que machuque

Eu acho que quando gostamos de uma pessoa de verdade, devemos sim deixar claro, sem esperar nada em troca. Amar é isso, é como andar no escuro, você sente aquela insegurança por não enxergar onde vai pisar, sente medo de acabar esbarrando em algo que te machuque, mas sabe que tem que continuar até alcançar a luz. Por isso, temos que demonstrar o que sentimos porque não dá pra saber se aquele momento será o último ao lado daquela pessoa ou se terão outros momentos, então não tenha medo de falar o que sente, não se prenda, não deixe seu coração congelar por medo da rejeição, quem dá amor nunca sai perdendo, quem rejeita amor é que perde, perde de receber um dos sentimentos mais puros. Eu sei que quando amamos alguém, queremos ser amados pelo mesmo, mas a reciprocidade nem sempre está presente nas relações, e não podemos obrigar alguém a sentir o mesmo, não dá pra forçar o amor. Amar vem de dentro, vem da alma. RECIPROCIDADE é uma palavra bonita, mas difícil de ser encontrada por aí e mesmo assim, não devermos desacredirar do amor, não devemos nos fechar, um dia ele acontece.
—  Caren B.
Tenta aceitar o que a vida está te trazendo. Acho que nada nesse mundo, é do jeitinho que queremos que seja. Então, mesmo que doa; mesmo que te machuque profundamente. Tenta abraçar o que tem que ser!
—  Chrislayne L. Pinto.

O seu erro é achar que outra pessoa não te amaria, que ninguém mais adoraria o seu corpo e seu gênio complicado.
O pior é que você acredita nisso e se prende. Não abre mão, quer levar adiante algo que provavelmente nunca deveria ter começado. E mesmo chorando na maioria das vezes, mesmo que te machuque, você nem se da uma chance, diz que também erra e talvez mereça o mais ou menos que vive. Depois se culpa por ser confusa mas esquece que desde o princípio alimentou coisas com pessoas muito pouco diferentes da primeira que te feriu.
Eu entendo que no mínimo em algum momento você deve ter pensado que o amor muda e resolve tudo. Mas a questão é que o amor torna melhor o que já é bom, o que é errado e ruim não se torna certo ou justificativo por causa disso.
E enquanto não for capaz de enxergar que você merece mais, não há quem mude isso, não há quem te mostre o que é real.
Não poderá ser eu ou qualquer outra pessoa, a decisão de se permitir a ser amada como deseja e abrir mão do que te fere, terá que partir de você.

Não desista dele. Nem quando ele disser que não vale a pena ou que não quer mais você na vida dele. Ou quando ele te irritar e provocar ciúmes só pra ver você irritada. Cuida dele. Quando ele estiver cansado ou não quiser falar sobre o que houve. Seja insistente quando ele te ignorar. Não fique com raiva quando ele for indiferente, apenas o trate bem, até ele se cansar e voltar ao normal com você. Quando ele estiver triste, faça de tudo para ele rir, seja com piadas sem graça ou uma história qualquer. Escreva textos inesperados, faça surpresas pra ele, não importa a data. Ele te escolheu. Faça por merecer. Seja alguém que vai tratar de todas as feridas e vai fazer o máximo para que ele não se machuque. Porque ele é único, e você não imagina a sorte que tem por ter o amor dele só pra você.
—  Milena Borges.
Status variados

Ela sorriu para disfarçar a dor. Logo depois, se trancou no quarto e desabou. 🍂

É que as vezes, sem querer, a gente esbarra em alguém que vale a pena. 💕

Não crie expectativas, ouvi falar que elas borram sorrisos. 🌸

A vida me ensinou quem sim, quem não e quem nunca. 👏

Que os bons momentos se multipliquem. 💞

Você é aquilo que eu achava que só acontecia com os outros. ❤️

Será que é tão difícil perceber o que eu sinto por você? 🌙

Esquece os outros. Foca em nós. ❣️❤️

Um dia vai passar, mesmo que demore, mesmo que machuque… Vai passar. 💭

Você é minha sorte, aquela sorte que eu sempre duvidei ter. 💭💗

Cada dia é uma chance para ser melhor que ontem. 🍃

A vida muda, quando você muda. 😉

O mundo anda muito pesado, muita gente mesquinha, brigando por nada e fazendo questão de tudo. 💭🍃

 Difícil não é dizer “adeus”, difícil é esquecer tudo, sabe? 😔

❌Status: Rebelde Brasileiro❌

E de repente o destino leva, cada um pro seu lugar.😣

Quando estou do seu lado, tudo fica bem, mesmo quando nada, parece dar certo.💗 

Quando estamos juntos sei, que podemos ir mais longe, só depende de nós dois.👫

Será que ainda pensa em mim? Será que ainda sente o mesmo que eu?😔

Desde quando foi embora do meu pensamento você nunca saiu.💭

Brigo sempre comigo mesmo, por não conseguir te tirar de mim.🙇

Com seus beijos, posso ser até imortal.🎐

Eu te quero sempre, você é como um anjo pra mim.💞

Eternamente vai ser assim, você é o melhor pra mim.🎶

Eu te quero, baby.❣️

Pra te guiar, pra te salvar, quando pensar em desistir, minha voz você vai ouvir.💕

Se você cair, saiba que sempre vou estar aqui.👭

Senti que meu jeito te incomodou, mas eu não dou a mínima.💅

Não vou mudar, por você nem por ninguém, não importa se me ama ou me odeia.❌

Pode não ser como pensou, não sou igual as suas amigas, que fazem tudo que você precisar.☝️

Eu andei por aí, eu vi o tempo passar, mas não vi muita coisa mudar.💨

Também errei, mas tudo bem.💫

Só o tempo pode por as coisas no lugar, pra recomeçar.🕒

Nunca mais vou deixar meus sonhos pra trás, não vou.⚠️

Vou dizer você não sai do meu pensamento.💥

Hey, então pare de brincar com sentimentos antes que ele machuque você.🍃

Vamos até o fim acabe logo com isso,que você quer de mim, também quero de você.⚡️

Vem pra cá ser feliz, e aí qual vai ser?🖖

Sigo minhas regras, goste ou não, só importa se vier do coração.💅

Deixa eu falar eu sei o que é bom pra mim, e nada vai mudar o que eu sou é como eu penso.🙋

Se eu sumir, se eu quiser fugir, livre pra viver o que eu sou.💤

Ás vezes eu sinto que estou na contra mão, mas ninguém vai mudar minha direção.✨

Mais uma vez, nada interessante, só a mesma baboseira chata de antes.👽

Viver sem medo de ser verdadeiro, jogar para fora o que tem por dentro.🙌

A noite ta pra começar esqueça as horas, elas não importam mais.🍻

Cada vez melhor, esquece amanhã, não pense em mais em nada.🌙

Quer saber! Fui! Vê se me deixa.🍂

Então esquece tudo deixa o som te levar.📌

Às vezes eu pareço estar perdido, em um mundo que não faz sentido.🎌

Me julgam mas não sabem como sou.🎆

Apenas ame, viva, sinta, sem nenhum segredo.🌠

Somos iguais, ao mesmo tempo nada a ver.🌌

Não é errado, ser diferente.🦄

Faço o que tenho que fazer, depois disso, tchau.👋

Eu sou livre pra dizer “tchau” pra você.👐

Então eu olho pra trás, penso nos erros e não quero mais me preocupar, só viver.🍾

É só acreditar que o mundo vai ver, que quando estamos juntos, nada pode nos vencer.🌪

Caminhando dia a dia, aprendendo com a vida.😁

O quanto foi fácil e tão difícil, ficar longe de você.🌱

Peço para nunca desistir, por mim nunca desistir.🖐

Mas com o tempo eu fui aprendendo o motivo de entender, que só amanhã.💤

Pense bem antes de parar, saber perder também faz parte do jogo.🎮

Mesmo quando tudo der errado, não vou ter mais medo de recomeçar.💆

Só quero o que é meu, ir mais além do que eu sou.💃

Sem medo de arriscar, agora vou até o fim.✊

Eu achei, me enganei, eu errei vacilei, de te amar, me entregar, me doar.🤕

Perdoar não é tão simples assim, alguma coisa morreu em mim.💔

Somos tão diferentes, vou seguir em frente, é melhor pra gente.🚫

Eu sei, o mundo vai girar nossa vez, uma hora vai chegar.💢

Originally posted by goldsglr

Se pegar/gostar dê like/reblog.✔️
Sigam-me🔃

A dor emocional que eu sentia naquele dia era maior que qualquer dor física, depois de muitas brigas com ele, horas sem conversar, eu tomei uma decisão. Era hora de terminar o que não dava mais certo. Escrevi um daqueles famosos textos clichês e na hora, tomei a decisão, deixei de lado, todos os meus sonhos ao lado dele, todas as lembranças que fizeram parte, deixei o orgulho de lado, e enviei. Meu mundo caiu, eu não sabia se era o certo, no momento, parecia ser. Ok, era definitivamente o fim. Em meio às coisas boas, à também as coisas ruins. Finalmente, consegui me colocar a cima de toda essa confusão que ele me causava, consegui olhar para tudo isso e não sentir a necessidade e ver como eu e minha felicidade somos mais importante que toda a dor que eu sentia. Claro, eu sei que não sou de ferro, eu iria ter recaídas em pensar nele, só o fato de ouvir sua voz e ver o seu sorriso se dirigindo a mim já me faziam querer ama-lo mais do que nunca, mas, naquele momento, eu podia dizer que aprendi não necessitar da sua presença, aprendi a não desejar ser a dona do seu sorriso a cada segundo do meu dia, aprendi que a vida continua. Como eu estou? Não posso dizer que fiquei completamente triste, por que não fiquei, e a felicidade também não me descreveria no momento, então apenas digo que eu estava normal, juntei minhas forças pra suportar tudo, pronta pra seguir em frente, mas eu sabia que, eu frágil do jeito que eu sou e frágil do jeito que eu. estava, minhas recaídas não iriam parar, mas eu realmente não me importava, a gente só aprende a levantar de cabeça erguida após várias vezes termos nos encontrado no chão, sem rumo e sem alguém para nos levantar, mas acredite, cada vez que estive no chão me tornaram mais disposta para levantar e seguir minha vida, recomeçar meus caminhos e reescrever minha história e dessa vez, sem ele. Se passaram semanas, fui lutando contra as recaídas que surgiam hás 2 ou 3 horas da madrugada. O cérebro insistia em lembrar coisas que o coração insistia em esquecer, eu me lembrava de todos os momentos agradáveis que me faziam querer voltar no tempo, e lembrava de todo os momentos ruins que me faziam querer esquecer tudo isso de uma vez. Eu sorria quando a vontade era chorar, e dizia para todos que perguntavam “Eu superei.” Mas de verdade? Aquilo partia meu coração, era como se eu estivesse levando uma surra no peito, só me trazia mais vontade de te querer de volta, mas eu pensava: “Porque insistir em algo que não dava mais certo? Porque insistir em algo que só me machucava e me fazia querer sumir?” Eu olhava casais felizes, sorrindo um para o outro e me fazia lembrar ele, o famoso “ele”. Me fazia lembrar que em meio à turbilhões de coisas ruins, em meio as vezes que nós acabavamos se machucando só pra ver se toda aquela dor cessava, nós também éramos felizes. Eu escutei por muito tempo: “Vocês eram tão lindos juntos”; E eu dizia baixinho: “ Eu concordo.” E é quem é que eu estava tentando enganar com toda aquela história de que eu havia superado? Meu coração se partia ainda ao lembrar dele. 2 meses e meio depois. Lembrar dele já não era algo mais constante, já não me dava saudades e eu não tinha recaídas, não mais. Eu conheci outras pessoas, senti outros sentimentos e entendi que quando duas pessoas nascem para ficar juntas, elas ficarão juntas. É o destino. Não adianta contrariar ou insistir em algo que não vai dar certo. Não é homem nenhum que irá te fazer feliz, é você mesma. Cansada de borrar o rímel, porque afinal, não é barato para ficar gastando com qualquer idiota que machuque seu coração. Os dias de sofrimento viraram apenas lembranças que já não venham a tona igual antes e aprendi que, o tempo resolve tudo, nada é eterno, o sofrimento é inevitável, mas não é para sempre.
—  Naiara, colaboração de Drinkerofstars.
Diga as pessoas como você se sente antes que seja tarde demais. Sentimentos não ditos são os piores e eles vão matando você aos poucos, acredite em mim eu sei como é. Você tem que dizer as pessoas como você se sente agora. Diga a elas que você as ama, diga que você quer fazê-las felizes, diga que você sente falta. As pessoas querem ouvir o que você tem a dizer mesmo que isso machuque. Honestidade é uma coisa rara e bonita, então por favor, seja honesto com a maneira com que você se sente. A vida é curta demais pra você esconder atrás do medo de alguém ficar bravo pu de alguém não se sentir da mesma forma que você. A vida não é nada sem os pequenos riscos de dizer como você se sente.
—  versos de cada esquina
É difícil largar a solidão. Quando algo dentro de você sussura: Continue assim, não permita que alguém te machuque novamente.
—  Edgar Diego.
Eu quero voar. Você sabe, sempre soube, eu nunca gostei de fazer parte de estatísticas, mas eu estou no meio das loucas com gritos presos e sussurros que cortam mais fundo do que bisturis. E eu sinto falta de segurar sua mão suada e sinto mais falta ainda de enxugá-las. Desculpa eu sempre pedir desculpas, é o hábito que eu tenho de sempre fazer besteiras. Mas eu sinto uma falta tão grande de te ouvir me chamar de amor. Você podia até me pedir dinheiro, quando me chamava assim. E escutar Citizen Cope no meio da noite e sentir o peito rasgar no aperto gostoso que era o da tua mão me dói de um jeito que eu nunca pensei que me doeria. Eu sinto falta de sentir só saudade, de sentir só sua barba no meu rosto, de sentir qualquer coisa além de melancolia. Por mim, por nós, eu só sinto, e dói demais. Espero que te machuque também.
—  Lunara.

One Shot Harry Styles

  • Pedido - Oii vc poderia fazer um com o Harry que eles são casados e ele é um empresário muitoo rico, so que ela não é feliz no casamento pq ele a trata com frieza e como esposa troféu e dai ela pede um filho pra ele e ele nega, so que acaba que ela engravida ( de um menino) e quando o bebe nasce ele percebe tudo que ele fazia com ela e se torna um ótimo marido, desde de ja obrigada, amo seu tumblr ❤❤


Os dias de (seu nome) se resumiam em ficar em casa lendo algumas revistas e raras vezes ela saia para comprar alguma coisa, não gostava de gastar um dinheiro que ela não ajudava a ganhar para que isso não fosse passado em sua cara sempre que o marido tivesse a oportunidade.

A casa que mora com o marido é bem grande, mas para ocupar seu tempo ela o pediu para dispensar os empregados e deixar que ela faça todas as tarefas domésticas. A princípio foi negado, mas depois o homem deixou contanto que ninguém mais soubesse sobre isso, ele não queria que as pessoas pensassem que ele não pode pagar empregados e que sua mulher serve de uma.

Sentada no sofá com uma revista de moda sobre o colo, (seu nome) assistiu Harry, seu marido, entrar em casa e caminhar até o sofá deixando o paletó de lado antes de se jogar com a cabeça apoiada no encosto do sofá.

— Temos um jantar beneficente hoje, eu ainda não sei explicar porque marcam essas merdas no meio da semana. — (seu nome) nada disse sobre o assunto. Ela achava uma causa nobre, mas não sabia se o marido fazia por gosto ou obrigação — Se arrume da melhor maneira que puder, terá pessoas importantes nesse jantar e eu quero você bem apresentável ao meu lado.

— Darei o meu melhor. — (seu nome) disse baixo sentindo-se como um produto ou troféu que Harry faz questão de exibir em festas e jantares. É sempre assim.

— Ótimo! — Harry se livrou da gravata e abriu os botões da camisa social.

Encarando a revista (seu nome) tentava se decidir se fala ou não para o marido o que tanto pensou durante a semana, sua mente trabalhou em diversas formas de abordar o assunto, mas nenhuma delas parecia boa o suficiente para ser apresentada ao Styles. Ele não era muito família e (seu nome) sabe muito bem disso ao ver como é tratada.

— Você pode conversar agora? Eu realmente gostaria de falar sobre um assunto com você. — decidida a falar, ela fechou a revista colocando sobre a mesinha.

— Se não for ocupar muito do meu tempo, pode dizer. — (seu nome) mordeu o lábio por alguns segundos antes de começar.

— Eu estava pensando… Essa casa é bem grande só para nós dois e eu passo os dias sozinha e fica ainda maior só comigo aqui dentro e-

— Sem rodeios, direto ao assunto. — Harry finalmente olhou a mulher.

— Eu queria saber se podemos tentar ter um bebê, seria ótimo ter companhia. — (seu nome) sorriu.

— Primeiro, você pediu para dispensar os empregados, então se está sozinha a culpa não é minha. — o sorriso da mulher murchou — Segundo, eu não quero ter um filho agora. A casa está ótima assim, não preciso de gritos em minha cabeça quando eu estiver tentando dormir.

— Mas Harry, eu não posso esperar para sempre… Mulheres não são férteis a vida inteira. — (seu nome) tentou argumentar.

— Mas homens são e eu não quero ter filhos agora. Assunto encerrado. — Harry se levantou do sofá e sumiu escada a cima deixando (seu nome) na sala perdida em pensamentos.

“Ele disse que vai me deixar? Caso eu não possa mais ter filhos quando ele quiser, ele vai atrás de outra?“

A respiração de (seu nome) estava pesada, falar com Harry sempre a deixava assim por não ter como saber de que jeito ele reagirá e dessa vez foi do pior jeito. (Seu nome) se sentiu ainda mais usada, como se servisse apenas para ser levada de um lado para o outro em festas importantes onde Harry precisa estar bem acompanhado.

[…]

Já haviam se passado dois meses desde o jantar beneficente e (seu nome) não estava se sentindo bem há alguns dias, ela pensou em ir ao médico, mas achou que era apenas um mal estar e por isso desistiu da ideia, bem, pelo menos até o dia quase desmaiou no mercado.

Desviando o caminho depois de sair do mercado, (seu nome) pediu um táxi indo até o hospital para saber o que havia de errado, fez os exames pedidos pelo médico e esperou pelo resultado pacientemente na sala de espera até que seu nome fosse chamado.

— A senhora me disse que é casada, não é?! — o dr. Ackles perguntou enquanto olhava mais uma vez o exame de sangue.

— Eu disse sim…

— Bem, então acho que essa é uma ótima notícia… — ele disse sorrindo e entregou os exames a mulher — A senhora está grávida de dois meses.

Após a notícia, (seu nome) agiu no automático, desde agradecer ao médico quando ele lhe deu os parabéns, até chamar um táxi e voltar para casa. Ela não acreditava que estava grávida, isso aconteceu provavelmente na noite depois do jantar quando ela e Harry fizeram sexo quando estavam de volta em casa, ela sempre se esquecia de tomar o anticoncepcional alguns dias, mas não se preocupava com isso porque Harry sempre usava camisinha. Na última vez ele não usou e com certeza a culparia por ter engravidado.

O melhor a fazer seria adiar a reação de Harry, decidida, (seu nome) esconderia essa gravidez o máximo que pudesse, ela usaria roupas mais folgadas e passaria a deitar na beirada da cama para que Harry não a abraçasse durante a noite.

— Harry… Você pode, por favor, contratar novamente a empregada? Eu não estou conseguindo mais dar conta de tudo. — (seu nome) pediu enquanto estavam cada um sentado em um sofá. Já haviam se passado dois meses desde que (seu nome) recebeu a notícia e estava tendo sucesso em esconder de Harry, ele mal prestava atenção nela mesmo, ele deve achar que ela está acima do peso. Assim ela pensa.

— Por que você mesma não faz isso? Foi você que mandou eu dispensá-la, se sabia que não daria conta do serviço pensasse bem antes de vir ocupar meu tempo com besteiras.

— Tudo bem… Me desculpe. — a voz de (seu nome) quase não saiu enquanto ela se esforçava para manter as lágrimas em seus olhos.

— Eu só quero entender por que caralhos você não quer transar comigo. — Harry estava com seu tom de voz um pouco mais alterado que o normal de frente a mulher sentada na cama de cabeça baixa — Você é a merda da minha mulher e eu estou sem sexo há quase dois meses. Como você quer que eu não traia você quando minha secretária faz de um tudo para que eu foda com ela enquanto você fica aqui dentro dessas roupas horríveis me negando algo que eu preciso?

(Seu nome) estava chorando silenciosamente para não deixar o marido mais irritado, ela não podia mais fazer sexo com ele em seus cinco meses de gravidez porque ele perceberia as mudanças em seu corpo, ela não queria que ele soubesse mesmo ela que esteja ficando sem escapatória.

— Você está ficando com sua secretária? — (seu nome) perguntou com a voz completamente quebrada enquanto levantava seu rosto para encarar o marido sendo embaçado pelas lágrimas em seus olhos.

— Não! Eu ainda não a fodi sobre a minha mesa por mais que eu queira. — Harry disse esbanjando sinceridade — Eu estou casado com você e não vou te trair.

Soluçando de tanto chorar, (seu nome) passou os braços sobre a barriga de forma que abraçasse seu bebê, havia pego essa mania desde que começou a se sentir ainda mais sozinha para se lembrar que seu bebê estava ali com ela sempre. Após a declaração do marido, ela não sabia se ficava alegre ou triste. Alegre por saber que ele não irá traí-la ou triste por ele admitir que deseja foder a secretária sobre a mesa de seu escritório.

— Agora eu que pergunto… Você por um acaso está me traindo? Se você estiver saib-

— Eu estou grávida! — (seu nome) usou toda a força para dizer o mais alto que podia.

— Você está o quê? — Harry perguntou incrédulo.

— Grávida… De cinco meses.

Sem acreditar que foi cego esse tempo todo, Harry se aproxima da mulher tirando os braços dela que estão em volta da barriga e levanta a blusa folgada que ela passou a usar há alguns meses e lá estava a barriga. Ele não podia entender como não notou isso antes, como pode ser tão cego em se deixar enganar por ela.

Sem dizer nada ele saiu do quarto deixando (seu nome) para trás chorando encolhida na cama.

“Por favor, não liga para o meu marido.“

Foi o que (seu nome) falou quando passou pela recepção sendo levada a sala de parto, agora ela já estava com o seu bebê em seus braços em um dos quartos do hospital, sorrindo enquanto admira o quão lindo e delicado é seu pequeno bebê. Nem as batidas na porta foram capazes de tirá-la do seu pequeno mundo, ela só percebeu que havia alguém no quarto ao ouvir a voz da enfermeira.

— Me desculpe, eu tive que comunicar o seu marido.

(Seu nome) virou o rosto para o lado vendo Harry parado na porta atrás da mulher que ainda a olhava e aos poucos o sorriso que estava em seu rosto foi sumindo ao que Harry começou a andar em sua direção. Em um ato instintivo, (seu nome) apertou o filho contra seu corpo - com cuidado para não machucá-lo - como se alguma ameaça estivesse por perto, como se Harry fosse arrancá-lo dela.

— Eu…

Harry começou a falar, mas desistiu sentindo seus olhos se encherem de lágrimas enquanto ele olhava nos olhos assustados da esposa, ela estava claramente com medo do que ele faria ou de como agiria e ele sabia disso. Ele sabia que ele era o único culpado, ela nem ao menos queria que ele fosse avisado sobre o nascimento do filho e não a culpa por isso, ele não foi capaz de dar o apoio necessário durante a gravidez dela, ele nem ao menos a deu segurança para contar seu estado antes dos cinco meses de gestação.

— Eu não vou fazer nada contra vocês… Não vou dizer nada que a machuque também… — ele disse enquanto sentia as lágrimas deixarem seus olhos e rolarem pelo seu rosto — Me desculpe por tudo… Por favor, me desculpe por não ser um bom marido. — ele ainda continuou a manter distância.

(Seu nome) não disse nada, ela ainda estava com medo de tudo voltar a ser o que era antes, medo de que esse pedido de desculpas fosse a esperança de hoje e a frustração de amanhã. Ela não queria acreditar que seriam uma família para que com o passar do tempo volte a ser somente ela e seu filho novamente. Deixando todo o medo e receio de lado, ela folgou o aperto do filho para que Harry pudesse vê-lo, mesmo depois de tudo ele ainda era o pai. Levantando a mão no ar, ela fez o sinal para que ele se aproximasse.

— Ele tem a sua boca… — ela comentou baixinho enquanto Harry se colocava de pé ao lado da cama olhando o bebê com sorriso no rosto coberto por lágrimas.

— Ele é tão lindo… Tão pequeno também. — Harry passou o polegar sobre a mãozinha minúscula comparada a sua — Eu estou tão feliz em tê-lo, agora eu posso sentir o quão bom é ter um filho… O sentimento é tão bom.

(Seu nome) se sentia da mesma forma, desde quando soube que o esperava, desde o primeiro chute, o primeiro movimento. Ela esteve experimentando esse sentimento há meses.

— Eu serei um marido melhor e um pai melhor, eu prometo. Só me dê a chance… Você ainda vai ficar? — Harry olhou nos olhos da mulher mostrando toda a sinceridade em seus olhos e palavras.

— Eu ainda estou aqui, não estou?! Eu teria ido embora antes de não fosse te dar outra chance.

(Seu nome) sorriu fraco, ela ainda estava cansada do parto que teve, mas ela estava aliviada como se uma carga muito pesada tivesse sido retirada de suas costas. Ela só espera que essa carga não volte com o tempo, mesmo que Harry esteja com os lábios dele sobre os dela nesse momento, ela não pode deixar de desejar que tudo tenha se acertado para sempre.



Espero que tenham gostado… ❤

- Tay