repete

Just you and me, and you and me Chapter 3

Fandom: Miraculous Ladybug

Pairings: Marichat, Adrinette, Ladynoir, Ladrien

Chapter 3 of ?

AN: I am still a shit of a writer and i still would be nowhere if i didn’t have the greatly appreciated, and top noch help of my twin brother @flirtacious-cat-noir. Believe me, at the rate i go, he is responsible for 50% of this thing. He proof-reads, fixes my repetative mistakes, and slaps at my hand whenever i do something too out of character. He is my greatest help and hopefully he will be in the future too. You rock, bro!

Warning: The following fic is OOC and might cuss here and there (although i try to avoid it) but don’t worry, nothing NSFW.

“These are thoughts.”

These are emphasises.

These are emphasised thoughts.

“These are conversations.”

“THESE ARE SHOUTS!”

________________ <- scene change

And with this cleared, let’s get on with the show:

Keep reading

FORA DA CURVA

Prefiro não ser “normal”
Tampouco acho a dor do outro coisa da vida
Cotidiano que repete o absurdo como algo tão banal
Crianças tendo que ganhar o pão na avenida
Nego o conformismo de uma vida morna
Insano mesmo é pagar tanto imposto por nada em troca
Pago a bala que me acha perdido entre a omissão do Estado e o fuzil da polícia
Dispenso o uniforme de bom cidadão que me fará menos maluco
Pago o pato por não me sentir esperto por desprezar a mentira e a malícia
Que passe longe a certeza condicionada que me fará obediente
Nunca entendi o conforto desses olhos ocos
Camisa de força é a casta que me ofertam
Uns terem nada para outros terem quase tudo
Esses sequer se afetam
Argumentos racionais usam a lógica conveniente como escudo
Aprendo humildemente com a humanidade dos animais
Há quem precise de muito
E vive na angústia de querer sempre mais
Ainda assim, há aquele que é feliz e precisa de tão pouco
Quem você acha que é o louco?
Prefiro ser um ponto fora da curva
Do que nadar nesse mar de águas turvas.

- J. Victor Fernandes,
Transtorno Poético.

It’s game day! Drove over to West Seattle to capture this photo last night in celebration of the big game today. Go Seahawks! #GoHawks #RePete #sb49 #seahawks #gohawks #football #12s #seahawksnation #hawks #superbowl49 #greenandblue #gameday #12thman #WeAre12 #weownthenight_seattle #plpix #weownthenight_sea #seattle #seattlewa #pnw #livewashington #pacificnorthwest #vsco #vscocam #justgoshoot #pnwcollective #igers_seattle #neverstopexploring #seattlefeature

“Meu bem, guarde uma frase pra mim dentro da sua canção, esconda um beijo pra mim dentro das dobras do blusão, eu quero um gole de cerveja no seu copo, no seu colo e nesse bar. Meu bem, o meu lugar é onde você quer que ele seja, não quero o que a cabeça pensa, eu quero o que a alma deseja: arco-íris, anjo rebelde… Eu quero o corpo, tenho pressa de viver! Mas quando você me amar, me abrace e me beije bem devagar que é para eu ter tempo, tempo de me apaixonar. Tempo para ouvir o rádio no carro. Tempo para a turma do outro bairro, ver e saber que eu te amo.

Meu bem, mas quando a vida nos violentar, pediremos ao bom Deus que nos ajude. Falaremos para a vida: "Vida, pisa devagar meu coração cuidado é frágil; meu coração é como vidro, como um beijo de novela…” Meu bem, talvez você possa compreender a minha solidão, o meu som, e a minha fúria e essa pressa de viver, e esse jeito de deixar sempre de lado a certeza, e arriscar tudo de novo com paixão. Meu bem, vem viver comigo, vem correr perigo , vem morrer comigo… Talvez eu morra jovem, alguma curva no caminho, algum punhal de amor traído completará o meu destino… Meu bem, vem morrer comigo, meu bem.

—  (Belchior)