puros

Non capiva mai nessuno quanto amore ci mettevo, anche solo per guardarti in faccia.
—  Erri De Luca (via ilsentierodellamore)

Bored at a meeting and all I can think of is bourbon 😭😭😭😭

#KnobCreek

#Repost from @knobcreek
👍🔃🔖🏃
Like, Repost, Tag & Follow Us on 👇

www.Facebook.Com/CigarsAndWhiskeys
Www.Flipboard.Com/@CigarsWhiskeys
Www.Twitter.com/CigarsWhiskeys
Www.CigarsAndWhiskeys.Tumblr.Com

#Cigar #Cigars #Botl #Sotl #Partagas #Cohiba #Habanos #Montecristo #Puro #CigarAndWhiskey #CigarsAndWhiskey #CigarsAndWhiskeys #Bourbon #Scotch #SingleMalt #Whiskey #Whiskeys #Whisky #Whiskies #Rye

Tu sei come l'aria che respiro, sei la mia forza, sei il mio ossigeno, tu sei tutto ciò che voglio dalla vita, senza di te la mia vita non avrebbe un senso.

anonymous asked:

Qué bueno que lo hacen, la verdad es feo entrar al blog y leer puro odio :( Ustedes son las mejorrrrrres 💓.

No es sano, no entiendo el odio hacia nosotras o las Larries. Pero bueno, esperamos haber tomado la decisión correcta, este blog supone ser un espacio libre y sano :)

¡Gracias, amor!

x

Mahirap sumulat ng tula kapag nagmamahal ka.

Sa totoo lang,
Mahirap magsulat ng tula;
Kapag nagmamahal ka.

Bakit?
Di ba dapat mas madali?
Na mas puno ang emosyon at walang ramdam na hapdi?
Pero sa totoo lang,
Bilang sumusulat ng mga tula;
Mahirap magsulat ng tula;
Kapag nagmamahal ka.

Kapag nagmamahal ka ng masaya,
Ang hirap sumulat ng tula.
Kasi, puro pangalan niya lang ang maiisip mo.
Puro saya lang ang maaalala mo.
Mahirap magsulat ng tula kapag nagmamahal ka.

Mahirap kasi,
Mahirap magtagni ng mga salita.
Kasi naiisip mong tama ba ang mga pinagdudugtong na parirala?
Kasi'y minsan di sapat ang mga pangungusap;
Para punan ang damdaming nangungusap.
Sa kanya na iyong minamahal;
Mahirap sumulat ng tula.

Mahirap kasi,
Akala mo yung mga salitang nasa rurok ng paglalarawan,
Di kayang higitan ang mga niyang pangalan;
O larawan na gusto mong isabit sa pader ng puso,
Mahirap magsulat ng tula kapag nagmamahal ka.

Tapos yung pakiramdam,
Na di mo napapaliwanag.
Walang panulat na kayang pumantay;
O mga tintang kayang sumabay–
Sa pag-ibig ng lirikong umiibig.

Kaya siguro,
Pag umibig ako, at may magbalik ng pag-ibig;
Baka di na ako magsulat muna…
Kasi mahirap sumulat ng tula
Kapag nagmamahal ka.

Oi pai, vim lhe escrever essa breve carta, só pra lhe contar sobre a vida, sobre o que aconteceu comigo desde que você partiu. Aconteceu tanta coisa pai, mas tanta coisa que você nem vai acreditar. Eu me machuquei tanto ao longo desses anos, ganhei pessoas maravilhosas e outras nem tão maravilhosas assim, umas estão comigo até hoje e outras, bem, as outras se foram… Eu me apaixonei também, pensei que era pra sempre, mas aí acabou, me fez chorar, e eu pensei que nunca mais iria amar de novo, até que eu conheci alguém que mudou tudo pai, alguém capaz de fazer sua garotinha feliz, alguém que me fez acreditar no pra sempre outra vez, me fez acreditar em um amor puro e lindo, o senhor faria cara de bravo se eu lhe apresentasse, pois ninguém é bom o suficiente pra sua garotinha, era o que me dizia, lembra? Mas pai, ele é suficiente pra sua pequena, sei que senhor gostaria muito de o conhecer, ele é tão especial, um anjo que veio pra cuidar de mim, por isso não se preocupe, ele esta cuidando muito bem de mim. Pai eu sinto tanta a sua falta, mês passado foi seu aniversário e eu cantei parabéns bem baixinho, só pra você escutar daí de cima, a mãe ficou calada a maior do dia como ela sempre faz nessa data, ela também sente sua falta, todos os dias ela ainda ora muito pelo senhor, pede pra Deus cuidar bem do amor da vida dela, acho tão lindo esse amor que ela tem por você, mesmo depois de 9 anos, ela ainda o ama com todas as forças e nunca se quer olhou pra outro homem, seu lugar no coração dela é único pai, e sei que esta feliz ai de onde esta, pois suas garotinhas cresceram, seu garotinho cresceu, sei que esta orgulhoso de onde estiver. Sabe aquela promessa que me fez? De nunca me deixar? Ela não foi quebrada, eu te sinto aqui comigo, todos os dias, sei que segura minha mão sempre que preciso e obrigada por ter sido meu herói, por me ensinar que na vida tudo vale a pena, que nossos sonhos são possíveis, e o mais importante, que o amor vence qualquer barreira. O nosso venceu todas as barreiras, sei que ele ainda vive aqui dentro de mim, sei que dentro do meu peito você ainda vive. Eu ainda sou sua pequena garotinha, mais assustada e menos corajosa, mas que sempre vai te amar com todas as forças.
—  Uma carta, para o meu Herói.

Aproveita o dia e faze o melhor, amando sempre. Plasma a obra que vieste realizar entre os homens, enquanto o apoio do tempo te favorece. Suporta com paciência as vicissitudes da estrada e aceita, nas circunstâncias difíceis, a justiça da vida que volta a pedir-te contas. Na tarefa mais obscura, apõe o selo da bondade, e, na conversação mais simples, modela a palavra luminosa do entendimento. Abraça em cada pessoa que te cruze o caminho, alguém que te leve mais longe a mensagem de auxílio, e, em cada página, por mais pequenina, que te registre o pensamento, grava o amor puro que te verte do ser. Observa o relógio impassível. Minuto marcado é valor que não torna. Terás, sim, outros minutos, mas em novo dia, em novo problema, em nova situação e em nova paisagem. Toda criatura terrestre, embora não perceba, vive a despedir-se do mundo, pouco a pouco, despachando, cada dia, com os próprios atos, a bagagem que encontrará na estação de destino. Use, desse modo, as forças que Deus te empresta, na construção do bem, porque, amanhã, quando a morte chegar, compreenderás, por fim, que tudo quanto fizeste aos outros a ti mesmo fizeste.

Meimei,
psicografia de Chico Xavier

Sa tanong na: “Gaano ka na katagal sa Tumblr?”

You must be new here?! Joke at talagang hindi ko sinagot yung tanong diba? Pero dahil mabait ako at di naman ako busy na sumagot sa mga katanungan, sasagutin ko siya. Malapit nang mag-anim na taon ang blog ko.

June, 25, 2010. Yan ang araw na una kong ginawa tong blog ko. Noong una, hindi pa nga ako masyadong active eh. Clueless ako. “Paano ba tong Tumblr na to?”, tanong ko sa pinsan ko na nag-introduce sakin nito. Hanggang sa may mga finollow na akong blogs tas reblog reblog na ng mga stuff. Uso pa dati yung mga pictures na may mga quotes tapos typographies. Yan, puro ganyan yung blog ko. Tapos wala akong masyadong friends dito kaya puro TA TA lang sa mga famous para kapag pinublish nila, makikita yung blog ko sa dash then magkakafollowers na ako. FAMEWHORE AMP. Pero ganon talaga.

December 21, 2010. First ever meetup na inattendan ko. Sa MOA seaside yon. Nag-iinternet ako sa Library ng school nung mga araw na yon tapos ininvite ako ng friend ko na sumama raw sa meetup and then the rest was history. Naging suki na ako ng meetup siguro until early 2015. Syempre pabibo ako noon sa meetups dahil famewhore nga diba kaya mas nagkaroon ako ng maraming friends at kada na rin. Nakakamiss na magmeetup grabe mas lalo kong namimiss lahat ng mga nakilala at nakaclose ko noon na hindi ko na masyadong nakikita at nakakausap ngayon. Ang lungkot pero ganon talaga.

So, sa tanong na “gaano ka na katagal sa Tumblr?” ang masasabi ko lang, matagal-tagal na rin. At magtatagal pa ako dahil wala akong balak magdeac o iwan tong blog ko. Sobrang dami na kaya naming pinagdaanan. Naka-ilang haters din ako at pambabash pero nandito pa rin ako. Halos lahat na ata ng klase ng tao, nakilala ko na dito sa Tumblr eh. Dito lang ako kasi ganon talaga.

anonymous asked:

Non credo che l'amore sia reale ne tanto meno puro. Penso sia un qualcosa che ci siamo creati noi umani per delle mancanze avute o per desideri carnali, ma non sappiamo neanche minimamente cos e l'amore ne se esiste e io non penso esista infondo il per sempre non esiste e delle persone ci si stanca o se ne trova di migliori e come può essere questo l amore? Davvero amare vuol dire mettere qualcun altro al primo posto? Non credo. E solo un autopia per dare del bene senza avere scuse .G.

E’ un pensiero piuttosto cinico, che non condivido. 
Credo proprio che tu non abbia ancora incontrato l’amore, quello vero, altrimenti non parleresti così.

*~Riflessô~*

http://exursus.tumblr.com/

*~…Sempre implacabile
si fa il pensiero e il
suo riflesso…
Ne percorro i sentieri
follemente e tu ritorni
nel mio cuore a scolpirlo…
Inni di puro ardore e il sangue
ribolle e il mio corpo trema…***
*~Titty

da: “La Cripta”

© 2013 Titty Perrone - Tutti i diritti riservati

5 subjects namin bukas tapos 1st subject computer long quiz tapos 2nd subject economics quiz din puro computation pa at may bunos na identification tas 3rd subject ang pinaka-nakakaiyak quiz sa philippine history article 1 to 3 tapos mahal na mahal naming math of investment oral recitation and for the final touch isang quiz sa hbo sulit ang weekend ko bukas wooh tas ito ako nagbblog parin hahahaha tangina.

  • Jie:Babe punta lang ako saglit kila jai. Birthday po.
  • Me:Okay babe, don't drink too much, if ever. And good boy okay?
  • Jie:Yes babe. Puro boys lang po.
  • <b>Ay, ang bait naman ng boyfriend ko tonight.. Haha! Dejk. I love this about him, nag papaalam siya whenever may night out sila ng mga friends niya, he will even send me a picture ng ginagawa nila. Haha! Siguro hindi lang talaga ako yung tipo ng gf na sobrang higpit sa boyfriend, okay lang sakin as long as nag paalam siya. And walang girls dapat syempre, selosa ako eh. Hahahaha</b>🙅🏻

Eu sei, todos sabem, você sabe. Sabe do dia em que enfim tomamos coragem e tentamos mais uma vez por nós, mas parece que nada fazia muito sentido já que nós éramos tomados pelo sentimento, puro e cru. Acho que isso era o que tínhamos de mais bonito, era impulsivo, era leve só existia vontade de mim em você e de você em mim, mas parece que aquilo acabou não sei dizer quando nem por que só aconteceu.

Eu quero ver aquele sentimento de novo me ajuda, vamos começar de novo, só nós dois sem culpa, sem ninguém no meio. Sem aquele meu amigo que dava em cima de mim na sua cara pra te deixar irritado, sem aquela sua amiga que me odiava, sem sua mãe mandando no nosso jeito de amar, sem meus pais regulando meu tempo com você, sabe sem pressa sem pensar no amanha, só nós numa noite fria vamos fugir do mundo por umas horas e aproveitar nosso sentimento impulsivo e cru, sem nada pra atrapalhar, desliga o celular e fica mais um pouco aqui. Prometo te fazer feliz com meu jeito de maluca, aquele jeito que você ama desde que me conheceu, prometo não reclamar do seu jeito meio marrento quando as coisas não são como você quer, mas promete me dar aquele sorriso lindo que você sempre me dava depois dos nossos beijos apaixonados, me diz que me ama quando estiver braba, diz que sou a pessoa mais incrível do mundo mesmo que eu errei o açúcar da sua sobremesa favorita, mas me ajuda da próxima vez, eu juro te amar quando o mundo virar as costas pra você, e também quando ninguém acreditar no seu sonho, eu vou acreditar em você.

Vamos fugir algumas horas e sermos um do outros, vamos ser felizes na nossa realidade, esquecer o resto ser um do outro, sem pressa sem medo, eu prometo não te machucar, se você prometer não deixar de me amar. Vamos lapidar esse amor cru que sentimos, sem perder a essência, me ajuda a crescer, eu te ajudo a ser mais feliz prometo. Eu vou te amar mesmo que seu sonho seja diferente do meu, mesmo que os caminhos sejam diferentes, sem pressa lembra?

Só nós dois, quem sabe demore um pouco pra sermos assim, demore um pouco pra tudo entrar nos eixos, mas eu te espero, pra sempre.

—  Um anjo esquecido
António tinha problemas com métodos, ele fazia sempre a mesma coisa mas quase sempre de forma diferente, eu, por outro lado, era impresivelmente previsível, nunca fazia o mesmo mas fazia-o sempre da mesma forma. Todos sabiam, o primeiro soco vinha sempre pela direita seguido por um pontapé da esquerda, e eu não fazia questão de mudar. Não importava a tarefa ou a batalha, no fim eu ganhava. António não lutava, ele e aquele tamanho desmedido eram ameaçadores demais para confrontos, os olhos escuros, contrários aos meus eram calmos, os cabelos encaracolados, contrários aos meus eram revoltos e o sorriso… Já falei do sorriso? O mais puro que alguma vez vi. Se um dia alguém me dissesse quem ele era eu não acreditaria, mas eu acredito, eu vejo a dor todas as noites, vejo a coleção aumentar com os anos, sinto os danos aumentarem em mim. Acima de tudo eu acredito porque eu sei, porque ajudo, porque o meu irmão não é só de criação, é de sangue, de crime, de coração.
—  Isto não é uma crônica II, Cristina Lemos