prepara

No fim, dá certo. As coisas se ajeitam, se encaixam e se alinham perfeitamente como duas retas paralelas que um dia já foram perpendiculares. No fim, o preto se dissolve no branco, a cor neutra e sombria já não assusta e não existe mais o luto porque ele foi superado pela luta. A luta de aceitar que tudo acontece porque tem que acontecer, e que, mesmo que a gente negue e insista no contrário, o inesperado já foi decretado e o ringue já foi montado e o juiz já gritou: Lutem! Então a gente embarca num duelo onde somos obrigados a ser forte sem o Biotônico Fontoura porque ela, a vida, nunca nos prepara para nada e não deixa a gente se prevenir porque a nossa fraqueza é sua maior virtude, o inesperado é seu maior aliado e do nada vai ser e já era e já foi. A gente tem aguentar a chave-de-braço e ao mesmo tempo reagir para não ser nocauteado. E a gente consegue porque o bem vence o mal desde outros milênios e outras décadas e outros séculos. E assim vai ser. E vai continuar sendo. O protagonista sempre tem seu desfeche feliz, ainda que essa felicidade não agrade a todos. No fim, a nossa mão é levemente levantada pro alto, a plateia já foi ao delírio e o medalhão pesado e reluzindo a vitória já está grudado na cintura. Tudo isso porque apesar dos apesares, dos afazeres e das dificuldades, deu certo. Sem explicação. Deu certo porque simplesmente deu.
—  Pedro Pinheiro.
Los signos como frases en latín.(Parte 2).

Aries: Primero vivir, después filosofar. “Primum vívere, deinde philosophare". 

Tauro: Mejor tarde que nunca. “Potius sero quam númquam”. 

Géminis: Si quieres la paz, prepara [desarrolla] la justicia. “Si vis pacem, para iustitiam”.

Cáncer: ¿Qué hay más placentero que el hogar? “Quae est domestica sede iucundior?”

Leo: Vine, vi, vencí. “Veni, vidi, vici”.

Virgo: Saber es poder. “Scientia est potentia”. 

Libra: Ojo por ojo, diente por diente. “Óculum pro óculo, dentem pro dente”.

Escorpio: Superarse uno mismo y dominar el mundo. Transire suum pectus mundoque potiri”. 

Sagitario: Sean como son, o que no sean. “Sint ut sunt, aut non sint”. 

Capricornio: Hechos, no palabras. “Res non verba". 

Acuario: Enseñas a nadar a un pez. (Se dice sobre el ignorante que pretende enseñar a alguien que sabe más que él). “Piscem natare doces”.

Piscis: El amor todo lo vence. “Amor omnia vincit”.

Manden sus dudas, que les gustaría ver en blog y sugerencias, todo por mensaje. Y también de qué otro escritor, cantante o famoso les gustaría que subiera frases.

UN DÍA.

Un día conoces a alguien y te gustaría, de repente, desconocer a las demás personas. Centrarte solo en ella. Hacerle el centro gravitatorio de tu mente. Conoces a alguien que tiene una de esas sonrisas que se quedan a dormir todas las noches y que entonces ya no pasas tanto frío, porque el insomnio tiene nombre, apellidos y se pinta de carmín los labios. Pasea a tu lado, flota contigo, te suspende a dos metros sobre el suelo, te dice “Hola” y silencia el tráfico. Alguna vez conoces a alguien que te da ganas de ordenar tu vida y hacer reformas. Así que preparas tu mirada más bonita y te compras una ropa nueva. Eres más feliz a todas horas, como si también drogase esperar una llamada, y esperas que se acuerde de llegar en algún momento de tu vida, porque hay personas por las que perderías todos los trenes con tal de quedarte un poco más. Y no creo que necesitemos pensar en otra cosa para seguir, aunque se nos ocurran miles de razones para quedarnos.

A maioria de nós lutamos com oração. Esquecemos de orar. E quando oramos nossas mentes vagueiam; nossos pensamentos se dispersam como um bando de codornas. Por que será? A oração exige um esforço mínimo. Nenhum local é prescrito. Não exige nenhum tipo de vestimenta especial. No entanto, parece que é uma luta para segurar um porquinho engraxado. Por falar em porcos, Satanás tenta interromper as nossas orações. Nossa batalha com a oração não é inteiramente a nossa culpa. O Diabo conhece as histórias; ele sabe o que acontece quando oramos. Ele conhece a Escritura, “As armas com as quais lutamos… são poderosas em Deus para destruir fortalezas” (2 Coríntios 10:4). Satanás não se incomoda quando Max escreve um livro ou prepara um sermão, mas os joelhos nodosos tremem quando Max ora. Satanás tenta nos manter longe da oração. Ele tenta se posicionar entre nós e Deus. Mas, ele corre como um cachorro espantado quando nós seguimos adiante para orar. Então, vamos fazê-lo… vamos orar!
—  Max Lucado
Le haces el amor,
te la coges,
te la das,
¿y qué sigue?
Sigue cada uno cambiarse de ropa,
tomar una ducha
porque aún hueles a piel ajena.
Si es motel, cada uno por su lado.
Si es tu casa, toca tender las sábanas.
Si la quieres,
le preparas el desayuno.
Si aún no la quieres,
síguetela cogiendo,
eventualmente le tomarás cariño.
Si aún no sabes cómo le gusta el café,
cómo le gustan los besos,
sus zonas sensibles,
si no sabes
esos problemas que la acogen,
sus miedos más profundos
o sus sueños,
en definitiva, aún no te la coges lo suficiente.
Si se va de madrugada
o en la mañana,
no te confundas,
no lo hace por protocolo
o porque esté ocupada,
simplemente no tiene ganas de quedarse.
Si compartes cama con una mujer
y no vuelve,
algo estás haciendo mal
y no tiene nada que ver
con el tamaño de tu miembro
o cómo coges,
sino quizás no la comprendes,
no la escuchas,
no la haces reír
o no se siente segura contigo.
Es que así es,
hasta las que se autodenominan putas
tienen al menos una cama
a la que siempre regresan,
una casa donde pueden despertar
con su desayuno favorito,
un café,
una sonrisa
y la seguridad de que ahí,
siempre será bienvenida.
A las mujeres siempre hay que tratarlas con cariño,
aunque digan que no le gustan esas cosas,
aunque se las den de muy cabronas.
La cosa va así,
te la coges como si la odiaras,
pero despiertas como si la amarás,
pregúntale cómo le gusta el café
y pídele que se quede,
que hay mucho tráfico,
que afuera está lloviendo
o yo qué sé.
Invéntate una excusa cualquiera,
ofrece una de tus camisas como pijama,
recuéstate a su lado,
dale su café,
mírala a los ojos
y hazle preguntas hasta que te canses.
Te puedo asegurar,
que una vez que empiece,
no vas a hacer que se calle,
porque siempre se la habían cogido y ya
ningún hombre se preocupó por la mañana.
Eventualmente tendrá que irse como todo lo bueno que llega a nuestra vida,
y se irá con los ojos brillando,
con una sonrisa que no se la aguantará nadie.
Regresarás a tus hábitos,
a tus quehaceres,
a tu vida que ahora se siente diferente,
pero no pasará mucho tiempo,
tu teléfono vibrará
y será ella en forma de mensaje,
un mensaje que las cabronas no mandan:
“Te extraño ”,
así
a secas,
y no sabes cuánto le costó escribirlo.
Entonces tiendes tu cama,
preparas la cafetera
y sonríes
porque es inevitable
no quererla,
aunque sea un poquito.
- Carlos Cortés -

COME FARE FELICE UN UOMO:

1. Fare Sesso (o lo cercherà altrove)
2. Nutrirlo
3. Dormire con lui
4. Farlo sentire importante
5. Lasciarlo in pace
6. Non controllare il suo telefono
7. Non perdere tempo dietro ai suoi spostamenti

Quindi cosa c'è di così difficile in questo?

COME FARE UNA FELICE UNA DONNA:

Non è davvero troppo difficile, ma… per rendere felice una DONNA, un uomo deve solo essere:

1. Un amico
2. Un compagno
3. Un amante
4. Un padre
5. Un fratello
6. Un maestro
7. Uno chef
8. Un elettricista
9. Un idraulico
10. Un meccanico
11. Un massaggiatore
12. Un decoratore
13. Uno stylist
14. Un sessuologo
15. Un ginecologo
16. Un bravo Psicologo
17. Un disinfestatore di parassiti
18. Un medico
19. Un astrologo
20. Un ottimo ascoltatore
21. Un organizzatore
22. Un buon padre
23. Molto pulito, profumato e ordinato
24. Simpatico
25. Atletico
26. Sensibile
27. Attento
28. Sincero
29. Intelligente
30. Divertente
31. Creativo
32. Generoso
33. Forte
34. Comprensivo
35. Tollerante
36. Prudente
37. Ambizioso
38. Passionale
39. Coraggioso
40. Determinato
41. Rispettoso
42. Affidabile
43. Premuroso
44. Che faccia delle sorprese (bigliettini d’amore, viaggi, regali piccoli, medi e grandi)
45. Galante
46. Spontaneo
47. Figo
48. Che faccia tante coccole e separate dal sesso
49. Ascolti la donna con attenzione e senza interromperla
50. Le faccia trovare ed invii messaggi d’amore.

Senza dimenticare di:

51. Saper gestire sbalzi d'umore e tsunami emotivi: pre-durante-post ciclo
52. Prestarsi a mangiare con gusto e con classe ogni cosa che la donna prepara, esaltando la bontà dei piatti (anche se sono pop corn!)
53. Farle complimenti e sorriderle regolarmente
54. Andare a fare shopping con lei e pagare!
55. Essere abbastanza o molto ricco
56. Non sottolineare i suoi difetti
57. Non guardare le altre ragazze/donne

E ALLO STESSO TEMPO, è inoltre necessario:

58. Darle un sacco di attenzioni
59. Darle un sacco di tempo, soprattutto tempo per sé stessa
60. Darle un sacco di spazio, senza mai preoccuparsi di dove vada e con chi sia.

Ma più di tutto è molto importante :

53. Non Dimenticare mai:
* compleanni
* anniversari
* San Valentino
* visite mediche specialistiche
* piccole attenzioni ogni giorno
* disposizioni date da lei.

Semplice no?

Porque meu coração ainda é bobo. Todo dia ele acorda, arruma toda a casa e prepara uma xícara de café, na esperança que você ainda volte. Coitado, mal sabe ele, que isso tudo, é perda de tempo.
—  Conversas com a Lua. (Flávia Oliveira)

A Taylor se esqueceu da gente?

Did Taylor forget about us?

Taylor se olvidó de nosotros?

Toda vez que o lançamento de um álbum da Taylor se aproxima, a história se repete para os fãs da América Latina. Enquanto o mundo todo se prepara, participando de pré-vendas, tendo a opção de comprar versões standard ou deluxe, por aqui não temos sequer a data de lançamento. Sem ter o que promover, não existe divulgação. Isso não é de agora, tem se repetido há eras e, ainda assim, aqui no Brasil a Taylor é platina tripla em vendas.
E toda a proximidade com os fãs que vemos nas outras partes do mundo, para nós parece coisa de outro mundo. Sem nem dizer que nunca tivemos a oportunidade de receber algum show e nem temos perspectivas de que isso vá acontecer algum dia…

Every time we get closer to the release date of Taylor’s new album, the story repeats itself for the Latin American fans. As the whole world is gearing up, with pre sales, choosing between deluxe or standard versions (or both), we don’t even have a release date for the album. Without having anything to promote, there’s no promotion at all. And this isn’t new for us, it has happened for as long as Taylor had albums being released around here and, yet, Taylor’s a 3x platinum artist here in Brazil.
While we see fans from other parts of the world feeling closer than ever to @taylorswift, for us it feels like an out of this world concept. It goes without saying that we never got the chance to host a concert, or have any clue that this will actually happen someday.

Cada vez que el lanzamiento de un nuevo trabajo de Taylor se acerca, la historia se repite para los fans de Latino America. Mientras todo el mundo se prepara, participando en pre-ventas, teniendo la opción de comprar versiones estándar o de lujo, por aquí no tenemos ni siquiera la fecha de lanzamiento. Sin tener lo que promover, no hay divulgación. Eso no se pasa solo ahora, se ha repetido hace eras y, aún así, aquí en Brasil Taylor es 3x platino en ventas.
Toda la cercanía que vemos con los fans de otras partes del mundo, para nosotros es como si fuera algo de fuera de este mundo. Sin decir que nunca tuvimos la oportunidad de recibir un show y no tenemos perspectivas de que eso vaya a suceder algún día.

Ela tem dois caminhos que se confundem quase sempre. De um lado, sonha em chegar lá – mesmo que não saiba exatamente onde é esse lugar. Acredita que mais importante que o caminho são as pessoas que encontra no meio dele. Para o barco, dá carona, gosta de companhia. Seu jeito é meio à luz de velas quando o sol desaparece no horizonte. Ama como se houvesse amanhã, como se fosse durar uma vida inteira porque ela tem esperança. Pra ela não acaba, não se finda, não vai sumir num piscar de olhos. Pensa que o mundo inteiro se resolve num abraço, muito mais que num beijo. E envolve, se envolve, é sempre num cruzar de braços. Mal dá pra ver que ela é cheia de abismos, que por dentro ainda existe alguma coisa que não a deixa sossegar. Continua nadando. Se alguma coisa a machuca, prepara-se pra mudar de rumo. Já te contei que existem dois caminhos pra ela, e que eles se confundem. Nada pra baixo com toda a força do mundo quando tem que nadar. Mergulha com tudo, ela é intensidade pura. Vai no fundo do oceano e não prende o ar, não precisa disso. Se mistura com as ondas e vem de forma violenta. Te acerta ainda na praia e toda a tranquilidade de antes se transforma num turbilhão. Mas foi você quem provocou isso, foi você que pediu pra ver. Ela escapa como se tivesse guelras. Ela se recusa a largar sua moradia. Seu corpo, sua casa. Quem tenta violar suas regras encontra placas de aviso na surdina, na calada da noite, em toda janela que deixa aberta. Algumas setas, alguns alvos. Ela não quer que você chegue perto, não quer que você entre. Melhor se afastar, melhor deixar pra lá. Ela parece frágil feito líquido, transparente feito água, mas você já conseguiu enxergar as profundezas de qualquer mar? Não, nem vai enxergar as dela. Ela não deixa. Sonha com um mundo que ainda não existe, sonha com alguém que ainda não existe, sonha com tudo. Seria capaz de viver nos sonhos e construir sua vida neles. E constrói, na verdade. Tudo em volta dela é sonho, tudo em volta dela é algo que você não consegue ver. Ela vê. Ela enxerga coisas que ninguém enxerga o tempo todo. Talvez porque essas coisas estejam dentro dela, dentro dos tesouros perdidos num naufrágio submerso, e não nas coisas que você jura que vê na superfície.
—  Daniel Bovolento.
Io non ti auguro che ti accada qualcosa di male. Non vorrei mai saperti triste, non vorrei vederti soffrire. Non ti auguro di piangere, non ti auguro di incontrare una stronza che ti tratti male.
Io ti auguro di trovare il meglio. Una ragazza che ti ami alla follia, bella, dolce e gentile.
Però ti auguro di guardarla un giorno, mentre ti prepara il caffè in cucina nella sua camicia da notte bianca, e mentre la guardi nella sua bellezza ti auguro di vedere me. Solo per un attimo, quel tanto che basta per pensare “e se adesso al suo posto ci fosse lei qui, come sarebbe?”
Ti auguro di guardarla negli occhi mentre sei con lei a cena a lume di candela, e mentre guardi i suoi occhi brillare, ti auguro di vedere i miei. Solo per un attimo, quel tanto che basta per pensare “e se adesso al suo posto ci fosse lei qui, come brillerebbero i suoi occhi?”
Ti auguro di prenderla per mano mentre passeggiate per la tua città, e mentre le sfiori le dita, ti auguro di immaginare le mie che ti stringevano nervose. Solo per un attimo, quel tanto che basta per pensare “e se adesso al suo posto ci fosse lei qui, riuscirei a tenerla così tranquillamente per mano o lei si sarebbe già sciolta dalla mia stretta?”
Ti auguro di baciarla, e mentre la baci ti auguro di pensare alle mie labbra. Solo per un attimo, quel tanto che basta per pensare “quanto sarebbe stato dolce il suo sapore.”
Ti auguro di fare l’amore con lei, di notte, al buio, e mentre senti la sua pelle calda ti auguro di pensare a come sarebbe stato fare l’amore con me. Solo per un attimo, quel tanto che basta per pensare “e se adesso al suo posto ci fosse lei qui, come mi accarezzerebbe lei, e come lo farei io?”
Ti auguro di essere felice.
Ma ti auguro di pensarmi. Solo per un attimo, quel tanto che basta per sentire la mia mancanza dappertutto, nella testa, nel corpo, nel cuore.
Ti auguro di pensarmi. Solo per un attimo, ma per sempre.
—  Miriana Cimbro, lezionidivoloperprincipianti
Llega un momento, en donde te han herido ya tanto y tantas veces, que terminas resignándote. La ventaja de todo esto es que disfrutas de lo bueno que te da la vida y dejas ir todo aquello que no quiere estar en ella, te emocionas e ilusionas pero cada vez piensas más con la cabeza y no con el corazón. Te dejas ir, pero siempre permaneces con un pie en la realidad y con un paracaídas de emergencia, por si la altura a la que te elevan resulta ser demasiado alta y luego sin avisar solo te dejan caer al abismo. Te preparas para tu autodestrucción que provocará tu renacimiento. Comienza a ser un círculo vicioso, donde cada vez que te lastiman te vas haciendo más fuerte y menos iluso. Todos nosotros, los desastrosos, a los que nunca nada nos sale bien, o a quienes nunca nos funcionan las cosas, aprendimos a vivir así, en medio del caos. Y aún entre el viento y el desastre, seguimos aquí. No enteros, pero si firmes.

La sinfonía del alma.

La media naranja.

De tantos millones de personas que hay en el mundo te digo yo que hay una exactamente como tú, no se encuentra en la sección de frutas, alguien que solo te quera tanto como tú lo haces, la otra mitad esa que dices que necesitas. Así que venga prepara una cita especial, pizza, pasta, como si quieres pegarte el festín de tu vida. Exprime la vida, ponte el pijama, ve al espejo y conócela; te presento tu otra mitad.

                                         -Irene Jotadé.

Senhor, meu Deus, em ti me refugio; salva-me e livra-me de todos os que me perseguem, para que, como leões, não me dilacerem nem me despedacem, sem que ninguém me livre. Senhor, meu Deus, se assim procedi, se nas minhas mãos há injustiça, se fiz algum mal a um amigo ou se poupei sem motivo o meu adversário, persiga-me o meu inimigo até me alcançar, no chão me pisoteie e aniquile a minha vida, lançando a minha honra no pó. Levanta-te, Senhor, na tua ira; ergue-te contra o furor dos meus adversários. Desperta-te, meu Deus! Ordena a justiça! Reúnam-se os povos ao teu redor. Das alturas reina sobre eles. O Senhor é quem julga os povos. Julga-me, Senhor, conforme a minha justiça, conforme a minha integridade. Deus justo, que sondas a mente e o coração dos homens, dá fim à maldade dos ímpios e ao justo dá segurança. O meu escudo está nas mãos de Deus, que salva o reto de coração. Deus é um juiz justo, um Deus que manifesta cada dia o seu furor. Se o homem não se arrepende, Deus afia a sua espada, arma o seu arco e o aponta, prepara as suas armas mortais e faz de suas setas flechas flamejantes. Quem gera a maldade concebe sofrimento e dá à luz a desilusão. Quem cava um buraco e o aprofunda cairá nessa armadilha que fez. Sua maldade se voltará contra ele; sua violência cairá sobre a sua própria cabeça. Darei graças ao Senhor por sua justiça; ao nome do Senhor Altíssimo cantarei louvores.
—  Salmo 7