para restaurar a paz, ele e seus amigos terão de fazer mais do que capturar o verdadeiro ladrão: precisam elucidar uma traição mais ameaçadora que a fúria dos deuses.

5- "Um livro com um dragão na capa”

O Herói Perdido (Rick Riordan)

Sinopse:  Novos e conhecidos personagens do Acampamento Meio-Sangue dividem espaço nesse primeiro volume da série Os heróis do Olimpo. 
Depois de salvar o Olimpo do maligno titã Cronos, Percy Jackson e seus amigos trabalharam para reconstruir seu mais querido refúgio, o Acampamento Meio-Sangue. É lá que a próxima geração de semideuses terá de se preparar para enfrentar uma nova e aterrorizante profecia.

6- “Um livro que foi criada uma nova língua

Maze Runner, Correr ou Morrer (James Dashner)

Sinopse:  Ao acordar dentro de um escuro elevador em movimento, a única coisa que Thomas consegue lembrar é de seu nome. Sua memória está completamente apagada. Mas ele não está sozinho. Quando a caixa metálica chega a seu destino e as portas se abrem, Thomas se vê rodeado por garotos que o acolhem e o apresentam ‘A Clareira’, um espaço aberto cercado por muros gigantescos. Assim como Thomas, nenhum deles sabe como foi parar ali, nem por quê. Sabem apenas que todas as manhãs as portas de pedra do Labirinto que os cerca se abrem, e, à noite, se fecham. E que a cada trinta dias um novo garoto é entregue pelo elevador. Porém, um fato altera de forma radical a rotina do lugar - chega uma garota, a primeira enviada à Clareira. E mais surpreendente ainda é a mensagem que ela traz consigo. Thomas será mais importante do que imagina, mas para isso terá de descobrir os sombrios segredos guardados em sua mente e correr.

7- “Um livro com um portal para o outro mundo

Uma Curva no Tempo (Dani Atkins) 

Sinopse: A noite do acidente mudou tudo… Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel está desmoronando. Ela mora sozinha em Londres, num apartamento minúsculo, tem um emprego sem nenhuma perspectiva e vive culpada pela morte de seu melhor amigo. Ela daria tudo para voltar no tempo. Mas a vida não funciona assim… Ou funciona?

A noite do acidente foi uma grande sorte… Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel é perfeita. Ela tem um noivo maravilhoso, pai e amigos adoráveis e a carreira com que sempre sonhou. Mas por que será que ela não consegue afastar as lembranças de uma vida muito diferente?

*(Já fiz um post sobre este livro clique aqui para ler)

* As fotos pelo celular podem ter ficado desfocadas

você me olha
tão humano
é difícil entender ou aceitar que sejamos apenas isso
nada de deuses ou semi-deuses
apenas duas pessoas dividindo 80 metros quadrados
ou uma cama num quarto recém construído
em que foram feito planos e
você uma vez destruiu seu celular
porque eu estava te desgastando muito
e talvez eu não queira que isso seja uma lembrança
embora aquele botão que não funciona mais no seu celular seja culpa minha
e agora você ri porque uso muito o termo talvez para coisas que eu tenho certeza
mas isso já te chateou tanto que você quase quebrou todos os botões.
você lembra aquela quarta em que o sol fervia enquanto andávamos pela Batista procurando a pastelaria que tem a massa feita na hora e você andou por ruas e
ruas iguais
pra achar o lugar que eu aceito comer alguma coisa sem reclamar da sujeira ou da possibilidade do salgado estar estragado
e você não sabia que isso é tudo (ou deveria ser)
isso é mais importante do que a vez que você me pediu em casamento quando tínhamos acabado de terminar e tudo parecia desconexo e caótico mas mesmo assim você pediu
porque você nunca reage como eu imagino que vá reagir
e aquele pedido foi mais uma vez que eu não esperava nada e você me entregou tudo.
nós somos inocentemente humanos
instáveis
e tudo nos atinge e nos destrói
como aquele dia que discordamos sobre a cor da parede
e você ficou triste
lembro que ficou triste por dias
ou quando você comentou com outra pessoa seu cantor favorito
e não citou o meu
e aquilo me destruiu.
eu nunca soube te compreender
e talvez tenha te amado desde o dia que você terminou comigo pela primeira vez porque tinha cheirado muito pó
e vomitou todo o sushi

utopia em gotas

a mudança é uma faca cega cortando um bloco de madeira;
a polícia entrou na usp como nos anos 60 e as roupas coloridas do tipo dce não fizeram frente
não bateu no carão e voltou
não fez close errado e morreu;
o conhecimento anda por aí de cabeça baixa
a mudança é um bloco de gelo de baixo d'água
vejo mais gente lutando pra não conhecer do que com medo da morte
e o saber nesses dias é um crime terrível;
dentro das casas se ouve o eco dos pré-conceitos
sexualidade ainda é um tabu interno que briga solitário para provar que existe
e a identidade de gênero é criminalizada quando as cortinas se fecham
a mudança é um despertador quebrado;
morreram cinquenta só por terem nascido
numa boate regada a luz, amor, purpurina
e a bala de fuzil
morreram milhares de mulheres e meninas por virem ao mundo
nas vilas silenciosas da nigéria
mas aquelas notícias não correm ao vento
e o inferno na terra é só uma questão de cor
cor certa e cor errada
a mudança é um pássaro sem asas;
se houvessem espaços ainda queimariam bruxas
se jesus voltasse morreria ao vivo
a cada dia a montanha fica maior daqui de baixo
e os que vivem no topo são semi-deuses
de joelhos, oramos seus mantras: compre, pague, trabalhe, viva, morra
nossas palavras são sussurros na festa
e a mudança é um pneu furado;
meninos rejeitam o feminino de todas as formas
nasce assim a geração misógina dos homens-humanos e sua ditadura da espécie superior
acreditam ser mais só por existir
e existem só por um atraso no tempo
a mudança é uma parede oca;
na lógica da méritohipocrisia
a cidade se torna um espectro vazio
mais casas e prédios do que os dedos podem contar
mesmo assim morar é um privilégio
e o contrário é um crime
favelizar é proíbido, mas também é ter um teto e
proíbe-se a vida, por exclusão
tornando a realidade um fardo
mas a mudança é um fato
só que um fato
improvável;

"Vou tomar o livro de quem estiver lendo ao invés de prestar atenção na aula" BELEZA TOCA NO MEU LIVRO QUE EU JUNTO HARRY POTTER, KATNISS, FOUR, O PESSOAL DE NARNIA, SEMI DEUSES CAÇADORES LOBISOMENS TODO MUNDO EM CIMA DE VC, SÓ ENCOSTA NO MEU LIVRO PROFESSORA mas vou guardar meu livro aqui só pq sou gente boa