se lava

b,

mexia em teus cabelos na esperança de deixar meu toque guardado em tua memória, pra que depois de minha partida ao fechar os olhos você conseguisse sentir meus dedos fazendo movimentos, entrando suavemente pelos teus fios, queria me guardar em ti. minhas mãos acariciavam teu corpo da maneira mais forte e sedenta, meus olhos te comiam e te queriam mais do que o céu precisa de suas estrelas para embelezar a noite, você é a minha estrela. vem, embeleza minha vida?

deixei meus olhos pairando sobre os teus, não de forma proposital, até porque era a única alternativa que me restava. como comprovaria que em minha mente você era Júpiter e eu Plutão, como mostraria que você sempre existiu em meus sonhos, mesmo que não soubesse exatamente que era você? já eu acabara de me tornar um monte de pó que perdeu por completo o sentido ou importância.

você é a moça do sorriso largo e alma gigante que invadia meu sono a noite pra me fazer delirar. é você que trás lógica a minha insanidade e que mostra que os dias chuvosos também são lindos pra passear, se molhar lá fora lava a alma e não trás tosse matinal.

é em teus braços que quero ficar e não largar até quinquagésima sétima ordem, é em teu colo que quero chamego, afeto. é pro teu colo que irei voltar . porque quando nada mais faz sentido é teu número que meus dedos discam de forma automática, é tua voz que me trás a calma necessária pra simplesmente não surtar, logo eu a moça da loucura.

e que o mesmo mar que presenciou nossa quase despedida testemunhe o reencontro, que as flores esbarrem nosso caminho que o sol apareça pra nos desejar bom dia que sejamos nós, loucas e inconsequentes e que nossos olhares se encontrem novamente.

que sejamos estrelas e que por mera coincidência o universo nos una mais uma vez, porque você não pode ser nada menos do que meu céu,

[minha lua].
j.

Asking questions.

Cómo - how
se - neutral personal pronoun

We use se when we make an impersonal question or sentence. This means nobody really is doing the action.

For example:

  • ¿Cómo se hace? - How do you do it? It’s more like How is it done?

The verb is conjugated in present, in the 3nd singular person (él, ella) or the plural (ellos, ellas).

In Spanish we do these kind of questions a lot. Here are some examples:

  • ¿Cómo se escribe? - How do you write it?
  • ¿Cómo se dice? - How do you say it?
  • ¿Cómo se dice “window” en español? - How do you say “window” in Spanish?
  • ¿Cómo se pronuncia esta palabra? - How do you pronounce this word?
  • ¿Cómo se pronuncia tu nombre? - How do you pronounce your name?
  • ¿Cómo se marca/llama a Canadá? - How do you call to Canada?
  • ¿Cómo se pide un taxi? - How do you call for a taxi?
  • ¿Cómo se compra un boleto/billete para el metro/tren? - How do you buy a ticket for the metro/train?
  • ¿Cómo se llega al museo? - How do you go to the museum?
  • ¿Cómo se renta un carro/coche? -  How do you rent a car?
  • ¿Cómo se ponen los subtítulos? - How do you put subtitles?
  • ¿Cómo se cambia el idioma? - How do you change the language?
  • ¿Cómo se pide la comida? - How do you ask for the meal?
  • ¿Cómo se paga? - How do you pay?
  • ¿Cómo se usa esta impresora? - How do you use this printer?
  • ¿Cómo se comen las enchiladas?  - How do you eat enchiladas?
  • ¿Cómo se cuidan estas plantas? - How do you take care of these plants?
  • ¿Cómo se lava la ropa? - How do you wash clothes?
  • ¿Cómo se lava este tipo de ropa? - How do you wash this type of clothes?
  • ¿Cómo se prende/enciende el aire acondicionado? - How do you turn on the air conditioner?
  • ¿Cómo se apaga la televisión? - How do you turn off the TV?
  • ¿Cómo se cocina el espagueti? - How do you cook spaghetti? 

And so on.
You can practically make any question you want. (:

O leme desta geração perdeu o controle. Deixam-se expressar toda e qualquer dor sentida, murmuram sem parar, reclamam do mínimo, e do muito não fazem questão de a Deus suplicar. Geração que se lava na contaminação da própria língua, oh, sê soubéssemos guardar o coração! Se nosso cuidado fosse redobrado quanto a língua: menos homicídios e suicídios. A firmeza que tens hoje, deve a Deus, contudo o modo que a recebeu deve ao seu comportamento em praticar a purificação dos lábios. Diz lá Salomão, que, aquele que se mostrar frouxo no dia da angústia, terá pouca força. Você pode ser fraco, você não pode mostrar-se fraco. Jesus sofreu, e sofreu, mas não abriu a boca! Nossa língua é como a pá que cava a nossa própria sepultura, ou como degraus que nos levam a Deus. Agora, ouso perguntar - O que és que tem sido em teu falar? Se sua fala é doce e abençoada - longa vida terá. Mas se vive a soltar palavras amargas e sem entendimento, sem fé, logo pecando está - próximo está a morte. Meu amigo, minha amiga, fechar os lábios é escolher a VIDA!
—  Jhonatan Stuartt.
Todos los días aparecen chicas muertas porque algún enfermo decide arrebatarles su vida así como así.. Dale, decime que estoy exagerando, otra piba más a la lista, y si, para ustedes seguimos exagerando. Total los patrulleros, y las paredes siguen bien, por suerte, no? Cuidémonos de los machos, de la yuta, del Estado ausente, y la Justicia que se lava las manos. Me da miedo salir caminando sola, sea el horario que sea. Me da miedo ir a esperar el colectivo, o bajarme y tener que caminar más de tres cuadras sola. Me da miedo salir en bicicleta. Me da miedo estar en mi casa sola. Nunca tuve tanto miedo de vivir.. Quiero dejar de irme a dormir o levantarme triste porque hay otra piba más en un cajón. Quiero dejar de pensar que mañana podes ser vos, o yo. Con mis amigas andamos "paranoicas" por los secuestros, que la chata blanca, que el bora negro.. Y nos tenemos que cuidar entre nosotras. "AVISA CUANDO LLEGUES", "CUALQUIER COSA MANDAME UN MENSAJE" entre otras frases que ya nos acostumbramos.. porque si no nos cuidamos entre nosotras.. ¿Quién nos va a cuidar? Como si fuera poca cosa que te secuestren, te violen y te maten de la peor manera que te puedas imaginar. Ya no quiero ni salir sola al kiosco, la puta madre, nunca me sentí así. Siempre escuché "para la mujer todo es más difícil" no pensé que tanto a tal punto.. ¿Cómo le decís a los padres que su hija fue descuartizada y tapada con cemento? ¿Cómo les explicas tal cosa? El mundo se está yendo al carajo.
Há pouco tempo confessei-me, mas isso não me impediu de recair" Há pouco tempo tomei banho, mas isso não me impediu de sujar-me novamente. Há pouco tempo comi, mas agora sinto fome. Labor inútil, trabalho perdido! Já não tenho vontade de tomar banho, nem de comer. E agora?
A vida da alma é como a vida do corpo: são duas vidas que precisam ser cuidadas, mantidas, alimentadas, preservadas e fortificadas por um trabalho paciente, que recomeçar a cada dia e durará até a morte. O Bom Deus, no Evangelho, declarou-nos que “será salvo aquele que perseverar até o fim.”
Você é muito apressado, caro amigo; deseja fazer tudo de uma só vez. Não é deste modo que se deve agir. A cada dia basta o seu fardo; hoje, lava-se e alimente-se pelo dia de hoje; amanhã lave-se e alimente-se pelo dia de amanhã e assim por diante.
—  A confissão, Monsenhor de Ségur. (Fonte: Kevin Eger Maria)
Quando estás sozinho o problema é teu, se houver gritos, lágrimas ou sentimentos só tu tens que lidar com eles, só tu tens que te preocupar contigo… até porque a roupa não se lava sozinha, a loiça muito menos, o jantar não aparece do nada e o pó só sabe se acumular. Ali, no meio da solidão, as paredes têm rachas minúsculas que só tu vês, o espelho tem marcas transparentes que já conheces de cor, a tv tem manias que ninguém entende, no meio da solidão tudo à nossa volta parece fazer sentido e o mundo lá fora perde o sentido. O rádio não funciona, só dá pra CD mas ninguém se importa, a vizinha não trabalha mas levanta-se sempre antes das 8 e coitada, vive mais só que eu. A cama ao lado vazia, quartos por preencher, uma teia de aranha que cresce e eu aranhas nem posso ver. Na esquina raio da mosca não para, hey, esse bolo era meu!
Dentro da solidão eu brigo até com móveis, falo até com o céu. O sol vai e volta, sempre a horas diferentes e o relógio avariado bate o ponteiro como se batesse os dentes. Lá fora o jardim começa a crescer, era uma árvore tão pequena e agora já é mulher.
—  Cristina Lemos, Loucuras da Noite.

Lava:Cochinos!!*se cubre la cara*
Star pincel:*muere de vergüenza*
Yo:Ups?
💢💢💢💢💢💢💢💢💢💢💢💢💢💢
X’D la imagen sale muy fea!!

ceeoreo-studies  asked:

Hi :) I've been learning Spanish for the past year and a half. I still don't understand phrases like ¿como se dice..? Why does the se have to be included in this phrase? Could you please explain? Thank you.

¡Hola! (:

We use se, when the action is done in a passive way, also it is impersonal, it means that no one really is doing the action. We usually use se for things that are general common knowledge. 

For example:

Se escribe con las manos. - You write with your hands. 

In this case, it is common knowledge that we write with our hands. No one specifically is doing the action, this sentence is used only to give information.

But if someone says:

Tú escribes con tus pies. - You write with your feet. 

Then this is a particular case. It is not common to write with our feet, but this person does, so that’s why we use “tú escribes”. 

Se is very used in questions, usually of general knowledge.
For example:

¿Cómo se dice “house” en español? - How do you say “house” in Spanish?

In this case, you’re asking for the translation of a word in a language that thousands of people speak. So this is of course common knowledge. It’s not important who is saying the word, but the common translation itself. 

If you ask:

¿Cómo dices “house” en español? - How do you say “house” in Spanish?

Here you’re asking directly to the person, how he or she specifically, says “house” in Spanish. 

Another example:

¿Cómo se lava la ropa blanca? - How do you wash white clothes?

In this case you are asking for general information. The common thing to do would be that you don’t have to mix it with colored clothes and use special detergent for white clothes. 

But if you ask:

¿Cómo lavas la ropa blanca? -  How do you wash white clothes?

Then you’re asking directly to the person how he or she washes white clothes. Maybe they have some tips or a special way to wash white clothes that you didn’t know. So you want to know that specific person’s method to wash clothes.

Be careful with reflexive verbs, as “se levanta, se baña, se sienta” these verbs are referring to the person, not common knowledge. 

Transitive verbs are all verbs that we need a subject and an object.

Yo → abrir → puerta - (Yo abro la puerta)
Ella → estudiar → matemáticas - (Ella estudia matemáticas)
Nosotros → comprar → comida - (Nosotros compramos comida)

Reflexive verbs are done on the same person that executes the action.

Yo → bañarse → yo - (yo me baño)
Él → sentarse → él - (él se sienta)

Summary:

Basically, when we use se with transitive verbs in a question, we are referring to common knowledge.

Hope this helps! (:

post it de mim mesma pra grudar na testa; você procura escapes fora da tua zona de conforto não tão confortável assim porque é o que não te cabe, te sai pelos poros, mas não fica, não fica dezimando na pele, esperando alguma reação. você procura ela em bares com outdoors psicoterápicos mentais que nem sequer existem. não é mais fácil assim. no fim do dia teu resumo é uma página em branco cheio de marca de borrachas sonhos anteriores bizarros e sebo de lágrima seca. você é calculista e míope. ela joga na mesa que teu coração ocupa todo o espaço no universo dela, mesmo sendo miudinho. e tu se derrete em lava quente com frescor de gelo porque nem se aguenta em pé com todo esse sentimentalismo te consumindo. te mostrando coisas que você guardou no freezer por um momento e esqueceu lá dentro. ela segura tuas perturbações nas mãos e aperta como quem pode salvar algo bom. dá pra salvar? você enfia na cabeça que não. que ninguém pode te salvar à não ser você mesma. porque haja frustração emocional hologramas bem criados monstros de espelhos cantando tuas músicas preferidas. ela coloca os dedos no tecido barato da tua calcinha e vira do avesso teus fetiches e cansaços fazendo grupinho no ventre. e você. você morre no sentido alma ossos literal com todas as contusões expostas. 

@marce-chan1
xDDD 💖🖒
Star pincel:y por esa razón tengo 3 hermanos más
Lava:Yo tengo 8 *risa* 💖🖒
Yo:emm…lava donde está spiral?!
Lava:se te perdió otra vez!!
Yo:Ups?
💜💢💜💢💜💢💜💢💜💢💜💢💜💢

anonymous asked:

could you do the functions as childhood games? (hopscotch, tag, duck duck goose, hide and seek, monkey in the middle, etc.)

Absolutely! 

Lmao here goes….

Ne: Hot Lava—ENxP children can be a lot to handle. Sometimes you’ve gotta get them off your back and preoccupied somehow. Nothing accomplishes this better than telling your imaginative, and slightly overwhelming child that—

‘’Oh, no!!! The Floor is Made Out of Lava!”

Se: Hot Potato— it must be fun, playing Hot Potato when you’re not completely uncoordinated,,,,i wouldn’t know,,,,

Si: Telephone—tangible reality is subjective and easier to misconstrue than one may think. Sure, “She sells seashells by the sea shore” might have been the original input, but “Sneep Smells, Sneep Smells by the Sneep Snore” has a very specific connotation to you. It holds meaning. Surely that must amount to something, right? 

Ni: Hide and Go Seek—Ni never passes up an opportunity to admit it ‘’knew’’ something, and Hide and seek is a fantastic way to show off your ability to psychoanalyze your friends and family members. 

“Gosh, how did you know I was hiding behind the doorway?”

“Johnny, I’ve known you my entire life (8 years). You’re not someone who’s clever enough to pick a truly /difficult/ hiding place, but you’re not outspoken enough to make a joke out of it. When it comes down to it, Johnny, I guess there really wasn’t anywhere else you would’ve hidden….”

“Wow, I guess you’re right. I’m not the most imaginative person out there…”

“That’s why Ricky doesn’t want to play blocks with you anymore….” 

Fe: Mother May I—not because of the whole ‘motherly’ connotation that gets associated with Fe….but more because the game itself is a perfect isolated example of societal structure and how malleable our ethics truly are. Mother May I is a disastrous conglomerate of social nuance and bias which becomes more convoluted as each new matriarch overthrows the previous. Every player must immediately adhere to the system in place in order for the gameplay to continue as is. 

“Mother, why does Brian get to take big steps and I don’t?” 

“Because that’s the basic foundation of Mother May I, Charlie. My benevolence towards Brian is as obligatory as my ignorance towards you” 

“But, Mother, why do we continue along this inevitable path? This injustice can only end once we break this cycle of restored tyranny!”

“Charles, my son, my value assessments base themselves in objective reality alone! I cannot rewrite history!”

Te: Monkey in the Middle—nothing poses more of a thorn in Te’s side than a loud, screaming child who’s sole purpose is to well, be a thorn in someone’s side. Monkey in the Middle exemplifies this pain. Te functions efficiently, and there is inarguably nothing more efficient than throwing an object from point A to point B in a straight line. This holds true even when one player (not naming names) is being a total nuisance in the middle of the circle and trying to obstruct gameplay entirely. Te will not make any compromises. The process must continue. 

Ti: Tag— what is ‘It’? what do we mean by ‘You’re It’? ‘It’ is representational. ‘It’ is the skewed concept of survival, of wanting to live a life free of sin. ‘It’ is the constant cycle of  willingly running your life–if running meant passing the ‘predator’ label onto someone else. We’re so eager to restore ourselves as the true ‘victims’ that we accept a lifestyle of constant unrest. 

‘It’ is the basic fear of social alienation condensed into a single, two lettered syllable. ‘It’….what a gross oversimplication…wake up sheeple

Fi: Duck, Duck, Goose—sometimes you’re just really really mad at your friend, and you just don’t see the point in telling your friend why you’re mad because she should know why you’re mad. In times like these, subtle reminders are necessary. Nothing is more subtle than lightly tapping your friend on the shoulder and shouting ‘’Goose!” before running wildly back to your original starting position. 

Assim é que o sangue suja, enquanto Deus arranca poemas de sua cabeça. Sim, o sangue suja e se lava nessa poesia. O sangue suja as páginas de poesia - da maneira mais curta, mais bonita e mais explosiva que se possa imaginar. Porque assim é a poesia do velho Buk: uma poesia clara, verdadeira e imediata como um jab de direita na cara do inconformismo, um murro no estômago da indiferença, um soco no saco da Morte.
—  Charles Bukowski. Trecho do livro “Maldito Deus arrancando esses poemas de minha cabeça”.

Garotos e garotas das republicas, da faculdade e de toda a cidade se reuniam no estacionamento da faculdade para o grande evento que se chamava ‘’O lava jato das garotas’’ onde todas a garotas que quisessem participar lavam os carros pelo custo de 15 dólares que seria doados para a formação da turma. Uma das garotas era Jenn, descalça no asfalto molhado com espuma e sabão e completamente molhada da cabeça aos pés, a mulher trajada um short jeans curto e um biquíni vermelho - Sem desconto para amigos, não tem nada grátis e nada de pagar depois, isso aqui não é caridade. @stay-strong-badboy