resplendor

Metrial, o Errante Sombrio.

Não se sabe ao certo quem é este demônio, mas temos certeza que todo reino, vilarejo e aldeia que ele passa tudo morre. Alguns chamam de mal pressagio, outros o chamam de filho do diabo, ou o diabo em pessoa. Mas é sempre assim, por onde ele passa, um rastro de destruição, de caos e fogo se alastra.

Chamado de Metrial, uma figura misteriosa, com uma carapaça negra, uma espada talhada e um cavalo que apavora a todos com seu relincho demoníaco. Lendas antigas mencionam um ser com essas características, sua historia é um tanto quanto brutal. Metrial era um comandante de um dos maiores exércitos que já existiu, sua habilidade para emboscar e dizimar os inimigos de maneira silenciosa e limpa se espalhou pelo mundo. Conhecido como o mensageiro de Hades, ele era um ser misterioso, nunca mostrou sua face, nunca poupou uma vida que não seja feminina ou infantil.

As lendas também mencionam que ele enlouqueceu com o poder, incontrolável e sedento por sangue, não evitava guerras. Infelizmente, seu anseio pela guerra o tornou um homem cego que acabou sendo traído por seus soldados. Entregaram-no para o exercito inimigo em troca de uma trégua. Dentro das bases inimigas Metrial foi torturado, desmembrando e morto.

Cada uma das lendas que se referem à Metrial muda algo, seja em sua historia ou em seu desfecho, porém, todas elas absoltas reproduzem as mesmas palavras ditas por ele antes de sua morte: “Nunca me matarão, sou mensageiro de Hades, fui condenado a ver as eras passarem diante de meus olhos. Sou imortal!”

Suas palavras foram perpétuas, Metrial surpreendentemente voltou a vida, dizimou todo o exercito sozinho, torturou cada um dos altos patenteados do grupo e abandonado ele vaga pelas eras, em busca de uma resolução para que se livre da maldição, para que morra em paz. Enquanto ele não encontra tal solução, sua alma maldita sente a necessidade de destruir, de aniquilar, de causar o sofrimento das sobreviventes viúvas e filhos órfão.

Eis a historia de Metrial, fadado a caminhar, sem prospecto, apenas vendo como a vida é algo super estimado, porque os seus deuses nunca se importaram com ela.

Jesus Cristo disse: “Vocês são a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte.

E, também, ninguém acende uma candeia e a coloca debaixo de uma vasilha. Pelo contrário, coloca-a no lugar apropriado, e assim ilumina a todos os que estão na casa. 

Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus”.

anonymous asked:

oi 🌈 estou num momento da minha vida amorosa meio dificil. pode me passar uma palavra? o que deus tocar em seu coracao, qualquer palavra de conforto serve. obrigada 💕

Ola nony, leia e/ou escute essa música aqui: http://letras.mus.br/rend-collective-experiment/immeasurably-more/

Levanta-te, resplandece, porque vem a tua luz, e a glória do SENHOR vai nascendo sobre ti; Porque eis que as trevas cobriram a terra, e a escuridão os povos; mas sobre ti o Senhor virá surgindo, e a sua glória se verá sobre ti. E os gentios caminharão à tua luz, e os reis ao resplendor que te nasceu. Levanta em redor os teus olhos, e vê; todos estes já se ajuntaram, e vêm a ti; teus filhos virão de longe, e tuas filhas serão criadas ao teu lado. Então o verás, e serás iluminado, e o teu coração estremecerá e se alargará; porque a abundância do mar se tornará a ti, e as riquezas dos gentios virão a ti. (Isaías 60:1-5)

E choveu sobre eles carne como pó, e aves de asas como a areia do mar. E as fez cair no meio do seu arraial, ao redor de suas habitações. Então comeram e se fartaram bem; pois lhes cumpriu o seu desejo. (Salmos 78: 27-29)

Deus sabe o momento certo de agir, não há nada que Deus permita sem que isso de alguma maneira vá voltar bem para a sua vida, o momento pode estar complicado agora, mas o futuro que Deus tem preparado pra você é muito maior e melhor do que você espera, entrega tudo nas mãos de Deus, o choro dura uma noite, mas a alegria de Deus vem pela amanhã, hoje a gente planta chorando e amanhã vamos colher sorrindo, apenas temos que obedecer a Deus e continuarmos agarrados Nele. Ele é contigo, e tem muito mais preparado pra você do que imagina. Deus abençoe <3

p.s: precisando desabafar, pode me chamar!

“Sentiu desprender-se da forma posta de outrora
A que insinuava a vértice do confuso
Do feito
Do refeito
Deve-se convir da ideia do desprendimento
Do súbito meio que se entrega aos descaminhos

A partir dali, encontrou-se no resplendor dos corpos em contato
Procurando a imagem acalantada pelo tempo
Num áureo fluxo de demandas
Donde ao achá-lo, viu sua matéria planar
Rompendo seus limites
Libertando sua essência”

.

p.a.a.

O show de uma atração medonha é, na verdade, um terrível espetáculo de um personagem só. A dor é a aberração mais contemplada pelos holofotes. Os dias cinzas tornam-se grandes cortinas vermelhas como sangue que se abrem dando início ao resplendor macabro que lhes é apresentado. O picadeiro chama-se futilmente vida. A plateia não passa de uma mente insana que além de perdida é medíocre a ponto de se divertir com seu próprio fracasso. A surpresa da noite é a majestosa e desejada morte iminente. Essa é minha grandeza, capitão. Meu êxtase, meu glorioso triunfo. Bem vindo ao show da noite!”

O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas;

Hebreus 1:3

Para onde foi o Sol que não nasceu, não brilhou?
Para onde, as estrelas
Para onde a vida…
Não mereço teu resplendor, Sol, mas ninguém te ama como eu.

Era um pátio. Haviam flores que pareciam pintadas, e inertes mesmo com o resplendor de uma brisa que eu não sentia, apenas sabia. Seu perfume inconcebível e imemorável adentrou. O cheiro era bom. Me senti num trono celestial banhada pela graça do seu ouro, banhada pelas promessas de aquilo ser só parte do que você faria por mim. Enquanto pensava nisso soava uma bela melodia melancólica e doce, que me emanava para uma porta detalhada e artística. Adentrei, com certa e total plenitude que você estaria lá comigo, com flores trançadas na cabeça prestes a um mergulho em nossa felicidade, porém apenas vi uma galáxia, onde tudo de repente desapareceu. O barulho de chuva se estendia num eco de risadas e um gélido sentimento de túmulo e morte. E assim, depois de versos de bonitas poesias, você me deixou. Gritei alto o bastante para que só eu escutasse. E mesmo na minha carteira escolar, abrindo os olhos, e me retirando do mais longo sonho, tive a certeza: você assim o fez, e criou pela primeira vez minha dor poética, na qual descontaria em minhas próximas agendas. Deste dia em diante, meu canto seria apenas para você, até que uma outra pessoa abrisse as portas de um paraíso pra mim novamente.

Ó, covarde consciência, como me afliges!… A luz irradia resplendores azulados!… É hora da meia-noite morta!… Um suor frio encharca minha carnes trêmulas!… Como! Tenho medo de mim mesmo?… Aqui não há ninguém…Ricardo ama Ricardo…É isso; eu sou eu…Há aqui algum assassino?…Não…Sim!…Eu!…Fujamos, então!…Como! De mim mesmo?…Excelente razão!…Por quê?Do medo da vingança! Como! De mim mesmo contra mim mesmo?Eu me amo! Por quê? Pelo escasso bem que fiz a mim mesmo? Ah, não! Ai de mim!… Antes deveria odiar-me pelas infames ações que cometi! Sou um miserável! Mas minto: isso não é verdade…

Louco, fala bem de ti! Minha consciência tem milhares de línguas, e cada língua repete sua história particular, e cada história me condena como um miserável! O perjúrio no mais alto grau! O assassinato, o horrendo assassinato até o mais feroz extremo! Todos os crimes diversos, todos cometidos sob todas as formas, acordem para me acusar, gritando todos: Culpado! Culpado!…Desesperar-me-ei! Não há criatura humana que me ame! Se eu morrer, nenhuma alma terá pena de mim!… E por que haveria de ter? Se eu mesmo não tive piedade e mim!

—  ( A tragédia de Ricardo III, William Shakespeare)
Cifra: Estou aqui
 A	 C#m	 D		 Dm7
O amor de Deus brilhou pra mim clareou o meu viver, 
 A		C#m		 D
Eu sei algo diferente em meu ser aconteceu
	 Dm7
Não consigo explicar ...
Bm	 A/C# D	 E F#m A
Luz do sol e estrelas em todo resplendor
Bm		 D	 E F#m
Nem se quer se comparam ao brilho desse amor
	 E		D	A
Que tudo sofre, tudo espera sem reclamar
 D	 E		 D
Se alguém chora, estende a mão e diz
E	A (D/E)
Estou aqui!
	 A	 C#m	 D
O amor de Deus não dá pra explicar
	 Dm7
Mas é bem melhor assim, 
 A		C#m
Eu sei como é difícil amar
 D		 Dm7
Alguém que um dia te humilhou