rip hebe

“Ah, como Deus é bom! Estar aqui com vocês nesta noite em que podemos assistir e vibrar com a musica de três jovens que conquistaram nossos corações, só pode encher minha alma de alegria. Eu estava ali atrás pensando uma coisa engraçado. Esses meninos estão agora sonhando os mesmos sonhos que me alimentam há tantos anos… Mais precisamente, há 57 anos, subir num palco e estabelecer uma comunicação com esse mar de gente que superlota o Olympia, é a glória suprema na carreira de um artista. O aplauso nos transforma em reis e súditos. O calor que parte de quem aplaude, nos dá o poder de reinar na alegria. Mas também coloca em nossos ombros, toda responsabilidade que isso acarreta. Quando termina o ultimo aplauso, imediatamente o artista começa a trabalhar para ser merecedor de mais aplausos. Somos seres humanos como você, seus pais, seu amor ou seus amigos. Mas não posso negar que também somos diferentes. Mais do que tudo na vida precisamos do amor de cada um. Jovens cujo talento percebemos assim que suas músicas começaram a tocar no rádio. Foi amor imediato, daqueles que a gente sabe que é pra toda vida. Com que prazer e com que responsabilidade eu trago pra vocês… O Fenômeno K…L…B!” 

External image