por-tudo-que-for

Você perdeu a menina que viajaria de ônibus pra te encontrar em um bairro que ela nunca nem sequer ouviu falar, que depositaria todas as fichas só pra que esse amor que ela sentia por você desse certo. Uma menina que se molharia na chuva só pra te dar um pouco mais de espaço debaixo do guarda-chuva, que estaria disposta a te acalmar em um abraço, a cuidar de você como sempre quis ser cuidada. Uma menina que, outro dia, depois de mais um engano, disse que definitivamente daria um tempo pro amor, e então te encontrou e a promessa não fez mais sentido. Você perdeu a menina que iria sorrir de você, com você e pra você. E mesmo que as coisas não dessem certo, ela estaria com você no final do dia. Talvez, o seu medo foi perceber que ela não faria tudo por você, que não viveria só pra você e nem atenderia todos os seus caprichos, porque no final das contas, ela não estaria sendo ela e quando percebesse a tamanha burrice que é viver a vida do outro e esquecer da própria vida, ela deixaria de te completar, porque tudo o que ela pretendia, na verdade, era somar. Você perdeu a menina que te faria cafuné mesmo sabendo que você odeia que bagunce o seu cabelo, apertaria as suas bochechas e a sua bunda de vez em quando só pra ver você olhar com uma cara abusada pra ela. Você perdeu a menina da sua vida.
—  You lost the girl… She does not care anymore.
Acho que quando pensamos demais para escrever algo acabamos não escrevendo nada do que queríamos, por isso decidi tentar escrever tudo que se passa aqui dentro de mim, sem censurar nada. Primeiramente queria saber qual o meu problema em ser tão carente e ao mesmo tempo me fechar assim para todo mundo. Sério. Eu também não entendo. Outra coisa que eu não entendo, é como eu consigo motivar tanto as pessoas a seguirem em frente, a se amarem, a serem felizes, mas viver num mundinho meia boca, todo incolor e sem vida, talvez eu fosse mais feliz, ou menos triste, se eu não mensurasse tanto minhas ações. Não há motivos para isso, todo mundo erra e eu não sou diferente. Não preciso temer os julgamentos, as pessoas sempre estão mais preocupadas com seus próprios erros, só julgam os seus quando não querem ficar lembrando toda hora os erros dela. Tenho que anotar isso em algum lugar e lembrar de não esquecer, acho que será útil em dias de crises existências: que não são raros. Ou melhor, não são nem um pouco raros.
—  Jadson Lemos. 

Saudade daqui.
De tudo o que fomos.
De tudo que um dia já fui.
Das relações que construí.
Das amizades que vieram.
Saudade das que foram.
Do que escrevi.
Do que deixei de escrever.
Saudade das palavras.
De mim.
De você.
E das músicas?
Nem sei mais.
Mas ainda sei cantar.
Hoje eu canto… Longe daqui.
Saudade de estar perto.
Toda hora. Todo segundo.
Sempre.
Mas cresci. Vivi.
Não me arrependo, não.
Mas sinto.


Sinto muito. Por tudo.
Até pelo que não sinto tanto assim.


Capitule, saudade daqui.

O que eu faço, Zé? E agora, José? Zé isso, Zé aquilo. Chega! Eu também tenho os meus problemas, meus sentimentos. Não suporto mais toda essa gente me pedindo conselhos, me perguntando o que há de errado em suas vidas, esperando que eu resolva tudo e os conforte. Eu mal sei resolver os meus problemas, como poderia ajudá-los? Não os culpo, é claro. Eu é quem sou culpado por saber fingir tão bem, por botar um grande sorriso no rosto e desfilar por aí omitindo tudo que me agride a alma. Eles pensam que não sofro, não choro, não me chateio. E por fim, acabam achando que tenho a resposta para todos os males da vida, mas infelizmente eu não tenho.
—  José Neto.

anonymous asked:

Parece que tem alguém apaixonado e esse alguém tá de coração partido e é você, estou certo?

“Pra saber quem sou
Pra mergulhar dentro de mim
Só mesmo Deus do céu
Pra vasculhar as minhas emoções
E escanear a alma
Somente Ele que sabe de tudo
Sem por no papel.”

Status: Musica em inglês

“Love’s a risk!” (O amor é um risco!)

“Forever isn’t for everyone” (Pra sempre não é pra todos)

“You’re the fugitive but you don’t know what you’re running away from.” (Você é uma fugitiva, mas você nem sabe do que você está fugindo)

“But she’s never been the kind to be hollowed by the stares.” (Mas ela nunca foi do tipo que fica intimidada por olhares)

“Cause you’re all I need.” (Porque você é tudo que eu preciso)

“You and me, we made a vow for better or for worse.” (você e eu fizemos uma promessa na alegria ou na tristeza)

“What use is money, when you need someone to hold.” (pra que serve o dinheiro, quando se precisa de alguém para abraçar)

“If there are boundaries, I will try to knock them down” (se há limites, eu vou tentar derrubá-los)

Forever is a long time, but I wouldn’t mind spending it by your side (Pra sempre é muito tempo, mas eu não me importaria de passar ao seu lado)

Love’s a game, wanna play? ( O amor é um jogo, quer brincar? )

The night is still young, and so are we 👯💥 (A noite ainda é jovem, e nós também 👯💥)

Me, I fall in love with you every single day (  Eu, me apaixono por você a cada dia )

Já pensou se os últimos meses tivessem sido diferentes? Se cada passo tivesse sido pra outro lado, se uma só batida de asa de uma borboleta a menos tivesse evitado tanto caos? Dizem que as coisas acontecem “por um motivo”. Que nada é por acaso, que está escrito. Maktub, que seja. E, se assim for, já pensou se alguém chega pra você propondo contar o final da sua historia? Você ia querer ouvir? Eu prefiro o silêncio. E a certeza de que ninguém sabe o que vai ser. Nem sempre o amor vence. Histórias mentem, omitem, distorcem… A verdade às vezes é cruel. “Se duas pessoas se amam, por que não ficam juntas?“. Mas nem tudo se resume a isso. Penso no amor como a teoria do caos. Nunca se sabe o que determinado ato irá causar no futuro, quando se tem uma pequena noção das consequências que tal ato trará, será que ainda vale a pena arriscar? Talvez, se a borboleta soubesse que, ao bater suas asas, um furacão se forma em outra parte do mundo, destruindo milhares de vidas […] Talvez, ela preferiria nunca mais bater suas asas. Só talvez, ela preferiria não pensar em como é bom voar, ou coisas do tipo. Isso se chama auto-sacrifício, e é uma das coisas que o amor mais exige. Quando paramos de pensar em nós mesmos e passamos a pensar nos outros, então descobrimos o que é amar. E isso basta. Mesmo não estando perto da pessoa que você gosta, saber que é a coisa certa a se fazer te deixa um pouco mais feliz.

—  De lagarta a borboleta.

O que eu faço, Zé? E agora, José? Zé isso, Zé aquilo. Chega! Eu também tenho os meus problemas, meus sentimentos. Não suporto mais toda essa gente me pedindo conselhos, me perguntando o que há de errado em suas vidas, esperando que eu resolva tudo e os conforte. Eu mal sei resolver os meus problemas, como poderia ajudá-los? Não os culpo, é claro. Eu é quem sou culpado por saber fingir tão bem, por botar um grande sorriso no rosto e desfilar por aí omitindo tudo que me agride a alma. Eles pensam que não sofro, não choro, não me chateio. E por fim, acabam achando que tenho a resposta para todos os males da vida, mas infelizmente eu não tenho.
—  José Neto

porcoragem asked:

Ultimamente as pessoas que eu chamava de ''amigos'' não passavam de falsas pessoas, em relação a isso me sinto muito triste por saber que eu fui o que eles queriam em mim. Sempre fiz tudo por eles, mais alguns não reconhecem isso. Deixei eles pra trás, acha que fiz certo?

Fez sim, nossos amigos tem que aceitar a gente como a gente é e de vez de só a gente “ajudar” eles tb tem que ajudar a gente. Se foram assim com você é porque n eram seus amigos de verdade, fez muito certo.

reincarnou asked:

Caah? Você tem noção do quanto é linda? Do quanto sou grata por você existir e estar na minha vida? É você é tudo isso, e um pouco mais e Caah, não vai embora nunca, por favor, mesmo se eu mandar, fica aqui, porque foi muito difícil te achar, e eu realmente não quero te perder, obrigada por tudo, por ter entrado naquela sala de aula, por ser essa professora maravilhosa, eu te amo, minha princesa.

Não posso embora e mesmo se eu quisesse, tu sabe onde eu moro. Não duvido tu aparecer aqui a qualquer momento. Tu sabe, eu não tenho forças pra ir embora da vida de ninguém. Nunca tive, quando se trata de ir embora, sou a pessoa mais fraca. E olha, não me arrependo de ter dado aula pra ti, e posso confessar, ter tu lá, fez com que eu me sentisse mais segura. Me desculpe por tudo Aninha, tu é uma linda e incrível, e sim, todas aquelas coisas que tu vive falando que é! Eu amo você, pequena.

Sou paciente e espero não ter que amar por nos dois. Quero tudo que tiver a oferecer, só aceito o melhor por que por você eu dou o meu melhor.
—  O nosso quase.
O tempo voa. O tempo não espera por ninguém. O tempo sara todas as feridas. Tudo o que qualquer um de nós queremos é mais tempo. Tempo para se reerguer. Tempo para crescer. Tempo para esquecer. Tempo.
—  Grey’s Anatomy
Amo seu sorriso e cada detalhe teu, amo teus olhos e a cara de menina que você tem. Amo o caos que você é, amo a paz que um caos me transmite. Amo a forma que você me faz seu, por mais que não mereça de vez em quando. Amo tudo em você.
—  Gabriel Carvalho.