sem meios termos

Eu rasgaria meu coração pra costurar o teu. Mas eu preciso saber se é isso o que você quer, se você está disposto a me deixar entrar. Eu sei que você acabou de se decepcionar, mas, sabe de uma coisa? Eu também já me decepcionei. Já quebrei a cara, e muito. Fui traída, rebaixada, tratada da pior forma. Você já chorou? Porque eu já chorei, tirei um dia pra isso. Chorei muito, pra caramba. Depois engoli o choro, lavei o rosto e segui em frente, firme. Porque é assim que se deve fazer quando o amor o dribla. Não estou dizendo que seja fácil, porque não é. Mas é só dizer já chega. Vai passar o resto da vida de “luto” porque alguma idiota não soube corresponder as tuas expectativas de fidelidade? Vai deixar de acreditar no amor por uma ou mais uma desilusão? Vai afastar todas as garotas agora? Não faça isso com você. Dê-se uma nova chance. Não estou dizendo que eu seria a mulher da tua vida, com quem você vai casar e construir uma família, não posso te garantir o futuro – este que é incerto. Mas eu posso tentar fazer você feliz, como as outras não puderam fazer. Mas, sem comparações, isso não é uma competição. Não posso te garantir que comigo será para o resto da vida, mas me deixa pelo menos tentar. Nos dê uma chance. Pelo menos pra eu te mostrar que o amor pode sim existir por ai, pra te mostrar que você ainda pode ter uma esperança. Você está desiludido, e, tudo bem estar. Mas não se martirize pelo resto da vida. Você ainda vai encontrar muitas garotas erradas até, finalmente, chegar à vez da certa, mas você não vai saber qual é qual, se você não deixa-las entrar. E, meu bem, eu faria qualquer coisa pra ser a certa. Mas eu preciso saber qual é a tua. E ai? Prefere viver a desilusão, a infelicidade, ou uma nova esperança? Seja qual for a tua escolha, estarei contigo. Porem eu realmente preciso saber qual é. Se for a esperança, preciso de você inteiro comigo. Duas metades ou uma metade e um inteiro nunca somaram um. Sem essa de me tratar bem uma hora e, na outra, estar distante. Sem essa de me afastar quando o convém. Sem metades, sem meio termo. Preciso de você inteiro aqui comigo. Ou, pelo menos, preciso de você tentando estar inteiro comigo. Só assim, tentando, posso fazer você voltar a ser inteiro. Pra você. E, quem sabe, se você quiser, para mim, para nós.
—  Izabel Cirino
Cansei de me importar com opiniões alheias, de me sentir inferior a algo que falam ao meu respeito e de me diminuir diante a isso. Sei que não sou perfeita e que tenho muitos defeitos. Mas o que seria de nós se fôssemos todos perfeitos? Sou o que sou. Não vim ao mundo para agradar ninguém! Comigo é assim, sem meios termos, não escondo nada de ninguém. Ou você me aceita como sou ou se afasta de vez. São poucos que permanecem, que não julgam e tentam me mudar. Mas esses poucos são os que fazem toda a diferença e que me motivam a continuar. Pois não sou para muitos, sou para poucos e esses poucos me bastam.
—  Nessa Cross
Poeira estelar

Meu coração aterrissa nos desconhecidos
sem temer catástrofes colaterais,
porque o que há em mim é sobretudo intensidade.
Sem meios termos e nem meias verdades
eu me entrego
na invenção do acaso.
Me perco no universo alheio e vou embora sem deixar rastros cósmicos.

Não sei mais o quê sinto, não quero amar pra não sofrer novamente. E essa história de amor, pra mim, não vale mais nada. Agora é sem meio termo, tô cansada dessas coisas banais, é 8 ou 80, cala ou grita.
—  Refrios
Olhar atravessado, sorriso desconcertado, coração manhoso, magoado. Umas saudades, um tanto bagunçado, sem jeito, sem meios termos e às vezes, fico tão distante, tão longe de tudo. É… eu sou essa confusão toda aí.
—  Eu sou o Jacob.
Não faço questão de ser amigo de todo mundo, não faço questão de agradar todo mundo, não faço questão de ser legal e nem parecer o que querem que eu seja. Faço questão de ser quem eu sou, de ser o que eu quero ser e aprendi a ser. Sem meio termo, sem meias palavras, sem invenções…
No meu tempo os nadas nadavam, faltavam às aulas só para mergulhar no mar, os tudos estudavam, faltavam ao mar só para poderem se empenhar. No meu tempo não havia tempo para meios. E eu meio que era um “meio”, um meio termo sem meios, que não nadava, não estudava e não se importava. Com nada.
—  Cristina Lemos
Escolha aquela pessoa que tem ciúmes. Escolha ela porque todo mundo tem ciúmes daquilo que não quer perder. Escolha aquela pessoa que não desiste de você, que te aceita como você é. Aquela que conhece os seus defeitos, mas te faz querer ser melhor. Escolha aquela pessoa que se esforça para te fazer sorrir, mesmo nos dias difíceis. Aquela que não esconde o quanto é feliz quando você está por perto. Escolha aquela pessoa que já te escolheu, e faça esta escolha por inteiro, sem meio termo. Não a deixe escapar… escolha. Escolha ser dela. E deixe que ela seja sua também.
—  Escolha aquela pessoa 
Status 💭

“Meu silencio grita, meu olhar entrega, mas ninguém percebe.”

“Correr atrás é cansativo, o orgulho não gosta e o amor próprio não deixa.” 🌸🙃

“Se for para mudar, mude pela única pessoa que vale a pena: você.” 😘

“Não confunda cabeça erguida, com nariz empinado.” 👊

“Prometo que teremos problemas mas nunca sem solução.” ❤

“Errar, superar, aprender e recomeçar.” 🍀

“Fica em paz, o que for teu um dia o vento traz!” 🍃

“Dê valor… O tempo não costuma voltar atrás.” 💭

“Uma das melhores qualidade do mundo é girar.” 🌀🌎

“Sem meio termo, por favor. Sim ou não. Tudo ou nada.” 👊

“Mar calmo nunca fez bom marinheiro” ⛵⚓

É assim, simples, sem rodeios e meio termo. Eu gosto de você. Pronto, falei! Eu gosto de você e de tudo que você insiste em dizer que eu deveria odiar. Gosto das suas manias, dos seus defeitos, da tua implicância. Gosto de você como se não houvesse mais ninguém. E essa é a coisa mais louca que já senti por alguém. Preciso de você. Preciso da sua voz pra me acalmar quando tudo à minha volta parece querer me sufocar. Preciso do teu jeito, do teu carinho, preciso de você, pois é o único que faz com que eu me sinta absurdamente segura e amada. Quero você em todos os meus dias, mesmo que seja pra brigar, mesmo que seja emburrado ou com raiva, mesmo quando não parecermos tão certos um pro outro.
—  Tatiane Nunes.

anonymous asked:

Faz um texto dizendo que eu gosto da pessoa do meu jeito errado mas gosto? *-*

Gosto de você de um jeito meio torto, de um jeito meio meu. Gosto de você em silêncio. Quieta. Gosto de você só pra mim. Não sou o tipo de garota que diz que gosta de alguém. Não sou o tipo de garota que não gosta de ninguém. Se faz de durona. Finge que não sente, finge que não se importa. Tem medo de sentir, tem medo de viver, tem medo de amar. Medo de um dia ter que admitir que tem sentimentos. Por você! Perdoa a minha falta de paciência, a minha grosseria, a minha frieza, a minha ignorância no assunto amor, a minha falta de amor, as minhas palavras desajeitadas, as minhas frases sem sentido, os meus meios-termos, a minha dúvida duradoura e a minha sinceridade exagerada. Perdoa o meu jeito atrapalhado, a minha indiferença, a minha individualidade, as minhas manias chatas, os meus erros, o meu mau humor das horas vagas e o meu riso na hora errada. Perdoa a minha ironia e o meu sarcasmo. Eu gosto muito de você, do meu jeitinho todo atrapalhado, Mais gosto 💭💘

Espero que goste!  💕
Se pegar, dê like ou reblog.

Você já viu alguém ir ao supermecado e pedir meia maçã ou meio pacote de bolacha? Suponho que não, porque ninguém gosta de coisas pela metade. Porque eu iria querer?
—  8 ou 80, sem meio termo.

Eu te amei verdadeiramente, de todo coração, do fundo da minha alma. Amei cada centímetro do seu corpo, cada aspecto da sua personalidade, suas manias e os tons variáveis da sua voz. Eu amei você quando mais precisou ser amada e quando não merecia também. Na existência ou inexistência de reciprocidade. Sem meios termos, sem limites, te amei mais que a mim. E quando foi embora definitivamente, quando foi preciso esquecer você a todo custo, ainda assim eu te amei… De longe, em silêncio.

Paula R.

Somos bagagens.  Promessas, desejos, relances e exageros, mútuos ou a falta disso.  A dois tipos de pessoas, as que jogam, e as que não jogam parte delas, indiferentes, soltas e distantes, essas as que fazem jogos em todo o tempo, essas que jogam com as outras pessoas, e as que em definição se extingue as pausas, o desinteresse e ceticismo, essas não fazem jogos, são diretas, sem meio termo, ou distância, sim ou não, agora ou nunca. Todos nós temos bagagens, seja uma traição em um relacionamento, um adeus disfarçado, uma perda, uma personalidade forte, ou um defeito muito ruim. Nós temos algo que sempre virá conosco a vida toda, em todos os relacionamentos, conquistas, perdas, e decepções. Todo novo começo envolve bagagens, e o fim não te desgarra a isso. Você deve saber que, quem quer que conheça, terá também uma bagagem, que nunca some de si, algo eterno, permanente, seja o temperamento ou o caráter duvidoso, isso, nós torna quem somos tudo que possamos levar conosco por toda a vida. Temos raízes, profundas de nossas histórias, rabiscadas, ou lindamente escritas, temos alguém que marcou nossa história com um beijo, ou mesmo a caricia de um abraço. As suas bagagens pesando ou não, estão aí, com você, e não se liberta dela.  Cuide das bagagens dos outros, e eles cuidarão das suas, pequenas, ou grandes.
—  Naiara Régis.