quadric

Um presente inesperado na Campus Party!

Como a maioria sabe, todos os anos eu vou para o evento anual Campus Party. Apesar de eu achar que ele está decaindo a cada ano que se passa, ainda há muito o que se aproveitar lá além de rever os amigos da internet nesta oportunidade anual.

Este ano fui também chamado para a cerimônia de abertura (estreia) do Intel Edison no Brasil. Como muitos sabem (e os que não sabem é só ler meu post anterior) eu fiz várias críticas ao Intel Galileo, muitas delas as quais foram corrigidas na sua segunda versão (Galileo Gen 2).

Apesar da ideia da Intel sobre IoT (Internet of Things) para o Galileo, minha ideia inicial era ter um processador melhor para o meu quadricóptero. A IMU (unidade de movimento inercial) de um quadricóptero faz operações matemáticas complexas ao nível computacional embarcado (operações matriciais em ponto flutuante) e mesmo as melhores controladoras sendo processadores ARM, usam processadores relativamente simples (sem NEON e outros sistemas de SIMD (Single Instruction Multiple Data) ).

O problema é que apesar do Quark (processador do galileo) ter um clock relativamente alto (400MHz) ele não possui nenhum tipo de SIMD (nem o MMX que é o mais simples de todos), e pela natureza da arquitetura x86 (especificamente i585 no caso do quark) ele é praticamente equivalente a um ARM de 250MHz, consumindo um pouco mais.

Quando vi a Intel anunciando o Edison, fiquei interessado pois ele parecia ter um processador melhor que o Quark. Oficialmente anunciado com um Atom Dual-Core de 500MHz, 1GB de ram, 4GB de flash, Wifi e Bluetooth, tudo num único “encapsulamento” (no caso é uma placa minuscula, não necessariamente tudo dentro de um chip). Eu realmente estava considerando em comprar, mas estava com a dúvida se não seria mais uma decepção.

Para minha surpresa, ganhei um da Intel na Campus Party! 

No caso, ganhei o kit de desenvolvimento arduíno-compatível da intel, onde se inclui um Edison e uma placa de desenvolvimento com um header de arduino. Custando quase R$1200 aqui no Brasil (embora lá fora não seja nem tão perto de caro assim), sem dúvida é o presente mais caro que já recebi de alguma empresa!

O Edison em si é a placa a direita, dentro da embalagem de plástico. A esquerda temos a placa de desenvolvimento arduino-compativel.

Review do Hardware

A ideia principal do Edison é ser um hardware stackable. Isso significa que seus acessórios e placas-filha idealmente seguem um padrão e permitem serem empilhadas como na foto abaixo da SparkFun mostra:

Vendo a placa por cima, ela é completamente diferente do Intel Galileo. Nitidamente o foco não é competir com um Arduíno e não diretamente com um Raspberry PI. O Intel Edison foi feito para sistemas de Internet of Things, um conceito que surgiu a pouco tempo sobre “conectar todas as coisas a internet”. Além disso a ideia é facilitar a construção de gadges wearables (vestíveis). Por isso, o Edison não tem GPU (como um raspberry tem) porém tem Wireless N e Bluetooth 4.0 LE, permitindo interações sem fio.

A placa contém um header arduíno-compatível com muitos level-translation e drivers de corrente para tornar a I/O 1.8V do Edison em uma I/O 5V usual de um arduíno, tornando praticamente todos os shields compatíveis com o mesmo.

Do lado direito da placa encontramos 2 portas de entrada micro-usb, uma chave, uma porta USB Host e um power-plug. Um dos conectores micro-usb contém um chip FTDI (FT232) que é basicamente um conversor USB-Serial. Este conversor USB-Serial está ligado a uma porta serial do Edison que contém um serviço rodando que aceita programas da IDE do Arduíno (existe uma versão diferente da IDE no site da Intel) onde você poderá enviar sketches de arduíno da mesma maneira que faz com qualquer Arduíno. Já na outra porta USB você está ligado direto com a porta USB Slave do Edison, onde ao colocar em seu computador disponibilizará uma série de periféricos para ele:

  1. Uma rede Ethernet virtual entre o Edison e seu computador - O edison estará pré-configurado com IP 192.168.2.15 e você poderá acessa-lo via SSH
  2. Uma porta serial virtual - Esta porta serial terá a visualização do boot do sistema inteiro além de um dos terminais do Linux que roda no Edison.
  3. Um dispositivo de bloco formatado com VFAT - Uma parte da memória flash interna do edison é formatada em VFAT para que usuários de Windows possam enviar arquivos para dentro do Edison facilmente.

Ao topo da placa podemos ver 5 botões. Dois são de RESET, um apenas para o shield, e outro para o Edison. Isso é interessante pois nem sempre é necessário resetar todo hardware do Edison (devido ao sketch ser apenas um programa rodando), mas é mais comum ter que resetar um shield. Um botão de POWER (semelhante a de seu computador), um botão para acesso a FIRMWARE RECOVERY e outro botão de MODO RECOVERY. Ao lado desses botões podemos ver também um slot para cartão micro-sd.

Entrando no Edison

Então vamos ao que interessa! Acessar o Edison. Meu primeiro acesso ao Edison se deu no mesmo dia na Campus Party. Eu estava com meu amigo Luckas Judocka que também estava interessado em ver os recursos disponíveis no pequeno computador da Intel. A primeira coisa que fizemos foi (após montar tudo) liga-lo numa porta USB de meu notebook. Eu gostaria de saber se ele poderia ser alimentado pela USB. E para minha felicidade: SIM! ele pode ser alimentado pela porta USB.

Mas vale a nota da Intel: O pico de consumo do Edison pode superar a corrente máxima da porta USB (500mA) e pode haver problemas de estabilidade se o Edison for alimentado pela por USB e ter programas “pesados” usando 100% da CPU e seu Wifi/Bluetooth. No caso do meu notebook eu não me preocupei muito pois as portas USB dele são feitas para External Charging e suportam uma corrente de até 2A. E de qualquer forma para 90% dos casos o consumo do Edison será bem inferior ao limite das portas USB.

Ligado na porta USB (pela porta USB Client direta do Edison) reparei que alguns dispositivos surgiram em meu linux: um USB ACM device, vulga porta Serial Virtual via USB, usada para acessar o terminal do linux rodando no Edison, um dispositivo de blocos de 800MB formatado em VFAT, e uma porta de rede.

Usando o PuTTY e conectando ao dispositivo /dev/ttyACM0 loguei como root (sem senha por padrão no Edison) e fui logo ver o conjunto de instruções:

flags : fpu vme de pse tsc msr pae mce cx8 apic sep mtrr pge mca cmov pat pse36 clflush dts acpi mmx fxsr sse sse2 ss ht tm pbe syscall nx rdtscp lm constant_tsc arch_perfmon pebs bts rep_good nopl xtopology nonstop_tsc aperfmperf eagerfpu pni pclmulqdq dtes64 monitor ds_cpl vmx est tm2 ssse3 cx16 xtpr pdcm pcid sse4_1 sse4_2 x2apic popcnt tsc_deadline_timer aes xsave avx f16c rdrand lahf_lm ida arat epb xsaveopt pln pts dtherm tpr_shadow vnmi flexpriority ept vpid fsgsbase smep erms

Destaquei algumas que me impressionaram, mas no geral o que posso dizer é que ele é um Atom usual de 5 geração. Isso significa algumas coisas para um usuário que não sabe diretamente o que são essas instruções que eu grifei: Maior segurança (isso é importante para IoT) e também mais rapidez em sistemas que usem AoT or JIT como Java e NodeJS (pois estes aproveitam as instruções mais avançadas para otimizar códigos.

Para o meu caso, duvido muito que chegarei a usar todas elas, porém é interessante ter o recurso de SSE para efetuar operações matriciais de ponto flutuante de maneira rápida. Além disso o meu amigo Luckas se impressionou com o fato do Edison ter suporte a AES via hardware (criptografia), pois isso não é tão comum mesmo nos ARMs mais atuais. Além disso o processador aceita extensões de virtualização (VMX) o que permite brincar um pouco com máquinas virtuais dentro do linux instalado (embora haja uma limitação de processador/memória).

Resumo

Ainda preciso fazer mais alguns testes porém o Edison é promissor para o uso num quadricóptero. Planejo portar toda framework da Pixhawk para o Edison e usar ele para processar os movimentos da Pixhawk e adicionar alguns recursos extras de controle. Em breve posto notícias :D

Quadricóptero Millennium Falcon

O entusiasta de quadricóptero Olivier_C criou um quadricóptero Millennium Falcon, da série Star Wars, usando apenas isopor e luzes LED. E o resultado ficou demais!

Ele publicou um passo a passo de como criou a nave no Reddit. Olivier disse que gastou cerca de 20 euros para construir a carcaça do quadricóptero.

Devido ao peso dos materiais, infelizmente ele só voa com 35% da capacidade de…

View On WordPress

Portable Dell Inspiron 11,6" LED tactile du futur, Caractéristiques

Portable Dell Inspiron 11,6” LED tactile du futur, Caractéristiques

Portable Dell Inspiron 11,6” Touch LED viennent avec Intel Pentium Quad-Core CPU, 4 Go de RAM, 500Go disque dur Windows 8.1 Convertible portable,tablette.
Avec le Dell Inspiron, inspirez-vous de redoubler d’efforts et d’avoir plus de plaisir sur la route. Aime la sensation de l’ordinateur portable classique ? L’Inspiron est prêt s’il vous plaît avec des performances quadricœurs lisse et fiable. Ensuite, chaque fois que vous avez envie mobile, mettez autour de l’écran 360 degrés pour le transformer en une tablette de fonction complète avec un écran tactile intuitif. Avec tellement de choses à offrir, ce n’est aucun étonnant que Dell aide à rendre votre journée plus lumineux.


Caractéristiques de Dell Inspiron 11,6” LED tactile


360º ordinateur portable / design convertible en tablette

  • mode Tablet offre un design remarquable de charnière 360º - Retournez le clavier autour et poser à plat sur vos genoux pour surfer sur les médias sociaux, glisser à travers des photos et plus
  • mode stand Tablet vous permet de placer la tablette dans une position verticale pour jouer à des jeux, regarder des films et même suivre vos recettes préférées pendant que vous cuisinez
  • mode Tente de sorte que vous pouvez regarder les nouvelles, le jeu ou rattraper son retard sur vos émissions en position chevalet mains-libres qui prend en charge l’interaction tactile complète
  • mode ordinateur portable offre un clavier pleine taille à discuter avec des amis, répondre aux courriels rapidement, mettre à jour des feuilles de calcul budgétaires de la famille et tout ce que vous aimez


Intel Pentium processeur quad-core

  • Quatre cœurs de traitement signifient excellente performance pour vos besoins informatiques quotidiens


Tactile écran large Full HD avec rétroéclairage LED

  • La technologie multi-touch permet à vos doigts interagir plus naturellement avec l’écran
  • Touchez pour surfer sur Internet, regarder des films, jouer une chanson, feuilleter des photos et plus
  • Lancer vos applications préférées
  • Transformez votre bureau en une toile personnelle, où vous pouvez créer, de communiquer et de cataloguer votre monde numérique
  • Prise en charge de 1366 x 768 résolution haute définition
  • LED rétro-éclairé pour une image dynamique et un fonctionnement efficace de l’énergie


Webcam intégrée avec microphone

  • Connectez-vous facilement avec des amis et la famille en face-à-face à travers les miles


4 Go de mémoire DDR3L

  • Fournit mémoire dynamique pour le multitâche améliorée, l’accès aux fichiers rapide et jeu fluide et des performances multimédia


500Go de disque dur

  • Stockage sur le pouce amplement pour votre applications, documents, vidéos, photos, musiques et jeux


Wi-Fi N et Bluetooth 4.0

  • Profitez d’une connectivité sans fil rapide et fiable à la maison ou sur la route lors de l’accès public Wi-Fi hotspot
  • Connecter sans fil avec votre smartphone, tablette, casque et d’autres périphériques Bluetooth compatibles


Sortie HDMI

  • Profitez de votre contenu sur un téléviseur HD (câble vendu séparément)


8.1 système d’exploitation Windows

  • Combine la vitesse, la fiabilité et une interface application amusante
  • Live Tiles constamment à jour avec des nouvelles, la météo, les flux de réseaux sociaux et plus
  • Lancer instantanément des applications préchargées, y compris divertissement, de nouvelles et de titres de productivité
  • Télécharger des applications supplémentaires à partir du App Store de Windows intégré.
  • Ramène le bouton Démarrer et comprend des moyens plus faciles à rechercher



Spécifications de Portable Dell Inspiron 11,6” LED tactile


Système d’exploitation : Windows 8.1
Carte mémoire : Cartes de mémoire supporte SD
Carte graphique : Intel HD Graphics
Audio : Haut-parleurs stéréo ; microphone intégré
Adaptateur sans fil: Wi-Fi 802.11b/g/n ; Bluetooth 4.0
Carte réseau filaire : 10/100 Ethernet LAN
Clavier : Standard
Dispositif de pointage : Touchpad multi-touch
Ports: 1 USB 3.0, 2 USB 2.0, HDMI (1), (1) prise de combo casque/micro
Batterie: 3 cellules au Lithium-ion (autonomie dépend de son utilisation et des réglages)

Prix de Portable Dell Inspiron 11,6” LED tactile


le Dell Inspiron 11,6” LED Tactile prix est environ 680 EUR


http://3.bp.blogspot.com/-2JUOxKcNndQ/VO-7Eg5XGRI/AAAAAAAADec/CFtIu4DliYc/s1600/dell-inspiron-116-touch-quad-core.jpg
from android gameshttp://1technouvelles.blogspot.com/2015/02/portable-dell-inspiron-116-led-tactile.html
via Android Games

MeshLab is an advanced 3D mesh processing software system which is well known in the more technical fields of 3D development and data handling. MeshLab is free and open-source software, subject to the requirements of the GNU General Public License (GPL), version 2 or any later, and is used as both a complete package and a library powering other software. MeshLab is developed by the ISTI - CNR research center; initially MeshLab was created as a course assignment at the University of Pisa in late 2005. It is an open-source general-purpose system aimed at the processing of the typical not-so-small unstructured 3D models that arise in the 3D scanning pipeline. MeshLab is oriented to the management and processing of unstructured large meshes and provides a set of tools for editing, cleaning, healing, inspecting, rendering and converting these kinds of meshes. The automatic mesh cleaning filters includes removal of duplicated, unreferenced vertices, non manifold edges, vertices and null faces. Remeshing tools support high quality simplification based on quadric error measure, various kinds of subdivision surfaces and two surface reconstruction algorithms from point clouds based on the ball-pivoting technique and on the Poisson surface reconstruction approach. For the removal of noise, usually present in acquired surfaces, MeshLab supports various kinds of smoothing filters and tools for curvature analysis and visualisation. It includes a tool for the registration of multiple range maps based on the Iterative Closest Point algorithm. MeshLab also includes an interactive direct paint-on-mesh system that allows to interactively change the color of a mesh, to define selections and to directly smooth out noise and small features. MeshLab is available for most platforms, including Windows, Linux, Mac OS X, and, with reduced functionality, on iOS and Android. The system supports input/output in the following formats: PLY, STL, OFF, OBJ, 3DS, VRML 2.0, U3D, X3D and COLLADA. MeshLab can also import point clouds reconstructed using Photosynth.

meshlab.sourceforge.net

CES 2015: The Qualcomm Snapdragon Cargo flying drone

CES 2015: The Qualcomm Snapdragon Cargo flying drone

A Qualcomm é de longe a maior fabricante de chips para celulares do mundo, e na CES 2015 (Consumer Eletronic Show) eles fizeram a demonstração de um protótipo “hybrido quadricóptero X8-Veículo Terrestre” Ele utiliza um processador Snapdragon 800, utilizado no smartphone Nexus 5 e muitos outros e ainda possui visão 3D para reconhecer objetos.

O objetivo é demonstrar que os processadores deles…

View On WordPress