rebloga

Status: Ela ♥

Ela é intensidade pura.

Ela não é muito de amar.

Ela te incendeia só pelo olhar.

Ela sabe o poder que tem.

Ela se joga mesmo, perde a paz.

Ela só exige uma coisa: liberdade.

Ela é fogo e com fogo não se brinca. 

Ela é assim mesmo, calma, não pira.

Ela é fogo que arde sem se ver.

Ela vai fazer você questionar suas escolhas.

Ela é pura poesia, feita de sentimento e amor.

Ela é forte, rapaz, mas não nega um cuidado.

Ela quis ficar? Considere-se um cara de sorte, meu amigo.  

Ela vai do caos à calmaria em 2 segundos e vice versa.

Ela segue a linha do 99% de dúvidas e 1% de certeza.

Ela é forte. Ah, se tem uma coisa que ela é, é forte. 

Ela ainda estará de pé para se apaixonar pela milésima primeira vez, mesmo que dê errado mil vezes.  

Ela ama! Ela ama mesmo! Ela não entra no raso, só pra molhar os pés.

Ela é uma pétala, só que de ferro. delicada, mas forte, muito forte. não duvide.

Ela se afoga, as vezes peca em demonstrar seus sentimentos, mas ela ama.

Ela não desiste, quebra mesmo a cara, mas dorme tranquila por ter tentando até se esgotar.

Ela será um desafio diário, afinal, enfrentar um gênio tao forte não é pra qualquer um.

Ela é realista, dessas que dispensa jogos e artimanhas, do tipo honesta demais.

Ela dita as regras a única coisa que vem a tua cabeça é obedecer. 

Ela é de botar a mochila nas costas e dizer Adeus a todos, sem data de voltar.

Ela vai fazer você se pegar agradecendo por tê-la ao seu lado.

Ela é dona de si, das suas escolhas e vontades.

Ela vai te deixar livre, só não invada a liberdade dela.

Ela é sensível, como os seus arrepios quando você a toca. 

Ela gosta do seu carinho, e vai implorar por ele até ganhar.

Ela é complexa, intensa, e não vem com manual de instrução.

Ela se apega aos começos, porque ela é primeira.

Ela é persistente o suficiente para tentar até conseguir.

Ela gosta de conteúdo e não suporta gente vazia.

Ela se acha a dona da razão, odeia escutar os outros, e acaba se metendo em confusão por isso.

Ela é daquelas que você conhece uma só vez e não esquece.

Ela é independente, não quer viver às custas de ninguém.

Ela viaja com músicas que carregam sentimentos.

Ela não mede limites para os seus sonhos.

Ela gosta desse clichê que é a vida, mas também gosta de coisas originais.

Ela é de fases, um minuto está feliz e no outro está quieta em um canto ouvindo uma música triste.

Ela só quer te olhar, e lembrar do seu rosto daquele jeito, naquele lugar.

Ela ama com a cabeça, conhece os caminhos do seu coração.

Ela vem em primeiro lugar, não espere que ela baixe a cabeça para as tuas vontades.

Ela vai te roubar a respiração muitas vezes e a maioria delas, de propósito.

Ela quer alguém que cresça com ela, que às vezes mostre o melhor caminho.

Ela aponta o dedo na cara se for preciso, ela diz, ela berra, ela bota ordem.

Ela se encanta com a inteligência alheia, frases feitas não foram feitas para ela.

Ela é daquelas que sempre se dá bem com todo mundo, aliás, ela faz de tudo para que aqueles que estão próximos a ela fiquem sempre bem.

Ela odeia brigas ou barracos, mas odeia ainda mais injustiças.

Ela se apaixonar por você?  Tenha a certeza que terá um amor para toda a vida.

Ela cai muitas vezes, mas sempre se levanta mais forte.

Ela quer tudo para si, não importa o quão difícil seja para conseguir.

Ela vem de corpo e alma ao encontro da sua boca.

Ela quer demais, mas nem sempre consegue o que quer e quando isso acontece… Ah, que explosão!

Ela gosta de saber que é amada, que é especial e que sempre será a única no seu coração.

Ela gosta de cantar na rua, correr para abraçar suas amigas, não tem lá muita vergonha. Timidez? Passa longe.

Ela vai cuidar de você, como se fosse um bichinho de pelúcia.

Ela parece frágil feito líquido, transparente feito água, mas você já conseguiu enxergar as profundezas de qualquer mar?

Ela é dona de si, das suas escolhas e vontades.

Ela envolve, prende, domina e a gente nem percebe que está caindo nessa.

Ela precisa ter tudo sob seu comando e emoções estão em um campo que ela ainda não aprendeu a coordenar.

Ela tem uma forma diferente de observar o mundo e suas facetas, ela é 8 ou 80.

Ela vai querer dominar, mas deixa eu te contar um segredo: ela ama ser dominada.

Ela não consegue ver o todo, se apega aos detalhes, checa, verifica, cutuca e analisa até ficar irritada com a sua própria mania de não ficar na superfície.

Gostou? Rebloga vai ♥

SE PEGAR REBLOGA

Comecei a escrever pra você enquanto estamos na linha e escutando a sua voz lembro do dia em que te conheci, e que me apaixonei perdidamente. Nunca achei que me notaria, muito menos que me amaria. To lembrando de quando escutei esse teu sotaque lindo pela primeira vez e do quão encantada eu fiquei. A vida realmente é surpreendente, jamais pensei que algo assim fosse acontecer comigo, com nós. Encontrar alguém que te completa e te transborda é tão difícil. Encontrar alguém que te ama tanto quanto você a ama e que está disposta a enfrentar toda negatividade juntas, é raro. É meu amor diante tudo isso, temos definitivamente muita SORTE! E é por isso também que eu agradeço e sempre demonstro o que sinto, porque amar também é cuidar do sentimento pra que ele não perca a força. Pra que ele não caia na rotina. Dizer o que eu sinto não faz com que o ‘eu te amo’ seja banalizado. Ligar nos momentos que estamos longe ajuda nos sentirmos perto, cuidadas, amadas. Eu sei o que eu sinto, é algo que eu nunca senti antes e sei que é raro. Você é o meu tesouro que eu cuido com ciúmes sim, por que eu nunca quis alguém e te quero tanto. O amor que eu sinto por ti não cabe em mim e eu não sei se todo mundo tem a mesma sorte que nós tivemos meu amor. Você é algo tão bom na minha vida que quem me vê sabe, estou sempre transbordando de amor, e eu devo isso a você.
Eu nunca desejei tanto bem a alguém quanto eu desejo a ti meu amor. Desejo que todos teus dias sejam exageradamente felizes, da mesma forma que os meus são desde que você entrou na minha vida. Desejo que você transborde de tanta saúde, porque você se tornou o meu remédio pra tudo. Desejo que nos teus dias mais difíceis as coisas simples tenham o mesmo efeito que o teu sorriso tem em mim e os tornem leves. Desejo que você conquiste toda riqueza que você almejas, porque eu já conquistei a minha quando te conheci. Desejo que quando estiver chorando você encontre motivos para sorrir, da mesma forma que tu és o meu.
Desejo o melhor do melhor pra você meu amor, não somente porque você é a melhor do mundo comigo ou pq foi tu que tornou minha vida melhor, mas sim porque você merece.
E eu sei que você merece o melhor porque jamais conheci alguém como você, tu és única meu amor, e nunca vou deixar que se esqueça disso.
Você não deseja o mal nem pra pior pessoa do mundo, muito pelo contrario, sempre manda positividade. Você é incapaz de enxergar o mal em alguém, mesmo que esteja diante de teus olhos. Você sempre faz de tudo pra ajudar quem precisa, não nega nada a ninguém. Você merece o melhor meu amor, porque tu move montanhas pra fazer as pessoas que te cativam sorrir. Você faz o possível e o impossível pra estar perto das pessoas que ama, e eu sou a prova disso. Você muitas vezes deixa tuas vontades e necessidades em segundo plano e se arrisca pelos outros. Você mais que todos merece o melhor porque transmite amor, da amor, e sabe receber amor. Minha admiração por ti é imensa, e das lições mais lindas e importantes que aprendi na vida foi com você.
Não vou falar aquele clichezinho “o aniversario é teu mas quem ganha presente sou eu”, mas deveria viu porque tu és o melhor presente que a vida podia ter reservado pra mim.
Hoje é seu dia, e eu quero que você saiba que eu amo você mais do que tudo no mundo. Obrigada por ser a razão pela qual eu acredito no amor.
Mas eu não vou mentir, um dia, eu quase joguei tudo para o alto e em menos de 10 minutos eu não aguentei, e te liguei e ai percebi o quanto eu te amo e que eu preciso de você. Eu não posso te perder como eu quase perdi um dia. É insano pensar em como tudo aconteceu, e eu te agradeço muito por você ter me dado a tua coragem pra enfrentar os meus medos e me entregar por completo a ti, como jamais me entreguei antes. Eu nunca amei tanto alguém, nunca meu coração foi tão posto a prova, mas ele é todo seu e eu jamais o quero de volta.
Você é a razão do meu pra sempre existir, você é quem corre do meu lado sempre pra fazer dar certo, você jamais soltou a minha mão e eu te agradeço imensamente por isso. Você é incrível, e eu transbordo de amor por você.
Sabes o quanto eu queria estar ao seu lado, principalmente hoje que é teu dia, poder te esmagar com toda a minha força e sussurrar ao pé do ouvido o quanto eu te amo e que você é a felicidade da minha vida. Dói estar distante, mas hoje não quero pense em algo que possa te deixar triste, quero que lembre que independente da distancia estamos juntas e sempre haverá a nossa lua pra nos deixar perto e nosso amor pra nos dar forças.
Feliz aniversário meu amor. Obrigada por me deixar fazer parte de 22 meses desses teus 20 anos iluminando terra.
Eu te amo infinitamente.

OKURSANIZ SEVİNİRİM

Dilimin ucuna kadar gelip de dilimi döndüren kelimeler, seni neden döndüremedi diye bir post atmıştım zamanında. Ben bu postu atarken iyi değildim.Hayatımın çok zorlu bir döneminden geçiyordum.Bu cümle, o an yazılmış bir cümledir. Kendimi berbat hissettiğim bir anda… Düşünsenize, kendinizi çok kötü hissediyorsunuz, bir post atıyorsunuz, duygularınızı katmışsınız, emek vermişsiniz. O cümle sizin hislerinizi ifade etmiş bir ara. Hatırladığınız oluyor ve kendinizi bir tuhaf hissediyorsunuz. Birisi bu postu çalmış ve kendi duygularıymış gibi kullanıp yaymış. Tumblr'da rebloga boğulmuş bu post. Blogun adı @nightiredprenses İfşalamak istedim. Çünkü tam bir hayal kırıklığı. Kendisine söylememe rağmen kaldırmadı postu. O cümlenin benim için cidden bir değeri var. Duygu hırsızlığı, duyguların sahibini ne kadar üzüyor, siz de yaşadıysanız, biliyorsunuzdur. Kendimiz emek vererek yazıyoruz. Çalmıyoruz, çırpmıyoruz. Ama şu muamaleyi hak etmiyoruz. Normalde kimseyi ifşa etmem ama uyarmama rağmen kaldırmadı ve dayanamayıp sizinle paylaşmak istedim. Reblog yapıp destek olursanız sevinirim.

Eu precisei de você e você nunca esteve aqui. Eu senti sua falta, todos os dias, e não significou nada. Eu chorei, por muito tempo, e você não se importou. Não venha dizendo que eu sou importante agora, porque, eu não vou acreditar.
—  Tati Bernardi
Conto de um corno manso da Mãe e Filha

Sou casado há 18 anos , me chamo Gustavo e tenho 39 anos, Minha esposa Fernanda, ou apenas Nanda, tem 34 anos. Gostaria de contar um pouco da minha vida de marido corno e pai manso. Na época eu tinha 21 anos e namorava uma menina de 16 com total aprovação dos pais dela. Como ela era nova e do interior eu respeitava a família dela e namorava em casa, mas teve algumas vezes, com muito tesão em baixo das cobertas, nós conseguíamos despistar os  pais dela e fazíamos um sexo gostinho. Porém como toda travessura tem suas consequências, a engravidei e pedi ela para casar antes que seus pais soubessem. Fizemos tudo as pressas e ninguém entendia porque casar tão rápido, contei para minha mãe e ela me deu maior apoio. Enfim, minha esposa como era muito nova quando deu a luz para nossa filha ela recuperou o corpo e ficou ainda mais gostosa e ninguém dizia que ela já era mãe.

Como ela tinha sido minha primeira mulher e eu queria compensar na cama já que não tinha sido o único homem dela. Apesar da pouca idade, da minha esposa, na época ela era a putinha da cidade, confesso que foi por isso que a quis namora-la, e eu sou do tipo de pessoas que tem muitas fantasias e queria realizar tudo que via nos filmes pornôs, mas com nossa pequena, que aqui vou chamar de Melissa, ou Mel, era muito difícil. Então, quando a Nanda fez 18 anos eu a levei em uma casa de swing e ela adorou.

Deixamos a Mel com minha mãe e fomos para a tal casa de Swing, e nesta casa encontramos dois caras que estudaram com ela na escola e eu sabia que ela chupava eles nas aulas de educação física. Eles vieram conversar com a gente e a Nanda quis fazer um “remember”. No fim daquela noite a Nanda chupou os dois e acabou dando enquanto eu fui dar um passeio, mas não consegui catar nenhuma mulher e fui espiar por umas frestas que tinham na parede do quarto da Nanda e os rapazes. Ela ficou com eles por mais de 1 horas e quando fomos para a casa perguntei como é que foi. Ela disse: “Ai amor, foi legal e para você, quem você comeu? – Eu respondi com ciúmes: “Amor, tenho que te confessar que não comi ninguém, mas fiquei lá te espiando e me pareceu que foi mais que só legal!” – ela respondeu: “Ah não Gustavo! Foi ideia sua ir para essa maldita casa e não vem querer ficar brigando agora. Quer saber, foi bom sim. Gozei muito no pau deles. – fiquei , quieto dentro do carro no caminho de volta e fui tomar banho logo após ela sair do chuveiro. Mas meu pau não para de ficar duro pensando naquela cena e eu queria chorar de raiva, mas estava com tanto tesão que quase gozei.  Quando saí do banho e fui para o quarto pronto para falar do que aconteceu me deparo com ela deitada com a bunda virada para porta e com uma lingerie que comprei para ela. Meu pau já estava duro antes e agora estava explodindo, mas queria parecer brabo e perguntei: “ O que é isso? Não foi o suf… – Ela me interrompeu: “Seguinte, você pode brigar ou aproveitar a tua putinha que ainda esta muito afim hoje”. Eu não aguentei e comecei a montar nela. Ela me impediu e fez que eu deveria chupa-la. Eu desci para aquela bucetinha toda vermelhinha e arrombadinha. Ela tinha lavado a bucetinha mas ainda conseguia sentir o cheiro da camisinha dos comedores dela. Morri de tesão e não durei dois minutos com ela falando putaria no meu ouvido. No dia seguinte ela me acordou com um boquete e a tarde com nossa filha ainda na minha mãe a Nanda continuava a putinha da noite anterior e foi assim durante a semana toda. Não consegui brigar com ela e bati várias punheta pensando nos dois cara comendo ela. O tempo passou e ela tocou no assunto  sobre o que eu ainda sentia em relação aquele episódio na casa de Swing e eu respondi que estava tudo bem e que foi uma experiência bacana. Então ela me confidenciou que aqueles dois amigos queriam encontrar com ela novamente e que haviam mandado  uma mensagem para ela perguntando se eu me importava dela sair sozinha. Eu percebi que a Nanda voltará a ser a putinha que havia sumido depois dela dar a luz para a Mel e eu obviamente adorei. Fiquei de pau duro e a Nanda percebeu que o pedido dela me deixava excitado.. então ela pegou e me chupou gostoso e me chamou de corninho pela primeira vez… Fui ao delírio e aceitei que ela fosse sozinha encontrar os amigos da escola. Depois desse dia, não paramos mais e me tornei o maior corno da cidade. Todo mundo da putaria sabia que a Nanda era liberadinha e eu não. A Nanda começou a ser autoritária e dizia que eu só poderia comer outra mulher se fosse junto com ela, mas em compensação ela toda a semana arrumava um comedor das cidades vizinhas ou alguns amigos mais fixos. Uns até iam na minha casa, bebiam minha cerveja e comiam a Nanda na nossa cama enquanto eu cuidava da Mel.

A Mel quando ficou mais mocinha perguntava quem era os “tios” e eu respondia que eram colegas de trabalho da mamãe e que as vezes para ela não “viajar a trabalho” nos finais de semana, os “tios” vinham aqui em casa ajudar ela e por isso não podíamos interromper a mamãe quando ela estava trabalhando. Uma vez a Nanda se descuidou e deixou algumas fotos na câmera digital e a Mel muito curiosa foi mexer e perguntou o que a mamãe dela tinha na boca e que os “tios” estavam fazendo com ela pelada. Bom, a Mel era muito novinha, tinha uns 5 para 6 anos e então inventamos uma desculpa de que aquela era uma amiga da mamãe muito parecida com ela, que era atriz e estava fazendo poses para foto.

A Mel engoliu aquilo e esqueceu… Logo em seguida mudamos para Florianópolis-RS e era a chance de recomeçarmos com novos amigos e novas fantasias, então nossa filha teria uma infância mais normal, pelo menos achamos que sim. A nossa segunda filha veio logo em seguida, mas o filho era de outro, porém eu sempre soube que pai é quem cria. Assumi com muito orgulho.

Quando a mel fez 14 anos ela já demonstrava ser igual à mãe, safada e já tinha perdido a virgindade com um cara bem mais velho. A Nanda morando perto da praia sempre usava biquínis curtíssimos mostrando tudo que podia. Levava nossa filha para comprar roupas íntimas e elas voltavam com fio dental e outras peças provocantes. Elas estavam sempre juntas e eram muito amigas e de repente tudo ficou estranho na relação das duas. Então a professora da Mel na escola pediu um trabalho de genética no qual os alunos tinham que fazer a comparação do tipo sanguíneo dos familiares… a Mel descobriu que a nossa casula não era minha filha biológica e em uma briga entre ela e a Nanda tudo veio a tona. A Mel aos prantos disse que a Nanda era uma traidora e que tinha visto ela no carro com outro cara. Perguntou se eu não ia fazer Nanda com minha mulher infiel?! A Nanda e eu não tivemos escolha e contamos nosso tipo de relação… que éramos um casal liberal e que eu gostava disso. A Mel ficou muito revoltada e foi morar com a vó dela, mas as coisas esfriaram e a Mel voltou para nossas vidas depois de três meses e conversamos  melhor. Ela pareceu entender que existem coisas íntimas de casal e a relação com a mãe dela restabeleceu-se novamente depois de um tempo.

Nós próximos anos a Nanda não escondia mais o jogo para a Mel, as vezes me chamava de corninho na frente da nossa filha e dizia que ia sair com os “amigos”. A Mel perdeu todo o respeito por mim, só me achava para pedir dinheiro ou para avisar que ia sair com algum cara. Eu não podia opinar, até tentei mas a Nanda falava que estava orientando a Mel escolher os caras certos e a se cuidar. Eu confiei, porque se tem alguém que sabe escolher macho é a Nanda, pois ela que sempre escolheu para quem ela ia dar, muitos eu nem sabia quem eram e ela me alertava que meu único papel era cuidar da nossa casula, pagar as contas dela com os amigos, cuidar das contas da nossa filha e ficar com o pau preso na gaiolinha. Algumas contas eram de motel e outras de lingeries que eu nunca via. A Nanda não usava camisinha com os machos fixo dela e as vezes ela chegava em casa toda usada e com a buceta cheia de porra para mim limpar com a língua. Me humilhava mostrando fotos dos paus dos macho dela e falando que aquele meu pintinho preso não poderia satisfaze-la. No final das contas eu nunca podia comer outra mulher, a Nanda foi minha única mulher, mas ela fodia muito com caras mais dotados que eu. Ela sempre foi gostosa, mesmo depois da nossa segunda filha. Mas sempre fui recompensado com fotos, vídeos e às vezes eu podia participar olhando ou ajudando o macho alfa come-la, o costume era eu ajudar preparando a bucetinha ou o cuzinho da Nanda chupando bem antes dela ser metida e para finalizar eu tinha que limpar tudo.

Nunca comi o cu da Nanda, mas este cuzinho já estava bem arrombadinho. A Nanda sempre pede para mim pagar a conta do motel quando eu participo como ajudante de comedor. Em troca eu posso comer minha mulher uma vez por mês e ganho uma punhetinha por semana, mas gozo muito rápido porque a Nanda fica falando em como eu sou corninho manso e como nossa filha esta aprendendo arrumar um corninho manso para ela. 

Eu amo ser corninho manso da Nanda! Não me julguem, mas é assim mesmo que gosto. Fora da nossa vida sexual a minha mulher é muito carinhosa, amiga, parceira e uma ótima mãe. A Nanda trabalha e ajuda nas contas da casa ou das meninas, mas o fogo dela sempre foi insaciável e eu acabei sempre incentivando. O pai biológico da nossa casula era um fixo de a 4 anos que sempre foi muito meu amigo também e uma vez o convidamos para passar uma semana na nossa casa em Floripa e aconteceu que a Nanda engravidou, mas no fim ele nunca ficou sabendo que era pai porque ele se mudou para o exterior e por ele ser muito chegado na nossa família, achamos melhor não contar para não estragar os planos de vida dele.

A Mel só da para cara mais velhos que vinham buscar ela de vez em quando na frente de casa. Eu estava desconfiado que a Mel era garota de programa, mas descobri algo ainda mais humilhante para um corno. Bom se gostou do conto deixa um comentário e rebloga que continuo a minha história.