quartos de banho

Imagine Harry Styles

Pedido: “Faz um do Harry que ele joga na cara dela que ela só que o dinheiro dele e depois ele se arrepende (final feliz)”. -  kahstyles123

Gente, socorro! Espero que vocês gostem…. Beijos!! 



Mais um dia cansativo de trabalho. Cheguei em casa exausta, mas feliz. Eu amo o que eu faço, e esse é o meu combustível pra continuar. 

Mas, assim que entro em casa, vejo meu namorado com cara emburrada.

- Amor, cheguei! – coloco minha bolsa no sofá. – O que houve? – me aproximo dele para selar seus lábios, mas ele se afasta.

- Você demorou, né? – o encaro com a testa franzida.

- Eu estava na clínica, tive uma drenagem de ultima hora pra fazer. – digo tranquila.

- E não passou pela sua cabeça que eu poderia estar em casa, esperando por você?! – tive que me controlar para não revirar os olhos.

- Sim, passou isso pela minha cabeça. Eu sabia que você estava em casa; mas eu não podia deixar minha paciente na mão.

- Você anda muito estranha, (S/N). O que está acontecendo?

- Eu que te pergunto. O que tá acontecendo, Harry? Que papo estranho é esse?

- Você está distante de mim, chega todos os dias tarde em casa, não passa mais tempo comigo, mal ficamos juntos. Você não era assim. O que aconteceu? Não me ama mais? Não quer mais ficar comigo?

- O quê? – perguntei incrédula. Não estava acreditando que ele estava falando esse tipo de coisa.

- Seja sincera: porque você ainda está comigo? – permaneci calada, apenas olhando pra ele. – É só por interesse, não é?!

- De onde você tirou isso? – perguntei incrédula.

- Das suas atitudes! – ele esbravejou. – Foi conveniente pra você, né? Eu do seu lado, te ajudando e te apoiando. Tudo não passou de interesse. Tudo por dinheiro!

- Olha o que você está me falando, pelo amor de Deus. – eu sentia meus olhos queimarem, e minha garganta ardia.

- Tô falando a verdade. Eu te ajudei a abrir sua clínica, e você conseguiu coisas que sem mim jamais conseguiria. Você só está comigo por interesse, por dinheiro.

Eu estava chocada, assustada, chateada e boquiaberta. Jamais imaginei que ele me falaria esse tipo de coisa algum dia. Ele foi cruel. Despejou aquelas palavras duras em cima de mim, me acusando e dizendo algo que não sou.

- Harry, pensa bem no que você me falou. Eu não estou com você por interesse ou por dinheiro. Longe disso. Graças a você e a sua ajuda eu consegui muita coisa sim. Mas, acima de tudo, eu consegui tudo isso graças ao meu esforço, minha dedicação. Eu não vou admitir você dar de dedo na minha cara, dizendo que sou interesseira e que só quero dinheiro.  Porque eu não sou assim. – respirei fundo. – Fique ai com seus achismos sem noção, e reflita em tudo que você me disse.

Peguei uma muda de roupa e fui para o quarto de hóspedes. Tomei um banho quentinho e me deitei na cama. Lágrimas quentes escorriam pelo meu rosto. Harry nunca foi assim, nunca falou dessa forma comigo.Dormir foi impossível, não passou de uma tentativa falha. 

Já se passava das 3h da madrugada quando escutei batidinhas na porta.

- (S/A), posso entrar? – a voz dele estava embargada, e eu pude escutá-lo suspirar alto. – Por favor, me deixa falar com você. – me sentei na cama.

- Pode entrar. – seus rosto estava vermelho, assim como seus olhos, e levemente inchado.

- Me desculpa! – ele segurou minha mão. – Eu não queria e não podia ter falado daquele jeito com você. Eu falei sem pensar, estava estressado e acabei descontando em você, dizendo coisas absurdas e sem noção.

- Eu não sou interesseira, e nem estou com você por seu dinheiro.

- Eu sei que não! – ele secou uma lágrima do meu rosto. – Você chegou onde está hoje graças a você mesma, graças a sua competência, seu esforço. Eu falei sem pensar. Eu estava estressado, e fiquei chateado por você não chegar em casa mais cedo. Faz dias que você está chegando mais tarde, e mal ficamos juntos. Mas, nem de longe é o que eu penso de você. Você é incrível, é o amor da mina vida. Não é folgada ou interesseira. Eu acabei me deixando levar por essas paranoias idiotas.

- Me desculpa se passei essa impressão, e se acabei me concentrando mais no meu trabalho do que em você, ou em nós. Eu não fiz por querer. – ele beijou carinhosamente minha testa.

- Eu sei. E você não tem que se desculpar. Pelo contrário. – funguei. – Me desculpa? Eu prometo que vou pensar antes de falar merda de novo! – ri fraquinho e assenti. Ele de esticou e tomou meus lábios num beijo leve e rápido. – Vamos dormir?

- Vamos. – fomos até o nosso quarto e, depois que nos deitamos, ele me abraçou apertado.

- Eu te amo, e me desculpa mais uma vez.

- Eu também te amo, Harry!

Pedido: Um cm o Zayn q eles estao brigados mas ele fica doente e ela cuida dele so q ele fica de birra no fim eles acabam fazendo as pazes


————————–


S/N: Eu não quero Zayn..


Zayn: E por que não??


S/N: Não estou afim!


Zayn: Você nunca está afim de nada - revirou os olhos

S/N: Você sabe que eu não sou muito de sair

Zayn: Mas é uma vez ou outra S/N, nunca saímos todo dia!


S/N: Cara, mais eu não quero!!


Zayn: Você é muito chata! - disse saindo do quarto

S/N: O que me deixa mais indignada é você não me entender e ficar bravinho comigo! - disse em um tom mais alto para ele conseguir ouvir

Alguns minutos depois, ele chega no quarto, de banho tomado e começa a se trocar

S/N: Aonde vai?

Zayn: Sair


S/N: Vai sair sozinho?


Zayn: Minha namorada não é companheira..


S/N: Qual a parte de eu não estar afim de sair você não entendeu? - falei sem paciência

Zayn: Eu já entendi S/N! Por isso vou sem
você- disse espirrando um pouco de perfume em seu pescoço


S/N: Você vai sair me deixar sozinha? É isso mesmo?

Zayn: Eu não vou discutir com você! - falou se olhando no espelho - Tchau

S/N: Não vai levar um casaco?

Zayn: Virou minha mãe agora? - me olhou

S/N: Está bem frio!

Zayn: E eu com isso?

S/N: Então vai sem casaco! Eu também vou estar nem aí com você se o senhor pegar um bela gripe! Estupido!

Zayn: Me poupe! - ele saiu do quarto, desceu as escadas e saiu de casa.

Fiquei bem irritada com ele, mas não ia perder a minha sexta-feira discutindo com o Zayn.

Eu estava super cansada e logo depois que o Zayn saiu eu adormeci..

~Dia seguinte~

10h da manhã, acordei e fui tomar um banho para tirar a preguiça.
O dia amanheceu frio, e quando saí do banheiro, percebi que Zayn não estava do meu lado.
Coloquei minha roupa e fui procurá-lo.
E lá estava ele, no sofá, encolhido e rodeado de cobertores. A cada 2 segundos ele espirrava ou tossia.


S/N: Ahh se as pessoas me escutassem mais.. - falei em um tom alto para que ele escutasse.

Zayn: Eu tô super bem! ATCHIM!! - ri fraco

S/N: Nossaaaaa! Eu tô vendo como você está super bem!


Zayn: Eu vou pro meu quarto.. - tentou levantar-se, porém falhou. Seu corpo deveria estar dolorido e fraco pelo sintomas da gripe - ATCHIM!!


S/N: Vai, eu te ajudo! - caminhei até ele, mas o mesmo não deixou eu ajudá-lo.


Zayn: Não quero ajuda! Eu.. ATCHIM.. Consigo sozinho.


S/N: Para de besteira Malik! Anda!


Zayn: Sai S/N! Não está brava comigo? Não precisa me ajudar!


S/N: Como você é infantil! - dei as costas à ele, que com dificuldades consegui levantar e foi até o quarto.


Eu não consigo ver ele doente, mesmo estando brigados, eu sinto na obrigação de cuidar do meu namorado!


Estava cortando alguns legumes, para fazer uma canja de galinha para ele, mas seus espirros e a tosse contínua estava me desconcentrando.

Respirei fundo e fui até a caixa de remédios, pegando comprimidos para gripe e levei até eles, juntamente com um copo d'água.

S/N: Toma aqui!! - entreguei à ele os compridos e o copo


Zayn: Eu não quero- falou com a voz fraca


S/N: Eu não perguntei se você quer ou não, toma aqui logo!

Zayn: Eu já falei que eu não quero!!


S/N: Zayn, eu tô perdendo a paciência!


Zayn: Me deixar sozinho é pedir demais?

S/N: Abre a boca agora e toma esse remédio!!

Zayn: Você é muito.. ATCHIMMM.. chata! - disse assoando o nariz com o lencinho.

Ele abriu a boca, tomando o remédio e novamente deitou de novo.

S/N: Nem pra me agradecer.. - falei baixinho e desci, voltando pra cozinha e finalizando a sopa.

Terminada, deixei ela esfriar um pouquinho e subi novamente até o quarto, para saber o estado do doente, já que estava um silêncio.

Chegando lá, me deparei com ele dormindo. Fui pra perto dele, para medir sua febre e estava normal. Menos mal.

Já que ele estava dormindo, eu tomei a sopa e fiquei na sala por algum tempo.

~2 horas depois…~


Acho que está na hora do Zayn acordar.

Coloquei a sopa, ainda quente em um recipiente, juntamente com um suco de laranja que não estava gelado e levei para cima, em uma tábua.


S/N: Oh Dorminhoco, acorda.. - deixei a tábua em cima do criado-mudo e acordei ele delicadamente - Fiz uma sopa pra você- Zayn abriu os olhos e se espreguiçou


Zayn: Quanto tempo eu dormi? - falou totalmente rouco - Meu Deus, minha voz.. - se sentou na cama. Coloquei alguns travesseiros atrás das suas costas e a tábua em sua perna


S/N: Toma a sopa e nem vem com essa de não querer, porque o senhor vai tomar sim! - ele riu


Zayn: Tá bom.. - liguei a televisão do quarto e deitei ao seu lado, assistindo um filme qualquer que estava passando - Terminei..- olhei pra ele, até que estava com uma carinha melhor. Ele colocou a bandeja no criado mudo e espirrou, assoando a nariz novamente.

S/N: Ótimo, vou levar lá pra baixo - me levantei da cama e quando fui pegar a bandeja, Zayn me puxa pela cintura, fazendo eu cair em seu colo

Zayn: Obrigado! - sussurrou no meu ouvido e logo me deu um selinho - Você é a melhor namorada do mundo inteiro

S/N: Sei disso! - sorri e beijei sua bochecha - Viu só! Isso que dá deixar a namorada sozinha numa sexta à noite e ainda por cima, não escutar ela! - ele riu

Zayn: Prometo que vou te obedecer a partir de agora! - beijou meu pescoço- Me desculpa!


S/N: Tudo bem!

Zayn: Te amo muito sabia?


S/N: Eu também meu doentinho!

———————-

Olha quem voltouuu..

Espero que gostem!

Beijao

P.S: Desculpem pelo formato do texto. Meu computador quebrou e estou fazendo pelo celular ;(

Ju

BTS Reaction:  Ao você ser espancada

Pedido anonimo: Você pode fazer uma reação de BTS quando você chegar a casa levemente espancada e eles descobre que alguns “fãs” loucos o atacaram. 

Ugh… Espero que nenhum de nós realmente atue desse jeito. 

Jin: Ele não ficaria feliz e começaria a se preocupar cada vez que você deixasse na casa sozinha. Ele sentiria que era sua culpa por você ter sido atacada, não importava quantas vezes você lhe disse que não era. Ele provavelmente iria ao manager para pedir que eles fizessem alguma coisa e não parassem de se preocupar até que algo estivesse certo e para deixar você e todos os membros (ou futuros relacionamentos dos outros meninos). 

Yoongi: Ele não teria visto no início porque você não teria dito a ele, especialmente sabendo quão protetor ele estava sobre você. Ele perguntou aleatoriamente um dia, enquanto ele observava você entrar em seu quarto depois de um banho, o que era o grande ferimento no ombro. Ele ficaria com raiva de você por ter demorado em dizer a ele e quando aconteceu. Ele não saberia o que fazer, então, ele voltou e gritou para você antes de se desculpar rapidamente, mas gritando de novo porque a última coisa que ele queria era a pessoa que ele adorava ser ferida fisicamente por pessoas que ele achava que amava ele. 

Namjoon: Você não conseguiria terminar sua frase, ele já estaria no telefone para as primeiras mídias sociais que ele poderia pensar para chamar a atenção para o que aconteceu. Ele pegava o telefone para o lado depois de publicá-lo e procurou você para segurá-lo firmemente no peito dele. Ele se sentiria destruído e pediria que você ficasse, mas entenderia se você queria deixá-lo, o que, é claro, você não queria. 

Hoseok: Ele ficaria tão cheio de emoções que não saberia por onde começar. Você teria deixado escapar na frente dos outros meninos, então, todos eles tomaram isso para resolver o problema. Hoseok a puxaria para o lado e segurá-la forte, chorando silenciosamente mesmo que fosse você quem deveria estar chorando. Ele não saberia o que dizer exceto pelo escalonado “Eu amo você”’ e “não me deixe”. 

Jimin: Ele ficaria com raiva. Realmente irritado. Ele acharia que ele estava ficando muito mais com os fãs e não foi até que ele fez uma desculpa pública dizendo por que ele foi tão temperamental. Isso causaria um monte de alvoroço, e vocês dois sabiam que os dois se encontrariam apenas curtindo a companhia dos outros sozinhos em vez de sair em datas como antes. 

Taehyung: Ele não entenderia o que estava dizendo.  Como e porque alguém faria mal a alguém por causa de quem eles namoravam. Ele ficaria tão decepcionado com seus fãs e tão doente por você que ele se encontrava nunca deixando você sozinha. Ele insistiu em você ir a todos os lugares com ele e encontrou-se sempre saindo na sua frente, preocupado que alguém pudesse tentar algo de novo. 

Jungkook: Ficou inquieto e todos se envolveriam. Ele ficaria completamente furioso com a sensação de que eles sentiam que podiam machucá-la fisicamente porque estava namorando. Ele estava emocionalmente perturbado porque a última coisa que ele queria era que você pensasse em deixa-lo. Ele olhava para você com os olhos preocupados e beijava sua testa tentando enxugar as lágrimas quando você se enterrou em sua cama. 

Reaction Credits: @kpurereactions

Pedido: Queria um q eles brigam e ela dorme em outro quarto e passa mal de madrugada ai ele fica se culpando por não ta com ela a hora q ela tava mal,com o Zayn ….obg 😀😀

 

Zayn Vision

           Já passava das duas horas da manhã e s/n gritava em plenos pulmões e eu apenas tentava ignorar, mas já estava ficando impossível aguentar aquilo. Eu sei que fui errado é exagerei, mas ela poderia dá um tempo. Era para ser apenas uma festa com nossos amigos mais antigos, só que eu não esperava que minha ex-namorada fosse aparecer lá é da em cima de mim, mas eu não tinha culpa tentei falar para ela que eu não queria mais nada com ela, mas bem nesse momento s/n nos viu dois juntos e eu estava com a minha mão na sua cintura e a partir daí não ouvia nada além de berros e gritos.

           Sentei-me no sofá e peguei meu celular e abri em aplicativos aleatórios e escrevi alguns tuites, mas ela não parava por um segundo, queria ter tanto fôlego assim.

- Zayn, você está me escutando. – Ela se aproximou e puxou o celular da minha mão.

           Eu tentei controlar-me com todas as minhas forças possíveis, só que sinceramente não dava. Levantei do sofá e fui a sua direção. – Você não entende que não foi minha culpa, porra? – Peguei o meu celular de suas mãos. – Eu já disse um milhão de vezes, me deixa em paz. Esperava por mais gritos, mas ela não disse nada. Seus olhos estavam cheios de lagrimas, eu posso ter exagerado um pouco, mas estou com muita raiva para admitir isso ou pedir desculpas. Odiava a vê assim, mas o que eu posso fazer?

- Você é um idiota. – Ela empurrou meu corpo para trás.

- Eu posso ser sim, mas você é uma desesperada, louca e patética. – Aproximei meu corpo novamente do dela. – Pelo menos ela para era assim.

           As palavras saíram por impulso, eu realmente não queria dizer aquilo, mas eu não queria ficar sem resposta, sou um idiota é ela estava certa. S/n virou as costas e saiu andando até as escadas que dá acesso a nosso quarto. Pensei em ir atrás dela, mas eu sabia que assim que eu subisse ela iria está deitada na nossa cama.

 

S/N Vision

           Subi para o meu quarto e do Zayn e peguei o meu pijama. Zayn estava sentado na cama apenas com a sua calça de moletom, ele olhava-me com tristeza, mas eu estou muito chateada para dizer qualquer coisa, simplesmente vire-me e fui em direção ao quarto de hospedes. Tomei um banho e vesti minha roupa e deitei na cama. Eu não sabia por qual motivo estava chorando, mas sentia vontade chorar eu só queria e precisava chorar, estou triste por tudo isso que aconteceu, vê o Zayn segurando ela daquela maneira partiu meu coração em pedaços, ele sabe o quanto sou insegura em relação a mim mesma, e todas as suas ex-namoradas são perfeitas.

           Meu corpo esta cada vez mais quente eu sentia muito frio e eu sei que alguma coisa errada está acontecendo, meu corpo inteiro doía. Peguei meu celular e marcava exatamente quatro horas da manhã, pensei em chamar o Zayn, mas ai lembrei-me de tudo o que ele disse para mim há algumas horas atrás e resolvi apenas ficar deitada, talvez a febre passasse e de manhã tudo estaria de volta ao normal. Uma luz invadiu o quarto e eu me assustei, mas é apenas o Zayn com o seu celular, ele caminhava em minha direção com um olhar preocupado, ele olhava para mim com curiosidade.

           Senti no momento que ele sentou ao meu lado e ligou o abajur que ficava no criado mudo. Olhei para Zayn desconfiada, e ele sorriu de uma maneira fofa para mim, ele tinha na mão um copo de água e um remédio nas mãos.

- Você acha que esse é o melhor jeito de se desculpar? – Disse sentando-me na cama e pegando o copo de água e o remédio de suas mãos.

- Não, mas pode ser o começo.

           Assim que tomei ele colocou o copo no criado mudo e pegou-me no colo como uma criança, dei risada de sua atitude, não queria demonstrar que o tinha perdoado, mas é impossível. Quando chegamos ao nosso quarto, ele me cobriu e se deitou ao meu lado e eu coloquei a minha cabeça sobre o seu peito, Zayn fazia carinho em minha cabeça.

- Aquilo que eu disse é uma mentira, você é a mulher que eu amo.

           Apenas mexi a cabeça para ele saber que eu estava ouvido tudo. – E eu sou um idiota mesmo, você tem razão, mas sou um idiota que te ama.

           Sorri para mim mesma, não queria que ele soubesse, mas de alguma forma pude o sentir sorrindo.

Imagine - Niall Horan

Bom, eu sumi ontem e tal, a inquete nem valeu de nada, mas OK… Esse imagine tem mel escorrendo pelas beiradas hahaha Espero que gostem! Essa é, FINALMENTE, a última parte hahaha 

anterior 


Assim que a porta é fechada, as lágrimas escorrem dos meus olhos sem que eu tenha controle. Mais uma vez meu coração foi despedaçado sem que houvesse remorso da pessoa causadora de tanta dor.

Entrei às pressas no carro, o liguei e fui, mais uma vez, para casa de Louis, o meu único porto seguro na cidade. Os carros passavam por mim e eu por eles sem um pingo de noção; meu carro parecia estar no piloto automático indo para casa do meu melhor amigo.

A campainha pareceu zunir nos meus ouvidos quando eu a apertei e a expressão de susto de Louis ao me ver partiu meu coração um pouquinho mais.

- (S/A), o que aconteceu com você? – Sua voz saiu esganiçada.

- Ah, Louis, meu coração dói. – Flaei colocando a mão no peito, sobre o coração.

- Vou levar você para o hospital! Agora! – Ele procurou alguma coisa nos bolços da calça. – Vamos!

- Não! – Eu sorri fraquinho. – Charlie. Charlie me traiu.

- Nossa! Ah! Eu sinto muito! – Ele me abraçou. Eu me senti pequena com seus braços ao meu redor.

- Eu to me sentindo tão perdida. – Falo fanha.

- Vem, entra! – Louis me puxa para dentro da casa e eu sou recebida com cheiro de pipoca, cerveja e chulé; além da televisão no último volume.

- O que é isso? Que cheiro horrível é esse? – Pergunto franzindo a testa e encarando Louis.

- Estávamos assistindo o jogo. – Ele aponta para a televisão, visivelmente envergonhado.

- Você e quem? – Pergunto.

Antes de obter a respota, Niall sai da cozinha com um balde de pipoca e ao me ver para, assim como eu tranco a respiração. Claro que ele estaria ali; junsto no momento em que ele seria a ultima pessoa que eu gostaria de encontrar.

- (S/A), está tudo bem? – Niall larga o balde em cima da mesa de jantar de Louis.

- Não. – Digo e volto a chorar.

- Charlie traiu ela. – Louis explica.

- Como ele pode? – Digo entre as lágrimas.

- Por que ele é um imbecil. – Louis falou indgnado.

- Você não vai lá tirar satisfação como fez comigo? – Niall pergunta rindo e eu os encaro, mas ambos fingem que nada aconteceu.

- Vem, me conta o qye aconteceu… – Niall me puxa para o sofá com ele. Me faz sentar e senta ao meu lado.

- Eu cheguei na casa dele hoje, por que íamos sair juntos. – Fungo alto. – Mas uma mulher me atendeu. Vestindo as roupas dele; com o cabelo bagunçado e cara de pós foda. – Fungo mais uma vez. – Eu me senti humilhada.

- Você não precisa se sentir assim. – Ele se aproximou mais de mum. – Você é uma pessoa maravilhosa! Uma mulher incrível. Que qualquer um pode se apaixonar de tão magnífica. Todos esses caras pelos quais você se sentiu humilhada ou decepcionada não são nem merecem a metade da pessoa que você é.

- Não é para tanto, Niall. – Seguro uma de suas mãos.

- É sim, (S/A)! E muito mais! Você não tem noção do quão especial você é!

- Quando eu vou parar de me apaixonar pelos caras errados?

- Quando alguém te conquistar e não alguém que foi conquistado.

- Você me conquistou. – Pensei alto e vi Niall sorrir.

- Por que, pelo menos por um tempo, eu fui o cara certo. Eu adoraria voltar a ser ele, mas você precisa de tempo. E se você cogitar a reatar comigo, o que eu mais faria era te esperar. Por que eu conheço a pessoa maravilhosa que você é.

- Você é uma pessoa incrível, mas tem razão. Tudo que eu quero agora é tempo. Um tempo sozinha; para voltar a ser quem eu era. – Disse olhando seus olhos e o mesmo apertou minha mão, me puxando, em seguida, para um abraço.

- Pode contar comigo para o que for. – Ele diz entre meus cabelos.

- (S/A)! – Louis diz descendo as escadas e nos separamos com pressa. – Ah, desculpa.

- Não tem problema. – Niall vai buscar suas pipocas.

- Bom, eu arrumei o quarto de hóspedes para você, caso queira ficar aqui. Hoje, pelo menos. – Louis dá de ombros.

- Vou querer sim. Obrigada! – Sorrio para ele. – Posso ir tomar um banho? Acho que minhas roupas ficaram aqui…

- Ficaram sim! Estão justas com as da Els. Procura lá.

Subo para o quarto dos dois e penso nas palavra de Niall. Uma pena que terminamos daquela maneira. No armário, encontro um pijama escuro que eu costumava levar para a casa de Louis e vou para o quarto de hóspedes tomar banho, que foi rápido.

Ao sair do banheiro, Niall estava sentado na cama, com os pensamentos bem longe.

- Aconteceu alguma coisa? – Pergunto a ele que me olha perdido.

- Não. – Ele dispara. – Sim. Ah! Eu disse a você que te daria todo tempo que precisasse; mas eu sinto tanto a sua falta (S/A)! Deus! Como eu sinto. Você tem um sorriso tão sincero, um perfume tão único, a maneira como você trata as pessoas é tão delicado e o seu corpo eu não vou nem detalhar. Eu fui um tolo em dizer que me apaixonei por outra pessoa, principalmente, por sempre amar você.

As palavras que saiam de sua boca faziam com que eu me sentisse uma gelatina de tão mole.

Eu estava de frente para ele. Mal piscava. Minha boca estava seca. Eu não sabia nem o que dizer.

Niall acabou com a distância que mantínhamos e, delicadamente, colocou meu cabelo para trás da orelha; acariciou meu rosto com suavidade; se inclinou, beijando o canto da minha boca para,  em seguida, tocar meus lábios com carinho. Fui eu quem arriscou a aprofundar o beijo. Mas logo nos afastamos.

- Isso, esse beijos, não significa que eu sou sua. – Digo com a testa encostada  na dele.

- Mas eu vou ser capaz de te conquistar. – Ele beija a ponta do meu nariz. – Eu vou para casa. Amanhã tem que estar cedo no estúdio. Eu te ligo mais tarde.

Antes de eu ter tempo de o responder, Niall me beija mais uma vez e vai embora.

Niall Horan

- Vem, (S/A)! – Niall segura minha mão. – So queria dizer, mais uma vez, que te amo.

A beijo. Dando o melhor de mim como todas as outras vezes. Para mostrar a ela, que eu sou muito melhor. Que eu sou o melhor para ela.

Reaction BTS: Ao verem S/N nua


Namjoo: Na noite anterior vocês haviam se “divertido” bastante, mas naquela manhã ele voltaria a rotina de shows, turnê, entrevistas, etc e você á faculdade e trabalho. Então se levantou acordou Namjoo e foi ao banheiro tomar banho, mas percebeu tinha esquecido a toalha quando saiu do box, foi quando o rapaz abriu a porta inesperadamente e te olhou de baixo para cima:

NJ: “Realmente, você é maravilhosa… Que tal round 3?”

Originally posted by forever-young-got7


Yoongi: Dormir era o foco de vocês dois depois do dia de trabalho de ambos. Vocês já namoravam a um tempo então já haviam se acostumado com ás vezes um invadir a privacidade do outro. Enquanto você estava colocando a roupa no quarto depois de sair do banho Yoongi entra no local e você tenta esconder seus seios nus com as mãos:

YG: “Para com isso, eu já te vi várias vezes sem roupa, esconder seu corpo não vai fazer a mínima diferença” – depois se deitou na cama e começou a mexer no celular.

Originally posted by jimiyoong


Jimin: Jimin estava esperando você terminar de se vestir para poder entrar no quarto, mas como não ouviu durante algum tempo nenhum som achou que você já havia se vestido. Então saiu da sala e foi até o quarto que estava com a porta fechada, abriu-a e te viu deitada em cima da toalha que estava aberta sobre a cama e mexendo no celular:

JM: “Desculpa jagi!” – disse e fechou a porta muito rápido – “Eu vi ela. Ela é muito linda” – falando baixinho para você não ouvir de dentro do quarto e voltaria para sala, passando assim a imaginar você nua.

Originally posted by jiyoongis


Hoseok: Ambos estavam se trocando para irem trabalhar, mas em um momento em que você estava roupas intimas ele entra no quarto e enquanto você estava de costas ele para e fica te olhando, imaginando você de maneiras diferentes, até você se virar e perceber que ele estava te olhando e chamar “sua atenção”:

HS: “Desculpe jagi, mas sabe você é muito bonita. E eu não pude não reparar… Poderíamos não trabalhar hoje…”- ele falou depois que chegou perto de você, mostrando que não “um santo” como parecia.

Originally posted by osyub


Seokjin: Jin havia comprado um apartamento e saído do dormitório que dividia com os outros meninos e às vezes você passava alguns dias lá. Em uma das ocasiões das “estádias temporárias” que você estava fazendo na casa do rapaz, na hora que decidiram dormir ambos foram para o quarto e você começou a se trocar para colocar seu pijama, bem na frente dele que ficou “encantado”:

SJ: “Aish! Não faça isso” – disse envergonhado depois de alguns segundos te observando e se virou de costas, ficou assim até que você falasse que ele poderia se virar.

Originally posted by seokjins-wings


Jungkook: Você estava se enxugando depois de ter tomado banho pela manhã, Kook estava dormindo quando você tinha se levantado e ido tomar banho, mas te surpreendeu e se surpreendendo quando ainda sonolento entrou no banheiro te vendo com a toalha aberta preste a enrola-la em volta do seu corpo:

JK: “Desculpa, desculpa, desculpa…”- disse rapidamente corando um pouco e saindo, mas tinha gostado muito do que tinha visto, apesar de tímido ainda assim era um homem.

Originally posted by jkguks


Taehyung: Depois de dias sem se ver vocês finalmente iam se reencontrar. Quando ele chegou na sua casa ficaram conversando, assistindo desenhos animados, animes, filmes e séries, jogando videogame e comendo. Qunado já era tarde decidiram ir dormir e á alguns meses você tinha virado adepta a dormir nua, mas não contou nada ao Taehyung então o “pegou” desprevenido:

TH: “Aish! Que isso?” – perguntou chocado com os olhos arregalados – “Vou fazer também!”

Assim ambos dormiram pelados e bem….imagine….

Originally posted by dazzlingkai


Perdão se houve algum erro ortográfico ou gramatical. Também me perdoe se a reaction ficou diferente do tema do pedido :/

Espero verdadeiramente que tenham gostado…

Annyong!

~gueets

Imagine com Liam Payne.

Sorri para a mãe de Liam enquanto levava o copo de suco até minha boca, a mulher e a filha me olharam e rolaram os olhos, me fazendo ficar desconfortável, mais uma vez.

Liam estava na sala conversando com o pai enquanto eu servia minha sogra e uma das minhas cunhadas na cozinha. Levantei da cadeira e fui até a pia, levando comigo o prato com o farelo do bolo e as xícaras de café vazias.

Ruth e Karen se levantaram e foram para a sala também, suspirei sentindo meus olhos arderem, a família de Liam me odiava, eu sabia disso.

Terminei de lavar a louça e sequei minhas mãos no pano de pratos que estava em meu ombro. A porta da cozinha abriu e Liam entrou sorrindo.

- Ainda tem bolo? -Perguntou me abraçando por trás.

- Eu guardei um pedaço para você. - Disse me soltando e indo rapidamente até o armário, secando minhas lágrimas discretamente. Peguei o prato com a fatia de bolo e entreguei a ele. - Aconteceu alguma coisa? -Perguntou com a boca cheia.

- Não. -Forcei um sorriso.

- Eu conheço você, fala. -Largou o bolo e foi até a geladeira, pegando a jarra de suco.

- Sua mãe e sua irmã me odeiam. -Suspirei.

- Isso de novo? Elas não odeiam você s/n, só estão desacostumadas. -Deu de ombros.

- Liam, nós estamos juntos a três anos, eu to grávida! -Suspirei e me sentei a sua frente.

- Olha, eu tenho certeza de que ela não te odeiam. - Disse fazendo a volta na mesa e agarrando meu rosto entre suas mãos. -Hey, não fica assim. -Disse me dando um selinho. - Por que não vai tomar um banho e eu dou um jeito de despachar eles? -Perguntou sorrindo.

- Vão me odiar mais ainda. -Ri fraco. -Mas eu vou. - Liam sorriu. - Eu amo você.

- Pare de melação e vá tomar o seu banho moça. - Disse me puxando da cadeira, fazendo com que eu levantasse. - Eu também te amo. - Sorriu, me puxando para um selinho.

Me virei para ir para a sala e ri ao receber um tapa fraco nas nadegas.

A mãe de Liam rolou os olhos mais uma vez quando cheguei a sala, estava abraçada a Liam e nós dois riamos, Ruth fingiu não nos ver e permaneceu com os olhos no celular, suspirei e fui para o meu quarto, realmente precisava de um banho.