primeiro-de-abril

Todo dia é dia da mentira.

Não é só o dia 1° de abril que é o dia da mentira. Nós mentimos todos os dias, toda hora. Mentimos para os outros e até para nós mesmos. Fingimos tão bem, que passamos acreditar nas mentiras que contamos. Uma bem comum é a “estou bem”; quantas e quantas vezes você disse que estava bem apenas para evitar desabafar? Inúmeras, né?! Nós mentimos tanto que nem percebemos. Ocorre o tempo todo: mentiras grandes e pequenas. Algumas para o nosso bem, outras para o bem dos outros e também há as que são apenas para prejudicar alguém. Mentimos sobre nossos sentimentos, sobre trabalhos, amizades; mentimos sobre coisas bobas e coisas importantes. Mas a pior delas é mentir sobre os sentimentos, quando você diz que não ama mais alguém, ou mente sobre qualquer coisa relacionada a isto; afinal, a quem você está tentando enganar, se não a si mesmo? É totalmente desnecessário o “dia da mentira” quando elas estão por ai durante o ano inteiro. Essa data foi nomeada assim apenas para que possamos dizer algumas verdades e caso não saia como o planejado, é só dizer “é brincadeira, 1° de abril, haha, te peguei!” mas no fundo, você sabe: mentir pra si mesmo é a pior mentira.

1º de abril, não é mesmo? Parabéns pelo seu dia, parabéns pelas falsas juras de amor que você me deu, parabéns por cada lágrima que você me fez derramar, parabéns por cada batida em vão que meu coração deu por você, parabéns por deixar cicatrizes tão profundas em mim que até hoje não consegui superar, parabéns por me abandonar quando mais precisei de você, parabéns por ter roubado pedaços de mim, parabéns por ter levado esses pedaços consigo, parabéns por me fazer um homem mais frio hoje em dia, parabéns por acabar com os sonhos de menino que um dia cheguei a ter, parabéns por me fazer uma pessoa menos feliz, parabéns por tornar as minhas noites mais longas, parabéns por se tornar o motivo da minha depressão e parabéns por destruir a minha vida. É, eu confiei em você até o último fio de cabelo, eu me doei inteiro, disse que era seu e apenas seu. Tudo que eu recebi foram ilusões de alguém que nunca nem ligou pra mim, nunca se importou com o que eu sentia ou pouco demonstrava isso. Mas quer saber? Graças à você eu estou forte agora. Sozinho, mas forte. Um dia eu terei a minha casa, o meu marido, os meus filhos e você estará com a sua “esposa”, fingindo ser feliz e verdadeiro. Mas aí, um dia você vai beber demais, vai sair de casa, encontrar o primeiro viado que aparecer na sua frente e vai convidá-lo para a moita mais próxima. Vai começar a beijá-lo, tirar a bermuda com tanta voracidade quevai colocá-lo de quatro só pra saciar o prazer que você não sentia fazia muito tempo, e aí tudo que vai sobrar é o seu remorso, você vai se sentir culpado e eu não estarei lá para te apoiar, te dizer palavras bonitas ou até juras de amor antigas. Hoje eu descobri que algumas pessoas não possuem aniversário, possuem doniversário. Comemoram não só o dia do seu nascimento mas também o dia da mentira, e claro, você é uma delas. Portanto, feliz doniversiário, meu bem.
—  Datilógrafo
Evento de Primeiro de Abril!

Bem simples jovens, ao acessar o Eldarya neste dia tão troll você notará que seu mascote mudou para… Um peixe. Feio. Que fica pulando que nem um magikarp.

Esse é nosso novo amigo. Blobby. Ele tem só 10 de energia e 0 de sorte. Mas caso esteja querendo surtar por ser mascote lendário de +300 de sorte ou até mesmo seu humilde inicial que é mais legal que esse peixe… Calma! Uma vez que você saia para explorar com o Blobby ele voltará com o seguinte item:

Para então sumir e seu mascote original voltar do limbo onde o Nathaniel se esconde.

Dica: Mande o Blobby para o QG ou os Jardins, onde só precisa de 5 minutos para retornar ;)

Vlw Flw

01/04/2016

É primeiro de abril, mas sinto que já estou mentindo faz tempo, não fazendo piadas bobas para outras pessoas, ou iludindo alguém além de mim mesmo. Minto pra mim quando digo que não sinto falta do seu perfume e dos teus costumes, minto pra mim quando digo que não sinto vontade de te beijar toda vez que eu te vejo, minto pra mim quando afirmo que não sinto ciúmes quando alguém se aproxima de você e me iludo sozinho quando digo com todas as letras que você não significa nada pra mim. E mesmo que tudo isso seja mentira, eu nunca vou assumir pra você, porque eu não te amo, mas é primeiro de abril.

Flávio Emanuel