sabotoe

Sou deboche ambulante do que sou

Quando ilustro, 
quando escrevo, 
quando faço, 
quando existo:
saboto-me

Nunca está bom. Nunca estou bem.
Nuca dei um passo sem tropeços
e
Estou caído mesmo quando não estou.
Ponho-me no chão antes da queda e lá permaneço.

Sou minha porta fechada
a pedra no meu caminho
meu obstáculo
Sou caçador de mim.

Rio de minha existência
Deságuo na secura de cada crítica que me faço

Refaço cada erro como se fosse o primeiro
Se dói em mim, sou eu a causa.

Sou muito bom em me fazer mal.

.Etilismo Abstrato

youtube

Big Brother Fight Night Replay

Season 12: Britney and Brendan

… it is pronounced neanderTALL