se-DIFERENTES

Mas cala essa boca e me diz com o olhar: Quem era você até me encontrar? Se agora es diferente, o que eu fiz que te fez mudar? Eu lembro dos lábios tremendo ao dizer:  Eu não vivo sem você … Então diga que não vai sair da minha vida.
—  Diga
☘Status: Cidades de papel☘

☘ O para sempre é composto de agoras. ✨💞

☘ Cidades cheias de pessoas vazias.

☘ O final é inevitável.🍂

☘ Única. É assim que você deveria se sentir a vida toda.

☘ A gente ia ser feliz, a gente ia ser um do outro , a gente ia… ia… ia… E não foi.

☘ Eu estaria mentindo se falasse que seu sorriso não mexe comigo.

☘ Eu me pergunto se amanhã vai ser diferente.

☘ Nada acontece como a gente acha que vai acontecer.

☘ Todas aquelas pessoas de papel vivendo suas vidas em casas de papel, queimando o futuro para se manterem aquecidas.

☘ Ela acabou gostando tanto de mistérios, que se tornou um. 🙆🍃⛅

☘ O “pra sempre” é feito de agoras.

☘ Os dedos dela eram do tipo que qualquer um gostaria de entrelaçar aos seus.

☘ As vezes temos que nós perder , antes mesmo de nós achar.

versosadois asked:

Já deixou de fazer algo por medo do que ia acontecer dps? /tagged/mc

Já e por muito tempo me arrependi. Hoje penso que se tivesse feito algo diferente eu e consequentemente minha vida não seriam a mesma coisa, por isso sou grata por tudo que já fiz e/ou deixei de fazer. Mas hoje em dia penso duas vezes antes de deixar de fazer algo por medo ♡

Mandem perguntas interessantes aqui, aqui, aqui, aqui e aqui. Vamos reblogar autorias.

Vegetta siempre que hace una presentacion publica se viste re formal y willy se viste de una manera tan juvenil, me encanta como se ve. ¿Se dan cuenta que hasta en la forma de vestir son diferentes?. Se dice que los polos opuestos son los que siempre se atraen, que en las relaciones siempre habra diferencias, pero son estas las que le dan un toque interesante a la relacion y hacen que no sea tan monotona.
De algo estaba seguro, y era que la quería mucho; a veces en las tardes de invierno, donde nos mojábamos con aquella lluvia que cubría nuestros cuerpos; otras, en esos días de soledad, donde sus brazos eran el mejor cobijo. No sé, pero en ocasiones el amor es más que estar al lado de esa persona que tanto quieres; es saber disfrutarlo, disfrutarnos, y hasta amarnos cuando somos irreverentemente insoportables. El amor no conoce de distancias cuando dos personas se aman. El amor solo conoce al amor. Y es ese mismo sentimiento que logra que dos personas tan diferentes se puedan llegar a querer tanto en sus infiernos.
—  Amores Extraños, Jorge Muñoz
Recuerdo un día en tercero de secundaria. No fue hace mucho, pero el tiempo se sentía diferente. Parecía que había más. Pasé la mañana con mis amigos en la playa. Después fuimos a un restaurante desconocido para todos. Eso fue lo último que recuerdo, después todo cambió: chicos, calificaciones, padres, dos guerras, una  catástrofe ambiental inminente, economía devastada... Todo esto pareció brotar de la nada en el mismo día.
Me pergunto se, às vezes, distraída você pensa em mim, se existe algo que ainda te faça lembrar. Mesmo sem querer ou contra sua vontade. Será que você também sente minha falta, por pequena que seja? Será que já passou pela sua cabeça que poderia ter sido diferente? Talvez se fossemos mais maduras, se tivéssemos pensado antes de agir, se segurassemos mais forte. Poderia ter sido diferente? Fazem mais de quatro anos e eu ainda te carrego no peito, não sei se isso um dia mudará, mas você é uma das melhores pessoas que eu tive a infelicidade de perder. Mas que bom foi te ter na minha vida, porque isso já é muito. E se um dia quiser voltar, eu sempre estarei aqui, eu sempre te esperei, meu abraço teima em querer encontrar o seu. Eu acho que te amo, e se não amar, isso é o mais perto que consigo chegar.
—  Nina, para uma melhor amiga que se perdeu no acaso.

¿Pueden creer que personas tan diferentes se aman como si no hubiera un mañana? ¿Cómo sino existieran terceros? ¿Cómo si no existieran más que ellos?
El amor es magia, a veces duele, a veces destroza, pero también sana. 
Él era la venda que curaba sus heridas. Porque no importa lo cruel que podía llegar a ser ella, él la cuidaba como un cristal, un hermoso y delicado cristal del que debía cuidar para que esta no se rompa.
Ella era capaz de lastimar si herían a su chico. Ella era todo lo que él buscaba, ellos eran la perfección de amor pero nunca se dijo que tu amor perfecto se encontraría siempre a tu lado. 
Ella, él, un celular y una computadora…… Si, él vivía a muchos kilómetros de los brazos de ella pero ninguna distancia los separa y esperan el momento para estar juntos.

E se formos todos as mesmas pessoas?

Não existe alguma hipótese concreta, absolutamente nenhuma, em que duas pessoas tenham a mesma vida. Ninguém sabe como é habitar no corpo do outro, nem viu exatamente as mesmas imagens dos mesmos ângulos, teve os mesmos sentimentos, sob a mesma temperatura do sol, sob a mesma época. Então quem garante que somos todos diferentes? E se fôssemos a mesma alma renascendo milhares de vezes e se modificando com o meio? Quem garante que vivendo a minha vida, exatamente a minha, alguém faria escolhas diferentes? Odeio perguntas sem resposta…

Idiossincrazia.

Ela volta. É o que ela faz. Ela sempre volta. Não importa quantas vezes ela vá, ela vai voltar. E sabe por quê?  Porque ela se importa. Ela é diferente dos outros. Ela é diferente das outras. Nunca tentem comparar essa garota com alguém. Você pode se surpreender com ela. Ela é difícil de entender. Ela é complicada. Ela já foi meiga. Sim, acredite, ela já foi meiga, em um passado distante. Infelizmente ela mudou. Não que ela tenha mudado pra pior, ela apenas se tornou forte. Sofreu muito, mas aprendeu com isso. Aprendeu muita coisa. E olha só agora. Ela é uma pessoa forte, mas que desaba às vezes. Mas de uma coisa a maioria das pessoas não sabem, ou fingem que não sabem. Lá dentro, no interior dela, bem no fundo, ainda existe aquela menina meiga, carinhosa, mas ela tá escondida e sabe por quê? Porque ela já sofreu muito, ela tem medo, e como eu disse, ela se tornou uma pessoa forte. Ela construiu uma barreira em volta dela, para não se magoar mais e nem se decepcionar. Todos que a amam pedem pra ela voltar a ser como era antes, ela diz que não consegue, mas é mentira. É só as pessoas saberem como lidar com ela, que aquele jeitinho que todos amam volta. E volta mesmo, pode acreditar. Aquele coraçãozinho dela parece de pedra, mas não é. É só um revestimento em volta do coração dela. Um coração que não ama muitos, mas esses poucos que ela ama, ela ama muito. Ela pode parecer fria, ignorante, grossa, mas não é. Ela só parece. Porque ela é uma garota meiga, carinhosa, educada, amável, revestida com uma armadura de ferro…

anonymous asked:

Mi amigo me dijo que ya tenía otra "mejor amiga". Él me llamó una semana después borracho diciendo:Mi idea no era hacerte sentir mal, solo que no te puedo ver una una amiga ya que siempre te e amado y ya no puedo más. Lloré.. Qué hubieras hecho tú?

¿La verdad? Le hubiera dicho que se dejara de chingaderas y se tomara un café, pero claro tú y tu amigo se tratan diferente, si te gusta, ¿Por qué no intentarlo?

Do que adianta um relacionamento de anos e cheio de fingimentos? — eu me pergunto. Muitas pessoas gostam de dizer “estivemos juntos durante anos”, difícil é saber se foi feliz. Relacionamento, apesar de serem difíceis (claro, duas pessoas diferentes se unindo, mesmo que sejam iguais, sempre haverá problema) é para ser feliz, pra dividir aquele ultimo pedaço de bolo de cenoura com chocolate sem arrependimento, pra acordar  sabendo que sonharam com você. Agora brigas não da certo e por incrível que pareça, quanto mais o tempo passa, mais difícil fica, mais se conhece o outro, mais se desgasta. Casal vai e volta sem fim. Problemas, brigas feias, traições. Isso pra mim não é relacionamento, é falta de amor próprio. Então, antes de bater no peito pra dizer que ficou junto de alguém por tanto tempo, verifique se foi companheirismo ou prisão.
—  E depois do fim, não volte pra isso!

Nossas atitudes determinam a maior parte da vida. Já parou pra pensar nisso? Ok se você pensou tipo “Nossa, quanta merda eu já fiz!.” É assim mesmo que aprendemos, faz parte. O importante é evoluir.
Porque “e se eu tivesse feito diferente” não funciona para o que já foi. Mas você pode fazer diferente para o que está por vir!
Boa noite!!
ByNina
>> Essa frase eu traduzi e achei autores diferentes. Existe um princípio 90/10 do Stephen Covey que também fala isso. Mas a frase parece ser mesmo do Charles Swindoll.
#frases #pensamentos #açãoereação #karma #atitudes #atitudepositiva #pensamentopositivo #pensenisso #instabynina

Made with Instagram
O espaço entre nós faz parecer como se estivéssemos em mundos diferentes, ao invés de casas e camas diferentes. A pior parte é saber que você está tão longe e ao mesmo tempo tão pertinho. Algumas centenas de esquinas e pronto. Lá está você. Com aquele cheirinho que é só seu e com aquele sorriso que não me sai da cabeça. Fora aquela voz. Meu Deus do céu, como eu sinto falta daquela voz no meu ouvido dizendo que me ama enquanto eu era envolvido em um abraço tão aconchegante que parecia até a casa da minha avó num domingo de chuva!
Mas todas essas coisas são apenas lembranças do que tivemos, que é total diferente do que temos agora: quase nada.
O que mais me dói é não conseguir virar as costas que nem você fez. Ir embora e deixar tudo mal resolvido e incerto. Não consigo simplesmente deixar de te amar, pois não mando no meu coração. (Quem me dera ter essa capacidade!)
Outra coisa que dói é não me sentir aliviado após escrever a respeito dessa situação. Escritores, normalmente, colocam seus sentimentos no papel para não se sufocarem, mas me sinto como se o laço que me une a você estivesse me sufocando cada vez mais. Olho para lado e vejo seu reflexo no sofá vazio. Deito em minha cama e sinto seu cheiro nos lençóis que foram recentemente lavados. Estaria eu ficando louco por conta da saudade?
Quem foi que mandou eu construir castelos de areias próximos de um mar que nunca dá para saber quando a maré estará alta ou baixa?
Não há uma palavra sequer no mundo todo que possa expressar a agonia que é ter sentimentos por pessoas que não demonstram o que sentem. Eu abro os olhos de manhã com a certeza de que sou amado e tenho insônia durante a noite por conta da incerteza.
Às vezes, confundo a voz de um alguém qualquer com a sua e começo a lhe procurar a minha volta, achando que você voltou e eu juro que não consigo conter o sorriso, pois é mais forte que eu, mas com a mesma força que o entusiasmo me traz o sorriso ao rosto, a decepção me arranca ele.
Provavelmente eu deixei passar todos os sinais de que você iria embora. Talvez eu estivesse cego demais tentando fazer com que tudo desse certo, que não enxerguei que não tinha mais jeito. Será que não tem jeito?
Vou admitir que venho chorando de vez em quando. Dizem que faz bem e que limpa a alma. Porém no meu caso, só me deixa cada vez mais desesperado. Afinal, sempre que alguma coisa acontecia, eu corria para você. E agora, simplesmente não tenho para onde ir. Não tenho a quem recorrer. E fica cada vez mais difícil não deixar que os sentimentos e a emoção me dominem da cabeça aos pés.
Cada dia que passa eu sinto um medo absurdo crescendo dentro de mim. Medo de voltar para casa sozinho e ter que enfrentar o silêncio de uma vida sem você. Medo de não conseguir amar da mesma forma. Medo da noite escura. Medo de nunca mais conseguir ser tudo o que só você sempre foi capaz de fazer com que eu fosse. Medo, pois sei que esta é a parte em que o fim começa e eu não estou preparado para dizer adeus.
Não existe batalha onde uma só pessoa luta. E nesse momento, tudo o que eu posso fazer é sentar e esperar que o tempo faça com que as coisas voltem a ser como eram antes — o que eu acredito que é impossível — ou que a vida se encarregue de transformar tudo isso em meras recordações.
Recordações estas que me trará um sorriso ao lembrar de um certo alguém que fez com que eu me sentisse de uma forma que, com toda certeza, jamais vou me sentir novamente.
—  escritos de um homem.