proteja me

Eu só preciso de colo. Preciso de alguém que me acolha e, por algum tempo, me proteja desse mundo. Alguém que me faça esquecer dos problemas, que pegue esse vazio e mande pra bem longe. Eu não quero falar sobre, e preciso de alguém que entenda isso e mesmo assim fique comigo, sem falar nada, apenas me aconchegando dentro de um abraço.
—  Sitular.
Status Namorados 💑💞

• Meus dias são mais felizes contigo.

• “É bom saber que existe alguém que te ama de verdade. ”  💘

• “Tem umas trocas de olhares que a gente nunca esquece”.  👌 💘

• Te quero essa noite, você bagunça minha cama e eu bagunço seus cabelos. 😍 💞

• A gente se apega e nem percebe… 😌 💕

• Alguém que te faz rir, te faz chorar, te faz querer mudar, te faz querer ser um alguém melhor 💖

• Teu cheiro. Tua voz. Teu jeito. Tua safadeza. Tua meiguice. Tua boca. Você.  💕

• “Um dia, você vai perceber que quem é verdadeiro vai estar do seu lado, até mesmo quando você menos merecer.”  😌 💞

• Tem gente que chega e muda os nossos planos, e faz a nossa vida caminhar pra frente… 💍💒❤

• Até que a morte nos separe é muito pouco pra mim. Preciso de você por mais de uma vida.♥

• Me segura, me proteja, me abraça forte e diz que vai ficar tudo bem. Só isso. Mais nada! 👫💖

• Era amizade, até virar amor 🙈😍

• Você me bagunça e ao mesmo tempo me completa. 💗

• Te amo apesar de tudo ou talvez por causa de tudo..❤

• Minha missão é te fazer feliz e dessa missão eu não vou desistir nunca♥

• Você é o erro que solucionou o meu problema! ♥

• Eu quero estar com você apesar das Brigas, Risos, Raiva e Ciúmes, mas sempre quero está perto de você ❤👫

❤  Se pegar ou gostar dê like/reblog  ❤ 

Tan fría como el hielo en la boca
y el alma desnuda.
Fría como el cielo sin ropa
y el aire de altura.

Contradictoria como un huracán que abraza
y un terremoto que construye,
como un terreno de agua mansa
y un mar de tierra firme.

Utópica como el final de lo infinito,
caótica como una rosa sin espinas
y espléndida como el reflejo de la luna
brillando fuerte de día.

Eterna como las palabras de un poeta,
misteriosa como la profundidad de un silencio.
Amante, llena de pasión y deseo,
y cruel llena de indiferencia y ceguera.

Así me quisiste, tal cual era.
Sin cambiarme nada,
ni mi apatía incomprensible, siquiera.

Fuiste a por la rosa y terminaste
llevándote el jardín entero.
Viniste por un beso
y ahora te estoy
entregando mi vida.

Ni te vayas tan lejos porque te quiero cerca
ni esperes que te quiera si vas a irte.

Quiero abrir tus brazos para encajar contigo
que me abraces, me protejas y te sienta mío.
Ser de tus risas y tus horas de incertidumbre,
ocupar tus pensamientos cuando estás a solas.

Quiero que me encuentres cuando te sientas perdido
y bailarte en la sombra de cualquier esquina.
Ponerle mi nombre a tus insomnios
y viajar al centro de tus sueños.

Quiero que me hagas tuya mientras escribes,
ser el pañuelo de tu tristeza,
amordazar el invierno de tus manos vacías
con las promesas y planes que tengo para entregarte.

Quiero acompañarte y verte crecer conmigo, tan alto,
que podamos compartir las mejores vistas desde arriba.
Y que si nos toca caer, hacerlo con ganas, hasta el fondo.
Porque podemos renacer juntos.
Dejar atrás el fatalismo de una vida carente de sentido
y entregarnos al calor de estas llamas
que arden entre las cuatro paredes de mi cuarto
y en donde nace el paraíso,
entre la tierra de este mundo y el cielo de tus brazos.

Querido,
la poesía la dibujas tú mientras me tocas.

Que sepas que nunca creí en el amor
pero hoy creo en nosotros.
Y esa me parece la manera más bonita
de seguir causando incendios con mis textos
mientras tú sigas siendo el combustible.
—  Beatriz Allca
“Te extrañé hoy. Te lo diría directamente pero sigo en la etapa de la negación. Así que lo escribí por aquí, para que lo leas, pero no estés seguro si es para ti; para que lo sospeches, pero no puedas confirmarlo; para que la duda me proteja mientras a ti te hace sonreír”.
Não, eu não quero um amor tranquilo, alguém para ficar de boa. Eu quero um amor para fazer escândalo com a gargalhada de madrugada. Quero alguém que compre minhas brigas, alguém me ajude a proteger os mais fracos. Quero alguém que me pegue com força, mas que também saiba a hora de dar carinho. Alguém que me ensine a ter mais paciência com a minha mãe, a guardar mais dinheiro no banco, a elogiar o trabalho legal das pessoas, só para elas irem felizes para casa. Quero um amor que termine o filme em prantos junto comigo ou que me proteja de um possível jump scare. Quero alguém que me dê vontade de foder na escada do prédio e um imenso orgulho de apresentar no domingo em família. Eu não quero um amor tranquilo, quero alguém que seja capaz de virar minha vida de ponta cabeça.
—  Guilherme Pintto
Goste, mas devagar. Naturalmente. Não me odeie, de jeito nenhum. Eu morro com isso, faz realmente diferença. Não me trate mal, nem com descaso, cuide de mim, me proteja. Dê colo e carinho, mas só quando eu pedir. Mas preste atenção em mim, eu posso pedir com um breve olhar. Não se rebaixe, seja orgulhoso. Com todos, e comigo menos, mas não tão menos. Faça sentir falta de carinho, atenção, conforto e proteção. E me mime, sendo o único que pode oferecer isso, e ofereça, mas só quando eu pedir. Quando eu estiver me acabando, a beira do choro me resgate. Faça-me enxergar. Elogie-me, concorde comigo, aos poucos, sinceramente. E discorde, se conseguires me mostrar o outro lado. Ajude-me a encontrar um equilíbrio, e venha comigo, mas traga outros junto. Não pretendo me isolar. Faça-me sofrer. Mas me faça sofrer só quando eu gostar de ti e for gostada. E sempre, sempre, da forma mais sutil possível.
—  Mac Muller
Amo mi soltería pero a veces, quiero tener a alguien conmigo, escuchando mis estupideces, y mis sueños, un buen amigo, que me entienda, un hermano que me proteja, un novio que me enamore día a día, no pido que sea mi pareja, pido que sea, mi amigo, mi hermano, mi compañero de aventuras, mi psicólogo, el tipo que me haga enojar pero que también sea el mismo tipo que sabe como contentarme.... No es que no me guste mi soltería solo es que me aburro de que nadie me calle con un beso, o me haga sacar la chica cursi que aun no conozco.
Padre nuestro, de todos nosotros, de los pobres, de los sin techo, de los marginados y de los desprotegidos, de los desheredados y de los dueños de la miseria, de los que te siguen y de los que en ti... Ya no creemos. Baja de los cielos pues aquí está el infierno, baja de tu trono, pues aquí hay guerras, hambre e injusticias. No hace falta que seas uno y trino, con uno solo que tenga ganas de ayudar nos bastaría. ¿Cuál es tu reino?, ¿El vaticano?, ¿La banca?, ¿La alta política? Nuestro reino es Nigeria, Etiopía, Colombia, Hiroshima, el pan nuestro de cada día son las violaciones, la violencia de género, la pederastia, las dictaduras, el cambio climático. En la tentación caigo diario, no hay mañana en la que no esté tentado de crear a un Dios humilde, justo, un Dios que esté en la Tierra, en los valles, los ríos, un Dios que viva la lluvia, que viaje a través del viento y acaricie nuestra alma, un Dios de los tristes, de los homosexuales, un Dios más humano, un Dios que no castigue, que enseñe, un Dios que no amenace, que proteja, que si me caigo me levante, que si me pierdo, me tiende a su mano, un Dios que su hierro no me culpe y que si dudo me entienda, pues para eso me dotó de inteligencia, para dudar de todo. Padre nuestro de todos nosotros, ¿Por qué nos has olvidado?, Padre nuestro, ciego, sordo y desocupado, ¿Por qué nos has abandonado?
“Dios, te pido que lo protejas mucho y me lo cuides, se que él no cree en ti, pero yo si, tu sabes lo mucho que lo quiero, sabes muy bien las veces en las que me la paso preocupada por el, se que el es medio loco pero por favor no lo abandones, dale fuerzas para seguir adelante, hazle ver que no todo es malo , hazle abrir los ojos ante las cosas malas que hace.., yo tengo que retirarme pues saque tarjeta roja y fui a banca a observar como era mejor alejarme de él por mas que no quisiera,pero era necesario hacerlo yo solo soy un obstáculo, Dios.. tu mas que nadie sabe lo mucho que lo amo.., dale razones para levantarse cuando esta mal o cree que todo esta perdido, hazle ver que tiene maravillosas personas a su lado, pero más que nada hazle saber el significado de querer y poder..”
Obviamente eu não quero alguém perfeito, me dá tédio só de pensar em alguém fazendo tudo certo sempre. Aprendi a conviver com as diferenças e até admirá-las. Mas, definitivamente, não aceito ter metade de alguém, ser meio amada, sobreviver de migalhas num relacionamento falido ou fadado a falência. Aliás, não quero ter nem ser de ninguém. Quero algo além desse sentimento de posse, quero a entrega todo dia, por vontade própria. Sem contratos de amor eterno. Que o meu alguém tenha mil defeitos, seja o oposto de todas as minhas idealizações, mas que me ame com o coração e a alma, me respeite, cuide de mim, me proteja. Sem sufocações, sem pressões, um amor leve e sem cobranças. Que a gente não criasse vínculos de dependência, mas que o nosso vício fosse nós.
—  Tati Bernardi.
Si te pudiera pedir una última cosa sería una abrazo. Te pediría que me dejaras esconderme en tus brazos, de este mundo que tanto odio; que me protejas un rato de todas mis tristezas. Un abrazo, para poder darte un poco de todo el amor que aún siento por ti y protegerte de tu soledad por última vez. Un abrazo, para tomar fuerza y poder enfrentar todo este dolor que me provoca tu ausencia.

Digo para mim mesma que não preciso de ninguém, que vivo bem sozinha. Mas eu preciso, B. Preciso de carinho, de amigos, de amor. E eu nem sei mais se ainda sinto a falta dele, dos momentos que tivemos ou se é apenas carência. Porque não sei encontrar amor em qualquer lugar, B. Não sou como ele, não sou como as outras pessoas. Se não for verdadeiro, eu não quero. Se for unilateral, eu não aceito. Quero algo real, algo que aqueça a alma, que me cuide e me proteja. B, eu escuto as pessoas falarem de amor como se fosse algo qualquer, escuto as pessoas zombando do amor que lhes é dado, porque não querem uma pessoa só, enquanto é exatamente isso que quero. 

Talvez tudo que eu escreva, me proteja de toda minha loucura. Lidar com as palavras nunca foi meu forte, mas basta um pedaço de papel e uma caneta qualquer, para as coisas fazerem sentido. Na vida me perco, e você só me encontrará em meio a essas palavras, um pouco confusas, que verás por aí.
—   Wilian Plantz.