pombinha-branca

Desenhar no chão

Quando eu era um menino
Desenhava no cimento do chão
Um enorme sol sorrindo

Às vezes dava certo, às vezes não
Às vezes o sol vinha correndo
Outras continuava chovendo

Então acho que vou desenhar
Uma pombinha branca a voar
Ou um coração louco pulsando

Vou desenhar flores brotando
Gente brincando e sorrindo
Crianças alegres se divertindo

Vou desenhar o mundo bem verde
Tortas, balas, pudins e sorvetes
E uma paisagem parecida com paraíso

Vou desenhar o teu lindo sorriso
Envolto por um enorme coração
Afinal, às vezes dá certo, outras não


Edison Botelho

"♪ -Pombinha branca, o que está fazendo? -Lavando roupa pro casamento! Vou me lavar, vou me secar, vou na janela pra namorar. Passou um homem de terno branco, chapéu de lado, MEU NAMORADO, mandei entrar, mandei sentar, cuspiu no chão, limpa aí seu porcalhão... ♫"

O que eu penso quando ouço essa música:

(xxxxxx) É uma musiquinha que eu ouvia quando era criança.

(xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx) Até a pombinha branca namora e eu não…