sarrando

Aproveitando com o vizinho na praia.

Olá, me chamo Ane Barbosa, tenho 18 anos, sou heterossexual, loira de cabelos longos e lisos, tenho 1,65 de altura, tenho um corpo malhadinho, meus bumbuns são avantajados e tenho seios médios que são siliconados. Freqüento academia há três anos. Adoro ir a praias e gosto de me arriscar em aventuras sexuais.

Olá, me chamo Léo Piracema, tenho 24 anos, sou heterossexual, moreno de cabelo curto, barba bem feita, tenho 1,78 de altura, porto um corpo bastante escultural, devido à academia que freqüento há seis anos. Gosto de sempre estar freqüentando praias e indo atrás de mulheres.

Ane e Léo são vizinhos recentes, Léo se mudou para o mesmo bairro que Ane há três meses, moram na mesma rua e se falam e se cumprimentam sempre que se vêem.

Numa manhã de sábado às 9hs, Ane decide freqüentar a praia mais próxima de sua casa, com roupas bastante abusadas, porém simples, vai sozinha. Chegando lá, coloca uma simples toalha na areia branca e solta, tira seu short e sua blusinha, apenas exibindo seu biquíni extremamente pequeno e adentrado dentro da bunda em seu corpo malhado, se senta em cima da toalha, e fica bem focada na paisagem e na praia bastante deserta. De repente, chega Léo, que se mudou recentemente para o mesmo bairro que ela, para casa ao lado. Ela fica surpresa ao ver Léo, e abri um leve sorrisinho. Ele ao vê-la, abaixa a cabeça e dá um leve sorriso também, tentando se aproximar dela. Ela com uma mente bastante safada, encantada pelo físico do Léo, se deita emborcada na toalha empinando todo o seu rabo. Ele logo morde os lábios ao ver esta cena e tira a bermuda e fica vestido com uma sunga branca mostrando toda a marca da sua pica. Ele, nada bobo e atraído também pela loira gostosa, se aproxima rapidamente e cumprimenta ela, mas com o olhar fixado totalmente no rabo dela. Ela vai e levanta para cumprimentar normalmente ele, e ele fica apenas observando-a e em seguida pergunta para ela: - Tudo bem, Ane? Curtindo uma praiana sozinha? Quer que eu fique como sua companhia? Adoraria e seria o maior prazer! – Ela, logo responde: - Tudo melhor agora, Léo! Sim, estava curtindo sozinha, mas agora que você chegou, não ficarei, mas sozinha. Prazer, digo eu! Muito gentil de sua parte! Aproveita, e passa bronzeador em mim? Estou com uma dificuldade… – Ela se deita na toalha, novamente emborcada e muito empinada com aquele biquíni fio dental, ele logo se anima ao ver a reação dela, e pega o bronzeador da mão dela, põe um pouco na sua mão grande e grossa e começa a distribuir o bronzeador nas costas dela, com suavidade e lentidão, vai descendo com muito cuidado até o bumbum gostoso dela, quando ela olha pro lado rapidamente e mira certamente na sunga dele, ver aquele caralho marcado crescendo após as mãos do Léo ter passado na rabeta gulosa dela. Mordendo os lábios, ela pergunta: - Léo, eu gostei da sua sunga… Você tem um bom gosto! – Logo, ele responde: - Nossa, Ane, e eu preciso falar sobre você também?! Adorei esse seu biquíni e esse teu corpo que me atrai tanto, gostaria de provar dele. – Ela, um pouco surpresa, responde: - Então, obrigado Léo! Você também me atrai muito, adoraria te presentear e pagar um boquete pelo grande favor que me fez de passar o bronzeador em meu corpo. – Ele, muito surpreso com o que ela falou se sentiu super animado e cheio de excitação. Olhando nos olhos dela, ele pisca um olho, pega uma das mãos dela e passa em cima da sunga dele marcada pelo caralho já inchado. Ela fecha os olhos e imagina passando a língua naquela rola cabeçuda dele. Em seguida, ela se levanta, fica de joelhos e demonstra para o Léo que já está pronta para dar uma mamada nele, ele se levanta também, fazendo charme, se posiciona em frente onde ela permanece de joelhos, arruma os cabelos dela para o lado, e continua olhando fixada mente nos olhos dela, ela fica toda tesudinha e começa a atiçar ele cheirando a sunga dele, depois ela fala: - Adoro esse cheiro da tua rola! – Ele sorri com ar de safado e putão e fala claramente: - Chupa minha rola, safada, bem gostoso, vai! – Com a mão direita ela vai puxando a sunga dele para baixo e vai vendo a rola dura, grande e grossa, pular rapidamente para fora e bater na sua bochecha como uma chibatada de rola. Começando a punhetar a rola dele, percebe a cabeçona inchada e molhada, vai circundando a cabeça da pica dele com a pontinha da língua, olhando nos olhos dele, ela decide enfiar a rola toda na boca dela, até a garganta, quase tossindo, vai aprofundando mais e mais, até o talo… Ele começa a dar gemidos baixinhos e a elogiar o quão gostoso era aquele ato. Ela continua, mas dessa vez, punhetando a rola dele e chupando com muita vontade, mamando que nem uma putinha safada, cheia de tesão. Aquele momento enchendo os dois de tesão, ele enrola os cabelos longos dela no braço direito dele e enrola, tomando todo domínio sobre a cabeça e os cabelos dela, vai fazendo pressão para que ela mame tudo até o talo da garganta dela. Fazendo barulhinhos e estalos, ele vai elogiando cada vez mais, e quase revirando os olhos. Ela, percebendo que ele está gostando, vai mamando com muita vontade e gosto cada vez mais, sem limites. Ele, fala ofegante: - Mama, mama meu caralho, isso gostosa, assim que eu gosto, chupa esse cacete, desse jeitinho, ohhh! – Ela escuta e isso dá mais vontade dela chupar mais e mais, vai chupando cada vez mais com muito gosto, sungando tudo com muita intensidade, passando a língua no cacete, e punhetando, dá uma levíssima mordiscada na cabeçona inchada e já roxa de tanto tesão fodido em que sentia naquele momento. Ela tira o caralho da boca dela, todo babado e molhado, ela começa a punhetar freneticamente e fala, toda cachorra: - Goza no meu rostinho, goza pra tua cachorra, vai! Me dá leitinho, gostoso! – E ele responde: - Dou se você mamar mais um pouquinho, vou gozar na tua boquinha, sua safada, puta ordinária, vou te dá o que você merece, loira tesuda! – Ela volta a chupar intensamente o caralho dele, e a certo momento ele começa a urrar e gemer como louco, dizendo que vai gozar. Ela dá inicio a movimentos de vai e vem mais intensos, a espera dele gozar, em seguida, ele tira a rola da boca dela com a mão esquerda, e fica punhetando em direção ao rosto dela, anda gemendo e urrando, começa a sair espirros de gozo na boca dela, depois ele mira no rostinho dela, e sai jatos de gozada, bem quente, ela vai mordendo os lábios e achando uma delícia, ele vai dando surra de rola no rosto dela todo lambuzado de gozo. Ela dá uma risadinha, e ele urra com um tesão extremo pela última vez, solta o cabelo dela, e ela dá uma última chupadinha de leve no cacete babado e gozado dele. Depois ela se levanta, dá uns beijinhos na boca dele e engole toda a porra. Ele aperta o bumbum dela e agarra-a para beijá-la de língua bem gostoso. Depois se limpam se vestem e vão para casa juntos no carro dele. Param no meio do caminho para dar alguns beijinhos. E quando chegam à rua da casa deles, ela começa a cheirar o pescoço dele, ele para o carro em frente a casa dele, começa a beijá-la intensamente de língua, deixando envolver o clima, ela e tira o short e fica apenas com o fio dental, sarrando em cima dele, e ainda beijando-o. Ela consegue deixar ele de pau duro e excitado mais uma vez, ele tira abre a bermuda e tira da sunga despercebidamente para fora o seu caralho sujo e excitado, e faz ela quicar rapidamente com a bucetinha nele, deixando-o de ladinho o fio dental, prosseguem se beijando e ela sentando no caralho gostoso dele. Depois do beijo, ela começa a gemer como uma cadelinha gostosa, totalmente filha da puta, ela quica o mais forte que pode e ele aproveita e coloca dois dedos no cuzinho seco e estreito fazendo-a delirar de tesão. Ela chega a revirar os olhos e a urrar abafadamente, suando bastante, ela começa a morder o pescoço dele, ele ainda enfiando os dois dedos no cuzinho gostoso dela, tira e fica massageando o grelinho dela enquanto ela se acaba de sentar no seu mastro enorme e duro. Ameaçando que ele vai gozar, ele afirma: - Faz assim que eu gozo sua vadia, muito gostosa e safada, é assim que eu gosto se acaba no meu caralho que eu gozo no seu cuzinho, vamos puta, senta com força! – Ela começa a obedecer às ordens do macho, e a sentar no pau dele com o máximo de força que pode depois rapidamente ele a domina e deixa-a de quatro estreitamente na sua frente, abre o cuzinho dela com a mão esquerda e, com a mão direita punheta sua rola, em seguida, enfia bruscamente no cu seco dela, fazendo-a sentir uma dor prazerosa. Ela gemendo como uma cadela safada, chegando a urrar de tanto prazer, ele começa a dizer que vai gozar, depois de um tempo metendo no cu dela ele vai e solta a porra, deixando o cuzinho dela totalmente molhado, ao gozar ele começa a urrar de prazer, e dizer o quanto ela é gostosa. Ela xinga ele e ao mesmo tempo elogia pelo belo trabalho. Saindo de cima dele, ela vai para o lugar ao lado do carro para por seu short novamente e a se organizar, ele põe a pica no lugar e levanta a sunga, subindo a bermuda e fechando-a. Repousa a cabeça na cadeira e fala: - Nossa, que foda excelente, como és gostosa, ainda mais loira assim, toda tesudinha. – Ela, safada, responde: - Essa foi à melhor companhia numa praia que já tive, pode se repetir mais vezes, cada vez melhor, Léo… – Ele, relaxado, diz: - Que maravilha, hein?! – Ela dá um selinho nele, e abri a porta do carro, fecha a porta, e pela janela pisca o olho para ele e ele dá um sorriso de cafajeste e ela vai para casa. Ele guarda o carro e vai para casa dele, muito satisfeito. 

Querida, só esse ano, você parou no meio da divisa, pegou a catuaba, passou sarrando, mandou o dj não parar, levou aviãozinho, tomou safadinha, pediu o dj rennan pra tocar aquela, deixaram os mnr da boca passar sarrando a glock com pente de 30 em você, e agora tá reclamando porque vai passar o dia dos namorados sozinha ? Se mancar flor 💋😘👌