que-porra

anonymous asked:

Miga fala um pouco mais da sua primeira vez? Quantos anos tinha o cara? To curiosa

Já que não é a primeira pergunta sobre isso, vou contar realmente como foi, tá bom? 

Ele tinha 19 anos, a gente ficava só quando ele queria, desde dezembro até abril desse ano. Eu já tinha dormido com ele uma vez e não cedi aos pedidos frequentes pra rolar alguma coisa, aí na segunda vez que fui dormir lá, ele me perguntava sem parar, e me convecia a cada pergunta e a cada toque, sabe? E porra, eu amava ele, amava ele mais do que a mim mesma, era absurdo, então eu cedi. Ele foi por cima, acho que é a melhor posição pra tirar a virgindade, mais prático. Aí quando ele colocou eu contraí totalmente minhas pernas e minha bct, era uma dor absurda, eu lembro que eu falava “porra, tá doendo muito, quando a gente acabar eu vou matar você”, ele ria, nossa que saudade daquele sorriso, to quase desabafando aqui ja kkkkkkkkjjjjj, aí ele deu um tempo sem tentar empurrar, pra eu relaxar, deixar minhas pernas leves, aí sim ele empurrou de novo e foi mais facil do que pensei, não doeu nada, nada mesmo. Só que o foda é que como era a primeira vez eu não sentia prazer nem dor, só não sentia nada kjjjj ai ele ficou lá fodendo todo felizao e eu com uma cara de “não to sentindo nada”, não durou nem 10 minutos, porque tava bemmm devagar e tudo mais, sem camisinha também. Ahh e não sangrou não, geral fala que sangra mas não é em todas as meninas

Há tempos que te espero. Há tempos que continuo indo no mesmo lugar onde foi o nosso primeiro beijo. Há tempos que tenho recordado tudo o que passamos. Está difícil te esperar sabia? Mas como sou um cumpridor de promessas, aqui estou eu, no mesmo lugar, com o coração na mão e te esperando. Não demora pequena Julie, não demora porque as coisas já estão saindo fora do meu controle. O mundo nos oferece tantas coisas, a faculdade então? Além de novas amizades, novos amores também. Vejo tantos casais lá. Vou te contar algo, eu estava na aula sobre ‘Educação e Família’ e logo a minha frente havia um casal todo meloso, até me deu enjoo, só que lembrei que éramos pior, muito pior. A gente ficava 25 horas por dia juntos mas, e agora? O que aconteceu minha menina? Volta logo, eu te ajudo a reconstruir seu coração, a juntar caco por caco, a limpar, a cuidar até que fique bom e lindo novamente. Há tanto tempo que quero te dizer o que sinto. Há tanto tempo já imaginando várias cenas, na qual você chega dizendo que sentiu minha falta, que foi uma menina tola por ter me deixado. Que era eu quem poderia fazer você feliz e que era comigo que ia ficar. A linda Julie, não demora, há tanto tempo que te espero, há tanto tempo que tudo está tão frio sem você. Há tanto tanta coisa. Como posso dizer? Está frio e eu não digo do tempo, se é que você me entende.
—  Carta de Noah para Julie.

Ela: Eu gosto tanto de você, sabia?
Ele: Claro, somos amigos.
Ela: É, mas eu preciso de você. Entende? Sou apaixonada por você desde o dia em que nos tornamos amigos.
Ele: Oi? — Dizia ele, assustado, com os olhos esbugalhados.
Ela: To brincando com você, idiota. Queria apenas ver sua reação. — Entre gargalhadas eu dizia.
Ele: Bobinha.
Ela: Bobinho.


E mais uma vez, eu disse as maiores verdades da minha vida entre risos.

—  was-wrong

Pensamento dela: Ele é um completo idiota, mas só ele me faz sorrir. As vezes eu quero mata-lo, mas a cada segundo eu desejo que ele esteja sempre ao meu lado. Ele me irrita muito, mas é o único que sempre me acalma. As vezes tenho vontade de mandar ele ir embora, mas eu não sou nada sem ele. Eu realmente não sei viver sem ele. Eu apenas o amo.

Pensamento dele: Ela é totalmente carinhosa e ciumenta, e ah, como isso me faz sorrir. As vezes eu quero abraça-la e nunca mais solta-la, porque a cada segundo que se passa o que eu mais quero é te-la. Ela as vezes me irrita, mas eu gosto disso, porque só eu consigo acalma-la. Eu tenho medo de perde-la, tenho medo dela ir embora, pois eu sou nada sem ela. Eu realmente não sei viver sem te-la comigo. Eu apenas a amo. Audri B (alwayslivewithoutfear)