porradesentimento

Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota. Idiota.
Toda menina já procurou o horoscopo só para combinar seu signo com o do menino que ela gosta, para saber que roupa deverá usar quando sair com ele e também para saber se os astros irão favorecer ou desfavorecer as coisas naquele tal dia. Toda garota já apelou para horas iguais só para ter um pouco mais de esperança ou certeza de que ele está pensando nela e também procurou o significado daquele horario só pra saber se era positivo ou negativo. Quando o significado é positivo fica demasiadamente feliz e cria mil e uma expectativas mas quando o significado é ruim fica chateada, frustrada, achando que algo ruim ainda há de acontecer para estragar algo. Toda garota faz melhor o trabalho de qualquer investigador quando se trata do perfil dele e das tais amiguinhas que segundo ela brota do nada ao lado dele nas fotos. Toda garota tem uma musica diferente para cada momento que passou junto com seu amado e claro tem uma musica extremamente especial que quando ouve sorri de orelha a orelha lembrando dele. Toda garota já sofreu por um otário que a deixou desejando sms de boa noite e uma ligação de madrugada. Já sofreu por algum idiota que não dava-lhe a atenção merecida, muito menos o valor necessario. Toda garota já chorou por um garoto que de tão imbecil fez sua própia menina ficar insegura e de uma forma indireta acabar obrigando ela a buscar horoscopo, testes de combinação, horas iguais, etc. Só para poder disfarçar um pouco da insegurança que nela já estava mais do que absurda. Toda garota ainda há de encontrar o seu “ homem dos sonhos” que não dê a ela tempo para se sentir insegura, mas que a deixe sorrindo nas horas vaga. Toda garota merece encontrar um principe que mereça um beijo e não um soco na cara.
—  Bárbara R.
Amor. Nós falamos dele como se fosse fácil sentir aquele monte de coisas ao mesmo tempo. Está faltando amor a moda antiga, rosas na porta de casa, beijo na testa, mãos dadas, afeto, estamos deixando de lado aquelas sensações que se tornam cada vez mais intensas como aquele frio na barriga ou até mesmo as mãos transpirando. Quando amamos buscamos por algo que tem uma resposta indefinida, esperamos que aquele amor se torne algo infinito quando na verdade ele é finito. Amor é um tipo de droga que vicia rápido demais. Amor também não é só essas coisas fofas, amor é tesão. É pegar de jeito, dar mordidas na boca, sussurrar no ouvido, pegar pelo cabelo, juntar um corpo com o outro. Mas amor não tem só coisas bonitas que todos gostam de fazer e de sentir, tem um outro lado desse sentimento que talvez seja o pior que todos nós possamos sentir. Sofrimento. Esperar por algo que nunca vem, ver quem é teu sendo feliz com outro, imaginar momentos e mais momentos que nunca irão acontecer, desejar aquilo que no momento não te satisfaz, medo de ser abandonado novamente. Mas espere e pense um pouco, você está com medo de que mesmo de você acordar e ir atrás daquilo que você julga ser tua felicidade, porque enquanto você está ai sentado a pessoa que você ama está sendo feliz com outra.
—  Bárbara R.

 Todos dependem de alguém para ser feliz. Eu sempre me achei muito auto-suficiente a ponto de não depender de alguém para ser feliz. Mas eu te conheci desde então tudo mudou, minha auto-suficiência foi deixada de lado, eu passei a depender de você para me completar. Eu preciso do teu sorriso, preciso de ouvir tua voz, eu preciso de você. Porém sempre fui o segundo plano, você me descartou como se eu fosse um objeto qualquer, nunca fui importante, tentei por inúmeras vezes tentar compreender se você sentia o mesmo por mim, minhas conclusões foram ficando cada vez mais confusas, eu não podia ter certeza de algo, você me dissera varias vezes o quanto me amava, acredite nunca duvidei. Eu ainda te amo muito mas a tua ignorância me agride e o teu silencio me machuca. Você não vê o que eu estou tentando fazer ? Não vê que eu não quero perder o pouco que ainda me resta ? Quero voltar a fazer contigo os nosso planos para o futuro, quero completar aquilo que foi deixado pelas metades. Eu nunca te desejei tanto assim, você me ganhou por completo. Você é capaz de compreender que eu não quero ser só mais alguém ? Bárbara - Fucking Heart

Já era noite, uma tipica sexta-feira, por volta das dez horas. Estávamos andando juntos e de mãos dadas a procura de um canto - de preferência escuro - que pudéssemos ficar juntos. Achamos um canto pouco iluminado, ali no cantinho do pronto socorro que ficava próximo a rodoviária, ele encostou na parede e logo seus braços já me envolveram puxando-me contra seu corpo, eu senti seu corpo que estava tão quente perto do meu que parecia tão gelado, minha boca foi ao encontro da dele, estávamos tão envolvidos. Ele percorreu com sua boca todo o meu pescoço - me deixando totalmente arrepiada - passei meus dedos sobre sua nuca e sobre seu cabelo, e minha outra mão percorria suas costas arranhando-as de leve. Naquele momento tantas sensações pareciam estar em mim, tantos pensamentos pareciam surgir. Eu só queria ele e mais ninguém. Ele pegou minha perna e deixou ela envolvida em sua cintura, nossos corpos estavam tão próximos, senti seu coração disparado enquanto meu corpo era pressionado contra o dele, senti seu perfume enquanto estava próxima ao seu pescoço. Trocamos de posição logo estava eu lá encostada na parede. Um corpo colado no outro. Quanto desejo existia ali, o tempo parecia passar tão rápido enquanto estávamos juntos. A noite estava tão calma, que só se ouvia aquela respiração que já se tornava ofegante, fomos diminuindo o ritmo, parando bem devagar sem muitos beijos apenas sentindo o corpo e o cheiro um do outro. Ficamos ali abraçados, observei o céu junto a ele, tivemos sorte de estar juntos em uma noite tão estrelada como aquela. Mas eu só conseguia pensar em duas coisas: No quanto eu era sortuda por ter ele ao meu lado, e se brevemente voltaria naquele mesmo cantinho do pronto socorro procurando algum médico que pudesse consertar meu coração quebrado.
—  Bárbara R.
As noites frias trazem junto madrugadas sombrias, a brisa vem e com ela traz todas as lembranças que eu tento esquecer, um vazio que não aparenta ter fim se fixou em mim, o meu sorriso foi tomado, as lágrimas vem junto aos pesadelos, deixando me apenas com o silencio.
—  Bárbara

 […] Era noite, as estrelas brilhavam, a brisa estava fria. E ali dentro do banheiro estava ela, dentro de sua banheira, como costumava fazer todas as noites. Mas ela sentia uma angustia muito grande, um sentimento amargo dentro do seu coração, ela soluçava, soluça porque estava chorando novamente, então ela se perguntava: “Por que não consigo mais ser forte ? Por que este vazio não se vai ? Será que eu estou fraca demais ? ”  Ela estava cansada, cansada de ter o coração quebrado, cansada de promessas falsas, cansada de sorrir todos os dias como se nada estivesse acontecendo, cansada de mentiras, ela estava cansada, cansada de tudo. A muito tempo ela tentava descontar essa sua dor sentimental, em uma dor física, seus braços e seus pulsos estavam todos com marcas, marcas que não a deixavam, marcas que estavam sempre com ela. Então ela pegou a lamina mais próxima e deslizou sobre seu pulso, pelo seu braço, então a água aos poucos mudou de cor, deixou de estar transparente ficando vermelha. Ela aos poucos ia perdendo suas forças, seus pulsos estavam detonados, com a pouca força que restava ela gritava de dor, implorava por socorro mas ninguém parecia chegar. Ela então dizia a si mesma “ Calma, calma, essa dor ainda há de passar ”. E naquele mesmo instante, seu coração bateu pela ultima vez […]

   Houve uma época que eu me tornará alguém mais frágil. Tão frágil quanto um vidro. Eu deixava me machucar por pequenos detalhes, eu me machucava por coisas insignificantes. Eu não compreendia de onde surgia tanta dor, tanta angustia, tanta tristeza. Eu estava diante de algo que eu julgará como incompleto, estava faltando algo ou talvez estivesse faltando alguém. Eu achava que sozinha conseguiria suportar toda dor, achava que sozinha tudo seria mais fácil, mais simples de ser resolvido. Eu mentia para mim mesma para tentar esconder a dor, eu não queria mais pessoas perto de mim dizendo “ vai ficar tudo bem ”  porque isso já não tinha mais efeito em mim. Desde então a dor se tornará algo fixo. Eu não conseguia me livrar dela, isso já estava se tornando algo insuportável, meus dias iam de mal a pior, tudo parecia desabar ao mesmo tempo. Nas noites de choro eu sussurrava para mim dizendo que tudo isso iria passar. Eu não tinha mais forças para levantar toda manhã e sorrir para todos, eu estava cansada de tudo aquilo que me fazia sofrer. Decidi então colocar um fim nessa dor. Eu fui viver, eu fui ser feliz. E assim passei a ser feliz de uma maneira que nunca havia imaginado que um dia eu iria ser. Barbara - Fucking Heart 

Ao cair não permaneça no chão. Levanta-se. Já está na hora de deixar essa magoas para traz. Então pegue uma caixa e coloque dentro dela todas suas tristezas, angustias, pesadelos e tudo o que ainda resta de ruim. Esconda essa caixa no fundo do seu guarda-roupa ou a deixe em um lugar que você sabe que vai se esquecer de ter deixado lá. Pegue o radio e coloque o seu CD preferido e ouça a musica que você mais gosta no volume mais alto possível. Deixe de lado aquilo que te faz sofrer e quando a nostalgia chegar diga a ela para voltar mais tarde. Não rotule mais suas atitudes como certas ou erradas, deixe as diferenças de lado nem que seja por alguns instante. Volte a falar com aquele amigo que você não conversa a tanto tempo, volte a usar aquela roupa que foi esquecida no fundo no seu armário. Grite. Deixe que toda a raiva vá embora. Mantenha próximo de si aquilo que você quer, aquilo que você deseja. Termine de ler aquele livro que você parou na metade, recomece a dieta que você parou e assista todos os filmes que você deixou de ver. Junte todos seus amigos e faça uma guerra de travesseiro, também dê risadas até o dia amanhecer. Deixe que as lembranças boas ocupem o lugar das ruins. Mas pare um pouco e pense, não acha que já passou da hora de levantar dessa cadeira e ir viver ? Barbara - Fucking Heart

Eu não vou deixar você ir embora novamente, não vou mesmo. Irei te segurar aqui do meu lado com toda a força que resta em mim, vou te amarrar em um lugar qualquer e nunca mais irei te soltar, construirei um quarto só para nós dois e nos trancarei lá dentro e depois daria um jeito de sumir com a chave. Vou guardar você em um baú trancado a sete chaves, vou esconder você de tudo e de todos e depois de tudo isso seremos só nós dois. Vamos dividir o mesmo espaço, a mesma cama, o mesmo edredom. Vão ser os nossos dedos que vão estar entrelaçados, vai ser o meu perfume misturado com o teu que vai fazer existir o nosso perfume, o nosso cheiro, vão ser das nossas musicas que vamos escolher uma para nosso casamento. Vai ser nós. Eu e você. Não vai existir outra pessoa que possa dificultar ou atrapalhar as coisas. Você vai perceber que agora eu te amo muito mais do que eu já amava antes e também vai perceber que eu não vou deixar você ir embora tão fácil assim.
—  Bárbara R.

Ela: Não sei como me sinto, mas as vezes eu sei a resposta, seus labios era o que eu mais precisava em momentos de consolo ou tristeza…
Ele: Eu a amo tanto, queria poder ter a certeza de todos os sentimentos dela, para assim eu poder dizer o quanto eu a quero aqui comigo…
Ela: Há incertezas as vezes, o observo a maneira como mexe em seu cabelo, a maneira como sorri, seu sorrisinho torto, sua risada é uma musica a meus ouvidos, seus braços são a melhor proteção pra mim. 
Ele: Eu acordo pensando nela, não consigo mas ficar sem ve-la, sinto meu coração disparar toda vez que ela se aproxima, gosto de sentir aquele doce aroma do seu perfume, doce como o jeito dela de sorrir.
Ela: Eu sei sobre meus sentimentos, sei o que eu quero, sei a respeito do que sinto e desejo mais admito não sei o que ele sente, não sei se sente minha falta, se nescessita de mim, se sonha comigo, que duvida cruel, estou errada? Estou certa? só ele me responderia isso mais mesmo assim não sei realmente qual seria sua resposta.
Ele: Eu queria dizer a ela o que eu sinto. Estou seguro disso, quero dizer a ela o quanto sinto sua falta quando ela não está perto, quero dizer a ela que sonho com nós dois todas as noites. Preciso dizer a ela que para minha felicidade estar completa ela tem que estar comigo.”

   Os dois foram ficando cada vez mais próximos, eles sentiam o quanto se completavam a cada beijo. Ela ainda estava insegura, com medo de algo acabar dando errado. Ele tinha certeza de quanto a amava e tinha certeza de que era com ela que ele queria ter pelo resto de sua vida. Era uma tarde ensolarada e eles estavam no parque, sentados em um banco, quando ela resolve contar sobre sua insegurança:

- Ficamos uma vez então estou certa de que preciso te dizer algo - ela hesita - mas tenho medo da resposta.
- Diga-me então o que é ?
Ela respira fundo, estava confusa sobre dizer ou não seus sentimentos.
- Não é nada … Esquece
- Não, por favor me diga, gostaria muito de saber.
- Eu estou um pouco insegura…
Ele a abraça. Logo depois segura em suas mãos e olha em seus olhos
- Eu te amo.  Estou certo sobre o que eu sinto, eu sou apaixonado por esse teu sorriso encantador, eu sei que é com você que eu quero ficar pelo resto da minha vida - ele tira do seu bolso uma caixinha pequena e delicada, onde havia um anel dentro - Meu amor você aceita namorar comigo ?
- Claro que sim - ela o beija - É tudo o que eu mais quero.

   Eles então passaram momentos e mais momentos juntos. Eles tinham certeza de que pertenciam um ao outro, faziam planos e mais planos para um futuro que parecia próximo. Eles realmente se amavam, sentiam que estavam finalmente felizes, envolvidos um com o outro mais do que nunca, sempre saindo juntos, passeando, passando por boas e ruins situações mas sempre permanecendo juntos. Gostavam de admirar o pôr-do-sol, caminhando pela praia. Os pais dele decidiram se mudar, ele não sabia como dizer a ela que o seu grande amor brevemente estaria distante.

- Você parece distante a cada dia que passa, está acontecendo algo ? - ela pergunta preocupada - Tem algo para me contar ?
- Sim - ele respira fundo - Meus pais vão se mudar para outro estado e eu irei junto, eu não queria ir … Mas eu serei obrigado… Não quero te deixar.
- Meu amor por você é maior do que toda essa distancia que irá nos separar - ela chora - Mas por favor, fiquei comigo.

   Eles se abraçam e permanecem juntos até o anoitecer. Ele a deixa no portão de casa e lhe abraça fortemente. Ele sabia que os próximos dias não seriam fáceis porém estava determinado a lutar por aquele amor. Ela  também não desistiria tão facilmente, ela precisava dele mais do que o ar para respirar, ela lamentava pelos dois pois sabia que tudo acabaria fisicamente, mas ela ainda o queria queria muito, e precisava muito dele, então respirou fundo e entrou em casa. Uma certa amanhã ela acorda com seu celular tocando, era ele:

- Meu amor - diz ele chorando - estou me indo me mudar agora, me perdoe por não poder me despedir mas não me deram escolha. Fizeram tudo muito rápido, agora promete para mim que vai se cuidar ? 
- Sim, vou me cuidar, e voce tambem se cuide, se proteja … eu.. eu te amo. - ela gagueja chorando - Promete que vai voltar para me me ver ? Promete que nunca vai deixar de me amar ?
- Eu prometo meu amor. Prometo ir te buscar, prometo que vamos realizar nosso sonho de casar. Eu prometo nunca deixar de te amar. Promete me esperar ?
- Eu prometo te esperar meu amor - ela murmurou - Promete que essa distancia não irá destruir aquilo que nós sentimos ?
- Meu amor, eu prometo que nenhuma distancia será capaz de apagar aquilo que vivemos, prometo que nenhuma distancia irá destruir o amor que eu sinto por você. 

 Os dois então prometeram a si mesmo que nunca iriam deixar aquele amor acabar.

                    (Bárbara - Fucking Heart and Giulia - Amor-te-cida)

As vezes é triste ver que o tempo está passando, mas nesse tempo que passa nós aprendemos e erramos, fazemos de desfazemos, sorrimos e choramos, nós vivemos. O tempo transforma nossos mais belos momentos em lembranças que um dia se tornaram nostálgicas, e quando a nostalgia chegar iremos desejar por mais e mais vezes reviver todos aqueles dias. Nós crescemos, mudamos, nos transformamos em algo novo ou por fim acabamos regressando. Nós amamos. Amamos o novo e amamos mais ainda o velho. Nós viramos gente grande, deixamos de frequentar aquele parquinho que costumávamos ir, deixamos de assistir aquele desenho que passa na tv, deixamos de ler aquele livro, esquecemos das histórias contadas pelos nossos avós, paramos de acreditar na fada do dente, no coelho da páscoa e no papai noel, deixamos de lado aquilo que antes nos fazia feliz, deixamos para trás tudo o que um dia consideramos eterno. Começamos a trilhar um novo caminho, nesse caminho buscamos o desconhecido e ainda sim procuramos aquela felicidade que seja eterna. Bárbara R.

2

  Ela nem sempre optava por aquilo que ela achava correto. Fumava. Bebia. Não ligava muito para o que os outros pensavam dela. Ela estava acostumada a ser a garota que sempre decepcionava todos, dentro de sua cabeça ainda havia muitas perguntas sem respostas. Ela não aparentava sentir dor. Ela aparentava ser uma garota de ferro, ninguém parecia conseguir feri-la. Porém pelo contrário ela ainda estava amarga. Machucada. Cansada. Ela machucava todos aqueles que a fizeram cair, tornando isso reciproco com todas as pessoas que ameaçassem faze-la sofrer. Saia todas as noites e passava a madrugada com a companhia de sua garrafa de vodka. Bebada. Tentava por um tempo esquecer de todos os problemas que ainda a perseguiam. Chegava em casa quando o sol já estava quase nascendo. Seus pais não se importavam mais com ela, não tinham mais medo que sua filha pudesse ter uma overdose ou tentar um suicídio. Não lhe restava muita coisa a ser feita. Até um dia ela começar a transformar sua tristeza em inúmeras gotas de sangue. Suas tentativas de suicídio haviam sido todas em vão. Nenhuma tinha dado certo. Após uma briga com sua mãe ela saiu para beber novamente, ela ia para o mesmo lugar que costumava se esconder todas as noites, a madrugada estava fria e ela estava lá, no mesmo lugar, sentada, chorando. Ela dormiu e por fim amanheceu em um hospital. Confusa, ela perguntava pelos seus pais:

—  Onde estão meus pais ? Por que ainda não vieram me buscar ? 

—  Minha querida …  Seus pais faleceram essa madrugada. 

  Ela ficou sem reação, seu mundo agora parecia desabar. Não lhe restava mais nada. Não lhe restava mais alguém. Ela então decidirá fugir do hospital naquela madrugada. Ela corria, em direção ao seu refugio onde costumava passar as noites. Ali ficou fraca, tremia de frio e chorava muito. Ela se perguntava se aquilo não se passava de um pesadelo, então acabou adormecendo. Ela só não sabia que desta vez não iria mais acordar. Barbara - Fucking Heart

Quando estamos apaixonados surge aquela vontade imensa de adiantar tudo aquilo que só acontece com o tempo. Nós queremos ser amados, mas não queremos esperar por isso. Nós queremos receber sms de madrugada com algo bonito escrito, mas não queremos acordar de madrugada para mandar sms para alguém. Nós queremos sempre estar no pensamento da pessoa amada, mas reclamamos quando perdemos o sono por pensar demais. Nós queremos palavras carinhosas, mas choramos quando descobrimos que elas eram falsas, sem conteúdo ou sentimento. Nós queremos e cobramos atitudes quando nós mesmo só pronunciamos palavras e justificamos ter medo. Nós queremos declarações, mas nunca nos declaramos por puro orgulho. Nós queremos fazer falta, mas esquecemos que parar ir embora teremos que machucar alguém. Nós queremos coisas mais românticas, mas nós muitas vezes tratamos com frieza quem nos ama de verdade. E essa maldita vontade de ter tudo isso de uma vez só, com uma só pessoa, com aquela pessoa, nos deixa esquecer que estamos atropelando tudo e fazendo uma grande bola de neve que por fim deixará uma bela bagunça, pela qual iremos lamentar por não ter vivido as coisas como elas devem ser, por não ter deixado os sentimentos serem mais intensos e gostosos de serem sentidos. Talvez assim a gente aprenda da maneira mais dolorosa possível, que não é preciso ter pressa para amar.
—  Bárbara R.

 Você é o meu anjo da guarda e por isso acaba tendo aquele jeito único de cuidar de mim, você faz parte de mim, faz parte do meu coração e da minha vida. O seu abraço faz com que minhas lágrimas sequem, você me fortalece quando eu estou fraca, eu te amo tanto, mas amo de uma forma diferente e especial. Nós nos completamos, nós pertencemos um ao outro. Mas eu sabia que em algum momento você iria me deixar e junto iria deixar para trás tudo aquilo que passamos, eu não quero desistir de você e peço para que você não desista de mim, não desista dessa amizade. Você pode ver que para mim sua partida tem sido a mais dolorosa, você está indo embora com um pedaço de mim junto, peço para que você fique. Que você permaneça mas que seja ao meu lado.  Barbara - Fucking Heart

Ela estava parada enfrente a janela observando aquela leve chuva que caia, o vento estava frio então ela se encaminhou para o seu quarto para pegar uma blusa. No instante que abriu sua gaveta viu ali algo que não pertencia mais a ela, era uma blusa preta que havia sido deixada na ultima noite que passou com o seu amor, ela pegou a blusa e pressionou sobre seu corpo. Sentiu aquele doce aroma que ali havia ficado e passou a recordar tudo o que havia se passado naquela noite “ Estávamos deitados na minha cama, estávamos juntos de uma forma que não era só física e aquele momento me fazia sentir que nos completávamos, ele deslizava seus dedos sobre meus cabelos e eu acariciava o seu rosto. Aquele era o momento perfeito, eu ouvia sua respiração enquanto olhava em seus olhos, nós conversávamos fazendo muitos planos para o futuro, imaginando como seria nosso casamento e nossa futura família, ele se aproximou do meu rosto fazendo-me sentir os seus lábios, desde então a noite se tornará perfeita. Nós brincávamos ele fazia cocegas em mim enquanto tentava irrita-lo, eu tinha certeza de que ele era perfeito para mim. Porém uma lágrima escorreu em meu rosto, ele perguntou porque eu chorava, então apenas disse que era um medo bobo de perde-lo, ele tentará me tranquilizar dizendo que ficaria ao meu lado por todo sempre. Estava ficando frio, pedi a ele sua blusa para me esquentar, ele me deu sua blusa e me abraçou e ali ficamos até o amanhecer …” Ela então deitou-se em sua cama e então deixou ao seu lado aquela blusa, ela chorava lamentando sua partida e se peguntava se alguma vez havia feito algo errado. Ela sentia falta de chama-lo de mô, sentia falta de acariciar seus cabelos, sentia falta de tudo que lembrava ele. E de tanto chorar estava quase dormindo, então ouviu seu celular tocar, levantou-se e o pegou, era uma mensagem, mas não uma qualquer era uma mensagem dele dizendo “ Mô, eu sinto sua falta”. Bárbara - Fucking Heart