santa rita de sampa

“Defensora dos frascos e comprimidos, de nós malucos, sois a beleza, protetora dos animais abatidos, prato cheio de sobremesa, deolinda dos sem rainha, deusa pagã do Butantã. Heavy metal de Santa Izildinha, Joana Dark do lexotan, bendita rita da lua cheia, rogai por mim nesse começo de fim, o espinho nosso de cada testa, milagrosa seja vossa festa. Sois o lazer de quem trampa, bendita santa rita de sampa. Desvairada da paulicéia, virgem e martir de toda a gentalha, mãe menininha da pompéia, fogo de Camile Paspaglia, marginal de Vila Mariana, tia tiete do tietê, sofredora São Paulina (?), padroeira de São Gererê”

(Santa Rita de Sampa - Rita Lee)