salmos

O Senhor guardará você, ele está sempre ao seu lado para protegê-lo. O sol não lhe fará mal de dia, nem a lua de noite. O Senhor guardá a sua vida. Ele o guardará quando você for e quando você volta, agora e sempre.
— 

Salmos 121: 5 a 8.

“Meu Deus! Eu clamo de dia, mas não respondes; de noite, e não recebo alívio! Tu, porém, és o Santo, és rei, és o louvor de Israel. Em ti os nossos antepassados puseram a sua confiança; confiaram, e os livraste. Clamaram a ti, e foram libertos; em ti confiaram, e não se decepcionaram.”
Salmo 22:2-5.

Aqui, o salmista dá uma grande lição de confiança no cuidado e no socorro de Deus. No início, no v. 2, ele alega que clama dia e noite, mas não obtém nenhuma resposta; contudo, apesar do silêncio de Deus, louva-o (v. 3) e ainda testemunha a respeito do zelo que o Senhor teve por seus antepassados (v. 4, 5), que confiaram e não foram desamparados.

Muitas pessoas, quando oram e não recebem uma resposta da parte de Deus, revoltam-se ou se angustiam. Acham que Deus não as ouve nem se atenta às suas tribulações. Mas não podemos agir assim, pois sabemos que Ele sempre nos escuta e está atento a tudo o que acontece (v. 24).

Quando nossos clamores parecem não ser ouvidos ou atendidos, não é hora de desistirmos e nos decepcionarmos com Deus, mas de colocarmos toda a nossa confiança no seu cuidado e no seu poder, lembrando-nos de todos os seus favores e adorando-o independentemente da circunstância.

Basta esperarmos, e Ele agirá no devido tempo, ao seu modo e conforme a sua vontade (v. 21c). Confie!

“(…) E tu me respondeste”.
Salmo 22:21c.


- Sacrifício Vivo.