prosinha

Ipêzinho Amarelo

Procura-se minha planta de estimação 
Ela e bem frondosa e bem amarela. 
Não, isso é bem meio de quem quer puxar a sardinha pro próprio lado. Bem frondosa não é não. É que é tão querida que bem que se parece bem frondosa. Bem amarela até que pode ser. Tem bastantes flores, por quase todo ano. Bem amarelas. Bem bonitas elas, meus bens. 
È toda mugangueirinha, que muito me satisfaz, e os me deixas que dá, são sempre pra tornarem a prender-me. Perder-me, de grande solidão-saudade. Seus me-deixas costumam a terminar, em períodos de farta alegria de volta. È bem gostoso. Mas as vezes, como agora, some como se tivesse raiz-perna, bem ligeira, e torna assim minha tristeza flagelo; outra vez. 
Triste mesmo é que sumiu meu ipêzinho, minha alegria. Fujão. Tão lindo que é do mundo, tão querido meu, que é bonsai-coração. Pequenininho. Minha alegria, meu xodó. O problema é que sumiu, e dessa vez parece não querer voltar. Padece, padeço. 
Tem até aquele autor que disse pra tristeza buscar a alegria. Ha! como se tristeza fosse mensageira né? Ou até boazinha. Vê se pode. Mas eu quase cairía no ridículo de gesto bobo repetir, gesto desse aclamado autor, tamanha minha tristeza. Ra tristeza não tenho xamego não, mas pro meu ipêzinho amarelo. Ô! Saudade. Quero é minha alegria de volta. Vai minha tristeza e diz ao meu ipêzinho que sem meu ipêzinho que assim não pode ser. 
Ahhh! Ta vendo, não aguentei e o fiz. Agora bobo sou eu de estar seu meu ipêzinho. Quero meu ipê. Danado. Minha alegria ainda há de voltar. Procura-se minha alegria-ipê-amarelo-planta-de-estimação. Recompensa-se bem. 

28 de Agosto de 2006

  deus sabe o quanto ando fugindo dessa figura de deus senhoril, pai ditador, controlador de tudo. chamo de deus minúsculo, maiúsculo, feminino, masculino, singular, plural. deus pra mim tá em tudo vívido, que emitiu, emite ou emitirá um mínimo de amor. deus que dá livre arbítrio, possibilidades, consolo se não deu certo - e até mesmo se deu. “meu, deus, ela fez uma prosinha sobre deus e nem usou letra maiúscula, joguem ela na fogueira”. todos os dias os filhos de deus colocam seus irmãos nas chamas pela interpretação diferente de seu senhor. e desse senhor eu me esquivo. não é assim que funciona pra mim. deus que me perdoe, mas não é assim que eu o vejo.