quem eu sou

Você quer a verdade? Eu digo a verdade. A verdade é que não sei o que fazer, não sei pra onde ir, e muito menos quem eu sou. Toda vez que eu preciso de alguém é em você que eu penso, toda vez que quero um abraço, ou um beijo é seu nome que chamo. Não, não to pedindo pra você voltar, porque na verdade foi eu quem pediu pra você ir, entenda, não tenho mais o direito de te prender a alguém como eu, não tenho e nunca tive esse direito, por isso precisei te deixar ir, mesmo sabendo que nunca, nunca encontraria alguém como você, mesmo sabendo que nunca amaria alguém como eu te amei, eu precisei te deixar ir, te deixar ser livre, livre pra encontrar alguém melhor que eu, alguém que possa te merecer. Por fim, não BSE esqueça de mim, e nem do quanto eu te amo.
—  Creio

anonymous asked:

Boa noite. Não sei o que realmente acontece na sua vida, quem sou eu para julgar alguém, mas sempre senti culpa ter deixado as pessoas irem embora da minha vida, e as coisas que fiz, depois de um tempo aprendi que algumas coisas são pra passar outras vem e nos faz mudar. Você não pediu nada. Damos vários conselhos a nós mesmo e não seguimos nenhum e até para as pessoas. Gosto de mudar as frases. Se faz bem volte, se não deixa ir, tem tanta gente nova esperando apenas um olá seu.

Sabe, oque aconteceu, foi que assim, meu relacionamento acabou, e tipo, acabamos nos machucando demais com tudo, a gente tinha planos e tudo, nós íamos nos casar. Mas aí com o passar dos erros, e com as brigas, a gente só foi se afastando, até que terminamos, mas sempre, sempre mesmo, eu falei pra ele que eu eu não ia desistir, que eu sempre estaria aqui pra lutar por nós e que eu faria de tudo para o nosso recomeço. Mas sabe, acho que nós dois estávamos muito machucados e não conseguimos mais ficar juntos. Mas como falar pro coração que acabou? Ainda me dói muito quando penso em tudo, ele morava ou mora (já não sei), a 500 km de mim, e ele saiu de todas as redes sociais, mudou o número do celular e eu nunca mais consegui ter contato com ele. Eu sofri muito nesse um ano longe dele, passei noites chorando e me perguntando o porque de tudo isso. E hoje, ontem aliás, ele reapareceu, mas tudo, TUDO que eu queria era poder conversar com ele, só eu e ele, entende? Porque cara, eu amo aquele idiota que quebrou meu coração em mil pedacinhos. Se eu sou idiota? É claro que eu sou.
Mas aproveitei essa ask pra dizer que a única coisa que eu queria era conversar com ele, só eu e ele, porque aqui no tumblr, ele vem em anônimo, e todo mundo vê oque nós falamos, é pedir demais, um pouco de privacidade e apenas um minuto pra poder olhar no olho dele e dizer tudo que ta entalado na minha garganta? 
Aff :’(
Eu até correria atrás dele, mas aprendi a não correr atrás de alguém que quer ir embora. Quer ir? Vai, não obrigo ninguém a ficar do meu lado mais não.

'' Um dia você me conta? A graça que você vê nessas coisas vazias que você chama de liberdade. Nos churrascos, nas cervejas, nas meninas baixas que você fica por aí, que não sabem nem o valor delas, quem dirá o seu. Me conta a sensação de antes de dormir, nada disso tudo que te faz tão feliz, restar pra te fazer carinho, se preocupar com você, perguntar do seu dia. Queria saber o que te sobra depois, no meio dessa merda toda que você faz tanta questão. Hoje te sobra eu, não é? Sobra eu aqui, sempre relevando, entendendo, esperando, atrasando meu tempo em função do seu. Sobra eu me preocupando, sempre disponível, morrendo de saudade. Sobra meu colo, sempre que você precisar ou se cansar das suas diversões baratas. Só que, dessa vez, quem tá cansada sou eu. E, de verdade, não sei até quando vou conseguir continuar esperando uma ligação, você vir pra ficar. Não falta muito pra você voltar e não me encontrar sentada. E isso me dói, porque eu esperei por muito tempo um começo de verdade e tô começando a pensar num fim do que nunca começou. Me dói porque você me faz feliz e eu já abri mão de tanta coisa por você, e você continua acomodado na sua zona de conforto, sem se importar se essa posição me dói. Então queria te dizer, mesmo sem você ter perguntado, que me dói e dói demais. E se você gosta mesmo de mim, se o seu sentimento for maior que o seu egoísmo, me tira daqui, deixa eu deitar em você a hora que eu quiser. Meu e de mais ninguém. Se você prefere continuar brincando de dono do mundo, que você seja feliz. Porque eu tenho muito valor  pra ser opção de fim de tarde e quando eu encontrar uma posição mais confortável, talvez seja tarde demais pra outra ligação. Vai ser o fim que você nunca achou que teria ...''
Eu sou da geração do romantismo. Não finjo sentimentos, se eu amo, amo de corpo e alma. Não brinco com o coração das pessoas pois sei o quanto dói uma decepção de alguém que amamos. Não prometo algo em vão e nem digo um eu te amo se não for verdadeiro. Sou do tipo que respeito os mais velhos e escuto os mais sábios.
—  Após uma autópsia.

Pra alguma pessoas não mostro quem realmente sou. E, acredite, elas pensam que é por medo. Na verdade não é, não tenho medo dos julgamentos da sociedade, e nem me importo com o que os outros pensam de mim… metade do que sou apenas eu entendo, e a outra metade só mostro pra quem vale a pena. (woaf)

Por isso eu fiz nada. Nunca me dei o trabalho de me tornar alguém interessante e nem incrível. Eu sou médio, um ser muito do mais ou menos. Não sou um ingrediente essencial para a sociedade. É como se meu relógio-biológico tivesse um botão “foda-se”. Sei que é um clichê, e que as pessoas usam essa expressão pra tudo, mas se alguma coisa faz algum sentido é isso de “foda-se”.
—  Ga-bi-to

        

Eu não vou rir quando não sentir vontade. Não vou fingir ficar triste quando, na verdade, não estou. Não vou fazer algo só porque todo mundo faz. Não vou deixar de gostar de alguém só porque você não gosta dessa pessoa. Não vou reclamar só porque você reclama de tudo. Não vou desistir dos meus sonhos só porque você não acredita neles. Não vou dar ouvidos às suas palavras negativas, mesmo que seja você que as esteja falando. Me desculpe te contrariar, mas eu vou ser o que realmente sou, e não o que você quer que eu seja. (sussurrosdo❥)

Minha idade não define minha maturidade, minhas notas não definem minha inteligência e as fofocas que fazem de mim não definem quem eu sou.