primeiro-de-abril

Quando você disse: “Acabou!”. Eu corri para ver o calendário, imaginando que fosse primeiro de abril. Quebrei a cara, não era.
—  Poxa, Bia.
Eu superei. Não quero mais te ligar de madrugada para dizer que aquela nossa musica ficou no repeat o dia todo e que tô morrendo de saudade, agora quero ligar para dizer que não é em você que penso todo dia, não é o teu perfume que eu sinto pelo ar, não é com você que eu quero passar madrugadas conversando, não é com você que eu quero andar de mãos dadas por aí, não mais. Acabou. Eu não sinto mais nada e nem sinto falta de sentir.
—  Uma pena que hoje seja primeiro de abril.
Depois de colecionar tanta cicatriz e me machucar um bocado investindo em histórias que não mereciam minha dedicação, eu to tirando um tempo pra viver em paz comigo mesma. É isso aí, você não está lendo errado e eu também não estou sendo irônica, não é primeiro de abril e nem uma dessas promessas que eu faço e desprometo em seguida, eu sei que isso parece piada saindo de alguém que sempre mendigou atenção dos outros, mas eu tava me afundando e precisava escolher entre morrer de amor ou sobreviver por mim. Eu escolhi viver cara, e isso me obrigou a abrir mão de toda aquela bagagem pesada que eu vinha carregando. Foi bem difícil ter de largar tudo pelo caminho, mas foi a melhor escolha que eu podia ter feito. Não tem no mundo alguém que me queira melhor do que eu mesma e é por isso que estou me querendo bem mais a cada dia.
—  Gabriela Freitas
Depois de colecionar tanta cicatriz e me machucar um bocado investindo em histórias que não mereciam minha dedicação, eu to tirando um tempo pra viver em paz comigo mesma. É isso aí, você não está lendo errado e eu também não estou sendo irônica, não é primeiro de abril e nem uma dessas promessas que eu faço e desprometo em seguida, eu sei que isso parece piada saindo de alguém que sempre mendigou atenção dos outros, mas eu tava me afundando e precisava escolher entre morrer de amor ou sobreviver por mim. Eu escolhi viver cara, e isso me obrigou a abrir mão de toda aquela bagagem pesada que eu vinha carregando. Foi bem difícil ter de largar tudo pelo caminho, mas foi a melhor escolha que eu podia ter feito. Não tem no mundo alguém que me queira melhor do que eu mesma e é por isso que estou me querendo bem mais a cada dia.
—  Orquide.
Cansei de amor doce. Eu finalmente percebi como ele é bobo! Gente, eu realmente não sei porque eu joguei ele até hoje. Ficar jogando esses joguinhos de paquera é muita criancice... não da mais. Boa sorte pra vocês que ainda insistem nessa baboseira.

1º DE ABRIL!!

Como se eu fosse abandonar meus paqueras tão fácil assim! u-ú