precisa se

One Shot Louis Tomlinson

  • Pedido por @yasmimtomlinson1523 então, eu queria um do Lou q ele e a s/n só estavam ficando e ela engravida e ele começa a namorar outra e acaba perdendo o nascimento do bb, pode ser final feliz


As coisas não estão nada fácil, mas eu penso que poderiam ser piores então não posso reclamar das coisas que tenho porque muitas outras pessoas teriam inveja pela situação que se encontram ser pior que minha.  

Talvez tenha sido a gravidez que tenha me deixado resmungona ou até mesmo o fato do pai do meu filho não estar ao meu lado a todo momento e não sermos um casal. Louis é um cara maravilhoso, acompanhou todas as ultrassons e sempre ligou e veio me visitar para saber se estava tudo bem, mas ele não poderia estar ao meu lado, do lado da mãe do filho dele, quando eu estivesse me sentindo sozinha e precisa-se de carinho. Ele não tinha nenhuma obrigação de deitar comigo e acariciar meus cabelos quando eu estivesse chorando por não ter ninguém que me desse alguns beijos e dissesse que me amava. Ele tem uma namorada e eu fui apenas algumas ficadas sem compromisso, minha sorte é que ele tem caráter e não relutou para assumir a responsabilidade junto a mim.  

Eu amo o bebê no pequeno berço ao meu lado, amo muito desde o minuto que soube que ele estava dentro de mim, mas se eu pudesse escolher eu não o queria para logo, eu esperaria mais um pouco e para quando eu estivesse realmente com pessoa ao meu lado. Foi duro para mim saber que enquanto eu engordava e chorava me sentindo sozinha com minha mãe tentando me acalmar, Louis dava amor e carinho para uma garota que poderia ser eu, mas não era. Ele sempre acariciava a minha barriga quando vinha me visitar, mas eu sabia que aquele carinho não era para mim, nem um pouquinho dele era direcionado para mim e quando ele ia embora a única coisa que eu fazia era chorar e chorar.

Eu nunca me sentir apaixonada por Louis quanto estávamos ficando, eu sempre levei na diversão como ele, mas a partir do momento que eu me descobri grávida e um pouco de sua atenção e preocupação foi depositada em mim por estar com uma sementinha na barriga, algo mudou, foi como se tudo que eu sentisse fosse multiplicado só porque eu estava grávida. Tudo ficou estranho e sem sentido, algumas coisas que eu odiava, eu passei a gostar e outras coisas que eu amava, eu não podia nem sentir o cheiro que me embrulhava o estômago e Louis que era só uma diversão passou a ser uma necessidade.

Tudo em mim estava ao avesso e isso só foi piorando ao que a sementinha crescia e Louis se aproximava.

No momento que achei que ele não faltaria, ele não estava presente, nunca achei que ele me devesse carinho, e não devia, mas também nunca achei que ele não estaria ao meu lado quando o primeiro choro do nosso bebê ecoasse pela sala.  

Eu idealizei esse momento algumas vezes e todas elas Louis segurava minha mão e nós sorrimos olhando o corpinho ensanguentado. Mas isso não aconteceu.

Eu não consegui aguentar até que ele aparecesse e Henri não quis esperar para conhecer o mundo. E mesmo assim, duas horas depois, Louis ainda não estava aqui.

– Me desculpa o atraso… Me desculpa! – Louis entrou no quarto onde eu e Henri estava descansando e eu apenas continuei olhando o bebezinho lindo que faria parte da minha vida.

Os passos de Louis soaram até que ele estivesse ao lado do pequeno berço - agora no meu campo de visão - olhando maravilhado o doce menininho que dormia calmamente. Seu dedo deslizou pelo narizinho de Henri o fazendo se mexer minimamente arrancando um sorriso do pai.

– Eu não cheguei a tempo porque estava na casa dos pais de Danielle e ela saiu para cavalgar e demorou a voltar. – ele se explicou tocando com o dedo a mãozinha coberta por uma luva.

– Você prometeu… – sussurrei pensando o quanto ele não é bom em cumprir promessas.

– Eu sei, me desculpe. De verdade, eu não queria perder o nascimento do meu primeiro filho… Eu sabia o quanto você estava nervosa e queria estar ao seu lado, mas eu não pude. – ele buscou minha mão com a sua, mas eu não permiti que ele segurasse a minha mão.

– Você deixou a gente por ela… – falei ainda em um sussurro deixando algumas lágrimas escorrerem por meu rosto.

– Mas eu estou aqui agora… Eu estou aqui por vocês. – Louis limpou as minhas lágrimas e beijou a minha testa.

– Até quanto?  

– Para sempre. – ele entrelaçou nossos dedos e sorriu me olhando – Não tem mais espaço para Danielle na minha vida… Apenas cabe você e Henri.

– Ela é sua namorada…  – falei com pesar.

– Não é mais… Nesses meses que eu passei mais próximo a você por causa de Henri, me fez perceber o quanto nós dois damos certo para ficar juntos e cuidar dele. – ele beijou minha mão.  

– Não se sinta obrigado a isso, podemos dá-lo tudo que precisa estando separados. – eu suspirei com a ideia dele estar se sentindo culpado por não ter chegado a tempo para o nascimento.

– Eu quero isso, mas se você não quer então podemos fazer do seu jeito. – ele sorriu fraco e eu neguei rapidamente com a cabeça.  

Se ele quer ficar comigo, quem sou eu para dizer que não é uma boa ideia?

– Eu quero, Louis… Fiquei comigo, fique com a gente. –  

Praticamente implorei recebendo um sorriso como resposta e um beijo calmo e delicado logo depois. Eu passei toda a minha gravidez desejando beijar novamente esses lábios que tanto me fizeram falta e agora que eu finalmente consegui o gosto é ainda melhor do que eu me lembrava.

Mas não demorou muito para sermos interrompidos pelo choro um pouco alto e escandaloso de um certo bebezinho lindo.




Oi oi, amores!

Espero que gostem e deixem seu favorito ❤

- Tay

A gente precisa de um tempo. Se dar um tempo. Se cuidar. Seu melhor amigo não vai cuidar de você. Nem sua mãe, pois você já é crescido. Nem seu amor. O ideal é você se pegar no colo e cantar uma música de ninar até adormecer. A gente merece esse carinho. Sempre. Porque no fundo é você e seu espelho.
—  Clarissa Corrêa.
Não se acostume com o que não o faz feliz. Revolte-se quando jugar necessário. Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas. Se achar que precisa voltar, volte! Se perceber que precisa seguir, siga! Se estiver tudo errado, comece novamente. Se estiver tudo certo, continue. Se sentir saudades, mate-a. Se perder um amor, não se perca. Se o achar, segure-o.
—  Fernando Pessoa.
Ei, não desista de você. Se precisa lutar por alguém, esse alguém é você. Saiba proteger os seus sonhos e sentimentos mais bonitos. Os machucados saram. As dores acabam. Não carregue um passado inteiro nas costas. Siga em frente. Há muito o que viver.
—  Laureane Antunes
Quando a saudade bater, por favor, esqueça do meu nome. Quando a ausência lhe doer, por favor, finja que tudo foi só um sonho e que nada foi real. Por favor, faça isso. Não venha até mim com a intenção de ter a saudade saciada e logo depois dar no pé. Se a nossa música tocar num desses bares de esquina que você costuma frequentar, por favor tape os ouvidos ou dê a desculpa de que precisa ir embora. Se aquele filme que vimos juntos no verão passado tiver passando na tevê, por favor troque o canal ou desligue. Mas por favor, não me liga. Não seja tão egoísta pelo menos uma vez na vida. Se um casal na rua te lembrar do que costumávamos ser, mude seu trajeto ou passe com a cabeça baixa. Se uma garota passar por você com uma camisa dos Beatles e lembrar a minha, por favor, finja que chegou uma mensagem e foque os olhos em seu celular. Faça o que for preciso, mas tenha senso e não me procure. Faça isso porque não é justo comigo e nem com o que ousávamos chamar de amor.
—  Danielle L. Rodrigues (Poesia Sentida).
Para se relacionar plenamente com outro, você precisa primeiro relacionar-se consigo mesmo. Se não conseguimos abraçar nossa própria solidão, simplesmente usaremos o outro como um escudo contra o isolamento. Somente quando consegue viver como a águia, sem absolutamente qualquer público, você consegue se voltar para outra pessoa com amor. Somente então é capaz de se preocupar com o engrandecimento do outro ser humano
—  Nietzsche.

Faltam poucos dias para acabar mais um ano e com ele se vai dias tempestuosos que de alguma forma nos marcaram e jamais serão esquecidos. Todos nós passamos por momentos em que jurávamos que não iríamos aguentar, mas ele nos ensinou a sermos mais fortes e aguentar firme. Foi um ano de muitos aprendizados. Parece que foi ontem que esse ano se iniciou e acompanhado dele veio todas aquelas velhas e boas expectativas, desejos e planos. É inevitável não esperar algo bom de um ano que se inicia. Mas já percebeu que só esperar, não adianta nada. É preciso agir para acontecer, você precisa se agarrar com todas as suas forças naquilo que quer e lutar até o fim. Claro que no meio desse percurso você vai errar, mas irá pedir perdão ou pelo menos aprender a pedir. Você vai se decepcionar, mas irá aprender. Você vai querer e vai realizar, e mais que ficar feliz com a realização, você se sentirá bem ao saber que tentou de todo o seu coração para que isso acontecesse. Com esse ano que passou, eu percebi que você ajudar o próximo nunca é demais, e não falo ajudar financeiramente e nem ajudar por ajudar. Ajudar de alma, doando um pouco do seu tempo para aqueles que muitas vezes só precisa de alguém para escutá-lo. Aprendi que não importa a sua religião, mas orar, rezar mandar energias positivas para o próximo nunca será demais. Não vamos desacreditar do lugar que moramos. Tente fazer isso. Durante um ano inteiro temos tantas possibilidades à vida nos proporciona tantos momentos lindos e só temos que transformar as cicatrizes em marcas positivas. A felicidade é sim uma escolha, depende de você querer isso e querer o bem daqueles que querem o seu bem também. Deixe sair da sua vida quem não cabe mais nela e abre seu coração para novas pessoas. Apresente à ela o amor, respeito, amizade e esperança de dias melhores. Seja um amigo, namorado, filho, irmão melhor, ou seja, um ser humano melhor.
—  2016, você já pode ir.
Para de ficar mendigando amor onde não tem, menina. Você não precisa disso, não precisa se rebaixar por um pouco de afeto, ou até mesmo de atenção. Ele não merece o seu esforço, a sua doação constante. E você não merece esse desprezo, essa falta de reciprocidade. Você é suficiente demais, para alguém que é de menos. Você merece muito mais do que isso. Merece alguém inteiro, que se doe, e que acima de tudo, não te faça mendigar sentimentos.
—  Brenna Santos.

você precisa entender que a vida ora ou outra vai te empurrar pra um abismo, vai exigir muito de você, vai te bagunçar e te deprimir e fazer você querer fugir, e que eu não vou estar sempre aí pra você segurando o seu rosto e te dizendo: isso vai passar se você se esforçar pra isso, tudo é um teste, é pra você ficar mais forte pro próximo tombo, você é maior do que tudo isso, tenha fé em si mesmo assim como eu tenho em você. tu precisa aprender a se levantar sozinha, sair desse conformismo e parar de chorar como se fosse ainda um bebê, a vida é mais sobre aprender a ser sozinho e aceitar a solidão pra conseguir se manter nos dias ruins, nos dias em que não há ninguém pra te estender a mão e te mostrar de novo o céu como um aviso: ele é imenso e infinito, a sua dor não. você precisa aprender que nada nem ninguém vai ser tão bom pra você quanto você pode ser.
aprende por favor.

eu sou menor que toda essas coisas e estou bem com isso. eu não tenho mais medo de ser engolido por tudo a minha volta. talvez ser digerido seja a mais bela forma de conhecer as coisas como elas realmente são, por dentro.

estou aprendendo a ver o lado bom do desastre. talvez nem tudo esteja perdido, a gente só precisa se encontrar no escuro.

❝Não se acostume com o que não o faz feliz. Revolte-se quando jugar necessário. Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas. Se achar que precisa voltar, volte! Se perceber que precisa seguir, siga! Se estiver tudo errado, comece novamente. Se estiver tudo certo, continue. Se sentir saudades, mate-a. Se perder um amor, não se perca. Se o achar, segure-o.❞

Ela é tão incrível e nem se quer precisa fazer algum esforço para isso. E eu? Bom, eu só quero ser bom o suficiente para ser visto ao lado dela.
—  Você é incrivelmente apaixonante. 
Se ele sentir sua falta, ele vai ligar. Se ele se importa com você, ele vai demonstrar. Não precisa cobrar. Se ele quer, ele faz. Se ele não faz, não ache que o problema é você. Apenas pare de gastar seu tempo com ele, porque ele com certeza não pretende gastar o tempo dele com você.
—  Tati Bernardi.
Eu odeio o amor, agora só quero curtir a vida.

Seu ponto fraco foi encontrado, alguém te decepcionou, alguém foi o motivo da sua raiva, das suas lágrimas de socorro durante a noite. Seu ódio cresceu tanto que agora você tomou-se raiva de si mesmo e acaba culpando o amor. Se olha no espelho, limpa as lágrimas e sua decisão agora é curtir a vida, brincar com as pessoas. Não é assim!
Você não pode fechar o seu coração pro amor, não adianta você espernear, não adianta resistir, se tiver que se apaixonar vai acontecer de uma maneira rápida.
Você precisa aprender que a culpa não é do amor, a culpa é das pessoas que amam errado. Nem sempre é o que você quer que seja, o que adianta alguém que te preencha pela metade, se você precisa de alguém que te complete?
Jamais saia fazendo besteiras, se iludindo com o mundo porque um dia alguém te decepcionou, durante sua caminhada vai aparecer diversas pessoas passageiras e você precisa lidar com isso.

As vezes dizem que gostar de alguém distante é impossível,  talvez em um certo tempo até que eu acreditei, mas desde de que te conheci, penso que talvez o impossível que tanto dizem deve ser sobre não amar assim. Pois seria impossível não se apaixonar por você todos os dias, impossível não te querer por perto, impossível meus pensamentos parar de pensar em você, impossível nao procurar motivos para te fazer sorrir, te fazer feliz. Penso que como pode ser impossível acharem que não se pode amar assim. Para gostar/amar alguém não precisa está perto, não precisa dos olhares se cruzando para saber o quão é verdadeiro, não precisa do toque para saber que é aquela pessoa que você quer ao seu lado o resto dos dias, não precisa do eu te amo ao pé do ouvido para simplesmente amar. Isso apenas me dará a certeza. De que cada sorriso que dou por lembrar de você,  que cada lágrima de saudade,  e que cada eu te amo dito, não precisaria de nada disso para saber que, ninguém jamais te amará como eu o amo e que o amor verdadeiro suporta tudo. E esse amor, não é qualquer amor, é o nosso amor. Eu te amo de um modo que nenhum ser humano será capaz de amar alguém, te amo desse jeito, bagunçado,  confuso , único e inexplicável, mas se é compreendido por você, ninguém mais precisa entender, te amo e isso basta.
—  Te sinto perto
Mas o amor… O amor verdadeiro mesmo, acontece quando a alma vai envolvendo o corpo e o mesmo se torna invisível aos olhos. Passamos a não enxergar o lado físico do outro, notamos somente sua alma despida com seus versos escritos ao longo da vida; onde lemos e descobrimos todos os seus defeitos, todas as suas imperfeições, todas as suas dores e mesmo sabendo disso, aceitamos e queremos pertencer a ela. Não enxergamos nada além da sua essência, nos apaixonamos pelo que ela leva dentro do coração. E sabemos que com isso, o passado também nem deve ser questionado, porque o que importa é o agora… O que veio antes, já não existe mais. O amor verdadeiro não precisa se basear em bens materiais, em passados apagados e esquecidos, e muito menos na aparência do outro. O amor só precisa dele mesmo e da vontade de fazer dar certo, pra perdurar por toda vida.
—  Adaptáveis rabiscou ao lado de Voejei.