sem musica sem vida

É a única saída, nada de até logo agora é despedida, sua bagunça não combina com a minha vida, não me olha assim de lado que não vou ficar. Mas peraí, o que era mesmo que eu tava falando? As palavras acabaram se enrolando, acho que eu tava quase te deixando, o seu beijo sempre acaba complicando, vou ficar mais um pouquinho por enquanto. E pra me convencer você tem mais uma hora, me beija sem respirar e se parar eu vou embora. Te dou minha vida inteira e mais um pouco pra tentar, nós somos tão bagunçados, quem sou eu pra te julgar?! Então pode começar a me amar do jeito que quiser.
—  Jorge e Mateus, O que eu tava falando.
Vim até aqui. Derramar o meu passado em ti. Vim banhar os pés que andaram por aí. Sem carinho receber. Hoje estou aqui. Não porque mereço, eu sei. Pois tu sabes por onde eu andei. Conheces bem o meu perfume. Mas tu sabes também, que o meu choro é sincero porém, não tenho nada há oferecer, meu Senhor, mas te dou a minha vida.
—  Minha Essência