porcentagem

Apesar de tudo, eu nunca desisti, eu insisti, lutei e persisti. Mesmo sabendo que a nossa porcentagem de dar certo era igual a zero, eu estava lá, eu tinha que estar lá. Não tem explicações e nem ”por quês”. Simplesmente algumas coisas valem a pena. Apesar de tudo.
—  Fernanda Gomes.
Aprendi de forma dura e árdua que o mundo não se limita ao meu achar, ao meu olhar, ao meu desejar. Essa grande bola azul recheada de diversificações e contradições não se resulta ao que comi no café da manhã, ou ao que vou fazer no final da tarde. Longe disso. Ele nunca irá parar porque estou perdido e não sei mais o que fazer, ou parar porque minha paixonite encontrou alguém mais atraente para flertar, ou porque meu programa preferido passa durante meu emprego chato. Eu aprendi: o mundo não para, meu caro, e nunca irá parar. Sou apenas uma porcentagem mínima de um tudo e o tudo funciona perfeitamente sem mim, então decidi parar de esperar que me encontrassem aqui nesse amontoado de confusões e resolvi eu mesmo me encontrar. Porque, mesmo sendo mínimo, eu sou algo. Eu existo. E preciso fazer jus a este título.
—  Jadson Lemos.
Sentei naquele banco vermelho que fica no centro da praça, cheio de pichações e números de telefones gravados por todos os lados e que, por sinal, nós conhecemos muito bem. Você se foi sem dar explicações, arrumou as malas e não se deu ao trabalho de deixar um bilhete clichê de despedida. Não sei onde está, se está bem ou se precisa de mim. Eu sei que não deveria te procurar, mas me preocupa não saber onde diabos se meteu. Já são três semanas de ausência e sem noticias. Na primeira semana eu fiz questão de não pensar em você, mas na segunda eu falhei e na terceira, bom, estou eu aqui. Pela primeira vez, sentado nesse banco desde que você partiu, sentindo que esteve aqui e que por muito, muito pouco, não te encontrei. Mas, é como diz o ditado: “algumas pessoas não nasceram para ficar juntas” e infelizmente nós fazemos parte dessa triste porcentagem. Durante muito tempo eu tentei consertar todos os danos que você sofreu com os amores anteriores, passei horas a fio para colar os milhares de cacos que o teu coração estava reduzido, mas meus esforços não foram reconhecidos. A única companhia que me restou são essas lágrimas que insistem em me acompanhar em todos os lugares desde a tua partida.
—  Sentinelar & Taquigrafia.
Ele olha para mim, e desvia o olhar porque não consegue me encarar. Eu sei. Tudo o que ele enxerga é um amontoado de hormônio, neuras e paranoias desorganizadas em ordem alfabética. Eu mereço mais do que alguém que não me vê. Ele sabe, mas não muda. Não consegue. A gente se gosta, se curte, se espia, se toca, mas não se sente. A coisa sempre termina com um dos dois dizendo que não dá mais, que vai embora, que acabou e não tem mais jeito. Para falar a verdade isso nunca teve porcentagem de dar certo, ele continua aqui porque sabe que não encontrará alguém melhor do que eu. Eu permaneço porque tenho medo dele ir procurar, e acabar encontrando. É um quase-amor triste, mas funciona. E todo mundo sabe que pouca coisa realmente funciona hoje em dia.
—  Ciceero M in Os homens estão de tpm.
Meu maior medo é encontrar uma pessoa especial que me ame, sim esse é o meu maior medo, de algum dia morrer de câncer, pois tenho uma porcentagem muito alta de obter essa doença. Medo de amar de verdade uma pessoa e em um dia qualquer ver essa pessoa sofrer sentindo minha falta, medo de talvez no futuro não poder estar ao lado do amor da minha vida até ficarmos velhos. Tenho diversos medos, mas este é o meu maior medo.
—  Gabriela Scherer.
Não sei, é como se fosse um pedido arbitrário da minha própria consciência: Refletir sobre o vazio, para ver se ele reflete algo. E ele reflete tanta coisa ao mesmo tempo que não dá para fazer uma síntese, retalhar nas folhas. O que as pessoas leem nesses textos não passa de uma porcentagem ínfima do que realmente se passa por dentro de mim, mesmo os escritos de forma totalmente factual. O vazio parece pequeno aos olhos de quem não o sente, mas os que o sentem, percebem que ele é paradoxalmente gigante demais para conseguirmos fazer pequenas análises, pequenas descrições, poucas deduções, por isso há essa dificuldade de descrevê-lo de forma curta. Os que tentam explicá-lo de forma ampla, com muitas vertentes, não conseguem alcançar a total compreensão de muita gente, porque até o vazio e os seus sinônimos são relativos: uns se dão bem com ele; outros, não. Uns conseguem entender e acham ele digno de reflexão; outros, não. Uns o acolhem e os carregam pela vida; outros, não. E há os que não tiveram chance de escolha entre viver cercado pelo vazio e viver de forma plena: os que foram predestinados pela natureza à injustiça da vida que proclama o ódio contra os que não sabem lidar com ela.
—  Junior Lima.
Essa hora ela deve estar sonhando, viajando em seu inocente mundo melhorado quando os olhos se fecham. Nesse momento o coração dela deve estar lentamente jorrando vida para todo o seu corpo, e o seu fôlego involuntariamente entrando e saindo do seu corpo. Independente das funções orgânicas, dos sonhos, de tudo o que acontece enquanto ela dorme, o impressionante é que comigo as coisas param de acontecer enquanto ela não está aqui, enquanto não a sinto, não converso, não sou dela, mesmo que pela pequena porcentagem de tempo que conversamos. Sem ela eu não funciono, o ar me falta, assim como a inspiração do poeta se esvai, a vida não é impulsionada dentro de mim, falta ela não só de início e meio, faltará ela até o fim.
—  Cara, ela me vira do avesso! Jhonatan Stuartt.
Eu fiz uma planilha pra você e calculei a porcentagem de dar errado. Eu sei o quanto custa a solidão. Eles riram do meu papo de cifrão, não tem graça, não tem graça… Nunca me deram valor e eu não sei o quanto valho. Nunca te deram amor e isso como sei que vale. Se tempo é dinheiro, então, eu sou um milionário sem noção. Não há nada em nossa frente. Não há nada que seja prejudicial. Eu sei que só vejo números no total, mas se quiser alguém pra te fazer sorrir, é só olhar pro lado que estou aqui. Estou aqui, comecei a contar, a contar. Se eu tiver sua mão, eu vou retirar meu coração daquele leilão na cidade e eu vou me dedicar pra que nunca aconteça nenhum azar; e a partir dali estará valendo.
—  Supercombo
Estou acreditando que finais felizes são possíveis, mas também há uma porcentagem imensa de certeza que tudo isso se deve a essa vontade louca de querer dar certo com essa encrenca. Porque ele é encrenca das grandes. E sempre fui daquelas que se amarram naquilo que apresenta riscos. É sempre emocionante pular de um avião sem saber se o paraquedas vai funcionar. Se abrir: histórias não faltarão. Se não abrir não tem problema também, se espatifar vivendo é melhor do que esperar a morte sentado num sofá.
—  Os porquês de Amélia Roswell.
Já parou para pensar que cada vez que tentamos dizer quem somos não conseguimos? Ou quando tentamos sempre acabamos descobrindo cada vez mais sobre si mesmo? Não? Está bem, eu sou assim, e é por isso que estou aqui, tentando descobrir quem eu realmente sou. A questão é, quem eu realmente sou? O que sou? Quem sou eu? Há tantos adjetivos que me definem, ou não, e eu ainda não sei o que e quem eu sou? Não sei dizer o que e quem sou. Indefinida, está aí o que sou. Por que indefinida? Eu nunca consegui saber explicar o porquê. Posso ser amarga ou doce, outra hora sou isso, outra sou aquilo… Feliz em uma, triste em outra. Mas, vamos ao caso, eu sou indefinida por conta de eu procurar e tentar entender, e a cada procura, há uma nova definição, não por inteiro, e sim um pedaço ou uma porcentagem. Indefinida, é isso o que me define.
—  Carla Santos.
É isso, paramos de acreditar no amor, de vivê-lo. Fomos levados a acreditar que o dinheiro e/ou sexo são mais importante. Colocaram em nossas mentes (pouco evoluídas diga-se de passagem) que o amor é o culpado de todo o sofrimento. Não é possível, que só algumas pessoas, que a pequena porcentagem do mundo acredite que o amor é a salvação… E muitos iram ler esse texto e fala: “mais uma pessoinha apaixonada…” Não, não somente apaixonada, amo, amo a vida, amo meus pais e amigos, me amo, amo a ‘pequena minoria que acreditar na força do amor’ e amo quem não acredita também, amo o céu, a chuva, o sol… Não entendo como alguém pode olhar pra si mesmo e pensar: “o amor não existe, ou o amor é para os fracos…” Fraco é você meu querido, que na primeira oportunidade deixou de acreditar na vida, tentou deixar de amar, tenta encontrar no dinheiro, no trabalho ou no sexo o que o amor poderia te dar de graça. Muito bem você é mais um que a mídia envolveu. Estamos em um apocalipse zumbi, e acredite, você se transformou em um, e ainda nem percebeu. Liberte-se, acredite o amor ainda é a força que faz o mundo ter algum sentido.
—  Pare de ser egoísta. Porra.
Posso passar horas e horas durante noites olhando o céu e a sensação de aconchego será sempre única tornando assim toda e qualquer uma a primeira. Eu me sinto pequeno diante essa imensidão azul, tudo parece tão insignificante comparado à ela e não há conforto maior, meus problemas parecem não existir, os medos são substituídos por devaneios e lembranças que aquecem o peito, tento contar o máximo de estrelas que consigo, traço as constelações usando o indicador, encaro a ilusão de que a lua me segue; ignorando as teorias que perdem sua importância no meio dos infindos pontos luminosos. Nos dias em que as nuvens se mostram as transformo em desenhos surpreendendo meu eu ao trazer à tona a capacidade de imaginar que acaba sendo soterrada na rotina vivida. Ocasionalmente vejo um rasto cintilante cortar o azul e novamente esquecendo as teorias faço um pedido, estrela cadente, certo? Penso nas belezas vistas a olho nu, são esplêndidas, porém rasas, num mergulho profundo existe o que vemos, sabemos, imaginamos e a porcentagem de peso: o que desconhecemos. Somos um ponto, as estrelas são palavras, o céu é uma frase e o universo é um livro ainda sendo escrito.
—  Faço pedidos a um meteorito incandescente, Derek Whitle
Status: Funk 💃💃💃

👌Ela é espetacular, é a mulher kama sutra. 💋✌

Senta desse jeito gostoso que me fascina. 👌😏   

Vai subir pelas paredes de tanta emoção que eu vou te causar. ✌ 

Tu vai ver que meu artigo é melhor que tu pensa, roubar atenção das gatas é o crime que compensa. 👌😉

Sem querer Roubei seu coração. Desculpa, meu amor não tive a intenção.👌 

Não sou de uma pessoa só, não curto amores eu curto sabores. ✌ 

Eu sou a carinha das noitadas, curto as madrugadas, bebendo uma gelada.👌

Não gosto de ter hora marcada pra voltar pra casa, eu gosto de virar as noites nas baladas.  👊👌💋  

Briga, separa, quebra a cara e volta vê que sem o outro a vida é tão sem graça. 💘

Suíte 14, banheira de espuma nós dois se amando e a lua por testemunha.👌

Me olha direito, me pega com jeito que eu vou gostar.✌💋

Se é porcentagem, melhor eu vou te ensinar 40% Oral, 60 pra tu sentar. 👌🎶

Traz Whisky, Red Bull pra comemorar deixa ela se divertir, viver e ostentar.🌴🍸

Só não vale se apegar e nem se apaixonar. ✌   

E aqui são vários casos pra gente desenrolar. 👌

Sonhar é grátis não cobra imposto e se cobrasse estaria endividado. ✌

✌ no flow ✌

Nunca me esqueço da minha origem, pois minha origem nunca me esqueceu.☝ 

E o pior é ter que ouvir de alguns “bico sujo” que a gente não presta. 👊

Então não desacredita, porque o que for pra ser meu já tá reservado. 🙌

Ostentação, palavra que eu gosto de ouvir ♪♫

Mulher do poder, assim que eu sou conhecida. ✌💋

Ah, eu mato, se eu ver alguma piriguete dando mole pro meu macho (:

Eu sou melhor que tu, foi ele mesmo que me disse. 👌

Ela vive me stalkeando faz minha vida de cinema quem nasceu pra figurante, nunca vai rouba a cena ✌ 

Qualquer problema resolvo sem descer do salto ✌

Like/Reblogue se Pegar/Gostar