sap:24.04.12

Pequena, esses dias tenho sentido sua falta, sinto falta de tudo em você do seu cheiro, do seu modo de sorrir e de me fazer sorrir. Sinto falta de quando tu escrevias para mim, sinto falta de nossas brigas e até da bagunça de que você fazia a minha vida. Eu queria você aqui, se eu tivesse uma nova chance te falaria tudo que um dia não te falei por medo de parecer menos homem, mais menino. Mais eu sempre fui menino, a quem eu quero enganar? Eu sempre fui o teu menino. Que perto de você não saiba o que falar, eu preciso de você, digo e repito: eu preciso de você. Meu amor, esses tenho pensado em você e seu efeito sobre mim, seu efeito de me deixar bobo, besta, perdido em seu sorriso no teu olhar. Volte, eu te imploro, volte. E tire o vazio que você deixou em mim.

YM Status: OUT ~
  • Dzung Ah:out trên stt hay out thật
  • d'Aramitz:out that
  • d'Aramitz:nhung ma day la luc nay
  • d'Aramitz:=)
  • Dzung Ah:out thật sao vẫn chat với tao
  • Dzung Ah:à
  • d'Aramitz:xin qui khach vui long doc lai dong tren
  • d'Aramitz:day la dich vu hop thu tu dong
  • d'Aramitz:de su dung dich vu
  • d'Aramitz:qui khach hay nap 100.000d vao tai khoan dien thoai cua Nguyen Minh Duc
  • d'Aramitz:de biet so dien thoai cua Nguyen Minh Duc
  • d'Aramitz:xin qui khach vui long an phim 1 roi an enter
  • d'Aramitz::)
  • ...
  • ...
  • Dzung Ah:1
  • d'Aramitz:dm
  • d'Aramitz:=)
  • Dzung Ah:=)
  • The A Team
  • Ed Sheeran
Play

É incrível o poder que você tem de acabar com todo o meu bem estar em segundos, como a sua falta de palavras dirigidas a mim pode me fazer pensar que você ache que fiz algo para te magoar, que eu fiz algo que você possa não ter aprovado. Cansei de me sentir bem e no final alguém sempre desmoronar tudo, e a queda ser ainda maior. Por que eu me importo tanto? Falando sério agora, eu me importo com coisas tão irrelevantes, que nem mesmo você se importaria. Essa ira incotrolável que não para de crescer, que fica entalada na minha garganta, e não há modo para que ela se esvaia. Eu não estou bem, eu estava fingindo que estava. Acreditando em algo que eu inventei, acreditando que tudo estava bem, que tudo pelo o que eu passei ficou no passado, e que agora havia começado uma nova vida, mas essa com certeza foi a maior ilusão da minha vida, pois o meu passado vai me seguir não importa onde eu ir. Como é sentir isso? Poder ter quem você ama? Alguém por favor pode me contar? Não, não me conte, senão eu terei mais vontade de fazer acontecer, e todos que sequer se preocuparam em saber o mínimo de quem eu sou sabe que não importa o que eu faça, eu nunca vou ter você. Ta bom, eu vou parar de tentar me lamentar, de ficar nesse estado deplorável, mas é difícil, quando minha felicidade depende de você, quando o meu bem estar depende de você. Cansei dessas palavras que não sabem expressar o que eu sinto, que não conseguem encaixar-se na minha cabeça. Tudo está começando a pesar, e eu estou tentando me manter forte, estou tentando não seder o lugar que eu demorei tanto para conquistar. Uns meses atrás, eu não entendia quando as pessoas falavam que se sentiam idiotas quando conversavam com a pessoa amada, eu pensava que era bobice, afinal uma pessoa é uma pessoa, mas depois de ter começado a conversar com você, eu entendi o que elas queriam dizer. Você não imagina a vergonha que eu tenho de conversar com você, de fazer ou falar algo exagerado ou idiota. Eu gostaria de poder mudar de escola, e de fato eu posso. Já me foi oferecido isso, mas eu neguei, neguei porque queria continuar junto com você, mas agora já não tenho tanta certeza de minha escolha, não sei se vale mais a pena continuar vendo você todos os dias, como uma tortura silenciosa. Mudanças estão para vir, e dessa vez não digo isso da boca pra fora. Verdades serão reveladas, de modo inteligente. Só peço que se tudo der errado, não me impeça de desistir. (read-your-face)