postedbyme

Mas o que vai te fazer falta mesmo, o que vai doer bem fundo, é a saudade dos momentos simples: da sua mãe te chamando pra acordar, do seu pai te levando pela mão, dos desenhos animados com seu irmão, do caminho pra casa com os amigos e a diversão natural, do cheiro que você sentia naquele abraço, da hora certinha em que ele sempre aparecia pra te ver, e como ele te olhava com aquela cara de coitado pra te derreter..
—  Martha Medeiros
E, fatalmente, vão se cruzar por aí. São tantas as esquinas. Vocês vão beber um café quente juntos, falar amenidades, sobre novos cortes de cabelo, você está bonita, e você mais maduro, como está sua mãe e tudo mais. Nos momentos de silêncio, baixarão o queixo, com medo de amarrar olhares..
—  Gabito Nunes
Todo mundo tem suas carências, todo mundo é humano, todo mundo sente. Uns sentem mais, outros menos, alguns quase nada, mas sentem. Podem adorar ser livre de noite na balada, no barzinho com os amigos, mas pelo menos antes de dormir, ser livre pesa.
—  Tati Bernardi
Inviatemi una lettera tra queste, dai! (Ne mando una a chiunque reblogga) :)

A: Sei bella/o, ma non mi trasmetti nulla.
B: Mi piace il tuo blog.
C: Ti trovo affascinante.
D: Se ti incontrassi per la strada, non ti noterei.
E: Mi innervosisci.
F: Sei tra i miei blog preferiti.
G: Amo guardare i tuoi post.
H: Il tuo blog non mi fa impazzire, ma tu mi interessi.
I: Spesso immagino come sarebbe conoscerti al di fuori di Tumblr.
J: Mi piacerebbe parlarti e conoscerti. 
K: Sinceramente non avrei interesse a parlare con te.
L: Se metto like ai tuoi post o li rebloggo spesso è per attirare la tua attenzione.
M: Ti ho scritto almeno una volta in anonimo.
N: Non ho mai avuto il coraggio di scriverti e probabilmente non lo avrò mai.
O: Mi manca parlare con te.
P: Sono contenta/o di non sentirti più.
Q: Ho una cotta per te.
R: Non ti seguivo, ma ora inizio a seguirti.
S: Il tuo blog non mi interessa, smetto di seguirti.
T: Vorrei abbracciarti.
U: Vorrei scoparti.
V: Vorrei baciarti.
W: Vorrei uscire con te.
X: Ti odio.
Y: Sei presuntuoso e scortese.
Z: Vorrei avere un ragazzo/una ragazza come te.

Um dia seus olhares se cruzam. Você sente uma coisa que nunca sentiu. Seu coração acelera. Seu corpo arrepia. Seu olhar ilumina. Sua boca fica seca. Sua barriga sente um frio interminável. Borboletas dançam uma dança bonita no seu estômago. O mundo de repente para por um segundo. E você pensa oi, sorte.
—  Clarissa Corrêa