ria-muito

Positividade 🌸

Seja como a lua. Procure brilhar, mesmo em meio a trevas. 🌙💫

Vou na fé, guiada pelas boas vibrações. ✌️🍃

Mente firme, alma limpa e pensamento sempre positivo. 🌸

Brilhando em vida, sorrindo à toa só vibrando amor e paz. ❤️✌️

Seu coração tá cheio de coisas boas, nada que não a beneficia, entra. ❤

Só agradece, a esse dia que foi dado agradece, a natureza e o cuidado 🎶🙌😆

Vou remover da vida tudo que torna meu coração pesado. ❤️👊

Nunca vou olhar pra trás, nunca vou desistir. 💪🍃

Seja simples, sonhe alto, seja grato, ria muito. 🍃

Que o dia seja leve, que a tristeza seja breve. 😌

Distribua amor e veja o universo conspirando a seu favor. ❤️🍀

Sintonize sua vibração, não há tempo pra viver em vão 🎶🙅🌸

Se o pensamento é positivo, a maré é sempre boa. 🌊

Onde exista um sentimento bom, eu quero ficar. 😌

Que seja infinito tudo aquilo que me faz bem. 💕

Porque eu sei que se esperar as coisas boas vão chegar. 🍃🍃🌸

• Se pegar dê like ou reblog.

Status: Positividade🌺

Seja como a lua. Procure brilhar, mesmo em meio a trevas. 🌙💫

Vou na fé, guiada pelas boas vibrações. ✌️🍃

Mente firme, alma limpa e pensamento sempre positivo. 🌸

Brilhando em vida, sorrindo à toa só vibrando amor e paz. ❤️✌️

Seu coração tá cheio de coisas boas, nada que não a beneficia, entra. ❤

Só agradece, a esse dia que foi dado agradece, a natureza e o cuidado 🎶🙌😆

Vou remover da vida tudo que torna meu coração pesado. ❤️👊

Nunca vou olhar pra trás, nunca vou desistir. 💪🍃

Seja simples, sonhe alto, seja grato, ria muito. 🍃

Que o dia seja leve, que a tristeza seja breve. 😌

Distribua amor e veja o universo conspirando a seu favor. ❤️🍀

Sintonize sua vibração, não há tempo pra viver em vão 🎶🙅🌸

Se o pensamento é positivo, a maré é sempre boa. 🌊

Onde exista um sentimento bom, eu quero ficar. 😌

Que seja infinito tudo aquilo que me faz bem. 💕

Porque eu sei que se esperar as coisas boas vão chegar. 🍃🍃🌸


Se Pegar/Gostar Dê Like Ou Reblog.❣

Bio / Instagram

Paz na alma. ( Peace in soul.)

até que ponto as nossas incertezas podem nos levar?

Revolucionar é o desejo profundo, mas mentes fechadas não mudam o mundo.

Equilíbrio, tranquilidade e positividade. ( Balance, peace and positivity.)

Resgate suas forças e se sinta bem

seja simples, sonhe alto, seja grato, ria muito.

Be positive, life returns. ( Seja Positivo. A vida retribui.)

não importa aonde estamos , nossa mente é o nosso lar

Be the equilibrium. ( Seja o equilibrio.)

aceitando só o que me acrescenta.

Rolex, more sex, good weed, no stress.

i pretend to be okay

chorar litros , sorrir mares

dançando com o caos, namorando
com a paz

Deixe seu like ou reblog se pegar/gostar de algo , plss 💕

❀ Bio p/ Instagram ❀

Paz na alma. ( Peace in soul.)

Leva, se não der releve. 

Quero ser feliz também. ( I want to be happy too.)

Eu quero paz, quero tranquilidade. ( I want peace, I want tranquility.)

Equilíbrio, tranquilidade e positividade. ( Balance, peace and positivity.)   

Resgaste suas forças e se sinta bem.

Seja simples, sonhe alto, seja grato, ria muito.

Vida é brisa passageira, não deixe passar.

Tempestade somente de coisas boas. 

Brilhando em vida, sorrindo atoa.

Be positive, life returns. ( Seja Positivo. A vida retribui.)

Be the equilibrium. ( Seja o equilibrio.)

Aceitando só o que me acrescenta.

Rolex, more sex, good weed, no stress.

A liberdade e a paz, que a alma precisa ter.

Reblog ou dê like se gostar! ♥

Ele era só mais um romancista barato, não fazia mesmo “meu tipo”, então resolvi brincar com isso, não tinha nada a perder. Mandei uma mensagem anônima o provocando, não me recordo exatamente o que disse, mas ele parecia mais louco que o costume.  Depois de algumas mensagens anônimas, ansiedade já estava aparente. É muito difícil falar por ele, mas… Lembro-me que ria muito disso tudo. Depois de um tempo castigando-o, me identifiquei, trocamos Skype, conversamos. Eu era a pessoa mais fria do mundo com ele, eu não sei exatamente porque, mas eu não queria ficar por baixo. Passamos um bom tempo assim, brincávamos e brigávamos muito, ele me bajulava e eu fria, poucas vezes meiga, mas tinha algo nele que me fazia bem, algo que me fazia virar a noite gargalhando, quando em umas dessas conversas ele revelou que estava se apaixonando, meu coração parou alguns segundos, tinha um sorriso congelado na cara, mas disse que ele estava ficando louco e que parasse com essas brincadeiras idiotas. Realmente achei que era mais de umas de suas brincadeiras, mas não, senti que ele estava diferente, grosso, bruto, a primeira vez que ele saiu sem me dizer tchau, ele não sabe, mas naquela noite chorei. Damos um tempo. Tentei uma reaproximação, mas agora era a hora do troco, ele parecia uma pedra. Como doeu estar no lugar dele. Não me lembro de ter me desculpado, mas quem sabe ele leia isso. Era louco, porque só depois de sofrer eu estava me apaixonando por aquele idiota, teimoso, turrão, mas infelizmente já era tarde demais, nossas conversas não eram mais as mesmas e o tempo não melhorou nada. Isso já faz um bom tempo, mas queria que ele soubesse. Hoje estou como antes, vazia.
—  soufalha, detalhando ele. 
Dicas de frases....

Que eu não perca o equilíbrio mesmo sabendo que inúmeras forças querem que eu caia.

Incrível como o coração sempre escolhe o caminho mais difícil .

A regra é: errar, aprender e acertar.

A vida é simples. Complicado sou eu.

Os sentimentos não podem ser ligados e desligados como interruptores de tomada.

Eu não levo rancor de nada, mas carrego cicatrizes.

O que é seu, chega com o tempo. O que não é, se vai com ele.

Alguém que te faz rir, te faz chorar, te faz querer mudar, te faz querer ser um alguém melhor.

Que menina confusa, ela sorri por fora e chora por dentro.

Que o vento leve as pessoas erradas, e traga as pessoas certas.

A melhor liberdade é quando você se livra do que te faz mal.

Cada dia é uma chance para ser melhor que ontem. 

Pois é, não deu. Agora diz isso pro coração.

Nada é em vão, tudo vem pra ensinar.

Seja simples, sonhe alto, seja grato, ria muito.

Quem gosta, protege e se importa.

Dispenso palavras e aceito atitudes.

O seu sorriso é o motivo do meu sorriso.

Você é aquela coisa boa em meio de tantos problemas

Hoje ouvi The only exception e me lembrei de você, era a única música deles que eu sabia cantar bem, aquela mesma que você tocou pra mim, lembra? Era tão lindo te ouvir e te ver tocar, você fazia isso com uma perfeição sem igual, sempre sabia fazer tudo tão bem, já eu, sempre fui um desastre em tudo. Me lembro das vezes que tirava sarro de mim quando eu começava a cantarolar as outras músicas, principalmente Now. Você fazia questão de gravar sem que eu percebesse pra depois me zoar, e por mais que eu ficasse chateada, eu gostava, a gente ria muito e depois você vinha com seu inglês fluente cantando perfeitamente no meu ouvido me mostrando como se cantava certo. Agora eu aprendi quase todas, sei cantar Brick by boring brick completa, e aprendi Last Hope também, a música deles que você mais gostava, e que só por esse motivo passou a ser a minha favorita também. Mas Now eu ainda não consigo cantar, fico pensando comigo se ela sabe cantar e se você se orgulha dela por isso. Ela também é fã de Paramore, não é? Em alguma coisa ela tinha que ser boa, pelo menos. Será que ela será boa em te fazer feliz também? Eu espero que sim. Na verdade, eu não queria, eu queria mesmo era que ela quebrasse teu coração, te pisasse, te maltratasse da pior maneira possível, assim como você fez comigo. Eu queria pensar como aquelas frases “O que importa é que você seja feliz, mesmo que isso custe a minha felicidade” e blá blá blá, mas eu não consigo. Tem horas que eu desejo mais é que você se foda, todinho mesmo, mas tem horas que eu já não quero mas isso, como hoje quando ouvi Paramore e lembrei de você. O que eu quis mesmo foi você aqui de novo, cantando pra mim, sendo meu.
—  Quando ouvir Paramore lembra de mim, que aqui do outro lado estou ouvindo e lembrando de ti.
✖ Frases ✖
  • Ela tem o jeito de menina forte, mas é tão frágil quanto uma flor .
  • Ela e igual um livro, muitos sabem o nome mais poucos conhecem sua historia….
  • Ela tem uma bagunça enorme no peito e uma paz ainda maior no olhar, ela é assim, um poço de paz em um oceano de caos.
  • Não me arrependo de nada que fiz. Só lamento o tempo que desperdicei com pessoas erradas.
  • Coragem, moça! O mundo é tão grande e você é tão jovem.
  • Correr atrás é cansativo, o orgulho não gosta e o amor próprio não deixa.
  • Moça, olha pra frente e vai em frente, deixa o passado ficar no lugar dele .
  • Ela esqueceu todo mundo, agora vive por ela e quem quiser que acompanhe o novo jeito dela.
  • Meu silêncio significa um milhão de pensamentos.
  • Sorrir contagia, sorrir te deixa leve. Sorria mesmo, até quando não deve…
  • Eu fico namorando o teu sorriso igual o mar namora a lua
  • Seja simples, sonhe alto, seja grato, ria muito.
  • Moça não adianta você querer se importar com quem não está nem aí pra você..
  • É pra frente que se anda. É pra cima que se olha e é lutando que se conquista.
  • E para o seu desespero, vou continuar sendo feliz, me amando e principalmente, não ligando para o que você pensa.
  • Eu torço, secretamente, para a gente dar certo.
  • Se for pra amar, que seja de verdade, que seja recíproco, que seja por inteiro. De meios amores o mundo esta cheio .
  • Menina boba, recebia pedras e retribuía com flores .
  • Ela é tipo trevo de quatro folhas. Difícil de encontrar e sorte de quem tem .
  • A verdade é que ninguém vai te entender até passar pela mesma situação.
Ele era diferente de tudo que eu já vi. Os olhos dele eram pretos, comuns, mas a forma como ele me olhava fazia eu me apaixonar por eles. Ele odiava matemática e literatura, mas era apaixonado por história e mitologia grega, algumas vezes falava comigo usando palavras em outras línguas que ele aprendia em um do seus livros que, por suposição, coloquei-os em uma categoria: os-que-ninguém-ler. Mas ele lia, e eu achava incrível. Ele andava numa bicicleta velha, mas bem conservada, eu ria muito quando a corrente caia e ele calmamente tentava coloca-la, depois que o fazia, alisava-a e pedia desculpa, pois ele acreditava que aquilo só acontecia quando ele fazia mal à Afrodite, sim, era o nome que ele havia dado àquela bicicleta. Ele falava coisas sobre política e eu apenas escutava, confesso que não entendia nada do que ele discutia enquanto seus braços longos gesticulavam sobre a minha cabeça, mas ele ficava absurdamente lindo com aquele ar de sabichão. Ele tinha gastrite, mas tomava duas latas de refrigerante por dia, discutíamos sempre em relação à isso, mas ele nunca dava o braço a torcer, só a noite, quando a dor do seu estômago apertava e ele vinha com o rabo entre as pernas e, com aqueles olhos que brilhavam mais que todas as estrelas juntas, me dizia: você tem razão. E eu então sorria, deitava-o em meu colo e fazia massagem na sua barriga até ele adormecer. E ali, com a inocência de duas almas que se completavam, eu o amava mais que tudo.
—  Jadson Lemos. 
Ei, você mesmo… Tá tudo bem com você? Você já sorriu hoje? Já agradeceu a Deus por ter acordado mais um dia, mesmo que sua vida não seja perfeita e você tenha mil e um motivos para reclamar, você já pensou que existe alguém no mundo que ficaria melhor com um sorriso seu? Que só um sorriso, mesmo que meio torto, só um, vai, sorria pra mim, você consegue? Isso vai mudar meu dia e eu aposto que o seu também, eu só quero que você solte um riso leve e se puder uma gargalhada, ria muito, ria mesmo até doer a barriga, peça “dois altos”, um descanso, cinco minutos, deixa a tristeza só um pouquinho de lado e me diga, está tudo bem? Eu quero te escutar, mas antes, sorria pra mim, só um sorriso. Só te peço isso. Já viu quantas vezes eu pedi? Pois é, talvez você tenha soltado um sorriso mesmo sem perceber a cada vez que eu pedi, obrigada por isso. Fica bem.
—  Smile for me, Bianca Autran.

One Shot - Harry Styles

- Ah, para de besteira (s/n). - Ele ria enquanto eu tentava, muito irritada, abrir a porta da nossa casa.

- Besteira? Se você acha que é assim… - Apertei a chave e não resistindo ela se quebrou dentro da fechadura. - Droga!

- O que foi?

- Viu o que você fez? - Isso foi o suficiente para que eu sentisse ainda mais raiva.

- Quem estava mexendo aí não fui eu.

- Mas foi por culpa sua. - Joguei o que sobrou da chave nele. - E agora? Como vamos entrar Harry?

- Calma. - Fingiu pensar, riu e em seguida num só chute derrubou a porta. - Problema resolvido. - Nem preciso dizer que fiquei assustada. Harry entrou na casa e eu fui atrás dele.

- Você ficou louco, Styles? Como vamos resolver isso? Vamos deixar a casa aberta?

- Dá pra você parar de falar “como vamos”? Está me irritando. - Jogou suas botas no sofá e se sentou ao lado.

- Tira essas botas sujas daí, Harry! O sofá é branco!

- Você não para de dar xiliques, que saco. - Empurrou as botas para o chão. - Você me cansa.

- Ah é? Então o que acha de ir embora da minha casa?

- Obrigado por jogar na cara que está me cedendo um teto temporariamente.

- Você tem dinheiro, pode muito bem ficar num hotel caro sem os meus xiliques.

- Estou aqui porque você é a minha namorada.

- Ah, lembrou disso agora? - Ri forçadamente. - Na hora que estava de risadinhas com aquela vagabunda na casa da sua mãe você nem sequer pensou nisso.

- É a minha prima, caramba! Eu só ri porque ela disse que eu estava mais bonito. O que tem de errado nisso?

- Será que é a parte que ela estava te comendo com os olhos antes, durante e depois de falar isso pra você?

- Você anda vendo coisas.

- Pois é, acho que é uma miragem a cena dessa sua bota suja de lama no meu tapete novo. - Joguei minha bolsa no sofá e sai em disparada para o meu quarto. Tomei banho na intenção de esfriar a cabeça e havia atingido meu objetivo.

- (s/n)… - Harry suspirou ao sentar do meu lado. - Não sei o que está acontecendo com a gente, mas está insuportável a nossa convivência nessa casa.

- E o que você sugere?

- Que precisamos de um tempo. - Arregalei os olhos, mas disfarcei em seguida.

- Hm.

- Só isso?

- Quer que eu vá abrir um vinho pra comemorar?

- Não precisa ser tão hostil.

- Você é que é o sem noção aqui.

- Então você aceita tranquilamente?

- Sim, quer que eu me rasteje até a porta de saída fazendo aquela cena de novela pra você não ir?

- Porra, para!

- Eu não vou te prender, não vou pedir por favor para que você fique aqui, eu acredito que quando a gente ama de verdade depois de um tempo essa pessoa volta. Se você me amar de verdade você vai voltar, se não… Foi maravilhoso todo o tempo em que estivemos juntos e eu vou entender o motivo de você ter me deixado. Não se preocupe.

- Tudo bem. - Ele pegou impulso pra se levantar colocando as mãos em seu joelho. - Eu te amei muito.

- Amou? Passado?

- Ah (s/n)… Todas essas brigas e suas chatices.

- A culpa é minha então?

- É nossa.

- Certo. Então sem chances de volta?

- Acho que não. Algum problema pra você?

- Nenhum. Se você não quer mais o que eu posso fazer?

- Pois é, nada.

- Nada. - Repeti e senti meu peito se contrair fortemente. Tudo havia acabado…

- Eu vou indo embora.

- Está bem.

- Vai ficar bem aqui sozinha?

- Sempre fiquei. - Sorri brevemente e após dar um beijo em minha testa ele se foi. Sai do quarto rapidamente na esperança de vê-lo mais uma vez, essa poderia ser a última.

- Tchau. - Ele acenou e pegou uma de suas malas.

- T-tchau. - Respondi do topo da escada. Harry andou até a porta e mesmo de costas eu pude perceber sua respiração acelerada. Ele virou-se pra mim.

- Você vai mesmo me deixar ir embora?

- Oi?

- Eu não quero ir embora, você vai me deixar ir? - Um sorriso brotou involuntariamente dos meus lábios e eu desci correndo pelos degraus chegando até ele para abraçá-lo.

- Não me assusta desse jeito. - Abracei-o o mais forte que pude, Harry soltou a mala que carregava pra me abraçar melhor.

- Você não me quer mais?

- Por que você fez isso, Styles?

- Minha ideia inicial era que você pedisse pra eu ficar e eu traçaria umas regras para o nosso relacionamento.

- E eu aceitei porque entendo que eu sou muito, mas muito chata mesmo. Achei que depois de todas as neuras eu devia te dar essa liberdade.

- É por isso que eu odeio quando a gente briga e você vai tomar banho sozinha. - Eu ri. - Você pensa em tudo com clareza.

- Sim. - Coloquei meus braços em seu pescoço e o beijei. - Eu não sei o que seria de mim se isso fosse verdade.

- Eu não iria, pode acreditar. - Meu namorado riu. - Não te deixaria por nada nesse mundo, acho que nem traição. - Gargalhei. - Mas não se sinta tentada a isso, por favor.

- Acha que eu te trairia? - Fingi estar irritada.

- Sem brigas, senhorita.

- Podemos traçar as regras agora?

- Vamos esquecer essas regras.

- Não, eu quero. Quem sabe dê certo agora, amor.

- Mas já dá certo.

- Desse jeito? Nós brigamos a cada dez minutos.

- Tem razão. - Puxou-me pela cintura, sentou-se no sofá e me colocou em seu colo. - Primeiro que eu não quero mais essa história de reclamar porque eu coloquei a bota suja no tapete, tudo bem que no sofá foi errado, mas não vejo problema sobre o tapete. - Claro que tinha problema, seu porco!

- Certo. - Concordei, mas por dentro estava em erupção. - O que mais?

- Ciúmes, você poderia ser mais compreensiva com a minha prima e…

- Não, não e não! - Interrompi. - Regra negada, aquela vadia é vidrada em você e se eu der um mole desses eu nem sei o que pode acontecer.

- Você não confia em mim?

- Posso te responder da forma mais clichê possível? - Ele concordou. - Em você eu confio, mas nela não.

- E você acha que ela vai fazer, sei lá, me dopar e me estuprar? - Gargalhou.

- Não duvidaria.

- Tudo bem. - Continuou rindo, eu permaneci séria. - Regra descartada.

- Mais alguma coisa?

- Ah, tem sim. - Coçou a cabeça. - Quero mijar do jeito que eu bem entender, sem aquela frescura de levantar a tampa do vaso.

- Ah não, Harry. Vocês homens parecem que erram aquela merda e bate bem no lugar que a gente senta.

- Eu não faço isso.

- Certeza? - Cerrei os olhos.

- É que eu faço uma espécie de tiro ao alvo com o higienizador da privada e…

- Não quero mais saber. - Interrompi novamente. - Quer fazer xixi como bem entender? Faça, mas se eu encontrar uma gota onde eu não quero você está frito.

- Sim, senhora. E bem, não é xixi é mijo mesmo.

- Xixi.

- Qual o problema de vocês mulheres em falar mijo?

- Eu particularmente não gosto.

- Frescura. Mais uma regra, falar mijo.

- Me poupe! - Rimos. - Falando sério, tem mais alguma coisa?

- Não, nenhuma. De resto está tudo certo.

- Ótimo. E quanto a uma regra pra você cumprir, eu só preciso que você pare de dar mole para a sua priminha do decote exagerado.

- Você acha exagerado? Eu gosto.

- Gosta, Styles? Tem certeza? - Levantei de seu colo e distribui tapas em seus ombros fazendo-o rir.

- Os que você usa tem um efeito completamente diferente do dela.

- Que efeito?

- Você sabe e, aliás, você está com um decote agora que…

- Decote? Não estou com decote. - Olhei minha camisa branca sem estampa e simples. Harry apenas com o dedo indicador puxou o centro da gola pra baixo revelando o vão entre meus seios.

- Agora está e olha… - Arqueou a sobrancelha e eu ri. - Temos coisas mais importantes pra fazer agora do que ficarmos discutindo regras, não é?

- Você não presta. - Falei sentando em seu colo e o beijando. O namoro com Harry sempre foi uma balança, mas na hora do sexo sempre foi a mesma coisa, ele era espetacular e se tivesse um momento que nós não brigávamos, era esse.

Jess

de repente,

a gente esqueceu como é o rosto um do outro. pareceu ele de costas ontem, mas não tive certeza. na última vez em que nos falamos, foi tudo bem rápido, era escuro e ele respirava alto, eu só repetia que aquilo era um erro. eu sair do carro sem olhar para trás, mas juro que ele ria. mesmo sem lembrar muito bem qual o rosto dele, sempre acho que é ele na fila do cinema, do supermercado, na rua, nunca é. paramos de nos falar, deixamos de nos procurar e eu não lembro muito bem qual é o rosto dele. mas ainda sim, ainda assim, eu sinto saudades.

As vezes me sinto como um imã, por eu apenas ser a crush -na maioria das vezes- dos quietinhos ou nerds, seja eles da sala de aula ou do meu condomínio. Logo eu, que não sou nem quieta tampouco baladeira, digamos que sou o meio-termo da loucura do que é ser adolescente -equilibrada e, na verdade, bem madura para minha idade.
E mais uma vez não foi diferente, você me perseguiu por tanto tempo -três meses para ser exata. O que me pareceu uma eternidade. Sempre tentando está nos lugares que eu estava. Sempre tentando entrar no meu ciclo de amigos. Sempre me observando e, sempre que eu o encarava, você ficava nervoso e se virava bruscamente como se tivesse visto um fantasma e, confesso que, eu ria muito disso.
Aos seus olhos eu era aquela que andava naquele mesmo grupo de amigas, todas as noites. Três na verdade, eramos melhores amigas, inseparáveis e as Três Espiãs Demais -eu era a Clover.  Aquela que deitava na grama, apontava para o céu e pontilhava o desenho das nuvens. Aquilo é um dragão? Aonde? Aquela que andava de cabeça erguida caçando As Três Marias entre as milhares de milhões de estrelas da noite ou, simplesmente, aquela que passou por você.
E no final você nem ao menos chegou a me dá um: oi . Não precisava, seu olhar falava tudo. Como naquela vez que você me observou pela janela de vidro fosco do meu apartamento,  como quem perguntava: sobre o que essa menina maluca escreve tanto?  P.S: sobre você.
—  Ingrid Giany. (via ingridzzn)
Status ❣️

❥ Quando se vale a pena o amor supera… 💕

❥ E assim como a lua, ela é uma mulher de fases 🌙

❥ Prefiro sorrir. Me permito ser feliz, por mim. 🌸

❥ Seja simples, sonhe alto, seja grato, ria muito. 💭🍃

❥ Essa mina é casca dura, não é qualquer um que atura. ✨

❥ Já tive ódio de mais, hoje em dia só busco amor. ❤⚓🍃

❥ E que nossa vida seja repleta daquilo que nos faz bem. 💚💬🍀

❥ Bora que o mundo é nosso! 🌎💙

❥ Não curto amores, eu curto sabores.🚫🍒

❥ Tu teve a chance e transformou meu romance num lance. 👊💔