sdup

Que droga, o que aconteceu com a gente? Por que está tudo tão estranho? Nós estamos frios um com o outro, estou odiando toda essa mudança. Onde estão os sms’s, as ligações durante a madrugada ou durante a tarde? Aonde tudo aquilo foi parar? Acabou? Eu sei que sempre fui o tipo de pessoa fria, más não contigo, não enquanto você me aquecia. Parece que quanto mais perto nossos corpos estão, mais longe nossas almas ficam. Sinceramente, eu não entendo isso. Por que tudo tinha que mudar assim, me explique, por favor, eu já não aguento mais viver assim, viver sem ter você. Nós eramos tão amigos, lembra? O que foi que aconteceu, me diga. O erro foi meu? Me ajude a tentar concertar. Você cansou de esquentar meu coração gelado? Me ajuda, por favor, nesse frio, sem você, eu não sei até quando conseguirei aguentar. 

              Fenix , Mulher Renascida

Há estações, Há dias, Há momentos, em que tudo nos magoa, em que tudo fica diferente, e vemos…Em cada pessoa um inimigo, em cada palavra uma farpa, em cada desatenção uma ofensa, em cada olhar uma crítica, em cada sucesso alheio, uma provocação, em cada carinho uma intromissão, cada raio de sol, excesso de luz, no cantar dos pássaros, um ruído ensurdecedor. Há momentos assim, em que a nossa resistência chega ao fim, em que estamos tristes, sós e magoadas, cansadas de injustiças ou dores, cansadas da vida e dos problemas, cansadas dos outros e, principalmente, cansadas de nós. Já lambemos as nossas feridas,mas elas transformaram-se em escaras. Então, porque não podemos fugir, nem viver numa redoma. Recolhemo-nos dentro de nós. Entramos em combustão, Ardemos, qual tocha humana. Até que de nós, nada sobre, que não as próprias cinzas. É então que se dá o milagre, que se dá a renovação. Das cinzas ressurgimos, quais Fênix renascidas. Muito perdemos, muito de nós gelou e morreu, nunca mais seremos iguais. Mas, nova plumagem nasceu, novos saberes, novas forças. Mais fortes, por vezes mais duras. Mas, mais sábias também. Orgulhosas abrimos as asas. E, com um grito poderoso, voamos para novas guerras. Sabemos, porém, de antemão, que novas mortes nos esperam, que novas cinzas virão, mas enquanto cá estivermos, novas penas crescerão. E renasceremos das cinzas. Vitoriosas, Vorazes, Fortes e Sábias. Encheremos nossas almas, de um amor sem explicação. Partiremos para a luta, certas da nossa vitória, sobre nós, sobre as nossas incertezas. Sobre a nossa frustração.

Eu tentei entrar no seu coração, mas ele estava tão cheio, pior que ônibus no fim da tarde. Caí e fiquei estirado no chão da estrada, um outro amor me atropelou - me apaixonei de novo.
— 

Caio Augusto Leite

3

É natural sentir saudade, não há no mundo quem não sinta… Saudade de um amor, de uma amizade, de um lugar especial… Todo mundo sente, mesmo que negue. Vai dizer que você nunca sentiu saudade de um amigo -um amor- olhando uma foto antiga com essa pessoa? Vai dizer que você nunca sentiu saudade de um lugar que marcou a tua vida? Saudade de um tempo, um tempo em que você tinha alguém que amava muito e que hoje não pode mais estar perto…. Todo mundo já passou por algo assim e eu não sou diferente, hoje vejo fotos ou simplesmente relembro o passado, e cara, chega a dar vontade de chorar… Eu me pergunto e tu também deve se perguntar..“ E se eu tivesse agido diferente? Se eu tivesse aproveitado mais cada segundo que eu estive alí, como seria?” É meu amigo, más agora eu afirmo, agora já passou. E é por já não podermos mais voltar, que existe a saudade. E sabe para quê mais ela serve? Pra nos ensinar a valorizarmos cada segundo especial que temos na vida, cada momento que podemos estar com nosso amigos, com quem a amamos. Porque depois meu amigo, não adianta chorar… A vida já passou… E o tempo não volta atrás. (Sdup)

Quando me sinto só
Te faço mais presente
Eu fecho os meus olhos
E enxergo a gente
Em questão de segundos
Voo pra outro mundo
Outra constelação
Não dá para explicar
Ao ver você chegando
Qual a sensação

A gente não precisa tá colado pra tá junto
Nossos corpos se conversam por horas e horas
Sem palavras tão dizendo a todo instante um pro outro
O quanto se adoram
Eu não preciso te olhar
Pra te ter em meu mundo
Porque pra onde quer que eu vá
Você está em tudo
Tudo, tudo que eu preciso
Te vivo