que-horrivel


Pedido: Faz um em q o Louis é muito estressado e ela muito desastrada,um dia ele ta jogando video game e ela sem querer atrapalha o que causa uma briga horrivel,Louis fica sem falar cm ela por semanas,ela fica se sentindo culpada e sozinha. Pra distrair vai dar uma volta no shopping,Louis fica em casa assistindo tv,passa uma noticia de um atentado no shopping,ele fica preocupado e liga pra ela q n atende,ele se desespera mas ela chega em casa,n ficou muito pq sujou a blusa,graças ao desastre,final feliz

S/N Vison

           Louis estava a mais de três horas na frente daquele vídeo game e eu já estava começando a ficar preocupada com aquele vicio de jogos, e eu sinto saudades do meu namorado e de como ele me tratava, hoje ele nem ao menos me beija ou diz que me ama.

           Passei minhas mãos pelo os meus cabelos e sorri ao vê a nossa foto no mural de fotos que nós dois criamos com as nossas memórias preferidas, e de todas as nossas viagens ao redor do mundo. Abri a porta do quarto e parei na ponta da escada quando vi meu namorado jogando aquele maldito jogo. Comecei a descer as escadas sem fazer muito barulho, mas mesmo se fizesse ele não escutaria ao não iria perceber já que os seus olhos estavam vidrados na televisão, tenho saudades de quando aquela televisão só servia para assistimos nossos filmes ou series.

           Pus minhas mãos encima dos seus ombros e ele simplesmente inclinou seu corpo para frente. – Lou, vamos para o quarto? – Ele não disse nada apenas fez um movimento com a cabeça indicando que não.

           Dei a volta pelo o sofá com a intenção de chamar a sua atenção, mas por um descuido meu, senti meu pé enroscando no fio do vídeo game e ele desligou o mesmo momento, se a minha intenção era chamar a sua atenção eu consegui. Louis levantou do sofá e praticamente jogou o controle do jogo no chão o fazendo quebrar em pedaços.

- Você enlouqueceu? – Louis estava vermelho de raiva e gritava sem parar. – Qual é o seu problema sua idiota? – Ele caminhou até mim e pegou-me pelo o braço levantando-me do chão sem nenhuma educação ou delicadeza.

- Calma Louis eu não queria fazer isso eu juro. – Tentava o acalmar, mas parecia que ele não estava me escutando de jeito maneira.

- Eu não quero ficar calmo. – Ele começou a apertar meu braço. – Olha o que você fez…

           Antes que ele pudesse dizer mais alguma coisa soltei-me de suas mãos e sai correndo e entrei no quarto o mais rápido possível e tranquei a porta. Outro fato sobre Louis ele é horrível quando quer. Sentei-me no chão e comecei a chorar tudo o que eu tinha parar chorar. O que estava acontecendo com aquele homem que me apaixonei há dois anos? Para onde ele foi?

UMA SEMANA DEPOIS…

 

        Depois de uma semana depois daquele incidente Louis não abriu a boca para dizer uma sequer palavra para mim nem mesmo um pedido de desculpas, e eu não tinha ideia do que fazer para ele me desculpar, na verdade não devia nenhum pedidos de desculpas para ele, e sim ele para mim.

           Sentei-me na praça de alimentação do shopping com algumas sacolas de roupas nas mãos e tomei o meu suco. Não sabia mais o que fazer em casa então sai para esfriar a cabeça não aguento mais vê a cara do Louis e eu acho que se continuarmos assim vou ir embora.

           Assim que me levantei da cadeira senti algo muito forte tremendo e o meu corpo sendo arremessado para trás como se algo me puxasse. Minha cabeça bateu no chão e outro barulho forte entrou pelos meus ouvidos e algo molhado acertou meu rosto e as minhas roupas, passei minhas mãos no meu rosto e olhei, mesmo com a visão embaçada consegui vê o vermelho so sangue, mas eu não tinha nenhum ferimento ou era o que eu achava.

           Escutei choro de crianças e pessoas gritando perguntando o que estava acontecendo e eu também queria saber o que estava acontecendo. Olhei para o lado e vi o shopping destruído e pedaços de corpos ao meu lado, eu senti vontade de gritar e pedi ajuda, mas não conseguia, nenhuma palavra saia da minha boca e a pergunta que fazia para mim mesma é se era se eu realmente estava viva.

Louis Vision

           Eu sabia que estava errado, mas não queria admitir isso para ninguém. Eu fui um idiota filho da puta, mas não conseguia me desculpar por aquilo e eu sabia que a mulher da minha vida estava deixando-me aos poucos por isso hoje assim que ela saiu joguei meu vídeo game fora junto com os jogos, porque eu sabia que ela sentia falta de mim e de principalmente os nossos momentos juntos e eu estava disposto a tudo para salvar nosso relacionamento.

           Depois de passar horas assistindo novelas e series, a programação foi interrompida por conta de um atentado terrorista, senti-me triste por isso, pois mais uma vez pessoas perderiam suas vidas por conta de religião e isso não é isso intolerância religiosa é algo que não deveria existir todos devem acreditar em quem quiser, mas algo chamou minha atenção o atentado foi no shopping aonde s/n fora de manhã e não voltou até a agora. Passei as mãos nos meus cabelos nervoso e disquei o numero dela varias vezes, mas todas caixa postal.

           Peguei a chave do meu carro e abri a porta da frente da nossa casa, mas parei no mesmo instante quando a vi saindo de um carro da policia. Suas roupas estavam cheias de sangue e ela não parava de chorar por um só minuto. Corri o mais rápido em sua direção e a abracei com todas as minhas forças e comecei a chorar sem parar, isso tudo é minha culpa eu quase perdi a mulher que eu amo por pura ignorância.

- Lou…

- Está tudo bem. – O seu rosto havia alguns arranhões. – Eu amo você e eu sou um idiota, foi tudo culpa minha, apenas minhas.

           Beijei o topo da sua cabeça. – Não foi. – Sua voz estava falha.

- Eu juro que não vou deixar nada e ninguém nunca mais fazer mal a você.

  • P: Ai! Você fala palavrão ,que coisa horrivel ,garota não pode falar essas coisas ...
  • C: É verdade ? PQP eu não sabia ,nem fudendo que eu falo essas coisas mais ,crlh..
A Garota Morta (desabafo)

Sabe o mais estranho, não sei se eu parei no tempo, não sei se avancei. To perdida, antes amigos tão iguais a mim agora todos tão diferentes, pensamentos diferentes, roupas diferentes, vocabulários diferentes, desejos diferentes, mentalidade diferente, vida diferente. Sabe, algumas amigas já são mães, outras amigas me apresentam 3 namorados por semana, outras desistiram de estudar, algumas me acompanham na caminhada estudam e trabalham, algumas casaram, alguns são pais, alguns usam drogas, outros roubam e até matam, tem até os que se matam. Alguns cantam, outros riem, alguns me trairam, outros me erguem, alguns correm, outros estão sem rumo. E eu estou aqui escrevendo por eles, ou perdendo tempo não sei. Tentando faze-los acordar e levantar, sei que é horrivel descobrir que o “era uma vez ” não passa de “tenta sobreviver” sabe a infancia? Passou gente. Estamos na fase de sair de casa e levar tombos pelo mundo. Estou por ai também lutando e rezando para que possamos sobreviver, porque se observarmos bem, a maioria de nós já se perdeu. Mas olha, toda estrada escura tem um poste com luz. Não apaga a luz, mas não deixa ela nos cegar.

misayart respondeu seu post “Pro pessoal que resolveu ameaçar/atacar a Beemov, Chino, Mods e afins…”

Nisso eu tenho que concordar,mesmo tendo gastado dinheiro,recomeçar ñ é algo ruim,mas muitas acham que vai ser horrivel,mano se a minha conta fosse resetada eu recomeçaria de boa.

DUAS! Cara, depois que fiquei sabendo que dá pra mudar a guarda fiquei até magoada de não ter tido a conta resetada :v

Sem contar que os itens do Eld sempre voltam nos eventos, então você nem tá perdendo muita coisa. É só ter paciência e você recupera tudo.

Sabe quando você acorda e se sente bem consigo mesmo depois passa umas horas e começa bater aquele aperto no coração e quando percebe o motivo disso tudo é que você sente falta da pessoa que te completa?

É horrivel isso. 

Você pode me elogiar mil vezes, com mil formas diferente, eu nunca vou acredita. Quando alguém me diz que eu sou bonito, é como se ela estivesse tirando sarro de mim, porque eu sei que não sou, eu sei que sou horrivel…
—  Elogios pra mim é piada… 

pra fazer a carteirinha da faculdade você precisa enviar uma foto pelo sistema e eles dizem se aceitam ou não. enviei uma foto horrivel jurando que seria recusada. eles aceitaram.

larry bios

OIE GALERA! As bios não tão muito boas, mas foi o que minha criatividade permitiu, e se alguém gostar e usar, dê like ou créditos a @fourviadagem <3

  • ainda bem que eu shippo larry imagina se shipasse meu ídolo com um pedaço de papel chamado contrato que coisa horrivel
  • SHIPPO LARRY SIM E SE RECLAMAR FAÇO FANART
  • se você acha que sua vida é dificil saiba que sou harry girl e louis girl e shippo larry pelo simples fato de que quero eles felizes
  • é uma honra vocês não gostarem de mim por eu ser larry shipper porque glorifica que eu sou diferente 
  • aceita que seu ídolo dá o cu, queima a rosca, senta na boneca, agasalha o croquete, dá ré no kibe, e seja feliz
  • não gosta de larry? poxa é uma pena, pode deixar que vou parar de falar no assunLARRY LARRY LARRY LARRY LARRY
CARTA JAMAIS ENTREGUE
17 de outubro de 2014. E então era você outra vez ali parado na minha frente. Passei reto, como estava sendo de costume nos ultimos dias. Te encarei, e você desviou. Pela primeira vez senti medo, não sei ao certo do que. Só senti que precisava sair correndo. Logo em seguida ouço uma voz distante chamar pelo meu nome,  uma voz ofuscada pelos barulhos que nos cercavam, fingi que não ouvia, e eu não queria ouvir, mas algo dentro de mim dizia que eu precisava olhar pra trás. Diminui os passos, respirei fundo, me virei de costas e lá estava você vindo em minha direção com passos rápidos e aparentemente desesperados. Você se aproximou, respirei, você parou e ficou me olhando, me olhando como se estivesse esperando eu dizer algo, te olhei e perguntei o que você queria, uma voz calma e desesperada dizia
“Me desculpa, eu nao queria te deixar mal”
Balancei a cabeça com um sinal de ‘sim’ , dei um tchau e segui em frente. Fiquei com vontade de olhar para trás, mas senti que ainda olhava para mim. Antes de sair do seu campo de visão escutei você me chamar novamente. Virei em um segundo, como se já estivesse tudo no roteiro e eu estivesse ensaiando há semanas. Você pediu para eu esperar, olhei novamente para trás e a unica coisa que eu consegui dizer foi:
“Não tem como te levar a sério”
E aqui estou eu, ainda aos prantos, pensando que já está tarde demais para te ligar, e nervosa demais para dormir. A sensação de perder algo que eu achava que me pertencia é horrivel.
—  17 de outubro de 2014. O final de tudo ou só o começo? naufragamos
Não sou o tipo de pessoa que fala sobre seus próprios sentimentos amorosos. Dizem que é orgulho, porem sei que é mais que isso. É medo, medo de se machucar, medo de não ser correspondida, de ser tachada como otária. Essa sou eu, uns acham que eu sou fria, desapegada, sem coração sendo que na verdade é tudo fachada é defesa, defesa pra não sofrer. Sim eu sofro de amor, é horrivel gostar da pessoa e não ter coragem de chegar nela e contar, é horrível sentir ciúmes e ter esconder, é horrivel sentir muito e fingir que não sente nada é horrivel ter que amar calada.
Acho que eu cheguei a um ponto em que não acredito mais que vá existir nós, horrivel isso, mas não, eu não desisti, jamais… porém chega uma hora que cansa, cansa esperar por algo que provavelmente eu não vou ter.. cansa, dói, machuca.. É horrivel perceber que eu não posso fazer nada pra mudar isso. Eu quero te esperar, mas até quando eu vou aguentar tudo isso fingindo que esta tudo bem, até quando eu vou chorar todas as noites me lamentando por não ter você aqui? ate quando? Só me diz se vale a pena, se você, assim como eu, pensa na gente e sofre toda vez que lembra que talvez esteja tudo acabado. É horrivel não é?! Perder a nossa melhor parte, perder o motivo do nosso sorriso e por isso, perder a vontade de sorrir. Me diz se você vai voltar, se vai cumprir todas as promessas que me fez.. principalmente aquela “até depois do fim”.. só diz pra mim que nada daquilo foi em vão e que seu amor, não foi mais uma de minhas ilusões.