se por acaso

E se por acaso bater aquela tristeza, aquele cansaço da vida,  de tudo,  vem cá. Vem que eu te abraço,  pode deitar no meu colo, te faço carinho, cuido de você, prometo que te faço sorrir.
—  Nanda Marques
É verdade, eu realmente parei de me importar. Porque eu me dei conta de que ninguém jamais iria dar valor ao meu esforço, às horas que eu passava tentando agradar ou dando conselhos gentis que fizessem as pessoas se sentirem bem. Precisei chegar ao fundo do abismo para perceber isso. Foi quando eu precisei de um amigo, uma pessoa só, que me escutasse e fizesse com que a dor fosse embora. Mas, ninguém apareceu. Absolutamente ninguém. Todos fugiram. Não existia nem uma pessoa no mundo capaz de me dar a mão, e simplesmente ficar do meu lado. As dezenas de amigos que sempre me rodearam enquanto eu era uma garota sem problemas, me abandonaram quando passei a ser um enorme complexo. Agora você vem me dizer que eu estou sendo rude? Não, caro amigo. Eu estou devolvendo o desprezo que ganhei. Estou retribuindo a lealdade que me deram. E não, não irei mais correr atrás de ninguém, muito menos demonstrar sentimentos. Se você quiser ficar, que fique. Se por acaso sentir-se incomodado com o meu desprezo, saiba que estará recebendo o que cativou de mim, e está totalmente convidado à sair da minha vida. Agora o meu orgulho vai falar mais alto e, meu amor próprio irá me bastar.
—  Eternue.

Tá tudo tão neutro
tão sei lá
que eu já nem me importo
se o céu
decidir desabar de vez sobre minha cabeça
ou se o mundo (que gira sempre tão depressa)
me arremessar pra fora de órbita.
eu já nem me importo, (se de repente, por um acaso)
conseguirem sugar
o restinho de algo bom que tem em mim
tá tudo bem,
sempre está tudo bem.
[nada mais faz a mínima diferença, eu já estou destruída demais pra importar com algo Baby.]

Sou insuportável e prefiro não me apegar. Mas se por acaso um dia eu te disser que gosto de alguém, serão as palavras mais sinceras que você terá escutado.
—  Sean Wilhelm.

Ainda bem que existe outras galáxias. outros planetas. outras estrelas. o mundo é muito maior do que tudo que os nossos olhos conseguem ver e que nossa pele pode tocar. nossos caminhos ainda se cruzaram por acaso ou destino, e a cada canto e lugar uma forma diferente de se perder.

Feche os seus olhos, respire bem fundo e conte comigo: um, dois, três.
Eu poderia listar vários motivos pelos quais estou aqui, mas vou lhe dizer apenas dois: Eu me importo, e você não está sozinho.
Não vou te criticar e muito menos te acusar de nada, só quero deixar claro algumas coisas para você. Será que pode me ouvir?
Senta, abra os ouvidos, e se por acaso se sentir confortável com a minha presença, peço que também abra o seu coração. Pois é nele que quero chegar.
Veja bem, é totalmente compreensível que você se sinta sozinho nesse mundo absurdamente grande. Mas se você olhar ao redor com um pouco mais de cautela, vai me ver ali do seu lado, com o braço estendido, te oferecendo a minha mão e também, o meu abraço.
Senta um pouco comigo, me conte o que te deixou triste. Confie em mim, se o seu mundo estiver desabando e se você se sentir sobrecarregado, eu vou estar aqui e te ajudarei. Não vou deixar você, nem por um minuto sequer.
Sei que nos momentos difíceis você se sente pesado, com vontade de sumir e de se isolar em uma ilha, onde pode ficar sozinho com os seus pensamentos, onde não vai incomodar ninguém. Eu sei que dói, uma dor absurda, que rasga o peito e te deixa sem ar. E por um momento você pode pensar que está sozinho, que está afundando, e dói. Respirar dói, tentar continuar dói e que talvez por um fim na sua vida vai acabar com isso, com a dor. Que tudo vai ser mais fácil assim. Mas eu quero lhe dizer que você é precioso. A sua vida é preciosa. E que eu me importo, de verdade. Eu me importo. Não engula o que te dói, me conte o que te deixa triste, aquilo que tira a sua vontade de continuar. Confie em mim, eu quero e vou te ajudar, é uma promessa. Me dê a sua mão, eu vou te guiar pelo caminho e não vou te deixar afundar na escuridão. Me deixe te mostrar o quanto a sua vida é preciosa, o quanto vale a pena lutar, o quanto vale a pena viver. Divida as suas dores comigo, não vou deixar esse fardo te afundar, por favor, só tente mais um pouco. Você é forte, você consegue. E logo depois, no lugar da sua ferida, brotará uma linda flor. Então, por favor, não engula o que te dói.
—  Gabriela.
Eu vou estar aqui pra você. Se por acaso se sentir triste não vou descansar até te fazer sorrir. Se estiver cansada, desanimada ou com todos aqueles sintomas de tpm que te enlouquecem e me enlouquecem junto, vou tentar entender, te dar espaço se precisar e abrigo quando voltar. Se estiver com frio vou te aquecer, te colocar no meu peito e dormir contigo em meus braços. Se brigarmos vou pedir desculpas se estiver errado. Só lembra que eu te amo muito e que sou humano e falho, mas se tem alguém que tira o meu melhor, esse alguém é você. Você é o meu melhor lado.
—  Nanda Marques.
Não me procure quando a saudade for demais. Não me procure se estiver doente, ou tiver sofrido um acidente. Não me procure se ganhar na loteria ou for assaltado. Não me procure no dia do meu aniversário, ou se algum familiar meu falecer. Não me procure na minha formatura, e se por acaso me encontrar no mercado, finja que não me conhece. Não me procure quando se sentir sozinho. Não me procure quando o seu vazio começar a te machucar. Não me procure quando eu nem o teu nome mais lembrar. Não me procure quando as cores se tornarem cinzas para você. Pois, quando foi eu que me senti assim, você simplesmente ignorou. Agora, está na minha hora de te ignorar também.
—  A Teoria do Caos. 
Quase nada consegue prender a minha atenção por muito tempo, mas com você não foi assim. Você despertou em mim uma curiosidade surpreendente, um interesse contínuo em participar da sua vida. Já acordava pensando em você. Imaginando se dormiu bem e se, por um acaso qualquer, tinha sonhado comigo…
—  encrencado, amigo.