quoteslithy

Daí eu me imagino acordando de manhã no dia seguinte ao nosso casamento. Você ali deitado do meu lado, dormindo feito um anjo com a expressão de quem pede para ser acordado com um beijo. Lembro do dia anterior, da festa linda e do sonho realizado. Sinto que não preciso sair da cama, tudo o que eu queria na vida está ali bem perto de mim. Me dei conta de que pela primeira vez o sonho começou depois de acordar.
—  Refiz
Demorei a namorar. Todas as minhas amigas da mesma idade já haviam ficado com vários meninos, mas eu tinha um medo terrível de que meu primeiro beijo fosse horrível, o que não evitou que ele fosse mesmo. Eu já tinha 15 anos quando decidi arriscar. E se eu fosse acreditar naquela de “o primeiro beijo é especial, só deve acontecer quando estiver preparada” talvez até hoje eu ainda não tivesse beijado. Nunca estou preparada para vencer os meus medos. Confiar no inesperado é prosseguir sem saber o que vem, mas ter a certeza de que você tem que enfrentar mais uma etapa. Mesmo que o resultado não seja tão bom, mas já alivia o peito saber que passou. Uma hora eu teria que arriscar. E isso não se trata só de beijo, se trata da vida. Pelo menos da minha.
—  Refiz
Sinto saudades de quem você era. De quando só a minha presença bastava para te fazer feliz. Saudades de quando eu não precisava me esforçar para encaixar no seu tipo ideal. Porque você me amava mesmo eu sendo cheia de defeitos. No fundo eu sabia que aquilo não podia ser real, não comigo. Agora estou na fase “Era bom demais pra ser verdade”.
—  Refiz
Eu o amo. Talvez nunca diga para ele, mas isso não faz com que seja menos verdade. E quando ele me diz uma palavrinha só de carinho, parece que estou a sonhar. Amo o jeito engraçado com que ele responde às minhas perguntas e como se faz de forte o tempo inteiro. Amo até quando ele me chama de boba, mas não sabe que fico muito mais boba quando fala do futuro como se eu fosse estar presente lá. Ele ainda não sabe, mas eu amo quando, mesmo depois de já ter me dado boa noite, manda uma mensagem dizendo “já dormiu?”. Me faz acreditar que estava pensando em mim… Talvez eu nunca diga para ele, mas eu o amo. Por esses e outros motivos.
—  Refiz