que gif maravilhoso

Pedido:Faz um do Niall que eles têm uma noite quente e no outro dia eles ficam cheios de marcas.

***
Entrei no banheiro afim de tirar todo suor e cansaço do dia de trabalho que tive hoje.
Tirei toda minha roupa e liguei o chuveiro. Senti todo meu corpo relaxar quando a água morna entrou em contato com meu corpo.

- Amor cheguei! - Meu namorado gritou no andar de baixo. - Na onde você está?

- Estou tomando banho. - Gritei em resposta.

Comecei a lavar meu cabelo e ouvi a porta do banheiro ser aberta.

- Posso me juntar a você? - Colocou só sua cabeça dentro do banheiro.- Estou morto.

Dei permissão e ele entrou no banheiro já tirando a roupa e não se preocupando em fechar a porta.

- Você podia ao menos ter fechado a porta! - Exclamei sentindo um vento frio passar pelo box em que Niall tinha entrado e estava fechando.

- Pronto! Melhorou assim? - Falou vindo em minha direção e me dando um selinho. - Senti saudades de você também querida.

Rolei os olhos com a ironia que Niall tinha acabado de soltar e puxei ele de volta para de baixo do chuveiro dando um beijo nele.
Nossas línguas se encontravam e entrelaçavam,senti Niall agarrar minha bunda e me puxar mais para ele (se isso era possível).
Raspei minhas unhas em seu pescoço e senti a ereção de Niall crescendo na minha barriga.

- Também senti saudades. - Separei nossas bocas,mas ainda estávamos perto o bastante para elas ficarem raspando uma na outra. - E de todo seu fogo.

- Você ainda não viu nada.

Niall voltou a me beijar mas agora com mais força e sem nenhuma delicadeza. Senti sua mão descer até minha poupa da bunda e dar um impulso me pegando no colo.
Entrelaçei minhas pernas envolta de seu quadril e senti minha costa indo de encontro ao azulejo frio.

- Hum… - Gemi.

Separamos o beijo por falta de ar, mas Niall continuou distribuindo beijos pelo meu pescoço.

- Aí Niall. - Senti uma dor aguda no meu pescoço. - Essa doeu!

- Desculpa. - Murmurou.

Niall voltou a distribuir beijos, mordidas e chupões pelo meu pescoço e perto de meus seios.
Senti os botões de meus seios ficarem rígidos quando meu namorado começou a beijar e chupar meus seios com devoção.

- Isso é tão bom. - Niall olhou para mim e sorriu ainda brincando com meus seios.

Meus olhos se fecharam sentindo um enorme prazer quando Niall deu uma leve mordida em meu seio esquerdo prendendo e puxando levemente com os dentes.

- Você é gostosa pra cacete (S/N). - Sussurrou pausadamente e desligou o chuveiro. - Vamos ter que tomar banho depois de qualquer jeito.

Com um sorriso canalha no Niall me carregou até a cama e me jogou lá e no momento que ele foi deitar em cima de mim inverti as posições e fiquei por cima.

- Agora quem está no controle seu eu querido. - Sorri sacana e iniciei um rastro de chupões em seu pescoço com uma certa brutalidade.

- (S/N) você está tão selvagem agora, que poderia gozar apenas com esse simples toque. - Pronunciou com os olhos entreabertos.

- Mas só estamos começando amor.

Desci meus beijos para seu abdômen e arranhei aquela parte sem dó,deixando-a toda vermelha.

- Oh… - Niall uivou no momento em que segurei seu pau com certa brutalidade. Sentei no meio das pernas dele e comecei a masturba-lo devagar. - (S/N) por favor,acelera isso!

- Como você quiser.

Acelerei um pouco,mas vez e outra alternava os movimentos. Percebi como minha mão e seu pai já estavam melecados pelo seu pré-gozo.
Niall tinha seu corpo coberto com uma camada de suor e gemia incontrolável.

- (S/N) pelo amor de… Ahh. - Rangeu quando escorreguei minha mão em sua glande e espalhei o pré-gozo contido ali. Parei os movimentos com a mão e passei minha língua pelo seu pau. - (S/N), e…Eu não vou aguentar.

- Tenta. - Desafiei ele.

Enfiei metade do seu pau em minha boca já sentindo meus olhos lacrimejar. A cada investida tentava ir mais fundo e na maioria das vezes acabava engasgando e tinha que voltar. O gosto salgado de Niall estava em toda minha boca e via seus olhos revirarem de prazer a cada chupada que dava nele.

- Se você não para agora… - Niall gaguejava. - … Eu vou gozar na sua linda boca.

Se eu estivesse de calcinha agora estaria com ela completamente encharcada.
Parei os movimentos e tirei ele da boca.

- Então goza! - Voltei a chupar com mais força e algumas partes que não conseguia ir com a boca masturbava.

- (S/N)! - Niall gemeu e senti um líquido pegajoso e salgado na minha boca.

Engoli todo o líquido e depois lambi seu pau.

- Agora é minha vez. - Meu namorado inverteu nossas posições me deixando em baixo dele. - E eu não vou pegar leve com você!

- Não esperava por delicadeza. - Sorri sapeca e Niall separou um pouco minhas pernas tendo total visão de minha intimidade.

- Você já está toda molhada (S/N) e eu ainda nem encostei em você.

Senti sua respiração na minha intimidade e suspirei de alívio quando senti os seus lábios lá.
Era como se eu fosse explodir com o contato que Niall fez.
Sua língua trabalhava com avidez e quando senti dois dedos seu entrarem em mim foi a gota.

- Meu Deus. - Gemi e comecei a sentir um calor anormal. - Mais Niall!

Niall colocou o terceiro dedo e fazia uma pressão enorme quando entrava e saia de mim, sua boca chupava meu clitóris e ele revezava. Quando Niall chupou com força meus lábios vaginais e deu uma leve beliscada em meu clitóris não aguentei e me desmanchei em sua boca.

- Ainda continua tão boa. - Ele falou lambendo seus lábios.

Niall se posicionou em cima de mim e sem aviso e nada se enterrou de uma vez dentro de mim.

-Oh meu Deus. - Falamos os dois juntos.

Minhas mãos foram para suas costas e cada vez que ele me penetrava com força descontava tudo ali.
Ainda estava sensível pelo recente orgasmo,mas Niall conseguia me deixar mais exitada ainda.
O barulho de nossos corpos se encontrando,dos seus gemidos roucos e abafados por estar me dando beijos/chupões pelo corpo e a pressão das suas estocadas em mim.
Não sei o que exatamente qual foi ou se foi a junção de todos, mas me senti tudo se acumulando em uma região perto da minha barriga.

- Niall eu acho que vou… - Não consegui terminar, algo dentro de mim explodiu e eu senti um prazer enorme se apoderar em meu corpo antes de relaxar completamente. - … Gozar.

Niall deu mais algumas estocadas até chegar no seu limite gemendo meu nome. Foi excitante ver Niall se contorcer em prazer em cima de mim e ainda gemer meu nome no final.

- Isso foi “A foda” mais gostosa que já tivemos até hoje. - Niall murmurou se jogando em meu lado. - Eu estou todo quebrado.

- Acho que alguém amanhã vai ficar todo marcado. - Ri sem ânimo algum.

- Digo o mesmo… - Seus olhos já estavam fechados,mas o seu sorriso canalha ainda estava lá - …A única diferença é que eu vou conseguir andar já você… -

Rimos e Niall caiu no sono logo em seguida, estava demasiada cansada para tomar banho ou trocar os lençóis molhados. Então deitei no peito de Niall e adormeci ouvindo as batidas do seu coração.

- Quem não fechou a janela? - Ouvi Niall resmungando e acordei quase ficando cega quando abri os olhos e uma rajada de luz atingiu meus olhos.

- Aí meus olhos! - Fechei os olhos e peguei o travesseiro na minha cara. - Não acredito que me acordou só por isso.

- Não exatamente… - Sua voz sonolenta se manifestou. - … Estamos atrasados para o trabalho.

- O quê? - Saltei para fora da cama e procurei o relógio que marcava 9:10. - Não acredito! Por quê você não me acordou antes? Tenho uma reunião às 10h!

- Eu até teria te acordado, se eu estivesse acordado. - A expressão de sarcasmo de Niall foi substituída por uma preocupada. - Cacete !

- O que foi agora? - Voltei a procurar minha roupa.

- Você está toda marcada, vermelha, um pouco roxa… - Eu parei tudo e corri para frente do espelho. Toda parte do meu pescoço e busto estavam com marcas de dentadas ou chupões. - Ontem estava enlouquecido e não me controlei muito, desculpa.

Niall ria de mim e revirei os olhos até que notei uma coisa.

- Meu amor… - Usei uma voz meiga e delicada. - Posso dizer a mesma coisa de você, só que você está bem pior. Suas costas estão horrível.

Ri da cara dele quando ele começou a se analisar no espelho e viu as marcas de chupões em todo seu corpo e sua costas. Seu rosto em choque foi o melhor.

- O quê você fez comigo? - Sua voz desesperada e seu rosto preocupado. Me fizeram rir. - Isso (S/N) fica rindo mesmo, porque pelo que eu saiba, quem não está conseguindo andar direito aqui é você e não eu.

Agora quem estava rindo era ele e eu fechei minha cara.

- Muito engraçadinho você Niall! Há há há ! - Fingi estar rindo o que causou um ataque de riso no Niall. - Fica aí rindo durante um mês sem sexo!

Entrei no banheiro e fechei a porta,mas não antes de ver a cara de pavor de Niall.

- (S/N) vamos conversar… - coloquei uma música e liguei o chuveiro ignorando um certo loirinho choramingando na porta.

***

N/A: Hello people ❤
Tá aí um hot com esse deuso maravilhoso 😂❤
Espero que tenham gostado 😘

Mah xx