s: cath

Vontade de dormir pra sempre, vontade de deitar na minha cama e não querer levantar mais. Estou precisando dormir muito, esquecer as coisas que me incomodam, que atrapalham a minha mente, quero esquecer tudo e apenas dormir. Quero fechar os olhos e adormecer, e somente acordar quando tudo estiver calmo e tranquilo, só acordar quando a felicidade chegar no meu ouvido e dizer: “Cheguei, abra seus olhos e vá viver.”
—  Os desabafos de Catarina.

Sketch of Cath and Levi from Fangirl by rainbowrowell, aka my heart book. Also one of my ALL TIME OTPs. Plus when fall comes around, I feel so very Cath-like. All I want to do is get tarred and sweatered, drink hot coffee, and write/read/draw.

Eu só preciso de um pouco de amor, um abraço bem apertado, um sorriso de lado, um aperto de mão, um cafuné, um beijo na testa, uma palavra de carinho, um aconchego, um colo pra descansar, uma mensagem de amor, um motivo pra sorrir, eu só preciso ser amada, só preciso acreditar outra vez no amor.
—  Os desabafos de Catarina.
Se eu o amava? Sim, muito. Eu nunca amei ninguém, nem sabia direito o que era amar, mas quando o conheci, quando vi seu sorriso pela primeira vez, me apaixonei. Não, não era uma simples paixão, era amor de verdade. Amei ele como nunca serei capaz de amar alguém. Amei ele como um girassol ama o sol, amei ele como um pássaro ama o céu, amei ele como um peixe ama o mar, amei ele muito mais do que a mim mesma. Nenhum amor será comparado ao meu amor por ele. Porque do jeito que eu o amei, não poderei amar outra vez.
—  Os desabafos de Catarina. 
Eu não estou bem, mas ninguém precisa saber disso. Estou me sentindo sozinha, jogada por aí, esquecida por todos, precisando de um abraço, um consolo, um carinho talvez, não sei, mas estou carente, estou precisando de um pouco de amor. Mas ninguém percebe isso ou ninguém tem a paciência de fazer isso por mim. Ninguém tem a coragem de chegar olhar nos meus olhos e perceber o quanto tão tristes, ninguém consegue perceber o quanto vazio estou por dentro. Todos acham que estou bem, porque saio distribuindo sorrisos por aí, mas ninguém é capaz de enxergar que mesmo sorrindo, meus olhos estão fundos de tanto chorar. Ninguém é capaz de entender o quanto preciso de um pouco de atenção, ninguém percebe nada. E eu continuo aqui precisando de amor, carinho, precisando ouvir o quanto sou importante pra alguém. Só preciso saber que não sou só mais uma no mundo, mas sim, sou alguém especial para alguém. Só preciso de um motivo para voltar a sorrir verdadeiramente como um dia já sorri.
—  Os desabafos de Catarina.
He was holding two cups of coffee and had a banana shoved in the pocket of his flannel shirt.

‘Are you hungry?’
Cath laughed. ‘Are you about to offer me a banana?’
‘I’m about to offer you half a banana,’ Levi said, letting go of her hand.
—  Fangirl, Rainbow Rowell. I don’t know why but this scene, at the hospital, makes me love Levi so much.