roma~

Sinto a sua falta. Acho que sempre vou sentir. Mas isso não quer dizer que te quero na minha vida. Algumas coisas duram exatamente o tempo que foram feitas para durar, sem mais vírgulas ou reticências.
—  Roma, 1994.